A chance de Ganso



No São Paulo é dado como certo que Paulo Henrique Ganso terá nova oportunidade na Seleção ainda esse ano. E acho que é merecida.

Já critiquei muito a postura do atleta, que apareceu muito bem para o futebol antes da Copa de 2010 e depois sumiu, tendo um problema atrás do outro, não apenas físico e clínico, mas principalmente psicológico.

Ganso estava muito mal assessorado, não se conformava por ver Neymar brilhando, virando ídolo e principal jogador da Seleção, enquanto ele, Ganso, naufragava.

Brigou com a diretoria do Santos, não se mostrou motivado com Mano Menezes na Seleção, perdeu vaga na equipe olímpica por falta de vontade e mesmo no São Paulo demorou para apresentar bom futebol, que pouco a pouco vem aparecendo, especialmente depois do Mundial no Brasil do qual, claro, ele ficou fora.

Mas agora é diferente. Dunga tem que testar novas opções, Ganso parece que colocou a cabeça no lugar, mudou seu estafe, está mais focado e disposto a brilhar. E talento ele tem de sobra. Seu toque de bola é único.

Não acho que quem disputou a Copa no Brasil e participou daquele fiasco contra a Alemanha não deva ter outra chance, mas ver um meio-campo com Luiz Gustavo, Ramires, Oscar e Willian já saturou. O quarteto pode até se sair bem em amistosos, mas na hora do vamos ver tremeu e isso deve ser levado em consideração. Especialmente Ramires e Willian.

Dunga deveria conversar com a comissão técnica anterior, que terminou a Copa bem decepcionada com a reação e a atitude de alguns jogadores. Willian está entre eles. E Hulk, que teve “lesão psicológica” na Copa, também. E o segundo foi chamado por Dunga para os jogos contra Colômbia e Equador. Só foi cortado porque se contundiu. Mas agora se machucou de fato. Sorte para a Seleção, que terá a volta de Robinho ao grupo.

Aliás, quem vai ver a partida de hoje? Depois dos 7 a 1, o futebol brasileiro segue de ressaca. E, o que é pior, sem rumo.



MaisRecentes

Elogios a Loss



Continue Lendo

Não vai ter Copa?



Continue Lendo

O escândalo de Platini



Continue Lendo