Neymar mandou bem



Muito boa a entrevista coletiva de Neymar. Mais uma vez o atacante mandou bem. Reconheceu que o Brasil não apresentou o futebol esperado na Copa e não apenas por conta dos 7 a 1 das semifinais. Considerou a campanha e o desempenho da Seleção razoáveis, mesmo o time chegando entre os quatro melhores.

Foi bem diferente de Luiz Felipe Scolari e Carlos Alberto Parreira, que tentaram justificar o injustificável, num momento de dor e perplexidade diante dos 7 a 1, insistindo que o trabalho foi bom.

Neymar já não. Nas entrelinhas admitiu que poderiam ter treinado mais, feito algo diferente, rendido de outra forma. E elogiou muito o comprometimento da equipe, nisso também concordo com ele. Os jogadores deram o melhor de si, lutaram, tentaram, choraram, esforçaram-se… É algo, aliás, que os times de Felipão (e isso sempre reconheci) costumam ter.

Ah! E disse também que vai torcer por Messi na final. Não é o único brasileiro que vai faze-lo, não. Porque o astro argentino, seu companheiro de Barcelona, é admirável mesmo. Por sua humildade, talento e trajetória de vida.



  • WAGNER

    NESSA NÃO… ALEGRIA BLZ, MAS OUSADIA DE TORCER PARA A ARGENTINA? AÍ NÃO…

    • janca

      Ainda mais porque os alemães foram muito simpáticos nessa Copa. Mas como Neymar tem companheiros no time argentino normal que torça por eles.

      • WAGNER

        SIM, MAS AÍ O ROMÁRIO TBM JÁ JOGOU COM ARGENTINOS E NUNCA TORCEU POR ELES EM COPAS. AINDA MAIS NO BRASIL.

        • janca

          Mas até aí cada um torce pra quem quiser. O brasileiro não é obrigado a torcer para a Alemanha. Eu devo torcer para os alemães, mas confesso que gosto muito do Messi. Não só pelo futebol, pela postura que não é nada arrogante. E espero que continue assim mesmo se for campeão mundial, um título que iria coroar sua carreira.

  • Mario

    mandou bem em algumas respostas , mas não foi dar entrevista na granja para ser um escudo da CBF , Felipão e Parreira?

    • janca

      Tem toda razão, Mario. Mandou bem, de fato, em algumas respostas, não em todas, mas comparando ao que aconteceu na véspera, quando Felipão e Parreira tentaram mostrar que a Seleção estava no rumo certo e foram arrogantes e desrespeitosos até na coletiva, Neymar de fato mandou bem. Só que você tem toda razão quando diz que ele foi um escudo da CBF. Não só de Felipão e Parreira, mas de todo o grupo e do próprio Marin. Vai pro jogo de amanhã pra reconquistar a torcida e pedir apoio para a galera. Ainda mais se recuperando de lesão e não tendo participado do desastre de terça, tudo isso conta a seu favor e pode mudar um pouco o clima, que de fato ficou pesado. Manchou, de alguma forma, a carreira de todos os que participaram da maior derrota da história da Seleção, que completa cem anos no próximo dia 21. A maior.

  • Zico

    Nada demais . Não duvido nada que seu staff se reuniu com Marin e em conjunto chegaram em um acordo sobre as respostas.. ou falar a verdade . Sabem que tem uma lesão , não jogou , então os jornalistas não pegariam pesado com ele ! Se ele estivesse em campo , duvido se iria dar entrevistas..
    E em relação a torcer pra Argentina , é a mesma coisa de torcer pro Felipão ficar !! Quem são mais arrogantes no futebol, os argentinos ou a dupla Felipão-Parreira????
    Se com 2 títulos e se não me engano apenas Messi e Maradona considerados melhores do mundo , se acham os melhores no futebol, imagina se ganharem da seleção que nos humilhou??

    • janca

      Sem dúvida ele foi escalado por isso. Porque virou o herói e o mártir da Copa. E realmente se os argentinos ganharem a Copa no Brasil (e no Maracanã) vamos ter que aguentar. Mas a Alemanha é favorita. E tem um time que se mostrou, até aqui, um exemplo de respeito, simpatia, profissionalismo…

MaisRecentes

Protestos à vista



Continue Lendo

Ajustes no São Paulo



Continue Lendo

Mattos em xeque



Continue Lendo