O erro da CBF



A cúpula que comanda a CBF (que tem dois presidentes, José Maria Marin e o eleito Marco Paulo Del Nero) espera que o Pleno do STJD corrija o erro da entidade que fez o Brasília perdeu o título da Copa Verde que ganhara em campo.

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva, por meio da Primeira Comissão Disciplinar, deu o título e a vaga na Sul-Americana do ano que vem ao Paysandu, já que, por um erro da CBF, quatro jogadores do Brasília que tiveram contratos prorrogados não foram registrados corretamente no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF por problemas operacionais da própria confederação.

É inadmissível que mais uma vez uma entidade multimilionária como ela não consiga atualizar seu BID e informar quem tem e quem não tem condições de jogo. Um estagiário que entenda bem de informática poderia fazer isso com um pé nas costas, mas a CBF, pelo jeito, não consegue.

A CBF dá como certo que no Pleno do STJD o título e a vaga na Sul-Americana voltam ao Brasília, que ameaça ir até as últimas consequências para defender seus direitos. O time alega que adotou os procedimentos corretos e que, por um problema interno da CBF, os nomes dos quatro atletas acabaram publicados retroativamente pela diretoria de registro, que não pode prejudicar o clube campeão.

O Paysandu, porém, afirma que, no momento do jogo, mesmo que por erro da CBF, os quatro não tinham condições de atuar e o título da Copa Verde deve ser seu. A Comissão do STJD que analisou o caso pensa da mesma forma e mais um campeonato termina no tapetão. O que nos mostra, pela enésima vez, que não é só a Seleção que a CBF não consegue administrar. Nem do setor de registro e transferência de atletas ela dá conta… Que fase!



  • Vanderley Junior

    Só Acho engraçado como o Paysandu e favorecido, curiosamente o Naviraiense (MS), também foi perdeu pelo mesmo motivo, a vaga na Copa do Brasil 2013 após eliminar o Paysandu dentro de Campo!

    • janca

      Talvez haja coisas que nós, pobres mortais, desconheçamos. O futebol tem muitos interesses, gera muito dinheiro e mais uma vez advogados vão decidir o que deve ser feito. O futebol em campo, pelo menos na Comissão Disciplinar, ficou em segundo plano. E a CBF não vai pagar por seu erro? Isso deveria estar em discussão.

      • ewerton paes

        Voces deveriam se informar melhor sobre o caso! na mesma data o Brasilia publicou outros jogadores demonstranado que a falha nao foi da CBF.

      • Sylvio

        Se informe mais sobre o caso. Não há prova nenhuma de que esse “erro” ocorreu. No mesmo período em que alegam esse “erro”, varias outras federações, inclusive a brasiliense, tevirem vários jogadores inscritos no BID. E só o Brasília que não teve? Espero que o pleno do STJD não ceda a pressões dos políticos de Brasília para justificarem o bilhão gasto no Mané Garrincha.

        • janca

          CBF errou sim. Tanto que depois corrigiu mas já era tarde. Segundo Comissão do STJD, porém, Brasília errou junto e deve ser punido. Vamos ver o que diz o Pleno. Seja como for mais um campeonato decidido no já famoso tapetão.

          • taynan pereira

            Será que a CBF errou mesmo???

            No mesmo período em que deveriam ser publicado os nomes do jogadores do Brasilia, jogadores de outros clube do DF tiveram seu nomes publicados sem problemas!!!

            Será que não é FOI esquema politico que pressionou a CBF a assumir o erro pra tentar salvar o Brasília e ARRUMAR UMA COMPETIÇÃO PARA SER DISPUTADA NO ESTADIO MANÉ GUARRINCHA DE BRASILIA, O ESTÁDIO MAIS CARO DA COPA E QUE NÃO TEM COMPETIÇÕES EXPRESSIVAS PARA SEDIAR???

        • renan

          O sistema não estava o dia todo fora, mas só em um período e foi justamente no momento que o Brasilia registrou seus atletas.

  • Deveriam acabar com esta podridão que se chama cbf (minúsculas). 7×1 nunca mais.

    • janca

      Ela está ajudando a acabar com nosso futebol. Com ajuda de clubes e federações, num sistema absolutamente viciado.

  • marcelo prado

    a CBF quer que o stjd conserte o erro, e por que não concertou o erro que rebaixou a portuguesa, e manteve o Fluminense na serie A, lembrando como diz a reportagem, o Brasilia ganhou no campo, e merecedor, o fluminense caiu no campo, e merecedor, e ai? o que CBF e STJD tem a dizer? so mais uma, lembrando que o jogador da Portuguesa apareceu no BID em condições de jogo, pagou pelo erro da CBF.
    analizem….

    • janca

      Nos bastidores é o que a CBF quer sim, que o título fique com o Brasília, embora diga que o STJD é um tribunal independente, o que, cá entre nós, sei não, sei não… E a confederação errou ano passado (e em outros também, como já admitiu até o presidente eleito Marco Polo Del Nero), pois tem obrigação de avisar as partes (incluindo árbitros e torcedores) quem tem condições de jogo e quem não tem.

  • Zico

    Por estes casos recorrentes e pelos escândalos financeiros, que deveria ter uma intervenção por parte do poder público na cbf. É impressionante como nada prossegue contra cbf , vide cpi que nunca chega a ser votada!!
    O poder público tem que intervir!!!!

    • janca

      A legislação não permite a intervenção. Mas ela pode vir de forma indireta, via clubes, por exemplo, que estão pedindo socorro ao governo. Mas democratizar a CBF não está na pauta deles, não. Lembrando que ela administra um bem público, a Seleção Brasileira, e só por conta disso deveria ser mais transparente. E fiscalizada.

  • Douglas

    Pela primeira e unica vez a CBF Assumiu um “erro”. Todos sabemos que esta empresa CBF assim como nosso governo é administrada apenas por interesses financeiros. E este caso é apenas mais um. O motivo real para a tal alteração se faz por uma solicitação do governo federal para que o Estádio Mané Garrincha tenha utilidade, pois como sabemos foram gastos bilhoes num empreendimento que não teria utilidade publica ou privada. Foi a maneira rapida que encontraram para pelo menos amenizar esta situação. Pobre Paysandu !!!!!

    • janca

      O erro foi da CBF sim. Mas o STJD entendeu que o Brasília errou também por ter caído no erro da CBF e não verificado direitinho a questão do BID.

  • sardu

    Fica claro que o STJD deve manter o veredito, assim como fez contra a portuguesa pois o mesmo STJD não se interessou o fato se houve ou não houve erro de terceiro (advogado ou CBF, ou maracutaia ) simplesmente aplicaram a fria lei.
    E agora quem deve ser responsabilizado e pagar indenização ao Brasília tem que ser a CBF pois ela prejudicou novamente um time e um campeonato e tbem os torcedores.

    Se o STJD der causa ganha ao Brasília, fica claro que a CBF esta acima das leis e que quando ela CBF erra não é punida.

    • janca

      Pelas informações que tenho, mas posso estar equivocado, o Pleno do STJD vai mudar a decisão. Mas como disse posso estar equivocado.

  • Jean Pantoja

    Mesmo que a CBF tenha errado, fica evidente a desatenção da diretoria do brasiliense, já que qualquer pessoa pode consultar o BID e verificar quem está ou não apto para atuar nas partidas…não apareceu no BID, não escala, simples assim…está corretíssima a decisão do STJD…uma pena esse amadorismo da diretoria do brasiliense…

    • janca

      Baseado nisso o Brasília perdeu na Comissão Disciplinar.

  • Nosliej

    Esta CBF e muita cara de pau ! Errou com a Portuguesa e agora erra novamente ! Só que agora o prejudicado e um Timor de Brasília !! Agora !??? STJD vão aplicar a lei Fria !? Ou vão voltar a trás ? Há não houve dolo por par parte do Brasília ! Ue! a Portuguesa tb não !!!

    • manoel

      a CBF tem culpa e miuta toda hora nao sabe ded nada kkkkkkkkkkkkk isso e uma vergonhaaaaaaaaaaa

      • janca

        Vergonha mesmo. Uma entidade milionária como essas não conseguir manter o sistema de registro de jogadores em dia.

    • janca

      Vamos ver o que acontece. Para manter a coerência, o STJD tem que dar o título ao Paysandu, mesmo tendo perdido em campo, assim como alçou o Fluminense a Série A, mesmo o time carioca tendo ficado entre os quatro últimos (em campo) no Brasileiro do ano passado. Não dá para ter um peso e duas medidas ou dois pesos e duas medidas como dizem por aí.

  • ADOLFO RICARDO

    E assim caminha a humanidade,
    se não bastasse punir a portuguesa em favorecimento ao fluminense, mais uma vez a CBF quer dar uma rasteira no PAYSANDU assim como fez em 2003, Uma pena porque o nosso futebol digo o do norte com o paysandu que é campeão dos campões desde 2002, campeão da seire B em 1991 e 2001, campeão da copa norte 2002 e outros no estado, tenha que passar por isso. Lembrando que essa mesma CBF puniu o Estado do Pará conhecido pelo mundo todo como um povo que adora futebol em tirando a copa do munda daqui.
    CBF estamos atentos em suas manobras se o erro foi teu assuma e arque com danos pra quem quer que seja.

    • janca

      Se mantiver a linha do caso Lusa, o título fica com o Paysandu, mesmo o erro tendo sido da CBF. O Brasília, afinal, caiu no erro do BID.

  • Sérgio

    Ontem estourou na mídia ,um problema parecido com esse, envolvendo o Botafogo ,no jogo de domingo contra o Flamengo.

    • janca

      Mas parece que esse foi resolvido. Dona CBF, dona CBF… Só faltava essa para o Botafogo. Perder mais três pontos agora por erro da entidade seria o cúmulo.

  • manoel

    se fosse algo prar, beneficiar o fluminense, com cereza aquela cúpula do stjd ja estava pronto para agir isso e ma vergonha pura palhaçada acorda cbf

  • esse tal de stjd tem q mudar tudo esse presindente q e torcedor do flumenense, tem q sair de lar so fas tudo prar benefiçiar seu time, fora quadrilha

    • janca

      Lá deveria prevalecer a meritocracia.

  • Raphael

    Como não a relação entre STJD e CBF, acredito que a pena será mantida. Resta ao Brasilia entrar com um recurso contra a CBF por perdas e danos, já que a mesma já se manifestou como réu confesso. Simples assim.

    • janca

      Em tese há independência. Mas acredito que a pena não será mantida. Para manter a coerência e seguir o que aconteceu com o caso Lusa, o STJD teria que manter a punição ao Brasília. Mas se tratando de STJD, sei não.

  • este caso nada tem haver com o da portuguesa. a lusa escalou um jogador que estava suspenso, o Brasília escalou 4 jogadores que tinham condições de jogo, mas foi prejudicado pela CBF, que não colocou isto no sistema. antes de criticarem analisem caso a caso.

    • janca

      Mas a Comissão do STJD diz que isso não tira a responsabilidade do Brasília, que deveria ter conferido o BID. E no caso da Lusa o jogador, segundo site da CBF, tinha condições de jogo contra o Grêmio. A atualização só veio na segunda, dia seguinte da partida contra os gremistas.

      • pwagnerbr

        O rebaixamento da Série A/2013 ter sido resolvido do jeito que foi é uma tremenda vergonha. Não sei quem foi beneficiado, mas a Portuguesa, até prova em contrário, foi usada para resolver algum problema de um dos times do Rio. Ficou uma tremenda mácula, mais uma, na história dos campeonatos organizados no Brasil. Os campeonatos de futebol organizados no Brasil, sejam eles estaduais ou nacionais, primam pela lisura e honestidade? São justos? Limpos e confiáveis? A minha sensação é de que não são. Apesar do erro da CBF, o STJD devolver o título ao Brasília será o cúmulo do desrespeito com o próprio STJD. É ir contra tudo o que foi dito e decidido na Série A de 2013 pelo próprio STJD. Como confiar que não houve algo muito errado ano passado, então.

  • José dos Santos Ribeiro

    Se for apurar, tem falcatrua no “ar”.Tem é que mudar a LEI, e ecabar com CBF e STJD.

  • Alexandre

    Nosliej,
    Esta causa não se assemelha com a questão da Portuguesa! O jogador da Portuguesa estava suspenso por questão disciplinar. Foi expulso e deveria cumprir dois jogos. O caso de Brasília é meramente administrativo. O erro da Portuguesa foi por incompetência de sua própria diretoria que não leu um regulamento com “8 anos de vida”, assim como a do Flamengo. Tapetão é não cumprir as leis! Aí sim, haveria brechas para casuísmos.
    Um respeitoso abraço,

    • janca

      O Brasília, segundo entendimento do STJD, também errou por incompetência de sua diretoria, que deveria ter conferido o BID.

  • pwagnerbr

    Parece piada….como querem que o torcedor se interesse por futebol desse jeito? Depois reclamam que os estádios estão cada vez mais vazios. Mais um torneio decidido pelo STJD! Triste futebol brasileiro….Já é de quinta categoria, mas parece que vai descer mais alguns degraus.

    • janca

      Vai continuar descendo, sim. E a Copa Verde será decidida nos tribunais. Já está sendo, aliás.

  • HECK_BR

    É IMPOSSÍVEL QUE MENOS DE UM ANO DEPOIS O MESMO (OU PARECIDO) ERRO ACONTEÇA DE NOVO. LAMENTÁVEL. UMA PERGUNTA QUE NÃO LEVA A NADA, O GOVERNO NÃO PODERIA ASSUMIR O STJD? ELE NÃO MEXERIA COM O FUTEBOL DIRETAMENTE, MAS INDIRETAMENTE. A FIFA PUNIRIA CASO O GOVERNO INTERVISSE NO STJD?

    • HECK_BR

      APESAR DE LER O TEXTO DE HOJE, AINDA AGUARDO RESPOSTA NA PERGUNTA…RS

  • joe LHP

    Reza a lenda que lá dentro da CBF alguns colaboradores responsáveis pelo BID fazem algumas “molecagens” ou sacanagens como preferir, colocando e tirando de forma intermitente a inscrição do jogador, ouvi isso tbm em uma entrevista dada pelo Marco Polo Del Nero em que ele confirmava isso e tanto é que onde há fumaça há fogo que estão cogitando a terceirização desse setor de registros, não sei se é a solução mas é preciso que haja uma fiscalização por parte dos clubes,imprensa e STJD pois muitos casos assim já não o tornam mera coincidência.

  • E inadimicivel o Brasilia perde o titulo pois foi erro da CBF o Brasilia foi campeão dentro de campo de jogo e isso que enterressa o resto e patifaria e falta de respeito com o Brasilia futebol clube. na minha opinião Brasilia o verdadeiro campeão da copa verde edição 2014.

  • Ei CBF corrija junto ao STJD o seu erro pois o Brasilia não pode ser punido fez seu papel dentro do gramado de jogo o verdadeiro campeão e o Brasilia futebol clube.

  • taynan pereira

    Entendo que até seja injusta que o Paysandu leve no “tapetão” um campeonato que perdeu dentro de campo, mas vcs devem esclarecer mais essa matéria, não foi um simples erro, era uma renovação de contrato de 4 jogadores, no dia do jogo 21.04.2014 os nomes não constavam no BID, mas poderiam aparecer até o dias 05.06.2014, além disso o clube tem recursos justo a CBF para cobrar quando o nome de um jogador não aparece no BID, o Brasília não acompanhou o BID e a renovação e mesmo depois da partida não solicitou a CBF que includisse os nomes dos jogadores e acabou perdendo o prazo. A CBF incluiu os nomes apenas no dia 18.06.2014 fora de todos os prazos e colocou retroativamente a data de 15.04.2014, fato que desconheço ter acontecido com outra agremiação do futebol Brasileiro.
    O Paysandu só busca a justiça, a lei diz que o jogador não pode jogar com seu nome fora do BID, eu entendo que possa parecer injusto, mas é a lei, essa lei tb já Prejudicou o Paysandu em 2004, quando o clube perdeu pontos pq seu presidente da época assinou contratos de jogadores enquanto esta suspenso pelo STJD, vejam bem o clube perdeu pontos pq seu presidente assinou um contrato de jogador, isso na esfera administrativa e não na esfera desportiva e mesmo assim o Paysandu perdeu 8 pontos!!!

    • janca

      A CBF colocou retroativamente porque admitiu o erro. Mas aí já era tarde. O que sei é que no campo deu Brasília, nos tribunais está dando Paysandu. Seja como for ver outro campeonato definido no tapetão é fogo.

      • ary

        Se o Brasília tivesse um pouco mais de cuidado o campeonato não seria decidido no tapetão. O Paysandu tinha dois jogadores que gostaria de contar no jogo mas não teve tempo hábil para inscreve-los e por isso não jogaram.

  • taynan pereira

    Ainda posso acrescentar: pq só com o Brasília ocorreu tal fato??? Na mesma data outros clubes do DF tiveram nomes de jogadores publicados no BID, pq só o nome dos jogadores do Brasilia não pareceram???

    • janca

      É o que a CBF tem de responder. Uma entidade milionária que vive na idade da pedra. Complicado.

  • Cleiton

    Está mais q a CBF vacilou feio e prejudicou o Brasília já q após o prazo de prorrogação seria até 15 dias após o termino do contrato dos jogadores,ou seja tinha tempo hábil para publicação dos nomes dos atletas do Brasília no BID,algo q CBF de forma negligente não fez!!!!todos os prazos foram respeitados qto aos contratos e o envio do documentos dos atletas a CBF!!!o documento do diretor de registro de transferências comprova o erro e este doc.foi repassado p/ as federações e os clubes envolvidos no processo!!portanto o Brasília está sendo vítima de terceiros ou seja p/ erro da CBF!!!q no pleno, a justiça seja feita e o título retorne ao Brasília!!!

  • Lamentavel este circo que e a CBF

  • Quatro jogadores irregular do brasilia, a diretoria do brasilia assumiu q estava errada e a CBF assumiu q os jogadores não estavam no BID no dia do primeiro julgamento o brasilia aparecere com um documento mostrando a CBF alegou q os jogadores estavam regular e por um motivo de problema no sistema não foram publicados na data correta, isso e uma manobra da CBF pra tentar colocar o brasilia pra disputar um campeonato para o mané garrincha,pq outros jogadores do brasilia e de outros times foram publicados no BID na msma data sem problemas? Se o STJD não tem falcatrua com a CBF esse caso vai dar paysandu!

  • max

    Payssandu = Florminense da série C, perdeu no campo e vem com esta história de recorrer. será tão odiado em todo país como o florminense.

    • ary

      Kkkkkkk só rindo mesmo, odiado por buscar seus direitos.

  • Geraldo Pinho

    Essa questão tem duas vertentes.Uma é que segundo entendem os “doutos”, o que não está no BID, não pode estar no campo.Logo, se os jogadores do Brasília não figuravam na relação da CBF, estariam impossibilitados de jogar.É a regra geral.Infalível(!).Sem contornos.
    Outra é a Certidão expedida pela própria CBF confessando seu erro.Não tem fé pública?Quem a forneceu não poderia fazê-lo?É crime!Se a Certidão não apresenta indícios nenhum de irregularidade, a CBF está confessando seu erro.Mas não um erro qualquer.É uma questão que envolve um título, que por sua vez dá passaporte a uma competição internacional.Um erro de fato.Que termina se traduzindo em um erro de direito.Este caso não é similar ao do Fluminense e nem de nenhum outro.Envolve uma decisão de título.Se o STJD vier a reformar a decisão da Comissão Disciplinar não estará cometendo nenhuma violencia ao Direito.Apenas corrigindo uma decisão equivocada da CD.Nada a ver com esse papo de “arranjar” uma maneira de dar utilização ao estádio “Mané Garrincha”.O título pertence ao Brasília.O próprio procurador que acolheu a denúncia do Paissandu ressaltou que o time candango procedeu corretamente quanto aos prazos de envio da documentação à CBF.A não publicação no BID foi erro confesso da entidade.E fim de papo.

  • ary

    Não sei porque tanto estardalhaço por algo corriqueiro. Todos nós sabemos dos nossos direitos, vivemos sobre os olhos das leis. Todos os campeonatos obviamente possuem as suas . O Brasília errou e o Paysandu recorreu por seus direitos só isso. Ficam falando em: tapetão, virada de mesa, etc. Vergonha mesmo foi a forma como armaram tudo pro Brasília ser campeão e justificar o uso de mais um elefante branco (mané Garrincha). Não vai ser mais um campeonato decidido na justiça e sim um campeonato em que a justiça será feita: Paysandu campeão.

MaisRecentes

Protestos à vista



Continue Lendo

Ajustes no São Paulo



Continue Lendo

Mattos em xeque



Continue Lendo