Cruzeiro heroico



Muito boa a atuação do Cruzeiro no Paraguai. Um belíssimo segundo tempo e, com muita garra e serenidade no final, bateu o Cerro por 2 a 0.

Era um desafio complicado depois do empate por 1 a 1 em casa, mas a equipe mostrou porque é a atual campeã brasileira e segue firme na Libertadores.

O detalhe negativo fica por conta do comportamento da torcida do Cerro, que atirou objetos nos jogadores brasileiros e não soube perder.

Aliás não custa lembrar que fica lá, em Assunção, a sede da Conmebol, que nesses casos costuma lavar as mãos, como já vimos tantas e tantas vezes.

Já o Grêmio confesso que foi, pra mim, uma tremenda decepção. Tem mais time que o San Lorenzo mas não foi bem tanto no primeiro quanto no segundo jogo (pelo menos nas partes que consegui acompanhar do segundo confronto, porque me centrei mais na partida do Cruzeiro).

Ainda conseguiu levar o jogo contra o San Lorenzo para a disputa de pênaltis, mas aí faltou tranquilidade. Os argentinos foram cirúrgicos nas cobranças e mereceram a classificação.

Já Barcos… Que fase! Atrapalhou o Grêmio no jogo de ida, atrapalhou no jogo de volta também.



MaisRecentes

O emocional, de novo



Continue Lendo

A cabeça de Neymar



Continue Lendo

Crise no Peru



Continue Lendo