Thiago Silva em xeque



Tenho escutado muitas críticas a Thiago Silva pelo descontrole emocional nesse Mundial.

Claro que temos de ter em mente que não se trata de um super-herói, mas de um ser humano, só que algo tem de ser feito até o próximo jogo.

Talvez tenha sido um erro escala-lo como capitão? Sim, pode estar pesando demais no ombro do zagueiro, que publicamente já admitiu não estar conseguindo jogar o que pode pela emoção (e responsabilidade) de defender o Brasil numa Copa em casa.

Ontem mesmo pediu para Luiz Felipe Scolari não o escalar para bater pênaltis, pediu para ser o último, depois inclusive de Júlio César, já que diz não ser bom cobrador.

O que espanta é, em primeiro lugar, Felipão desconhecer essa insegurança de seu capitão e, em segundo, não trabalhar melhor o fundamento, já que pênalti, daqui para a frente, é uma possibilidade real e ontem William e Hulk não se saíram bem.

A sorte nos ajudou diante do Chile, vide aquele travessão no finalzinho da prorrogação, mas não podemos depender só dela. E temos que jogar bonito. Seguir ganhando aos trancos e barrancos é complicado, embora eu continue acreditando que chegaremos às semifinais.

A Colômbia tem apresentado um futebol muito melhor que o nosso, quatro vitórias em quatro jogos, 11 gols marcados, só dois sofridos, mas podemos vence-la no Castelão. É um adversário conhecido que já fez história nesse Mundial, algo que nós ainda precisamos fazer. E espero que façamos, pois seguimos devendo. Não resultados, apenas um bom futebol.



  • Gargamélvio

    Frouxo emocionalmente.

    • janca

      Mas ainda pode se controlar para a sequência do Mundial.

  • t.

    janca,

    estive pensando sobre um assunto: até que ponto o desenvolvimento da tecnologia recente atrapalha o desempenho da seleção brasileira e, em especial, o felipão?

    me explico: duvido que o primeiro ato da maioria dos jogadores ao entrarem no vestiário não seja pegar o celular, ainda mais com jogadores tão jovens. isso quando não se isolam com seus fones de ouvidos. claro que isso já existia em 2010, mas agora contamos com jogadores muito mais jovens e mais inseridos nessa cultura. logo, com essa cultura do isolamento individual a partir do vício de acesso, não sei até que ponto isso não interfere na criação de relações, camaradagem etc. entre o grupo. além disso, se quase não conversam entre si, provavelmente não trocam idéias sobre trabalho, de como melhorá-lo etc., apenas reproduzem. tanto que ao observá-los gritar em campo, mal se escuta algo além de palavras genéricas como “vamos, vamos”, nenhuma orientação, análise do que esteja ocorrendo ali em campo, sugerir uma postura ao companheiro, uma correção de posicionamento etc.

    assim, se felipão era o ‘pai’ da família scolari, em 2002, hoje ele me parece muito mais um ‘avô’, que não consegue falar a língua da geração desses jogadores jovens. desse modo, seu principal (e único?) talento, o motivacional, não encontra eco e identificação. daí, ladeira abaixo. na última conquista brasileira, os jogadores estavam na puberdade, em média. felipão está muito mais pruma referência já histórica a uma influência viva de uma referência, ídolo, ou o que quer que seja.

    o que temos visto em campo não é o drama de um time, mas onze dramas individuais, que parecem não se relacionar. talvez o do thiago silva seja o mais evidente, por diversas razões. isso vindo de uma pessoa que já viveu um drama muito mais sério, pela vida, ao ser internado com tuberculose, na rússia. até faz comercial sobre isso.

    • janca

      Já até abordei esse assunto numa das colunas para o LANCE!, talvez há um ou dois anos, agora não me lembro ao certo. É difícil lidar mesmo com essa nova geração, cada um fica muito na sua, “isolado” em seus aparelhos, conversando com amigos, namoradas, familiares, com quem for, a concentração hoje é muito diferente do que já foi. E temos que nos adaptar aos novos tempos, por mais difícil que isso seja, sem abrir mão de algumas coisas dos velhos, que não podem ser descartadas mesmo. É uma discussão interessante.

  • Mario

    concordo q é um ser humano , mas é um atleta de alto nível e deveria estar preparado emocionalmente para esse momento , mas ele não é o unico q esta amarelando , tirando o Luiz Gustavo , David Luis(q esta jogando machucado) e Neymar , os outros estão tremendo na base.

    a culpa é do Felipão e sua trupe precisa trabalhar mais o emocionam desse povo senão não irão muito longe.

    • janca

      Alguns parecem estar tremendo na base mesmo e isso teria que ser trabalhado com a comissão técnica.

  • Raul

    Thiago Silva sem nenhuma estrutura para ser capitão, ele apaga em alguns momentos do jogo e ontem mostrou uma frouxidão. Pedir a Deus para ajudar os amigos nos pênaltis? Que capitão é esse? é um borra botas

    • janca

      É um ser humano. Mas que o chamou para ser capitão foi o Felipão, que deveria saber, por exemplo, que o Thiago Silva não tem estrutura emocional (ou talento, o que for) para bater pênaltis. Mas acho que talento ele tem. Então teria que trabalhar a parte emocional e dá pra fazer isso. E insisto que a comissão técnica deveria ter ciência do estado de cada jogador, inclusive para as penalidades, que foram decisivas ontem e podem ser de novo nas quartas, semifinais ou finais, se chegarmos lá. E espero que cheguemos.

  • Cesar

    Fiquei surpreso ao ver Willian escalado para bater, e o Thiago sequer ser relacionado, afastado dos demais e com uma postura extremamente assustada, nem assistiu as cobranças. Não foi legal.
    Enquanto isso, Paulinho mesmo na reserva do jogo deu uma demonstração do que é ser um líder nato, ao assumir a palavra junto ao grupo e motivar pessoalmente os batedores.
    Thiago é excelente jogador, mas demonstrou não ser um líder natural da equipe; David Luis e Paulinho tem muito mais liderança e espírito de capitão de equipe do que ele.

    • João

      Concordo com você. Acho que o David Luiz tem uma postura mais condizente com a de um líder. Não acho que o Thiago seja frouxo, mas muitas pessoas se esquecem que o rapaz é um ser humano. Certamente ele deveria ter uma condição psicológica melhor, mas nem tudo funciona como deveria ser, e nem todos possuem características de liderança. Em minha opinião, ele é mais que um excelente jogador, ele é um fora de série, não à toa é considerado por muitos como o melhor zagueiro do mundo. E não nos esqueçamos que os jogadores que naturalmente assumiriam a condição de mais experientes na atual seleção não estão presentes, por variados motivos. Infelizmente o Brasil teve que fazer uma renovação forçada em algumas posições, e a consequencia disso é o que vemos nessa copa, inclusive a irregularidade e a imaturidade de alguns jogadores, o que é normal, pois muitos deles são novos e tem uma carreira longa pela frente, o que não é o caso do Thiago.

      • janca

        Mas quem optou por não contar com jogadores mais experientes (e teve motivos para afastar dos grupos um Kaká, um Robinho ou um Ronaldinho Gaúcho) foi Felipão, fazendo uma convocação que, com uma ou outra exceção, foi quase unanimidade, João. Mas como disse também acho que David Luiz passa uma imagem de liderança maior do que a de Thiago Silva, que está se sentindo muito pressionado e abalado emocionalmente nessa Copa.

    • janca

      David Luiz dá a impressão de ter mesmo um perfil de liderança. Mas Felipão optou por Thiago Silva, deve ter tido suas razões.

  • HECK_BR

    THIAGO SILVA NÃO É UM MONGE. MAS TAMBÉM TEM MUITA QUALIDADE TÉCNICA. ATÉ ONDE A QUALIDADE TÉCNICA SUPORTA A PRESSÃO PSICOLÓGICA? RONALDO EM 1998 TEVE UM PIRIPAQUE. É COISA DE ATÉ TIRAR O CARA DO TIME. IMAGINEM SE ELE FALHA? IMAGINA SAIR DA COPA COM UM PÊNALTI COMETIDO POR ELE? EU NÃO ARRISCARIA. MAS O FELIPÃO É O TÉCNICO, NÃO É JANCA? O QUE VOCÊ FARIA? PREZARIA A TÉCNICA OU O EMOCIONAL CONTA MAIS? OUTRA, EM 2006 O J. PERNAMBUCANO CHOROU NO HINO E TEVE MUITO GAIATO QUE DISSE SER DESPREPARO. ESPERO QUE O THIAGO CURE O SENTIMENTO ANTES DE SEXTA. MAS EU, O TIRARIA.

    • janca

      Se estiver sem condições emocionais de jogar eu mexeria no time e o deixaria no banco. Mas a comissão técnica tem que trabalhar, além da parte tática, o aspecto psicológico até sexta e sentir como está o atleta. Que é muito talentoso, um baita zagueiro. Mas precisa de cabeça, claro. Com a cabeça em ordem, é uma peça importantíssima para a Seleção.

      • HECK_BR

        PIOR, IMAGINE SEM THIAGO SILVA E SEM LUIZ GUSTAVO? PASSAREMOS COM NEYMAR EM CAMPO OU FORA DELE? A COPA TÁ MAIS COMPLICADA QUE O ESPERADO. NINGUÉM CHIOU QUANDO SAIU A LISTA. MAS HOJE, SEM NEYMAR E LUIZ GUSTAVO, FORA UM CAPITÃO DESCONTROLADO, TERÍAMOS QUE ESCALAR MESMO JÔ(CLARO QUE IRIA DE BERNARD), HENRIQUE E PAULINHO EM MÁ FASE? PREOCUPANTE.

        • janca

          Uma seleção não conta apenas com 11 jogadores. Temos 23 e o Felipão tem que pensar bem no que vai fazer. Sobre o capitão estar descontrolado ou não, isso é coisa que também pode ser trabalhada. A seleção conta com psicóloga, inclusive.

          • HECK_BR

            A PERGUNTA É: A PSICÓLOGA FOI PARA A COPA? NÃO PARECE.
            CONCORDO QUE TEMOS 23 JOGADORES, MAS DE QUE ADIANTA SE ELE QUER SEMPRE OS MESMOS? MAICON, MAXWEL, DANTE, HERNANES, WILLIAN, BERNARD QUE TEM CAPACIDADE TÉCNICA ELEVADA, ATÉ AGORA NÃO FORAM SEQUER UTILIZADOS EM MOMENTOS OPORTUNOS. VALE LEMBRAR QUE NO GOL DO CHILE, DO BANCO DE RESERVAS, O MAICON GRITOU MAIS COM O TIME DO QUE O CAPITÃO. DO QUE ADIANTA TER 23 SE O FRED SAI E ENTRA O JÔ. TORCAS MANJADAS.

  • HECK_BR

    JANCA, VAMOS PENSAR ASSIM…

    JULIO CÉSAR

    MAICON —– T SILVA(CALMO) ——– DANTE ——– MARCELO

    DAVID LUIZ ——– HERNANES ———- FERNANDINHO —– OSCAR

    NEYMAR ————-HULK

    SE NÃO GANHAR A COPA, NÃO PASSA MAIS VERGONHA. O QUE ACHA?

    • janca

      Eu gosto. Mas não dá pra garantir que não passa vergonha. E não seria contra a volta do Paulinho, embora sei que muita gente é.

      • HECK_BR

        NÃO SOU CONTRA O PAULINHO. SOU CONTRA O MAL FUTEBOL. SELEÇÃO É MOMENTO. NÃO TEM ESSA DE EMPREGO SEGURO. O PAULINHO FOI MAL, SAIU. MAS NO TREINO FOI BEM DEPOIS. PODERIA SER TESTADO DE NOVO. MAS MUDAR ALGUMAS PEÇAS COM O ELENCO MONTADO COMO ESTÁ NÃO ATRAPALHA. ACHO QUE AJUDA. A VERGONHA É PERDER DE 1/2 A ZERO PARA A COLÔMBIA. NÃO PELO FUTEBOL DELES. MAS PELA NOSSA CAMISA. POR ESTARMOS NO BRASIL. VAMOS PENSAR POSITIVO. SE DEUS QUISER, COMO TUDIO DE ERRADO NO PAÍS, TEM QUE CONSERTAR E DAR CERTO NO FINAL… ASSIM ESPERO

MaisRecentes

Alerta a Raí



Continue Lendo

Os erros do Verdão



Continue Lendo

Vencer ou vencer



Continue Lendo