Flamengo eliminado



O Flamengo entrou confiante demais contra o León e acabou eliminado em pleno Maracanã na primeira fase da Libertadores.

Uma derrota merecida porque o León foi mais competente, entrou para jogar futebol, não apenas se defender, e foi preciso nos contra-ataques.

Revoltada, parte da torcida chamou o time de “sem vergonha” no final. Time que está na finalíssima do Estadual do Rio, para vermos o quão importantes andam nossos Estaduais…

Não acho que tenha faltado raça ao Flamengo, mas o time foi infantil e demonstrou nervosismo em momentos cruciais. Poderia ter terminado o jogo com pelo menos um atleta expulso, sem falar em André Santos, que marcou o gol, comemorou tirando a bandeira de escanteio e, claro, recebeu o amarelo ainda no primeiro tempo.

Deveriam ter servido de exemplos para o time carioca a derrota do Botafogo, no mesmo Maracanã, na semana passada, e a do Atlético-PR, também semana passada em Curitiba, jogo, que a meu ver, foi o grande responsável pela eliminação do time paranaense da competição.

Um primeiro semestre complicado para os times brasileiros, que renderam, na média, menos do que o esperado na Libertadores e nos Estaduais… Nem sei se servem como forma de as equipes engrenarem e ganharem ritmo de jogo.

É um calendário que tem de mudar. E semana que vem tem Brasileiro. Que não promete, aliás.

Cá entre nós, que diferença com os jogos da Liga dos Campeões… Não é à toa que muita molecada está mais voltada para o futebol europeu do que para o nosso. Olhos abertos…



MaisRecentes

O emocional, de novo



Continue Lendo

A cabeça de Neymar



Continue Lendo

Crise no Peru



Continue Lendo