Oscar e David Luiz



Claro que a maioria deve estar falando de Neymar, que estreou em Copas marcando dois gols e sendo peça decisiva na virada contra a Croácia, mas dois jogadores também merecem destaque: Oscar e David Luiz.

O primeiro calou a boca de muita gente que achava que deveria ter começado a partida no banco.

Acertou Luiz Felipe Scolari em coloca-lo como titular, fez ótimo primeiro tempo e ajudou a equipe em momentos de desequilíbrio, quando alguns de seus companheiros davam a impressão de ter sentido o gol contra de Marcelo, logo no início do jogo.

Já David Luiz é o símbolo da raça. Foi importantíssimo no segundo tempo, dividindo todas as bolas, evitando alguns dos avanços croatas e liderando a defesa brasileira. Está de parabéns o zagueiro.

Sobre a estreia, mostra que será uma Copa complicadíssima para o Brasil, que tem de fazer valer em campo seu favoritismo.

Em Itaquera, a Seleção entrou nervosa, ainda emocionada com o hino nacional, alguns jogadores com lágrimas nos olhos e assistiu à Croácia avançar e fazer 1 a 0, o que deixou os brasileiros ainda mais tensos.

Pouco a pouco o time foi se acalmando, mas deu sustos na torcida, inclusive na etapa final.

Decisivo para a vitória foi o árbitro japonês, que marcou pênalti em Fred para mim inexistente, permitindo a virada do Brasil e desequilibrando os croatas.

Que até tiveram um gol anulado, mas aí a arbitragem acertou. Houve falta em Júlio César.

Gostei do resultado e dos apuros que a Seleção enfrentou. Evita o oba-oba e deixa os atletas mais cientes do que nunca que vencer a Copa não será nada fácil. Pois não será mesmo.

Espero que o time cresça na competição, pois é isso o que vale num torneio de tiro curto como o Mundial.



MaisRecentes

A matemática do futebol



Continue Lendo

A melhor do mundo



Continue Lendo

Aprender a perder



Continue Lendo