O boné e o inferno



Quer dizer que a reforma do futebol brasileiro, para a CBF, passa por Alexandre Gallo e Gilmar Rinaldi?

Muito triste a coletiva dos dois, ao lado de José Maria Marin e Marco Polo Del Nero, agindo como se fôssemos imbecis.

Marin chegou a dizer que a Copa de 2014 é página virada e que tudo o que tinha que ser dito sobre ela já o foi por Luiz Felipe Scolari. Não é verdade. Há muita coisa a ser explicada. E a CBF tem que assumir sua responsabilidade pelo atual estágio do futebol brasileiro. Que é enorme. Trata o fracasso no Mundial como se não tivesse nenhuma relação com ele.

José Maria Marin dizia que iria para o inferno se perdesse a Copa. Perdeu e tem em seu currículo como presidente a pior derrota do Brasil em cem anos de história da Seleção.

Acha que com Gallo e Gilmar os problemas serão resolvidos? É essa a nova era em que acredita? Com todo respeito, Gallo e Gilmar Rinaldi?

Gallo, vale lembrar, dizia estar muito afinado com Luiz Felipe Scolari e era um de seus dois observadores na Copa. Felipão já admitiu que não imaginava que havia seleções tão fortes no torneio, como a Alemanha. Será que Gallo não observou direito nossos rivais? Age como se não tivesse relação nenhuma com o Mundial!!!

A diferença entre ele e Felipão é que não toma uma decisão sem consultar a direção da CBF. E isso pesa para um político como Marin.

Não dá pra dizer que temos um projeto olímpico, porque ele não existe.

Há um discurso vago de uma nova visão e uma nova forma de trabalhar. Indiretas a Scolari, que não teria estudado, nem se atualizado, mas faltaram explicações da presidência da CBF do porquê de ele ter sido o técnico do Brasil na Copa se estaria tão defasado assim.

A CBF trata Felipão como se não fosse problema dela e faz do técnico o grande bode expiatório do fiasco no Mundial.

Gilmar, novo coordenador, ficou conhecido por trabalhar como agente de futebol por mais de uma década. Não sei até que ponto as alianças que fez como empresário vão atrapalhar sua função, inclusive porque as ações dos agentes, que tantos jogadores tiram de nossas bases, têm sido alvo de muitas críticas dos clubes. E não dá pra dizer que os clubes estejam errados, não.

Fora que ele deve explicações. Quais jogadores ainda representava? Afinal disse que mandou mensagem para os que trabalhavam com ele algumas horas atrás encerrando os “vínculos”. Acabou o trabalho por e-mail? É esse o exemplo que deixa? E quais suas credenciais para assumir o cargo? Ter sido goleiro? Ou justamente ter sido agente, que foi o que fez de sua carreira após deixar os gramados?

E que coisa! Já saiu criticando a Seleção que perdeu para a Alemanha por usar um boné com a inscrição “Força, Neymar”. Acha que deveria ser “Força, Bernard”. Se foi isso o que o incomodou, sem palavras.

Mas com Gilmar e Gallo certamente bonés, anéis, brincos e tatuagens vão ser assunto da moda. Podem esperar. Têm o mesmo perfil conservador de Marin, que segue achando que não precisamos nem podemos ter um técnico estrangeiro. Afinal, para eles, seguimos sendo os melhores do mundo. Triste futebol brasileiro. Meu Deus! Estamos no inferno!



  • WAGNER

    LAMENTÁVEL. SOMOS VÍTIMAS DO SISTEMA. BYE BYE HEXA 2018.

    • janca

      Só não estamos no fundo do poço porque não param de cavar e cavar e cavar.

      • WAGNER

        rsss… O JAPÃO É O LIMITE…

        • janca

          Não há limite. O poço não tem fundo, Wagner. Se ainda acabar no Japão é uma luz… Mas acho que o deles não chega a lugar nenhum. Lama e mais lama e mais lama.

          • WAGNER

            É VERDADE… É VERDADE…

      • Rafael Wuthrich

        Quer ver fundo do poço? Lembrem da seleção brasileira de basquete, bi mundial.

        • janca

          Mas com a CBF do jeito que está o poço não tem fundo. Eles seguem cavando e cavando e cavando… É, talvez parem no Japão, como apareceu em um dos comentários.

          • Rogerio

            Talvez o fundo do poço não seja o Japão, mas sim uma possível desclassificação nas próximas eliminatórias. O sufoco que passamos jogando contra Chile e Colômbia jogando em casa já dá a dimensão de como deverá ser quando jogar nos campos adversários.
            Ainda mais com jogadores saindo tão cedo do Brasil e não estando acostumados a enfrentar as adversidades de uma partida contra adversários sul-americanos.

          • janca

            Mas será esse o fundo do poço? A atual administração é capaz de cavar ainda mais, ainda mais, ainda mais. Fora, Marin!!!

      • Edson – Santo André

        Boa noite Janca,

        Só existe um jeito de melhorarmos o futebol: BOICOTE!!!!!!! Só doendo no bolso de quem organiza e compra os direitos de transmissão para vermos alguma melhora, alguma atitude descente. Eu mesmo só volto a assistir jogos da seleção da CBF quando essa situação mudar, talvez nunca mais na minha vida!

        Abraço.

        • janca

          Ah! É justamente sobre isso que vou tratar aqui. Acho que a saída passa pelo bolso mesmo. Desvalorizaram a Seleção como há tempos desvalorizaram o Brasileiro. Os patrocinadores e os detentores dos direitos de TV têm de tomar uma atitude. A eles não deveria interessar um Brasileiro de péssimo nível técnico e estádios vazios (média de público menor do que a do “soccer” nos Estados Unidos” e uma Seleção que virou motivo de piada. Abs.

  • Thiago

    É caro Janca, primeiramente boa tarde. Se é que é possivel…

    Le,bra ontem quando discutimos um pouco o futuro do futebol brasileiro e os nomes cotados para assumir cargos na CBF??

    Nada é tão ruim que não possa piorar…

    Deveriam muitar uma comissão com Carlos Leite e Wagner Ribeiro, já que é pra chutar o balde que façam direito. Não que eu tenha qq denuncia contra o Gilmar, mas ele é empresario de atletas como pode assumir um cargo na seleção??? Parafraseando Zé Simão…”legalizaram o lobby”…kkkk

    Eu parei por aqui com essa seleção, como disse ontem a muito tempo tiraram a seleção do povo e entregaram a meia dúzia de burgueses que pensam ser dono do futebol brasileiro. Não consigo mais assistir um amistoso da seleção por causa dos horários e dias que eles são jogados. Enquanto a seleção não voltar a ser do povo eu to fora…

    Agora vamos apostar no treinador da seleção? Deve ser alguem da geração de 82 para iludir o povo dizendo se tratar de um treinador que conhece o futebol arte….Zico, Falcão ou Junior…se bobear vão chamar os três..

    Janca, não sei sua idade, se ja esta perto da aposentadoria mas pode arrumar outra profissão…rsrsrs…só falta enterrar o futebol brasileito, morto ele esta faz tempo…

    Brincadeiras a parte, temos que rir pra não chorar…

    abs

    • janca

      Não, nada é tão ruim que não possa piorar. E hoje a CBF deu mais um passo atrás. E seguirá dando outros. Cavando, cavando e cavando… O fundo do poço está longe, caro Thiago. Sobre o novo treinador, tenho a impressão de que vão atrás do Muricy. Mas vamos ver. Estrangeiro a CBF não tem peito pra bancar. E dependendo do estrangeiro que escolhesse ele bateria de frente com a arcaica direção da CBF. Ah! Preferia mil vezes um Leonardo, por mais que possamos ter algumas restrições a ele, ao Gilmar. Já sobre minha profissão… Ando cansado. Mas não me aposento. E ainda sonho em ver nosso futebol melhor. Mas que está difícil, está. A entrevista de hoje me deixou mal. Muito mal. O Marin não deveria pegar o boné logo? Mas não larga o osso. Não larga… Se bem que aí teríamos Del Nero. Cujo vice mais velho é ele, José Maria Marin, o homem da Arena e da ditadura militar. Meu Deus! Abraços pra você

      • Thiago

        É caro Janca,

        Sera necessário fazer com a CBF algo parecido com o golpe militar, será necessario tomar a força o poder da CBF ou teremos o Del Nero por mais 20 anos no poder e depois ele passa o poder pra algum “comparsa” e assim vai…

        Com certeza, mesmo com todas as restrições, o nome do Leonardo seria uma noticia “menos ruim” do que essa de hj, pelo menos, ele ja esta envolvido na diretoria e comissão tecnica de varios clubes…

        O Gilmar nunca ira desvincular sua imagem de agenciador, qq jogador desconhecido que passe a ser convocado sera colocado na conta dele. Pode até ser uma injustiça com o jogador, mas infelizmente é assim que as coisas acontecem…

        Tbm fiquei bem desanimado quando li a noticia e fica ainda pior pq somos incapazes de fazer alguma coisa…

        Isso ae Janca não aposenta não, vc é um baita jornalista e fala o que pensa. Precisamos de mais pessoas como vc no meio esportivo…

        Se a dupla Marin/Del Nero acabar com o futebol brasileiro a gente vira historiador…rsrsrs…se precisar de estagiario pra relatar como era o futebol na “terra do futebol” to ae…rsrsrs

        abs

        • janca

          Até algumas horas, pelo jeito, ele trabalhava como agente de futebol. Tem a “profissão” no sangue. Não vai se desvincular dela tão facilmente. E também acho o nome do Leonardo melhor (ou menos ruim, como você colocou) do que o de Gilmar Rinaldi. Hoje levamos mais um bofetão na cara, Thiago. Não chegam os 7 a 1? O fiasco diante da Holanda? Não, eles querem mais. Acham que somos imbecis. E começo a achar que somos mesmo. Estou tão indignado como você. Tratam nosso futebol como brincadeira, fizeram nossa Seleção virar piada. E a tendência é piorar, amigo. Abs.

  • Mario

    Bone , um empresario de jogador tomando conta das seleções e o Gallo , a CBF consegue surpreender negativamente quando a gente acha ser impossivel da fazer pior , é inacreditável .

    com Marin e Del Nero não sera o fundo do poço , vai ser um buraco negro eterno.

    • janca

      É um poço sem fundo, Mario. Inacreditável!!!

  • Jocinei

    Depois da declaração do Gilmar Rinaldi de que o que mais incomodou ele na Copa foi o boné da seleção , já percebe que coisa boa não vem por aí . O problema do nosso futebol é muito maior e com essa turma da CBF tomando conta dele , o futebol brasileiro ta num buraco sem fundo , os nossos times grandes viraram médios ,os médios viraram pequenos e os pequenos viraram vitrine de jogador de empresário ,muito triste .

    • janca

      Mas você consegue acreditar que o que mais incomodou Gilmar Rinaldi foi o boné da Seleção? Que declaração infeliz! Já começou mal. Deveria pedir as contas. Sério. Ganharia por um dia de trabalho. Trabalho? A entrevista foi risível. Papelão de Gallo, que era parte da comissão que trabalhou e levou dez gols nos dois últimos jogos com a Seleção, e age como se não tivesse tido nenhuma ligação com “aquilo” e com Luiz Felipe Scolari, que deve estar magoado pacas. Papelão de Gilmar, que dispensou os atletas que representava ontem por mensagem eletrônica, o que é isso? De fato parece que a CBF decidiu legalizar o lobby (dos agentes), como brincou José Simão, segundo um dos comentários. Mas papelão mesmo foi Marin, que deve mil e uma explicações sobre o fiasco da Seleção no Mundial e age como se não fosse com ele. É de embrulhar o estômago.

      • t.

        janca,

        não só encerrou vínculo com os jogadores agenciados por mensagem, como ainda acrescentou “que provavelmente eles não tenham entendido”, segundo matéria do próprio lance.

        o simão parece ter a razão, enfim.

        e tô achando que se convidarem o cuca ou o cristóvão borges para técnico, o futebol brasileiro estará no lucro (dentro do incalculável prejuízo, se isso é possível).

        • janca

          Sim, disse que provavelmente eles não entenderam, porque não disse que estava indo para a Seleção. Isso é profissionalismo? Termina-se um vínculo assim? O Simão, de fato, parece ter toda razão. Ah! Do Cuca eu gosto.

          • janca

            Mas o problema é maior do que técnico A ou B. O problema é Marin. É essa cúpula da CBF. Já deu!!! Querem levar de sete de novo?

  • Zico

    A partir de Gilmar e Gallo será a reformulação??? Não será técnico estrangeiro ??? aaahh o que faz um coordenador de seleções ou da seleção? qual era o cargo do parreira e pra que serve?
    ´´ e volta o cão arrependido … “

    • janca

      Não, técnico estrangeiro eles não querem. Acha que temos profissionais de primeiro nível por aqui pra fazer a tal reformulação. Que começa com Gallo, o observador dos adversários do Brasil na Copa de 2014, e Gilmar Rinaldi, que até ontem ainda atuava como agente de futebol, tanto que teve que mandar mensagem para aqueles com os quais trabalhava dizendo que o vínculo terminou.

  • Ado Marcelo

    Janca, será que alguém tinha esperança que os cartolas que nos trouxeram ao fundo do poço seriam os responsáveis por nos tirar de lá? Sem intervenção do governo federal não há esperança, esses caras não vão abrir mão do poder e riquezas que o cargo lhes confere.

    E os clubes continuam votando por essa continuidade, e depois fazem campanha para o público aderir ao sócio torcedor.

    Sinceramente, quem é sócio torcedor de uma estrutura corrompida e inoperante como a do nosso futebol, mais atrapalha do que ajuda. Porque coloca dinheiro na mão dessa gente.

    Avaliza a incompetência.

    • janca

      Não digo intervenção, mas alguma forma de controle externo tem que existir, porque a CBF administra como se fosse sua um dos maiores patrimônios públicos do Brasil. Que usa nossa bandeira, canta nosso hino, representa nosso país. E administra mal, tanto que o produto hoje virou motivo de piada.

      • Ado Marcelo

        Foi o que eu quis dizer com intervenção. Alguma forma de controle.

  • Felipe Velasquez

    Janca, não vejo com bons olhos o futuro da Seleção Brasileira. Corremos sérios riscos de não classificar para a próxima Copa, pois os nossos adversários/vizinhos estão jogando bem e mais: perderam o medo de jogar com o Brasil (vimos Chile e Colômbia jogarem de igual para igual em nossa casa). Definitivamente, Gilmar não foi uma boa escolha das pessoas que “decidem” o nosso futebol. Faltou OUSADIA e CORAGEM! Leonardo seria muito melhor escolha: possui prestigio na Europa! CBF acorde! Se você possui uma grande empresa e esta não dá lucros, você precisa tomar DECISÕES para mudar isso, ou seja, contratar pessoas capazes de reverter esse quadro (independente de nacionalidade, cor ou sexo). É simples! Um técnico estrangeiro mudaria isso, com certeza (ex.: o melhor seria o Mourinho, fala português e é obcecado por títulos). Acredite, no mínimo faria os nossos técnicos se atualizarem! Vou ter que concordar com o que o Romário escreveu: outros 7 x 1 virão até que alguém acorde!

    • janca

      Entre Leonardo e Gilmar, o primeiro dá de dez. E com essa turma aí conseguir vaga pra 2018 será um sacrifício.

  • lm_ri

    Janca , gilmar rinaldi coordenador tecnico da CBFA raposa tomando conta do galinheiro.Pior q isso so se nomeassem o juan figger

    Fui

    • janca

      Ou algum outra agente de jogador. E se era pra nomearem um, que nomeassem o mais conhecido de todos _rs. Que não é Gilmar Rinaldi.

  • Orismar

    Felipão.. Vc é um vitorioso, não devia ter voltado para esta seleção, que não é brasileira, e sim da globo e CBF, São todos um bando de aproveitadores… siga de cabeça erguida, eu tenho certeza que vc é capaz de conquistar ainda vários títulos de expressões em qualquer outro clube, seja brasileiro o do exterior, seja feliz… eu sou palmeirense e foi com vc Felipão, que tivemos as maiores alegrias, tanto no palmeiras quanto na seleção brasileira… então Felipão muito obrigado por tudo.. e até breve, Boa sorte! Seleção brasileira pra mim não existi nunca mais, não vou perder tempo em ver jogos da seleção da CBF e globo….

    • janca

      Aí também não. Felipão foi vitorioso, conquistou muita coisa no futebol, muita mesmo, mas nessa Copa, depois do jogo contra a Alemanha, sem palavras. Não dá pra dizer que fez um bom trabalho, especialmente diante de alemães e holandeses, por mais que você admire o treinador.

      • Orismar

        Sim Janca, o que eu falei não é referindo a esta copa…. mas pra mim foi apenas dois péssimos jogos, nesta segunda passagem dele… se vc fizer uma comparação foram 28 jogos com 19 vitórias, 6 empates e 4 derrotas… aproveitamento de mais de 70%… mas a realidade os dois últimos jogos foram péssimos mesmo.

        • janca

          Mas isso qualquer técnico dirigindo a Seleção Brasileira tem. Não foram duas simples derrotas. Uma foi por 7 a 1, a pior em cem anos de história da Seleção. E poderia ter sido de dez, 12 ou até mais… E a outra foi um vexatório 3 a 0. Sendo que Felipão admitiu que não sabia que havia seleções tão fortes na Copa. Aí não dá. É de matar qualquer um.

  • joe LHP

    Essa gente não quer mudança, até pq a mudança passa por eles e nunca a sujeira vai ser a favor da faxina.

    • janca

      Na verdade a mudança começa por elas. Sai todo mundo e Marin continua como se não tivesse tido responsabilidade nenhuma? Ele não disse que iria para o inferno se perdesse a Copa? E não só perdeu como nos impingiu a pior derrota da história do nosso futebol.

  • Raphael

    É o fim, dia 17/07/2014 morre o futebol brasileiro. Assassinado por incompetência de seus próprios comandantes. Tá na hora de o governo instaurar outra CPI do futebol, a CBF não pode seguir dona do nosso patrimônio cultural mais valioso.

    • janca

      O pior é que CPI não adianta. Quantas não acabaram em pizza? E mais triste ainda é lembrar que segunda que vem a Seleção faz cem anos. E está nas mãos de… A coisa está feia, Raphael. Estão matando o futebol brasileiro. Vamos deixar?

      • Raphael

        Janca eu sei que não é correto, mas eu sou a favor de uma intervenção estatal, se possível para amanhã.

        • janca

          Mas também temos que ter cuidado. A CBF virar estatal com o governo administrando tão mal algumas das grandes empresas nacionais?

  • Rodrigo Alves

    me da vontade de chorar em ver essas coisas acontecendo no futebol brasileiro. As pessoas que tentam fazer alguma coisa não tem força, não tem respaldo do governo e nós continuamos reféns. É triste mas ta difícil de acreditar em alguma coisa no futebol. A CBF não vai mudar enquanto não houver uma intervenção estatal. mas pra isso, vai precisar de apoio politico e, quem tem esse apoio, é a própria CBF. Vejo o Romário, o Bom Senso, alguns deputados, jogadores, mas parece que é impossível vencer esse câncer. Meu Deus!!!!

    • janca

      Eu também acho difícil, Rodrigo, com todo respeito a coisa está muito feia, pra não usar um palavrão nesse espaço. Até peço desculpas aos internautas, mas de fato ando cansado… Embora continue (pelo menos eu ache) bem educado. Mas está f… Fogo, digo.

  • Felipe Velasquez

    Janca, meu palpite para treinador é o Zico.

    • janca

      Do Zico eu gosto. Como ex-jogador, como ser humano, como empresário com o qual conversei algumas vezes. Mas não me conformo com Marin na presidência da CBF.

  • MARCIO WILK

    Janca…se bem me alembro, o Gilmar Rinaldi foi membro da diretoria do Flamengo nos tempos do presidente Edmundo Santos Silva né? Aquele que foi condenado por lavagem de dinheiro e tals…Me parece o nome certo para continuar as negociatas na CBF!

    • janca

      Posso ser sincero? Não me lembro disso, embora me lembre da administração Edmundo Santos Silva, sim. E, tendo ou não feito parte daquela gestão, com todo respeito, por mais que o Gilmar sempre tenha sido simpático comigo, não dá pra ser o coordenador de futebol da CBF. Não dá!!!

      • nat

        Janca,

        na época de Flamengo Gilmar era o maior sanguessuga que tenho lembranças. A intermediação deste sujeito nas negociações de jogadores com o flamengo sempre lesaram o clube. Pior escolha para um cargo na CBF impossível. A conduta do Gilmar como empresário e agente de jogadores estragou a imagem do bom goleiro que foi.

  • A verdade nem Jesus cristo agradou a todos, o Gilmar me parece uma pessoa do ramo, tem competência e agora vai iniciar um novo trabalho juntamente com o Alexandre Galo. Vamos dar oportunidade para demonstrarem na escolha do Treinador que espero que seja o Tite.
    Pior que o Parreira e Felipão não vai ser.

    • janca

      Iniciar um trabalho? Acorda, Laercio, o Gallo fez parte do “trabalho” pra 2014. E tem responsabilidade nos 7 a 1. É fácil cair fora agora. Autocrítica vai bem. Pra mim, que vou fazer a minha, até porque acreditei no Felipão, e pra ele, Gallo, também. E não trabalho na CBF. Até trabalharia. Mas jamais sob o comando de Felipão. Muda, Seleção!!! Muda, CBF!!! De Teixeira a Marin estamos… Atrapalhados, Laercio.

  • Anselmo Ferreira

    Janca, você é dos mais ácidos e também dos que mais confio. Então, vamos lá:

    Gilmar Rinaldi na CBF, um empresário de jogadores vai reformular o futebol nacional? Muito de nossa deterioração futebolística se deve ao fato das categorias de base dos clubes brasileiros terem se tornado mercadões da baciada onde meninos de 10, 12, 14 anos são vendidos como se fossem tomates (tomates com estatura/tipo físico que agrade ao mercado europeu, claro, o destino final de nossa “mercadoria”). Vendidos por quem? Por gente como Gilmar Rinaldi.

    Estou vendo a CBF cavar sua própria sepultura. Resta saber se, nesta era pós clube dos 13, ainda resta algum espírito de união em nossos clubes para fazer o que tem que ser feito: aposentar de vez os velhinhos esclerosados da nossa grande CBD. Depois de tanta reformulação e sangue novo, só falta os velhinhos trazerem de volta o velho lobo pra treinar nossa seleção com s minúsculo.

    Gostaria de saber sua opinião a respeito. Que tal “upar” a hashtag #VoltaZagalo nos trend topics?

    Situação atual da CBF: As raposas tomando conta do galinheiro, quer dizer, da Granja Comary!

    Amplexos!

    • janca

      A coisa está feia mesmo. Foram apelar para um empresário de jogadores??? Gilmar Rinaldi não!!! A não ser que ele tenha mudado muito… Mas até algumas horas era agente de jogador!!! Não, a coisa está mesmo feia. Não sou contra a saída de jovens do Brasil, eles têm o direito de tentar a vida lá fora, mas cadê um projeto de verdade, dona CBF? Não basta sair Felipão. Com todo respeito, fora Marin!!!!!!!!!!!!!!!!!! Se bem que pra ter Del Nero… E Marin como vice mais velho!!!

    • Johannes

      Caro Anselmo,
      Eles não querem cavar sepulturas, querem engordar as contas bancárias…o sepultamento da paixão nacional é só um efeito colateral…tristeza não tem fim…felicidade sim..dizia a música

      • Anselmo Ferreira

        O mais triste nisso tudo é ver a pouca vontade do governo em por o dedo na ferida. Dona DIlma só sabe falar em copa das copas, está em plena campanha eleitoral e não parece nem um pouco disposta a trabalhar e se indispor com a bancada da bola e da CBF.

        O ministro Aldo Rebelo é um vendido que não faz o menor esforço pela aprovação da lei de Responsabilidade Fiscal do esporte.

        A solução, como se vê, passa pela reformulação do escalão mais alto da política brasileira. A esta altura, não podemos pedir a cabeça só do Marin e do Del Nero, é preciso ir além. Longe de querer fazer propaganda pra este ou aquele candidato, quero apenas a oxigenação da política e da sociedade brasileira como um todo.

        • janca

          Quem se pronunciou foi Franklin Martins, num tom forte contra a CBF, mas a presidente não gostou…

  • PIETRO

    Boa Noite Janca!
    Concordo com tudo o que você disse! A minha pergunta é a seguinte: Existe alguma medida/coisa que os torcedores, alguns políticos (tipo Romário), ex-jogadores, jornalistas e imprensa (fora Globo que faz parte da CBF) possamos fazer para revolucionar/mudar essa situaçao da CBF e tirar MARIN/DEL NERO & co. do poder? Eu lí que o vice eleito da CBF (um tal de Delfim Peixoto se nao me engano) é contra o Rinaldi e a favor de restruturaçao tática e de técnicos e treinador estrangeiro.
    O que nós de fora, unidos, podemos fazer para virar essa situaçao????

    • janca

      Caro Pietro, a situação é muito complicada, porque, em tese, a CBF é uma entidade privada, a direção da confederação tem as federações (quase todas) nas mãos, os clubes votaram no Del Nero, é um colegiado fechado e uma eleição, a meu ver, viciada. Basta as federações, que recebem verbas e benesses da CBF, votarem no candidato da situação que ele não sai de lá. Foi o que aconteceu no primeiro semestre. Aliás anteciparam as eleições justamente pra não pegarem o efeito da Copa e de um possível fracasso do Brasil. Mas acho que há caminhos, sim. Vou até publicar logo mais um post intitulado “Os donos da grana”. Porque os patrocinadores e parceiros da CBF podem pressionar por um melhor produto. A Globo também. A eles não interessa um Brasileiro fraco, uma Seleção desvalorizada e desconectada da torcida. O Congresso também deveria rever a legislação. E nós teríamos que pressionar os congressistas para, no mínimo, a CBF ser mais fiscalizada e obrigada até a investir parte da verba que ganha em formação de técnicos, em categorias de base etc. etc. etc. e não em salários polpudos para seus dirigentes e sua burocracia. Afinal a CBF administra um patrimônio público e isso, por si só, tem de ser rediscutido. Pode um grupinho se apossar de nossa Seleção e fazer dela o que bem entender? Temos o movimento de jogadores, o Bom Senso, que deveria ter radicalizado no primeiro semestre, mas acabou perdendo força com Paulo André na China, Juninho Pernambucano na Globo, Seedorf na Itália… Talvez retome agora após os 7 a 1. A sociedade civil, enfim, tem que protestar. Pressionar. Como faz a ONG da Ana Moser, que defende limitação de mandato de dirigentes. Ou o próprio Romário na Câmara, enfrentando a bancada da bola. Mas tenho pensado muito sobre tudo isso. E quero ver se encontro bons interlocutores no esporte que de fato queiram mudanças. Porque pela CBF segue tudo como está…

  • nat

    Olá Janca!!

    Me lembro do Gilmar envolvido em negociações de jogadores com o Flamengo. A conduta deste sujeito era a pior possível. Flamengo sempre se prejudicava e este picareta enchia os bolsos de dinheiro. Na CBF terá carta branca para continuar sendo o sanguessuga que sempre foi. Marin está de parabéns por conseguir a proeza de piorar o que já era um circo dos horrores e da podridão.

    • janca

      Desconheço denúncias contra o Gilmar, sinceramente desconheço, salvo engano até foi chamado por uma das CPIs do futebol, mas não indiciado. De qualquer jeito a contratação dele como coordenador-geral é um atentado ao bom senso. Até a véspera ele tinha ligações com jogadores de futebol. Cortou os vínculos de uma hora pra outra por mensagem. E o que mais o incomodou na Seleção na Copa foi o boné antes do jogo contra a Alemanha? Ele está de brincadeira. E o Marin acha que somos imbecis.

  • Johnny Santista

    Patético mesmo! hahahahaa…

  • Adriano

    Janca.

    Estamos no inferno sim, e pior, o inferno tem subsolo, nada é tão ruim que não possa piorar, colocar o lobo pra tomar conta do rebanho é demais…. A resposta do Gilmar ao que mais incomodou é pra deixar até quem não entende de futebol indignado, CBF é caso de policia!!!! Me sinto enojado……

  • Luiz Omar

    Janca,
    não haverá solução para esses problemas, isso é ilusão.
    a cbf age sempre como os políticos de brasília: quanto mais atraso, mais ignorância, melhor para eles que se perpetuam no poder. Basta ver como são eleitos os presidentes de federações, tanto as estaduais como o da cbf. política pelo poder, poder pela política.
    e, ao contrário da política pura e simples, onde um ponto de ignição pode trocar toda a corja que está no poder (ainda que substituindo por outra do mesmo quilate) na cbf isso não é possível, é um clube fechado.
    então, o que a mídia como um todo ou a população pensar ou desejar mudança, para eles pouco importa. Estão encastelados no poder e ninguém tira, porque se houver uma intervenção do estado a fifa ainda aplica sanções para evitar isso.
    a única esperança é a desilusão da população com o esporte que é a paixão nacional e essa desilusão causar prejuízo aos patrocinadores. aí sim poderá haver alguma mudança.
    enquanto o povo continuar vivendo com a venda nos olhos, continuaremos sofrendo com os políticos e passando raiva com esses técnicos da era das trevas.
    triste país….

    • janca

      Acabei de colocar um post sobre o assunto intitulado “Os Donos da Grana”. Porque essa desilusão tende a afetar os patrocinadores, que têm a obrigação de exigir mudanças. Não podem estar satisfeitos com José Maria Marin, Alexandre Gallo e Gilmar Rinaldi, podem?

MaisRecentes

Saída de Lucas Lima



Continue Lendo

Dorival bombardeado



Continue Lendo

A grana de Nuzman



Continue Lendo