O discurso brasileiro



Começam hoje as oitavas de final do Mundial. Agora quem perder fica fora. Não há um segundo jogo para se recuperar. Como o futebol é marcado pelo acaso também, um mau dia, uma saída de bola errada, um lance de sorte ou azar e a coisa pode se definir para um lado ou outro, indo para o brejo para um dos dois times.

Sinceramente acho que somos mais fortes que o Chile, jogamos em casa (para o bem ou para o mal), temos todas as condições de vencer e vencer bem. Dá para avançar até as semifinais, eliminando agora os chilenos e em seguida uruguaios ou colombianos. Mas se vamos fazer prevalecer o favoritismo ou não é uma outra história.

Confesso que fiquei preocupado com as entrevistas de Luiz Felipe Scolari e Thiago Silva ontem. Os dois pareciam pra baixo. Falaram muito em derrota. O técnico dizendo que o outro lado também tem valores e se preparou para a Copa, o que é óbvio. E que, se perdermos, temos de entender que faz parte do futebol, que o trabalho foi bem feito e vida que segue. O zagueiro adotou o mesmo discurso.

Mais preocupante ainda achei Thiago Silva dizendo o quão emocionado anda nessa Copa, seja por conta do hino ou da entrada em campo num Mundial disputado no Brasil. Que na estreia nem se reconhecia no primeiro tempo já que teria saído de si pelas emoções vividas antes do jogo contra a Croácia. Claro que somos todos seres humanos, mas seria bom os jogadores terem um mínimo de equilíbrio emocional e segurança, o que também faltou em muitos momentos do segundo e do terceiro jogo da primeira fase. E agora pode ser essencial.

Até a última hora Felipão deve seguir fazendo mistério, mas pelas informações que temos de Minas é certo que Fernandinho entra mesmo em lugar de Paulinho, como pede a torcida há um tempo, ficando a dúvida para a formação da defesa. Acredito que, se David Luiz não tiver condições de começar jogando, entrando Dante em seu lugar, Daniel Alves deve ser mantido, porque duvido que o técnico arriscaria mexer tanto no time, embora eu possa estar equivocado. Mas se o zagueiro titular começar em campo a chance de vermos Maicon na lateral pode aumentar um pouco.

Formação à parte, espero que despachemos os chilenos e depois colombianos ou uruguaios nas quartas. Talentos pra isso temos de sobra, mas precisamos também de um pouco de tática e cabeça no lugar, coisas que faltaram na primeira fase.

Se sairmos, ao contrário de outras eliminações, como em 1982 ou 1986, o gosto será ruim, porque nem saudades o time deixará. Ao contrário daquelas Copas, até aqui não temos um jogo pra lembrar com carinho, ao contrário de uma Holanda, por exemplo, que fez partidas interessantíssimas na fase anterior, ou do próprio Chile, que fez história despachando a Espanha no Maracanã. A Seleção ainda tem que mostrar a que veio nesse Mundial. Quem sabe não comece a faze-lo hoje?



  • Fernando

    Isso q. é ruim de só pensar em se classificar na primeira fase e não em jogar bom futebol. Fica tudo ou não. Se perder, vai ser a pior Copa desde 1990 pro Brasil. Em 1990 pelo menos o jogo com a Argentina entrou pra história, a primeira fase serviu pra classificar e mais nada. Em 2014 a mesma coisa. Futebol de resultados como gosta o Parreira. O Chile fez história contra a Espanha, a Holanda também nos 5 a 1, Uruguai nos 2 a 1 contra a Inglaterra e nós? Alguém vai lembrar com gosto de Brasil x Croácia e daquele pênalti que não foi pênalti? Do 0 a 0 com o México? Do primeiro tempo contra Camarões? Pra hoje estou preocupado, prezado João Carlos. Abraço

    • janca

      De fato esse é o problema. Se tivéssemos feito uma primeira fase pra entrar na história, como foi a de 1982, por exemplo, e ainda depois eliminamos a Argentina, num jogo incrível, o time poderia estar mais calmo. Quem sabe não comecemos a Copa hoje? Se não começarmos e cairmos diante do Chile podemos ficar com o mesmo gosto ruim de 1990. Em 1950, por mais que a derrota tenha sido uma catarse nacional, foi na final e fizemos uma Copa fantástica. Foi a origem do futebol-arte que nos fez ganhar as Copas de 1958, 1962 e 1970. Uma derrota que fez bem, por mais paradoxal ou estranho que seja. A de hoje não seria assim. Mas ainda acho que ganhamos.

  • Mario

    nem começo o jogo e já estão amarelando criando desculpas , mas para perder essa copa eles vão ter que fazer um milagre , hoje o brasil mete 3 a 0 facil em cima dos chilenos .

    concordo com a saída do Paulino , mas o Daniel Alves tinha q sair junto , ele é ponto fraco e nas quartas pode comprometer todo o sistema defensivo, principalmente se o David Luis não se curar , hj seria um bom dia para o Maicon ir entrosando antes do brasil encarar times mais fortes.

    • janca

      Ainda vamos aguardar como fica o David Luiz, mas ontem sinalizou que não deve jogar. Aí não sei se Felipão faria três mudanças no time. Talvez Maicon tenha que esperar um pouco, talvez não, vamos ver. Também tenho a impressão de que ganhamos e com muito mais facilidade do que muita gente imagina. Mas o tom do Felipão e do Thiago Silva ontem, ambos pra baixo e desanimados, me deixaram preocupado. E em jogos eliminatórios tudo pode acontecer. Daqui a pouco mais de três horas teremos respostas para algumas de nossas perguntas. E, provavelmente, novas perguntas, novas dúvidas. A vida é assim.

      • Como vencemos os erros e as opções ( em minha opinião) erradas serão atenuadas.

        Caso David Luiz não tivesse condições sentiríamos a falta do Miranda e a bem da verdade assim que começaram as cobranças de penaltyes eu ficaria muito mais confiante com Victor no gol ( ou mesmo Jeferson), porém o Chile (em minha opinião de novo) desperdiçou 2 cobranças uma na trave e outra no meio do gol a meia altura, ou seja em cima de Julio Cesar uma defesa foi ótima. Fica a pergunta com Victor não seria melhor?

        • janca

          Eu também não teria entrado na Copa com Júlio César como titular, mas que ele mandou bem hoje mandou. Sobre a zaga, Dante poderia substituir David Luiz. O problema é com Thiago Silva, que anda sem estabilidade emocional e deixando brechas bobas na defesa.

  • HECK_BR

    HOJE EU ACREDITO. HOJE É O JOGO PARA LEMBRAR. ESSE É O JOGO SR. JOÃO. O CHILE NÃO É TUDO ISSO E ALÉM DO MAIS É UM TIME PREVISÍVEL. O FELIPÃO DEU MORAL PARA O CHILE, MAIS DO QUE MERECIAM. VAMOS VENCER BEM HOJE. ME COBREM. DE 3 PARA CIMA. O CHILE É O QUE O BRASIL PRECISAVA PARA FAZER A COPA PARA NÓS ACENDER DE VEZ. JOGA PARA FRENTE E DEIXA BURACOS. O CHILE, ASSIM COMO INGLATERRA, ITÁLIA, ESPANHA, COLÔMBIA, E MUITOS OUTROS, QUANDO SE PREPARAM PARA O JOGO, OLHAM A CAMISA AMARELA E TEM UMA CRISE VIRA LATA. COISA QUE O NELSON RODRIGUES DIZIA SER COISA DE BRASILEIRO, HOJE OUTROS SENTEM MAIS ISSO DE NÓS. MEDO! ELES TAMBÉM DERAM DECLARAÇÕES SOBRE ARBITRAGEM, SOBRE TEMPERATURA, SOBRE GRAMA, ENFIM. ELES TEM MEDO. NÃO PODEM FALAR. NO FUTEBOL O MEDO É CASTIGADO. NO HOMEM É BOM SENTIR MEDO. MAS ANTES DO JOGO. ELES SENTEM A TODO INSTANTE… DA PRELEÇÃO AO APITO FINAL. O CHILE JÁ VENCEU O BRASIL EM ELIMINATÓRIAS. NO CHILE. AQUI, NO BRASIL, EM TODA A HISTÓRIA? NÃO ME LEMBRO. MAS LEMBRO DO CHILE SIMULANDO NO MARACANÃ COM ROJAS… A 14 ANOS NÃO PERDEMOS PARA O CHILE. É MUITO TEMPO. NÃO VAI SER HOJE. NÃO ESSE TIME. ESSE BRASIL SE FOR CAMPEÃO, TALVEZ SEJA MELHOR SÓ DO QUE O DE 1994. MAS A COPA SÓ SOBROU DE CAMPEÕES FRANÇA, ARGENTINA, URUGUAI, ALEMANHA E O PRÓPRIO BRASIL. SERÁ FÁCIL? NUNCA FOI. MAS HOJE É DIA DE PASSEIO EM MINAS.

    • Marcelo

      E então, to cobrando, cadê a vitória fácil sobre o Chile. Sou Brasileiro, mas com esse futebol da seleção, talvez dê pra chegar as semifinais, não mais que isso.

      • janca

        Acabou sendo um vitória sofrida pacas. Penamos. Eu arriscaria, se fosse o Felipão, e mudaria muitas coisas pra próxima etapa. E os jogadores têm que se acalmar. Gosto muito do time, mas está sem esquema tático e tenso demais. Como escrevi no post seguinte, calma, Brasil. Dá pra jogar sob menos pressão e com mais alegria. Também acho que conseguimos chegar às semifinais. A partir daí, não arrisco dizer em que lugar ficaremos, embora seguimos na luta.

        • CONHECEDOR

          Há tempos sonhava com R. Gaúcho e Robinho na seleção, pela diferença que sozinhos podem promover, embora venha a história de desagregadores. Não foram convocados, e com o time escolhido que vamos. Agora vejo muitos falando a mesma coisa, mas não há como chamar os dois. Impossível. Então olhar para a frente. A pior coisa ontem foi sair do Maracanã com o time desmontado. Qual vai ser o time agora ? Mudança radical duvido, mas do jeito que está bem que poderia ir de JC, Maicon, Dante, David Luiz, Thiago Silva e Marcelo (Três zagueiros liberando os laterais, ou o David Luiz subindo para compor o meio. Três volantes, L. Gustavo (não pode jogar a próxima, por isso Ramires), Paulinho e Fernandinho, Neymar e Hulk como referência de área, pois cá entre nós, além do chute forte, não possui praticamente mais nada (passe ruim, drible ruim, estabanado, enfim, jogador apenas para conclusão e ponto final). Pelo menos acho que assim ficaríamos menos vulneráveis, pois agora virão para cima, viram que o bicho não é tão feio, perderam o respeito; e cadenciaríamos o jogo no meio, como time mediano, pois é a realidade do momento. Aquele time das Confederações não existe mais. Paulinho e Oscar abaixo, Neymar parecendo com problemas físicos (talvez a contusão no Barcelona não esteja totalmente curada e agora reincidiu), Fred uma nulidade (também com jeito de contusão “não cicatrizada”), e os reservas que quando entravam davam conta, agora estão abaixo da crítica. Até Luis Felipe Scolari não é mais o mesmo (para mim está desatualizado há muito tempo, e parece que a sorte quer abandona-lo, pelo menos ontem deu as caras !). Como diriam na década de 70: “Prá Frente Brasil” !!!

          • janca

            Mexer para a próxima fase é preciso, inclusive porque o Luiz Gustavo está suspenso. É necessário ousar um pouco. Quem sabe o Dante não entra na zaga ao lado do Thiago Silva, que tem de se acalmar, e o David Luiz não faz a função de volante? Há alternativas.

        • HECH_BR

          ERREI FEIO. SOFRI DEMAIS. NÃO ESPERAVA SER ASSIM, MAS FOI. PELO MENOS PASSAMOS. UFA. QUARTAS? PRECISO DE UM CHÁ DE CAMOMILA. OUTRA DESSA EU ENFARTO. FUI JANCA…

          • janca

            Também errei, esperava que passássemos com mais tranquilidade. Quer dizer, com tranquilidade, porque ontem foi jogo pra quem tem coração forte mesmo.

      • HECK_BR

        TUDO FICA FÁCIL QUANDO SE JOGA BOLA. COM JÔ, FRED E NEYMAR MACHUCADO FICA DIFÍCIL. NOSSO ZAGUEIRO SE DESMONTA A CHORAR E NOSSO MEIO É INOPERANTE. ESPERO QUE BAIXE O ESPÍRITO DE CAMPEÃO NO LUIZ FELIPE. PORQUÊ ESSE ESPÍRITO DE PORCO NOS LEVA A PERDER E A SOFRER MUITO MAIS QUE CONTRA O CHILE. A COLÔMBIA É UM TIME PRONTO. MAS O BRASIL É UMA CAMISA PESADA. O CHILE QUE O DIGA.

    • pedro

      OPS ! QUEN FOI O VIRALATAS NO JOGO?,NAO IA SER UM PASSEIO? PARECE QUE VOSMECE VAI TER QUE MUDAR DE ESPORTE JA QUE DE FUTEBOL NADA ENTENDE SR!!!!

      • HECK_BR

        OLÁ PEDRO.
        CARO COLEGA, VENHO POR MEIO DESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO INFORMAR QUE NÃO SOU ORÁCULO, PAI DE SANTO, VOODOO, CARTOMANTE E MUITO MENOS DISCÍPULO DE CHICO XAVIER. LOGO, COM BASE EM NÚMEROS, DOU MINHA OPINIÃO QUE VEJO SENSATA E SEM ME APEGAR A FALHAS INDIVIDUAIS. MAS SOBRE MINHA OPINIÃO, ERREI PORQUÊ ARRISQUEI UM PALPITE. NÃO VI UM COMENTÁRIO SEU SOBRE O JOGO ANTES. FALAR DEPOIS É NADAR NAS ONDAS DO SUCESSO OU DO FRACASSO. SE TIVÉSSEMOS PERDIDO SERIA UM CAOS. MAS AINDA PODE SER. COLÔMBIA É UM BOM TIME. MAS AINDA ASSIM ACHO QUE PASSAREMOS POR ELA. DEPENDEMOS MAIS DE NEYMAR DO QUE PARECE. E ELE FOI TOCADO PELO CHILENO ONDE O FEZ SENTIR DOR. ACHEI QUE O FELIPÃO SOUBESSE MEXER NO TIME. MAS VEJO QUE SE TIVESSE FEITO ALTERAÇÕES QUE EU PEDI O JOGO INTEIRO E TREINADO PÊNALTIS, ESSA SITUAÇÃO NUNCA PASSARIA NA CABEÇA DE JOGADORES QUE USAM FRALDAS PARA JOGAR.

        ABRAÇO E CURTA ESSE MOMENTO DE QUARTAS.

  • Cleibsom Carlos

    Caso o Brasil seja derrotado pelo Chile, algo improvável mas possível, estaremos diante do maior fracasso brasileiro de todas as copas. É ridículo o discurso do Felipão de que esperava qualquer adversário menos a seleção chilena, acho inclusive que isso é conversa porque a seleção que ele temia mesmo era a holandesa. Talvez eu esteja errado, mas não sinto a mínima sinceridade nesta ladainha temerosa do técnico brasileiro.

    • janca

      Como bem disse Juninho Pernambucano os treinadores geralmente mentem, pelo menos publicamente, o que pode fazer parte do jogo. E aos trancos e barrancos, passamos.

      • Cleibsom Carlos

        Janca, esta seleção não tem as mínimas condições psicológicas de encarrar situações limites ou adversas. Espero que, caso o Brasil seja eliminado, isso ocorra sem uma falha gritante de um jogador brasileiro porque, se isso ocorrer, certamente o coitado se suicidará ou morrerá de depressão. PS.: Depois da choradeira de ontem os jogadores brasileiros merecem um pacote de fraldas porque aquele choro todo foi dos fracos, desesperados e inseguros!!!!

        • janca

          Mas há choro e choro. O do Júlio César, por exemplo, foi pra extravasar (antes dos pênaltis), jogar um pouco a tensão pra fora e depois de pura alegria. Na hora das cobranças ele estava concentrado, isso que vale.

          • Cleibsom Carlos

            Você achou? Ali eu só vi desespero e, depois do final feliz, alívio…Ainda bem, senão agora eu estaria temendo um suicídio do goleiro brasileiro!

          • janca

            Achei, mas é questão de opinião. Agora nos pênaltis, mesmo que o Brasil perdesse, ninguém iria crucificar o Júlio César.

  • joao

    pelo amor de deus tira o oscar este cara não merece nem ser gandula, o cara não joga nada

  • Jailson

    Péssimo. O time jogou muito mal. Em grande parte do jogo, foi dominado pela boa seleção chilena. E correu sério risco de eliminação. E só se fala do lado psicológico dos atletas.
    Essa questão de instabilidade emocional, que se tem falando tanto, inclusive pela própria comissão técnica da seleção brasileira, deve-se a uma preparação ruim: temos um técnico com ideias obsoletas; alguns dos jogadores tiveram uma temporada fraca e, visivelmente, não estão em condições de disputar uma competição com esta; outros não tem bola para fazer parte do grupo.
    Se o futebol não se desenvolve dentro do campo, diante de tamanha pressão (todos querem/exigem o título mundial), o nervosismo flui naturalmente. A emoção, portanto, não é causa. É consequência de uma equipe que não encontra meios técnicos para resolver os problemas que surgem dentro do jogo: “e tome chutões dos zagueiros para ataque”; “toma aí, Neymar, resolve”.
    Definitivamente, jogando assim, não dá. Tem que acontecer várias mudanças no time, treinamente intenso durante esses dias, para recolocar esse time na Copa. Caso contrário, o Brasil não chega à prorrogação contra os colombianos.

    • janca

      Mas o erro, ao meu ver, é justamente essa coisa de exigir o título mundial, como se fôssemos os donos do mundo. Há outras equipes muito boas na Copa. E o Brasil tem jogadores de qualidade, mas está sem tática nenhuma. E tem treinado muito, muito pouco. Ainda assim acho que passamos contra os colombianos. A partir das semifinais, porém, não arrisco palpites.

  • Julio Cesar

    Bom dia a todos ! Neymar jogou ? O craque da copa ?!?!?!? So com cerca caida, ele vai longe…. Como contra Camarões…

    • janca

      No primeiro tempo ontem, apesar da pancada que recebeu logo no início, não achei que tenha se saído mal. E na decisão por pênaltis teve frieza e precisão pra marcar o seu. O último do Brasil, aliás.

MaisRecentes

Contas corintianas



Continue Lendo

Timão em 2018



Continue Lendo

Verdão aflito



Continue Lendo