Timão no Pacaembu



Apesar de ter feito ontem sua festa de despedida do Pacaembu, a diretoria do Corinthians pensa em mandar um ou outro jogo no estádio mesmo quando o de Itaquera estiver pronto.

O departamento de marketing do clube tem feito pesquisas que indicam que o público que acompanha o Timão no Pacaembu não será exatamente o mesmo de Itaquera, especialmente em partidas no meio de semana, quando o trânsito na cidade é mais complicado.

Para contentar gregos e troianos e não perder contato com os vários nichos de torcedores que tem, o Corinthians estuda, a cada sete ou oito jogos em Itaquera, a viabilidade de mandar um no Pacaembu.

Isso, porém, até que a venda dos “naming rights” de sua nova arena seja concretizada, algo que o ex-presidente Andrés Sanchez pretendia fazer no início do ano passado e até agora não conseguiu.

O aluguel do Pacaembu para um jogo noturno é de cerca de R$ 60 mil.

Sem o Corinthians, o Santos já se candidatou para ser o novo inquilino do estádio, que deve passar a receber com mais frequência jogos amadores.

Mas antes da Copa do Mundo, que começa em 12 de junho, ainda deve abrigar dois jogos do Timão, um contra o Atlético-PR, outro contra o Cruzeiro, ambos nesse mês de maio.



  • Mario

    não é a toa q o departamento de marketing do corinthians morreu na admistração do Mario Gobbi , tem q trabalhar é para levar todos os corinthianos a Itaquera.

    sem falar q o contrato com caixa para receber o emprestimo do BNDES tem exigencia de q o time jogue 90% dos jogos oficiais na nova arena e os 10% restantes precisa do aval da caixa para jogar em outro estadio.

    • janca

      E se vender os “naming rights” também terá exigência parecida, embora haja brecha para atuar em outro estádio vez ou outra como mandante.

MaisRecentes

Contas corintianas



Continue Lendo

Timão em 2018



Continue Lendo

Verdão aflito



Continue Lendo