O “roubo” e o goleiro



Lamentáveis as declarações do goleiro Felipe, uma após a outra, sobre  o tento irregular que deu o título do Estadual do Rio ao Flamengo.

Não sou adepto do politicamente correto, mas um jogador profissional dizer que “roubado é mais gostoso” é muito grave.

Além de gerar um clima ainda pior entre as torcidas, se ele diz que houve roubo está insinuando que a arbitragem estava mal intencionada, que alguém pagou para favorecer o Flamengo ou algo assim? O que, cá entre nós, não foi o caso. O lance foi no finalzinho e erros acontecem.

Mas em algum momento Felipe pensou na repercussão que sua declaração causaria? Na ira que provoca entre os torcedores adversários? Foi de uma irresponsabilidade total.

Fora que, ao tentar explicar a questão, saiu-se ainda pior. Disse que foi o lado torcedor que falou mais alto, que queria dar assunto para a imprensa por uma semana, que se fosse um erro em favor do Vasco “eles” fariam ainda pior ou qualquer coisa nessa linha. O que é isso?

Um jogador tem que medir as palavras, ser um pouco mais profissional, um pouco mais sério.

Felipe, com todo respeito, extrapolou e muito. Haja irresponsabilidade! Deveria, no mínimo, ser advertido pela diretoria rubro-negra e pedir desculpas publicamente. Não chegar e dizer que se fossem os vascaínos fariam pior. Isso não. Lamentável.



MaisRecentes

Conversas com um jovem…



Continue Lendo

Lucas Lima abalado



Continue Lendo

Rodriguinho fora?



Continue Lendo