Os acréscimos



Não sei se vocês têm reparado, mas os árbitros da Copa _ou pelo menos boa parte deles_ têm ido muito bem na hora de dar os acréscimos.

Eles tentam dar os acréscimos que de fato aconteceram, compensando paralisações por contusão, reclamação, substituição ou até demora em reposição de bola.

No Brasil não vemos isso. No nosso futebol os juízes tendem a dar um minuto de acréscimo no primeiro tempo e dois ou três no segundo como se essa fosse a regra, quando não é.

Curiosamente isso tem pegado de surpresa um ou outro comentarista de arbitragem, que não está gostando do que vê no Mundial.

Mas os acréscimos, a meu ver, têm que ser dados exatamente como na maior parte dos jogos, ou seja, de acordo com o que acontece no campo, não algo padronizado só para inglês ver, o tal um minutinho na fase inicial e dois ou geralmente três na final.

Que aprendamos com isso.



MaisRecentes

Tite questionado



Continue Lendo

A falta de um líder



Continue Lendo

Haja coração!!!



Continue Lendo