Daniel Alves recua?



Têm causado celeuma na Espanha as novas declarações de Daniel Alves sobre o episódio de racismo que ganhou repercussão mundial após o lateral brasileiro ter comido banana arremessada em campo no jogo Villareal x Barcelona.

O jogador, que logo depois de seu gesto de protesto passou a defender punição rigorosa para aquele e outros casos de racismo no esporte, agora tem dito estar preocupado com a situação do rapaz que teria jogado a banana.

O sujeito foi proibido de entrar na sede e no estádio do Villareal pelo resto da vida. Como trabalharia nas divisões de base do clube, perdeu o emprego, algo que Daniel Alves afirma que não queria que acontecesse.

A uma emissora de rádio espanhola chegou a defender o torcedor, dizendo que tudo não teria passado de uma brincadeira.

Continuo achando que a punição tem que ser severa, inclusive na esfera criminal.

A condescendência nesses casos só dificulta a luta contra o racismo, no esporte ou fora dele.

A NBA, que aplicou severa punição ao dono do Los Angeles Clippers após manifestações racistas do dirigente, é exemplo a ser seguido.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo