Parabéns, Marcelo!



Fiquei muito feliz com o desempenho de Marcelo, que perdeu a posição de titular no Real, mas quando entrou no segundo tempo da final da Liga dos Campeões ajudou a melhorar o rendimento do time, que conseguiu vitória heroica contra o Atlético.

As duas equipes de Madri fizeram um clássico emocionante, embora tenham demonstrando nervosismo durante o jogo, especialmente o Real, que esteve perdido no primeiro tempo.

Depois da entrada de Marcelo, senti a equipe mais disposta e nos acréscimos chegou ao empate, quando a torcida rival já começava a festejar o título.

Na prorrogação, mais três gols do Real, um deles do próprio Marcelo e o último de Cristiano Ronaldo, de pênalti, bela festa do português.

No final do jogo deu pra ouvir Zinedine Zidane chamando o lateral brasileira de “monstro”. É um atleta que esbanja garra e talento e espero que sirva bem nossa seleção na Copa.

De negativo na final o comportamento de Diego Simeone, argentino que comanda o Atlético. Reclamou do árbitro, que deu cinco minutos de acréscimo no segundo tempo, cinco minutos acertadíssimos, aliás. Entrou em campo, desequilibrou-se discutindo com atletas adversários e teve que ser contido por seus próprios comandados.

E Iker Casillas, goleiro do Real, também surpreendeu negativamente. Deu pelo menos duas saídas de gol de matar sua torcida. A primeira resultou no gol do Atlético, na segunda foi salvo por pouco… Mas é um baita goleiro. E os grandes também falham.



  • CONHECEDOR

    O Marcelo é um bom jogador, nada de “monstro”. Entrar no segundo tempo no mínimo obriga o atleta a estar melhor fisicamente o que leva certa vantagem. O problema é que ele sempre se achou “monstro”, mas não é, se fosse seria indespensável desde o primeiro minuto. Já demonstrou por diversas vezes ser um bom jogador, como também se esperava mais em outras oportunidades, vide última final olímpica. Monstro é aquele jogador que todos os jogos merece no mínimo nota 7, não aquele que merece 9 ou 10 em uma partida e 3 ou 4 em outra. Acho que chegará na Copa achando o que Roberto Carlos (para citar um da mesma posição) achou em 1.998 e 2.006. Felipão pode consertar isso, tomara.

    • janca

      Concordo com você, mas ontem na final da Liga foi importantíssimo. E é um baita jogador. Só discordo que monstro é aquele jogador regular (ou que demonstre regularidade) em todos os jogos, com nota 7 pelo menos. O “monstro” pode ter nota 9 ou 10 muitas vezes mas em outras ocasiões 3 ou 4. Por que não? E na Copa, claro, espero que não repita o que fez Roberto Carlos em 2006. Era só o que faltava.

  • Mario

    Marcelo é um bom jogador , mas marca mal e na Europa o lateral é mais um zagueiro , sobre os gols os do Sergio Ramos e Bale foram muito mais importantes sendo que eles que destruiram o Atletico de Madrid , tambem temos lembrar q Di Maria jogou muito.

    sem falar q Bale justificou o preço , nos momentos decisivos da Champions marcou gols.

    sobre Simeone temos q ler suas atitudes por um lado mais emocional e ser compreensivo se colocando no lugar dele , ele era campeão da Champions ate os 48 do segundo tempo fazendo um trabalho unindo talento , tatica , garra e muita emoção com grupo de jogadores no limite, ai fica dificil não explodir e sendo q esse grupo do Atletico vai ser desfeito tendo q começar um ciclo de trabalho no clube então titulo Champions ou espanol vai voltar a demorar para ter um ou ter a chance de ganhar novamente.

    uma coisa a libetadores tem copiar urgente é as finais sairem de quarta feira a noite para sabado , muito melhor.

    • janca

      Mas os jogadores do Atlético de Madrid, que estavam com o título nas mãos, não perderam o controle como seu treinador. Que fez um baita trabalho na temporada, Mario, é uma grata surpresa como técnico, só que ontem cometeu alguns erros. Um deles o de apostar no Diego Costa, que jogou menos de dez minutos, perdendo de cara uma substituição. Mas isso a responsabilidade nesse caso cabe também ao departamento médico do clube, claro.

  • WAGNER

    HOJE NO BRASIL, O MARCELO É DISPARADO O MELHOR LATERAL ESQUERDO. SE COLOCAR A CABEÇA NO LUGAR, SERÁ UM ROBERTO CARLOS COM MENOS NOME.RS… O ESQUMA CERTO PARA TER UM JOGADOR DESTE NO TIME É COM O HULK AO SEU LADO, MAS DIFICILMENTE O FELIPÃO VAI INVERTER E PERDER O CORTE PARA DENTRO E CHUTE DO HULK. ESPERO QUE O LUIZ GUSTAVO SE POSICIONE MAIS A ESQUERDA PARA COBRIR A LATERAL NAS SUBIDAS DO MARCELO QUE É MUITO MAIS JOGADOR QUE O COENTRÃO, MAS QUE MARCA NA MÉDIA DOS LATERAIS DO BRASIL.

    • janca

      Um ponto importantíssimo é esse em que você tocou. Ele precisa ter a cabeça no lugar na Copa. E espero sinceramente que tenha.

MaisRecentes

Os preços da Seleção



Continue Lendo

O título do Timão



Continue Lendo

Tricolor acuado



Continue Lendo