Por que não Bernard?



Anteontem conversei com um amigo do LANCE! para uma matéria que ele fazia e defendi que o Brasil atuasse contra a Alemanha com Luiz Gustavo, Fernandinho e Paulinho como volantes, Oscar e Hulk um pouco mais à frente e Fred de centroavante.

Hoje, conversando com outro amigo, que não é jornalista, ele defendeu a entrada de Bernard no lugar de Neymar. Acho uma ideia válida, por que não?

Jogaríamos com Dante e David Luiz na zaga, Maicon no lugar de Daniel Alves, como já aconteceu contra a Colômbia, Fernandinho e Paulinho no meio-campo (sem Luiz Gustavo, portanto), Oscar e Hulk um pouco mais à frente, com os dois ajudando também na marcação, e Bernard e Fred no ataque.

Alternativas existem. Espero que a que Luiz Felipe Scolari optar pra amanhã dê certo. Se não, ele pode mexer para o segundo tempo. É possível.

Uma semifinal complicadíssima, enfim, em que muitos colocam o Brasil como azarão, mas temos totais condições de vencer. Perder de véspera é que não dá. Vai, Brasil!



MaisRecentes

Seleção magoada



Continue Lendo

O emocional, de novo



Continue Lendo

A cabeça de Neymar



Continue Lendo