Queda de Portugal?



Os portugueses não conseguiram superar o desastre da estreia e estão a um passo da eliminação logo na primeira fase do Mundial, seguindo o caminho de Espanha e Inglaterra.

Ainda não estão fora da Copa, mas a classificação ficou complicadíssima. Precisam golear (e bem) Gana e torcer por um resultado que lhe interesse no outro jogo, como vitória da Alemanha diante dos Estados Unidos.

Apesar de ter conseguido empatar no finalzinho, Portugal apresentou um futebol bem abaixo das expectativas diante dos norte-americanos, que foram melhores, mesmo sofrendo um gol logo no início, e chegaram a virar o placar com brilhantismo.

Cristiano Ronaldo, que eu acreditava poderia ser a estrela e até o artilheiro desse Mundial, só apareceu no final, mas não foi nem sombra do melhor jogador do mundo, embora sua seleção ainda respire por aparelhos e ele tenha esperanças de que ela siga na Copa.

Impressionou, mais uma vez, a atuação dos Estados Unidos, que vem crescendo muito no futebol de 1990 pra cá e com um empate diante da Alemanha garante vaga nas oitavas.

Nas arquibancadas os norte-americanos voltaram a mandar bem. Foram os que mais compraram ingressos para a Copa no Brasil, perdendo apenas, claro, para os anfitriões. O que mostra, no mínimo, a importância que o esporte tem conquistado na América.



MaisRecentes

A matemática do futebol



Continue Lendo

A melhor do mundo



Continue Lendo

Aprender a perder



Continue Lendo