Taça das Bolinhas…



A Taça das Bolinhas continua dando o que falar, inclusive agora na eleição são-paulina.

O grupo de Carlos Miguel Aidar, que concorre com Kalil Rocha Abdalla, insiste que o dirigente, caso eleito presidente, não vai entrega-la ao Flamengo. Deve passar mesmo a decisão ao Conselho, onde acredita que prevalecerá a tese de que ela é do São Paulo por direito. Com isso, o clube lutará até as últimas instâncias para tentar ficar com o troféu.

Aidar foi um dos idealizadores do Clube dos 13 e da Copa União, que acabou vencida pelo Flamengo. Em 1987, no entanto, como não houve cruzamento com o outro módulo, o Sport foi reconhecido campeão brasileiro pela CBF. Com isso a Taça das Bolinhas, criada para ser entregue ao primeiro time a vencer o Brasileiro por cinco vezes, deveria ficar com o Tricolor, segundo a confederação.

O caso está na Justiça comum e acabou parando no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A oposição são-paulina tem explorado a confusão para atacar Aidar. Diz que o dirigente atua de uma maneira nos bastidores e de outra ao dar declarações públicas e que o caso da Taça das Bolinhas é emblemático.

Passando a decisão ao Conselho, o dirigente lavaria as mãos, pois a decisão deve ser mesmo a de lutar pelo troféu até as últimas instâncias, algo que, segundo os oposicionistas, Aidar quer fazer, embora estaria evitando confessar publicamente para não atacar um torneio que ele próprio ajudou a criar. E que não é reconhecido pela CBF como Campeonato Brasileiro, CBF, aliás, para a qual o escritório de Aidar tem advogado.

No Morumbi e fora dele essa disputa irá render por um tempo… Serve para mostrar o descrédito em que vive o futebol nacional.



  • mario

    outro ponto é essa historia do Aidar querer criar uma liga com 16 clubes , um novo clube dos 13 , ai se ele não reconhece a copa União como vai criar um liga , fica dificil .

    sem falar que com certeza vai querer liderar essa liga sem “nenhum interesse”. #Ironia

    • janca

      Risos. Mas você tem razão, Mario. Se ele próprio, pelo jeito, não reconhece a Copa União como Brasileiro, agora vem com o papo de criar uma liga com 16 clubes? E está brigando com várias agremiações, caso do Flamengo, da Portuguesa (é advogado no chamado caso Lusa da CBF) e do próprio Corinthians, com uma briga tola com o Andrés Sanchez. Criada pelo Aidar, aliás.

      • José Luis

        Caro, não lembra do regulamento, quando foi criada a Copa União ficou decidido que o Campeão da Copa União e o Campeão da Copa do Brasil disputariam quem seria declarado o campeão e vice do brasileiro para a disputa da Libertadoras da Américas, e como o Flamengo recusou enfrentar o Sport campeão da Copa do Brasil, a CBF declarou que os representantes do Brasil como campeão e vice seria Sport e Guarani de Campinas.
        Portanto o título de 1987 é do Sport, conforme acordo.

        • janca

          O Flamengo ganhou a Copa União, que foi o Brasileiro daquele ano. Pelo menos eu vejo assim.

          • Nélio A. Castro

            Janca, com todo respeito, só um idiota afirma que o Sport é campeão brasileiro de 1987. No máximo, o Sport foi campeão da segunda divisão em 1987, basta verificar contra que times Flamengo jogou e contra quais equipes o Sport jogou.
            O maior contestador da taça das Bolinhas ser entregue ao Flamengo chama-se Carlos Miguel Aidar, idealizador do Clube dos treze e ex-presidente do São Paulo. Veja este vídeo esclarecedor e definitivo: http://www.youtube.com/watch?v=DdTUX-h-Woo
            Caso isso não seja bastante, veja também a afirmação do maior rival “inimigo” do CRF (aliás, o ÚNICO causador do imbróglio que decidiu confrontar o módulo verde com o módulo amarelo), Eurico Miranda:http://www.youtube.com/watch?v=HNcYZf0hgyY
            Para concluir com chave do ouro e não deixar nenhuma magem de dúvida, uma entrevista com Juca Kfouri: http://www.youtube.com/watch?v=HNcYZf0hgyY
            Quem estiver realmente interessado em saber a verdade sobre o CAMPEONATO BRASILEIRO DE 1987, deve assistir os 3 vídeos (totalizando menos de 10 minutos) acima citados
            Acho um escárnio discutir qualquer coisa depois desses depoimentos. Francamente. SRN

        • Marcos

          Qual foram os placares do seguintes jogos em 1987:

          Sport x Grêmio
          Sport x São Paulo
          Sport x Vasco
          Sport x Internacional

          Ué, o Sport não jogou com nenhum equipe grande em 1987, como pode ser o campeão?

        • Roberto Santos

          Cidadão a Copa do Brasil foi criada em 1989 !!! Vá se informar para debater .

          • ramos

            O módulo amarelo se chamava Copa Brasil.

        • LUCIANO

          josé luis, seu desinformado, não EXISTIA COPA DO BRASIL, EM 1987. PRIMEIRA EM 1989.

        • navalha

          O sport se quer foi campeão do módulo amarelo no campo….o jogo terminou empatado nas penalidades.

        • Marcão

          Conversa… O regulamento foi mudado depois de a Copa União (campeonato brasileiro da primeira divisão) já ter começado.
          A CBF, que havia aberto mão de organizar o campeonato brasileiro, ao perceber o sucesso do campeonato organizado pelo clube dos 13, voltou atrás e mudou o regulamento com o campeonato em andamento. Por pressão dos demais confederados resolveu criar o módulo amarelo. Depois resolveu chamar a Copa União de módulo verde, forçando o cruzamento dos campeões e vices dos dois módulos. O Clube do 13 decidiu que Flamengo e Inter não jogariam contra Guarani e Sport. Aliás, Guarani e Sport empataram nos pênaltis e não teve campeão do módulo amarelo.

        • caio

          ohh sem título, estude pois, na copa união modulo verde ocorreu sem a CBF regularizando, pois foi impedida pela justiça. depois veio com essa extensão, pois com o modulo amarelo, daria mais tempo ao ano pra esse campeonato. Ok porém houve uma reuniao no clube dos 13 que assinaram TODOS que não disputariam com os @ divisão, incluindo sport e guarani. CBF fez foi retaliação. ok se liga mané. campeão foi Flamengo e internacional. por isso que na libertadores os 2 jogaram. vc, pseudo campeão, jogou?

        • Torvic

          Copa do Brasil?? Mas Copa do Brasil foi criada em 1989. Não sabe nem o que fala…

      • Nélio A. Castro

        Janca, com todo respeito, só um idiota afirma que o Sport é campeão brasileiro de 1987. No máximo, o Sport foi campeão da segunda divisão em 1987, basta verificar contra que times Flamengo jogou e contra quais equipes o Sport jogou.
        O maior contestador da taça das Bolinhas ser entregue ao Flamengo chama-se Carlos Miguel Aidar, idealizador do Clube dos treze e ex-presidente do São Paulo. Veja este vídeo esclarecedor e definitivo: http://www.youtube.com/watch?v=DdTUX-h-Woo
        Caso isso não seja bastante, veja também a afirmação do maior rival “inimigo” do CRF (aliás, o ÚNICO causador do imbróglio que decidiu confrontar o módulo verde com o módulo amarelo), Eurico Miranda:http://www.youtube.com/watch?v=HNcYZf0hgyY
        Para concluir com chave do ouro e não deixar nenhuma magem de dúvida, uma entrevista com Juca Kfouri: http://www.youtube.com/watch?v=HNcYZf0hgyY
        Quem estiver realmente interessado em saber a verdade sobre o CAMPEONATO BRASILEIRO DE 1987, deve assistir os 3 vídeos (totalizando menos de 10 minutos) acima citados
        Acho um escárnio discutir qualquer coisa depois desses depoimentos. Francamente. SRN

        • Zak

          Não sei se o Sport teria time para ser Campeão. Apenas sei que havia um regulamento, assinado por todos os Clube, inclusive o Clube dos 13, que previa o cruzamento. Porém, pelo visto, como em nosso País, pobre de moral, pois se fosse sério este assunto já estaria liquidado, as regras não são seguidas e os interesses daqueles que “se acham” que podem tudo são perpetuadas, ainda temos este tipo de discussão. Se se achavam tão fortes por que assinaram o Regulamento? Se não era para cumprir, não assina, pô! Portanto, amigos, não cumpriu as regras perdeu, simples assim. Em vez de chorar os flamenglobo deveriam culpar seus dirigentes da época. Falam muito, se acham bons malandros e espertos e deram com os burros n’agua. Esquecem que há um dito: Malandro demais, finda dançando ou em casa de malandro, vagabundo não pede emprego! Sport Club do Recife, Campeão Brasileiro de 1987 com o apoio de Márcio Braga e um outro Zé Mané!

          • Negativo, Zak. O tal regulamento da CBF não foi assinado pelo clube dos 13. Falida, a CBF de Nabi Abi Chedid abriu mão de organizar o campeonato de 87, entregando a responsabilidade ao Clube dos 13, que correu atrás de patrocínios (lembra, que quase todos estampava a Coca Cola) e do aval da TV Globo.
            Quando a CBF percebeu o sucesso do campeonato, com o mesmo em andamento, por pressão dos outro clubes (da segunda e terceira divisão) resolveu mudar o regulamento criando o módulo amarelo e batizando o campeonato do C13 de módulo verde, impondo um cruzamento entre os módulos. Em momento algum o clube dos 13 aceitou essa mudança. O Eurico Miranda participou de uma reunião às escondidas, sem o aval do Clube dos 13, e assinou como representante do grupo. Mas o pilantra não tinha autonomia para isso.

          • Negativo, Zak. O tal regulamento da CBF não foi assinado pelo clube dos 13. Falida, a CBF de Nabi Abi Chedid abriu mão de organizar o campeonato de 87, entregando a responsabilidade ao Clube dos 13, que correu atrás de patrocínios (lembra, que quase todos estampava a Coca Cola) e do aval da TV Globo.
            Quando a CBF percebeu o sucesso do campeonato, com o mesmo em andamento, por pressão dos outro clubes (da segunda e terceira divisão) resolveu mudar o regulamento criando o módulo amarelo e batizando o campeonato do C13 de módulo verde, impondo um cruzamento entre os módulos. Em momento algum o clube dos 13 aceitou essa mudança. O Eurico Miranda participou de uma reunião às escondidas, sem o aval do Clube dos 13, e assinou como representante do grupo. Mas o pilantra não tinha autonomia para isso.

          • Luiz Carlos

            Zak, sugiro a vc pesquisar sobre o campeonato e o regulamento antes de falar bobagem! Seu discurso de “cumprimento de regras”, “flamenglobo”, “conspiração dos americanos e dos ETs para ajudar o flamengo”, só demonstrou o qto vc julga pelo coração.
            Pela razão filhão, não foram flamengo, internacional e clube dos treze que criaram esse embróglio. A CBF que inventou esse confronto após o campeonato estar em andamento, com a ajuda do senhor Eurico Miranda. O clube dos treze jamais aceitou isso, haja vista que no final FOI O MESMO CLUBE DOS TREZE QUE PROIBIU O CONFRONTO!
            Pode ter certeza que se a decisão fosse do flamengo, com certeza iríamos jogar contra este time de merda que é o Sport.

          • Renée Da Vinci

            Zak, se informe antes de dizer besteira. O Clube dos 13 nunca assinou nada disso. A polêmica se criou exatamente aí. Essa história já passou dos limites e em qualquer país minimamente sério a taça já estaria na Gávea há muito tempo. Veja os 3 vídeos recomendados e tire suas dúvidas típicas de arcoíris inconformado.

          • Caro Zak. Você e suas informações são, igualmente pobres.
            Nenhum dos presidentes dos clubes assinaram o tal regulamento que você citou. O que houve de fato é que, Eurico Miranda, como procurador dos clubes associados ao clube dos 13, assinou esse documento à revelia dos demais.
            Todos nós que queremos debater sobre alguma coisa, em primeiro lugar, faz-se obrigatório saber sobre o que se trata.
            Pegar carona no que se houve dizer é leviano. SRN!

    • joe LHP

      Esse Aidar é um lambe botas, defende a criação de uma liga e ao mesmo tempo é capacho do Marin o que é totalmente contraditório, e outra a candidatura dele é apoiada pelo bloco das federações que querem a continuidade do que está aí hj ou seja sem possibilidades de mudança.

  • saulo

    Bom dia, Janca. Concordo, plenamente, com seu comentário das 10:54. Para não me alongar muito, acho que essa “taça” deve ser doada ao flamengo. Eu, como torcedor são-paulino, não a vejo com o valor que os clubes têm dado a ela.

    • Fagner

      Saulo, bom dia!
      Concordo com você essa taça e apenas um troféu simbólico no qual o Flamengo deveria ter vergonha de estar brigando por ela embora eu seja torcedor do CRUZEIRO também acho que por merito deveria permanecer com o São Paulo.

      • janca

        Cada um tem seu ponto de vista. Os torcedores do Sport _ou boa parte deles_ também pensam assim. Eu vejo de um jeito diferente. Acho que seria digno o São Paulo entregar para o Flamengo, mas duvido que o clube do Morumbi irá tomar tal atitude, ainda mais nos tempos atuais, de tanto acirramento político no futebol.

    • Nelson

      Sou vascaíno, mas sempre favorável pela coerência….
      “Doação”!!!!???? Se o cara em 1987 votou favorável ao não cruzamento entre os vencedores dos módulos e fosse simplesmente proclamado campeão o vencedor do módulo principal como agora ele vem defender pelo impasse?!? E vale lembrar (para muitos que não tem o mínimo conhecimento dos fatos – daí o comentário simplório de “doação” – rs) que o tal cruzamento foi inserido no regulamento no meio da competição….

    • João

      Meu caro bambi, “doada” é o cacete. Foi conseguida em campo, com muita luta e superação, sendo que naquele time de 87 do Mengão, todos, com exceção de Ailton, jogavam ou vieram a jogar na seleção brasileira. E o seu presidente, sr. Aidar, assinou um documento se comprometendo a reconhecer o vencedor da Copa União como campeão brasileiro do mesmo ano. A sua mudança de posição, anos depois só corrobora o que todos já sabem, paulista não vale a merda que caga.

      • marcosap

        joao seu lixo ,lave a boca para falar de paulista,pois se não fosse o estado de são paulo ,o brasil seria um haiti.

    • janca

      Não se trata de doar. Acho que ela deveria ficar com o Flamengo, mas seguimos com o caso no tapetão, digamos assim, o que é uma pena para o futebol.

      • Eduardo

        Sou flamenguista, e acho que a taça não vale porcaria nenhuma. Acho que por direito a taça é do Flamengo, e acho uma baita hipocrisia qualquer time que participou da Copa União discordar disso.

        Agora, se é pra ter tanta polêmica, podiam derreter a taça e fazer duas menores, uma pra cada clube. Feias iguais a original, pra não ter reclamação.

  • Mauro Sousa

    Se o Aidar simplesmente pegasse essa taça e entregasse ao Fla seria um tapa na cara da CBF e, acho, mostraria uma vontade de tentar melhorar o cenário atual do futebol brasileiro. A primeira coisa que deveria acontecer é a união dos clubes. Os clubes tem q ser adversários só dentro de campo, fora não. Mas entendo as questões políticas dentro do próprio SPFC. O sócio, que nada mais é do que apenas um torcedor apaixonado, não entenderia isso.

    • janca

      Mas você acha que o Aidar, cujo escritório trabalha para a CBF, faria uma coisa dessas? De jeito nenhum. Hoje São Paulo e CBF vivem de mãos dadas. E viverão ainda mais se Aidar for eleito presidente.

      • Mauro Sousa

        Sim sim, verdade. Essa entrega da taça deveria ter ocorrido quando o SPFC era inimigo da CBF (Foi até por isso que a CBF não apoiou o Morumbi na copa). Agora não vai ocorrer mesmo.

        • janca

          Deveria ter sido entregue tempos atrás mesmo, pelo menos a meu ver, mas não foi e agora, com a nova relação do clube com a entidade, isso dificilmente acontecerá.

  • Jair

    Essa taça é por direito do CRF! O clube não tem culpa na lambança que esses órgãos fizeram, pois foi conquistada dentro das quatro linhas onde tiveram recorde de público e renda.

  • paulo roberto

    Bom dia, Janca. Como torcedor do Flamengo, gostaria que o meu clube abdicasse dessa polemica da taça das bolinhas, e deixasse que a CBF fizesse dela o que bem entendesse. Para nós flamenguista é importante o que está gravado em nossa memória, como a decisão do título que foi vencida nas quatros linhas contra um grande adversário da série “A” que foi o Internacional, isso é que é importante, e não vai ser a posse dessa taça que vai apagar os nossos sentimentos de gratidão com aqueles atletas que lutaram e venceram com tanto brio.

    • janca

      Caro Paulo Roberto, já eu penso um pouco diferente. Acho que quem deveria abdicar dessa polêmica era o São Paulo, mas como disse duvido que isso aconteça. Uma pena. E como você disse as conquistas em campo ficam guardadas na memória e isso vale muito mais que uma Taça das Bolinhas.

  • Janca , não é só a legalidade que está em jogo. Mas também , e principalmente , a moralidade. Existe uma ata assinada por todos os integrantes do extinto Clube dos 13 que foram contrários ao cruzamento dos módulos , que foi uma regra estabelecida pelo CBF depois do campeonato ter iniciado. O São Paulo não reconhecer o título do Flamengo seria o mesmo que o Internacional , â época , Vice Campeão , ter decido ir disputar o quadrangular sugerido pela CBF.

    • janca

      Eu não sou legalista, há advogados que entendem que o São Paulo está certo e que o Sport foi campeão daquele ano, outros dão razão ao Flamengo. A meu ver, em campo o Flamengo venceu a Copa União que, na prática, era o Brasileiro daquele ano, então deveria ficar com a Taça das Bolinha. Há quem veja o caso de outra forma, Silvio, respeito, mas sigo com minha opinião.

  • Antonio Renato

    TAÇA DE BOLINHAS E PARA SÃO PAULINO MESMO!

  • joe LHP

    Esse candidato faz parte de uma manobra que está sendo feito pelas federações para se assegurarem de eventuais ameaças, estão patrocinando campanhas de vários candidatos nos clubes com alguns pagando até mensalão para se eleger, assim as federações não correm risco com a criação de uma liga ou esvaziamento dos estaduais, pois isso vai minar a oposição e tende a colocar vários pelegos alinhados a cbf e as federações no comando dos clubes.

  • Marcos

    Qual foram os placares do seguintes jogos em 1987:

    Sport x Grêmio
    Sport x São Paulo
    Sport x Vasco
    Sport x Internacional

    Ué, o Sport não jogou com nenhum equipe grande em 1987, como pode ser o campeão?

  • rafael

    Olá Janca, vc é o melhor colunista deste jornal e o que melhor interage nos comentários.

    Em relação a taça de bolinhas representa uma mancha na história do SP não entregar algo que não lhe pertence. Chega a ser um absurdo. A copa União de 87 foi conquistada pelo Flamengo dentro de campo em um campeonato organizado pelo clube dos treze, inclusive assinado pelo São Paulo, estou certo Janca?? Coisas desse tipo só acontecem no Brasil. Eu como torcedor do Flamengo digo que não me importa mais essa maldita taça, o que o Flamengo conquistou dentro de campo em 87 nenhum tribunal poderá apagar.

    • janca

      Oi Rafael. Obrigado pelos elogios, sempre que possível eu tento interagir com os internautas, sim, afinal esse é um espaço de debate ou pelo menos deveria ser. Muitas vezes acaba tomando por agressões, o que é uma pena, mas elas retratam muito do que é a nossa sociedade, a meu ver. Sobre a Taça das Bolinhas, acho que o São Paulo deveria ter deixado com o Flamengo há tempos, inclusive pelo reconhecimento do que foi a Copa União, que quer queiram quer não acabou sendo o Brasileiro de 87. Mas concordo que a conquista dentro de campo essa ninguém tira do Flamengo. E vale muito mais do que um troféu.

  • O Aidar nas qualidade de Presidente do São Paulo foi um dos fundadores do Clube dos Treze e o Juvenal Juvêncio assinou a ata da reunião, no Parque Antártica, que reconhecia o Flamengo campeão. Os dois lados da atual política do São Paulo foram participantes daquele momento histórico. O Juvenal assinou pelo São Paulo e eu assinei na qualidade de Presidente do Conselho Deliberativo do Flamengo. A atitude dos dirigentes paulistas não corresponde à grandeza do S.Paulo.
    Walter Oaquim

    • janca

      Mas só para constar Aidar e Juvenal fazem parte da mesma corrente política do São Paulo. O primeiro é o candidato da situação, o segundo, o atual presidente, andam de mãos dadas. Inclusive Aidar trabalhou pela mudança no estatuto do São Paulo, algo que garantiu um terceiro mandato a Juvenal e, pelo menos a meu ver, acabou sendo péssimo para o próprio clube do Morumbi, que era conhecido pela rotatividade no poder e uma situação e uma oposição fortes, algo que lamentavelmente mudou de uns tempos pra cá. Abs.

  • Valmir

    Quanta desinformação, caros blogueiros. A Copa União foi criada em razão de alguns deputados federais, entre os quais o sr. Nabi Abi Chedid, presidente interino da CBF, no lugar de Giulite Coutinho que se encontrava doente, quererem politicalizar ainda mais o Campeonato Brasileiro, com trinta e dois clubes. Daí surgiu então o Clube dos Treze que não concordou com isso e juntou Bahia, Coritiba e mais um clube que não lembro agora para fazer a Copa União com dezesseis times. Após o início da competição o então dep. Federal Nabi Abi Chedid inventou o módulo verde e o módulo amarelo e disse o campeão e vice do brasileiro sairia de um torneio entre os campeões e vice destes dois módulos, o que foi rechaçado pelos dirigentes do Clube dos Treze, inclusive o Sr. Aidar. É o único caso na América do Sul em que a segunda divisão foi disputar a Libertadores e levou um pau… Aí acertou-se, no ano seguinte a questão de acesso e descenso.

    • janca

      Como você mesmo disse o Aidar, na época, era contra uma disputa entre os dois primeiros dos dois módulos, mas pelo jeito, com o passar do tempo, foi mudando de ideia…

  • Gustavo

    O q interessa é q temos seis titulos do campeonato brasieleiro de futebol não são copa união nem copa João Havelange por exemplo.
    Poxa vida São Paulo vamos atraz de outro titulo do campeonato brasileiro e deixem essa taça das bolinhas pra lá.

  • Jose Maria Lovisi Titoneli

    Faça duas taças iguais, de uma para o Flamengo, outra para o Sao Paulo.

  • walter papa

    janca, se eu não estou enganado, por que o internacional sendo segundo colocado, não enfrentou esse time medíocre de segunda divisão, na ausência do flamengo, porque tinha sido discutido como seria o campeonato e com os jogos em andamento resolveram mudar tudo. os presidentes de clubes deveriam excluir são paulo e este timinho de segunda de qualquer liga que por ventura fizerem no futuro, não unirem com dirigentes que não tem palavra, safados. por isso que o nosso futebol está a caminho de uma falência, onde quase todos os clubes com dívidas astronomicas.

  • saulo

    Janca, boa noite. O flamengo não deveria ter brigado, também, para disputar a Libertadores do ano seguinte, já que ele foi o “campeão” brasileiro?

    • janca

      A CBF considera o Sport campeão brasileiro daquele ano e o Guarani, vice. Então… Mas brigando o Flamengo está até hoje, tanto que a questão da Taça das Bolinhas não foi resolvida até agora, por conta do imbróglio de 1987, e não deve ser solucionada tão cedo. Foi parar, como disse, no STJ.

      • Fábio Ferreira / Ubá-MG

        Pelo que sei e pelo que li a CBF tb considerou o Flamengo campeão brasileiro de 1987 e a taça foi parar na caixa econômica federal por determinação da justiça, pq ela foi quem fez a famosa taça. O imbróglio segue…CBF já determinou que Flamengo e Sport foram campeões de 87, sendo assim a taça tem que ir para a Gávea, mas o Sport recorreu e até agora a justiça não decidiu, mas vai acatar a decisão da CBF, só não sabemos quando.

        • janca

          Não sei para que lado a Justiça vai decidir. Enfim, a parada está, há tempos, na Justiça Comum. E se a CBF considera o Flamengo campeão de 1987 não deveria ter mandado o troféu para o São Paulo.

  • onde está a taça importa? eu lembro dela nas mãos do flamengo. quem ficará com a mesma agora é o que menos importa. não derreteram uma mais importante. os são paulinos que fiquem lustrando cada uma daquelas tais bolinhas.

  • Rene

    Janca, nao sei o porque de tanto alarde em volta de uma taca meramente simbolica. O que tambem nao entendo eh porque o flamengo so se preocupou com ela quando o sp estava prestes a ganhar seu 5o campeonato brasileiro. Abs

  • Marcus Vinicius

    Janca!
    Gostaria que me explicassem o seguinte:
    Quando a Taça das Bolinhas foi criada na década de 70, ficou instituído que seria seu detentor definitivo aquele que a conquistasse por três vezes consecutivas ou cinco alternadas. O SPFC conquistou o campeonato brasileiro em 1977, 1986, 1991, 2006, 2007 e 2008. Ocorre, que em 1992 a taça foi erguida pela última vez, pelo campeão brasileiro que a conquistou. O Palmeiras foi bicampeão brasileiro nos dois anos seguintes. Hoje é muito fácil buscar no Google as imagens das finais de 1993/1994 e ver a taça carregada pelos jogadores em comemoração. É a mesma taça que está em disputa até hoje. Se nos três campeonatos consecutivos do SPFC em 2006/07/08 era um outro troféu em disputa, por que o SPFC tem direito a essa taça?

    • janca

      O São Paulo, pelo que me consta, diz que foi o primeiro time a vencer o Brasileiro por cinco vezes. Desconsidera, portanto, o título do Flamengo de 1987 e considera que o Brasileiro daquele ano foi vencido pelo Sport.

      • Marcus Vinicius

        Janca,
        Mas mesmo que o Flamengo não tivesse vencido em 87, o que não é o caso, pois qualquer um, desprovido de interesse e paixão, sabe o que aconteceu. Até 92, o SPFC venceu o campeonato brasileiro por ter vezes alternadas (77, 86 e 91). Quando voltou a vencer o brasileiro, aí por três vezes seguidas (2006/07/08) a taça disputada já não era mais a da questão. Fazendo um pequeno esforço, procurando no Google por imagens do Palmeiras levantando a taça em 92/94, vemos que o troféu erguido é o mesmo disputado até hoje. Então, insisto na pergunta, por que o SPFC tem direito a esta taça? Se a levantou por três vezes alternadas e, quando foi campeão por três vezes seguidas, a taça já não estava mais em disputa havia 16 anos?

        • janca

          Até agora a Justiça não decidiu quem tem direito à Taça das Bolinhas. Uns entendem que é o São Paulo, outros que é o Flamengo, mais um caso para a Justiça Comum (porque não está mais na esfera esportiva há tempos) decidir. A própria CBF considerava o Sport campeão brasileiro de 1987, depois passou a considerar os dois, Sport e Flamengo, campeões brasileiros daquele ano, se bem que o segundo não teve o direito de disputar a Libertadores do ano seguinte… É só mais uma confusão que mostra o caos em que vive nosso futebol.

  • Vinicius Soares

    Na realidade os clubes foram muito burros, mas esse assunto é ótimo para a Imprensa em geral. O São Paulo sabe e assinou que a Taça é do Flamengo. Faltou inteligência aos 2 presidentes à época que quando a CBF falou que iria entregar ao São Paulo podiam ter se reunido combinado uma cerimônia em que seriam entregues 2 Taças de Bolinhas, uma do São Paulo para o Mengão em comemoração aos primeiros 5 títulos e eu pediria ao artesão para fazer outra e como presidente do Mengão entregaria ao São Paulo para comemorar o primeiro tricampeonato seguido, grande feito do time paulistano. Isso seria um tapa de luva na CBF que foi pressionada pela rede globo para dissolver o Clube dos 13 para permanecer com os direitos de transmissão dos jogos no Brasil, se não a Record ganharia na licitação do C13. Seria querer demais de 2 filhos da puta e burros como Patricia Amorim e Juvenal Juvêncio. Pior para o São Paulo porque antes ganhava a mesma coisa que Flamengo Corinthians Vasco e Palmeiras, ele junto com Vasco e Palmeiras agora ganham muito menos que Flamengo e Corinthians. O déficit de dinheiro já vem sendo sentido, não é a toa que o São Paulo não ganha porra nenhuma desde 2008, para quem ganhava direto. Agora só organização não adianta, falta grana. Em relação ao Flamengo ainda não pois a dívida do mesmo ainda é muito grande, mas isso é questão de tempo, em relação ao Corinthians isso é nítido. Fazer o que, nessa briga só há 3 beneficiados, a Globo (a CBF não pois como ela está na mão da Globo só deixou de perder com isso, mas não ganha), a Imprensa (que continua enchendo o saco com esse assunto) e o Sport Recife (que ganha seus 15 minutos de fama). PS: esperar o que de quem manda num clube desse “Palavra é coisa de Homem, não parece ser o adjetivo que mais se ajustaria aos adeptos do SPFW”.

  • Marcão

    O tal regulamento da CBF não foi assinado pelo clube dos 13. Falida, a CBF abriu mão de organizar o campeonato de 87, entregando a responsabilidade ao Clube dos 13, que correu atrás de patrocínios (lembra, que quase todos estampava a Coca Cola) e do aval da TV Globo.
    Quando a CBF percebeu o sucesso do campeonato, com o mesmo em andamento, por pressão dos outros clubes (da segunda e terceira divisão, inclusive) resolveu mudar o regulamento criando o módulo amarelo e batizando o campeonato do C13 de módulo verde, impondo um cruzamento entre os módulos. Em momento algum o clube dos 13 aceitou essa mudança. O Eurico Miranda participou de uma reunião às escondidas, sem o aval do Clube dos 13, e assinou como representante do grupo. Mas o pilantra não tinha autonomia para isso.
    Essa discussão só acontece por conta da falta de informação da garotada, que não conhece o assunto, não estava viva naquela época e agora vem emitir opinião sem antes pesquisar os fatos. O Flamengo venceu a Copa União, que era o campeonato brasileiro da época. O Sport “ganhou” o título do campeonato brasileiro na canetada, na justiça comum, com o apoio da CBF que tinha seus interesses contrariados pelo C13. Aliás, segundo o regulamento criado pela CBF, o campeão do módulo amarelo deveria jogar com o campeão do módulo verde. Mas não houve campeão do módulo amarelo, pois Guarani e Sport terminaram o confronto empatados porque se recusaram a continuar batendo penaltis (11×11).

  • Robert

    Finalmente um texto definitivo sobre o caso lusa x stjd e a “ética flexível” que vigora neste país
    http://globoesporte.globo.com/blogs/especial-blog/olhar-cronico-esportivo/post/um-pais-curioso-e-de-caras-de-pau.html
    Abs e parabéns pelo blog

MaisRecentes

Saída de Lucas Lima



Continue Lendo

Dorival bombardeado



Continue Lendo

A grana de Nuzman



Continue Lendo