Bom Senso falhou…



Concordo com o jornalista Juca Kfouri e acho que os jogadores do Corinthians perderam chance histórica domingo, quando acabaram convencidos pela diretoria do clube, com receio de retaliação por parte da federação e dos detentores dos direitos de TV do Paulistão e, mesmo sob ameaças e riscos de novas agressões, aceitaram pegar a Ponte.

Era uma boa oportunidade para o Bom Senso mostrar a que veio, mas o grupo não teve peito de tomar uma decisão que poderia mexer com as estruturas do futebol brasileiro e começa a perder espaço para sindicatos conhecidos por não fazer nada e agora querem se aproveitar do momento para aparecer.

Os atletas não deveriam ter jogado como forma de protesto contra a inacreditável invasão do CT corintiano por cerca de cem vândalos sábado. Que agrediram, usaram pedaços de bandeira e bambu, poderiam ter matado um Pato ou um Sheik da vida, os dois principais alvos da galera, roubaram equipamentos de treino, levaram celulares e nada aconteceu.

Duvido que o Corinthians seria excluído do Paulistão (ou Paulistinha, como seria melhor) ou boicotado por emissoras de TV, especialmente a Globo se não tivesse atuado domingo. Isso não aconteceria, por mais fortes que fossem os interesses que levaram o time a campo. Inclusive o receio de que, ao não entrar e perder por W.O., a reação da torcida poderia ser pior.

A dos vândalos, talvez, mas eles não respondem pelo todo, não falam pela massa corintiana e são caso de polícia.

Sem falar que cabe à diretoria corintiana garantir a segurança de quem trabalha no clube. O presidente Mário Gobbi tenta se eximir de responsabilidades, mas segue nas mãos de organizadas que usam o Timão e sua marca, uma das mais fortes do Brasil, para viver às custas deles.

Não é verdade, ao contrário do que diz Mano Menezes, que ninguém no Corinthians queria jogar. A diretoria tinha interesse em ver o time em campo, sim. Se todos fosse contra a participação no jogo em Campinas, a equipe não teria atuado. Atuou porque a direção assim quis.

Fora que Mano tem que parar de se reunir com representantes de uniformizadas para tentar explicar o fiasco que tem sido esse início de temporada. Não é hora de fazer média com vândalos que se acham donos do Timão.

Lamentável o que está acontecendo, inclusive as declarações de Gobbi, para quem o torcedor tem memória curta, afinal esse mesmo Corinthians foi campeão da Libertadores e Mundial em 2012. E ano passado levantou duas vezes troféu, no Estadual e na Recopa.

Só que memória curta tem ele também, já que afastou o vitorioso Tite para colocar em seu lugar Mano, que vem de seguidos vexames na Seleção e no Flamengo. Em cinco jogos já soma três derrotas. A defesa, que pelo menos funcionava, sofreu apagão, oito gols tomados nas últimas três pelejas e dois zagueiros expulsos domingo. Nada que justifique, porém, o que aconteceu sábado.

É o futebol, de novo, nas páginas policiais.



  • Cleibsom Carlos

    Janca, uma decisão dessa magnitude não pode ser tomada de cabeça quente. Entendo o lado dos jogadores e espero que a paralisação aconteça na rodada inteira desse meio de semana e não apenas no jogo do Corinthians. Pelas declarações do Gobbi os jogadores já perceberam que não podem contar com ele, se nada for feito pelos jogadores não serão os presidentes dos clubes que farão, todos nós sabemos disso…PS.: Juca Kfouri perdeu completamente a moral depois de sua postura no caso Lusa, não dá mais para o cara vir falar de ética e se colocar acima do jornalismo esportivo como ele sempre faz, para mim a palavra dele e nada é a mesma coisa.

    • janca

      Não se trata de tomar uma decisão de cabeça quente, mas é hora de começar a dar um basta em situações absurdas como as que aconteceram sábado passado. Que os atletas não podem contar com o presidente (nem com o novo técnico corintiano) para mim está claro, nesse ponto concordamos. Mas não tem cabimento o time ir para Campinas sem poder usar o ônibus do clube, com medo de sofrer emboscada na estrada, essa história de “ou joga com amor ou joga com terror”, o que é isso?, nem o técnico ficar dialogando com representantes de organizadas. Fora que ano passado morreu aquele jovem na Bolívia, o clubismo predominou, o Corinthians não levou o caso a sério como devia, tivemos cenas lamentáveis em Vasco X Corinthians, em Atlético-PR x Vasco, na última rodada, mas o show continuou pois não pode parar. Não pode mesmo? E em relação ao Juca discordo totalmente de você. Considero uma voz importantíssima na mídia nacional. Importantíssima. Tem um olhar diferente sobre o esporte e é um baita jornalista. Mas você tem o direito de não gostar dele, como também pode não gostar de mim. Curiosidade: qual seu time?

      • Cleibsom Carlos

        Veja bem, Janca, como a polícia alegou nada poder fazer, o que eu não entendo porque ali havia um caso claro de invasão de propriedade privada e agressão, o Mano tomou esta atitude apenas para que os vândalos saíssem do Pq S.Jorge senão eles estariam lá até agora. A atitude não foi a correta mas diante da apatia geral o cara fez alguma coisa. A polícia agride sem dó nem piedade e de maneira irracional e desumana trabalhadores e estudantes, por que não age da mesma forma com os torcedores organizados que pertubam a ordem pública? Quanto a greve dos jogadores ela certamente ocorrerá, não sei se será nesta rodada do meio de semana ou na próxima. Quanto à sua pergunta: sou palmeirense, mas sem fanatismo doentio…

        • janca

          Continuo discordando de você. Não acho que o Mano, ao dialogar com torcedores organizados, fez alguma coisa, não. A polícia chegou tarde, não prendeu ninguém no sábado, sou contra agressão a trabalhadores e estudantes, como você diz, mas tampouco gosto de demonizar policiais e ponto, pois não é esse o caminho. Os “black blocs”, por exemplo, estragaram as manifestações e partiram para a agressão e o vandalismo pura e simplesmente, não é essa a saída. Não se trata de agredir torcedores organizados, mas prender. E os dirigentes deveriam rever suas relações com as uniformizadas, pois as financiam, direta ou indiretamente. Elas vivem da marca e do símbolo dos clubes. Deveriam ser proibidas de faze-lo. Pelo dinheiro, dá para asfixia-las. Ou forçar seus comandantes a cortar os maus elementos que estão atrelados a elas. Mas não é um problema fácil de resolver, embora o caminho, a meu ver, seja semelhante ao que fez a Inglaterra na época de Margaret Thatcher. Quando o assunto é futebol, porque em outros tópicos não concordei com muitos pontos do governo dela. Mas houve outros bem positivos. Pelo menos eu acho.

  • Jocinei

    Janca , acho que chegou a hora de dar um basta nessas torcidas organizadas de marginais , mais isso tem que partir dos clubes e da policia . Os clubes tem que parar de dar regalias a esses torcedores que ultimamente só dão prejuízos aos clubes , pois tiram os torcedores comuns dos estádios , fazem os clubes perder mando de campo e muitas vezes fazem atletas deixarem o clube . A policia tem que punir esses vândalos de alguma forma . O Bom Senso perdeu a oportunidade domingo , mais esta se mexendo e organizando para o fim de semana , com aporte legal uma greve geral , acho que só paralisando os campeonatos é que alguma coisa será feita . Por ultimo sou fã de Juca Kfouri , concordando ou não com algumas opiniões …

    • janca

      Não sou contra o direito de as uniformizadas existir, os torcedores podem se organizar e responder, se for o caso (e pelo jeito é), por suas ações na Justiça. Agora sou contra a ligação dos clubes com as organizadas, deixando, fora outras regalias, que elas faturem sem pagar nada por conta da marca e do símbolo do clube. E o Bom Senso, se perdeu grande oportunidade domingo passado, tem que se mobilizar agora. Já passou da hora para alguma ação mais forte por parte dos atletas, já que se formos depender dos dirigentes… Em relação ao Juca tampouco concordo com tudo o que ele diz ou escreve, mas também sou fã dele e o acho um ótimo jornalista (e colunista). Uma voz diferente na imprensa, como já afirmei anteriormente.

  • Victor Dunstan

    Fala Janca…como abandonar a globo depois de adiantar receitas da tv?? O corinthians é o que mais fatura…deixar os “problemas” de casa influenciar no trabalho não dá,não pode!! O Gobbi,andrés que se virem…contrata mais seguranças!!

    • janca

      Sei que há contratos dos clubes, houve pressão de TV, federação e da própria CBF, mas a hora de se manifestar era domingo. E protestar contra o que aconteceu no sábado, uma barbaridade que teve envolvimento de torcedores ligados a organizadas do Corinthians. Mas entendo seu ponto de vista. E foi o que acabou prevalecendo no domingo, tanto que os jogadores aceitaram entrar em campo. Se não tivessem entrado, o time poderia perder por W.O. e até ser eliminada do campeonato. Algo que duvido, aliás. Mas seria mais um torneio a acabar nos tribunais, como ainda pode ser se houver paralisação em alguma rodada, o que não é improvável, não.

  • Mario

    concordo o BSFC falhou e pior se tivesse feito a grave na rodada teria um grande apoio popular, mas pelo visto o movimento caminha p/a morte afinal os lideres sumiram ou foram emborra(Seedorf).

    só uma duvida por que o Janca só lembra das glorias do Tite e esquece os seus fracassos e erros que não foram poucos? sera que tambem tem memoria “curta” ?

    • janca

      Mario, Mario, Mario, claro que o Tite teve seus fracassos, vide a eliminação para o Tolima e a pífia campanha no Brasileiro do ano passado, com muitos jogos de dar sono. Mas foi muito vitorioso no Corinthians. Só ano passado ganhou, bem ou mal, dois títulos, embora considerados menores. Mas ganhou. Paulista e Recopa. No ano anterior, então, foi extremamente vitorioso, basta lembrar da Libertadores e do Mundial. Quem parece que esqueceu desses feitos não foi só a torcida, foi o Mário Gobbi também, tanto que preferiu apostar em Mano para 2014 do que em Tite.

      • Mario

        nunca se deve esquecer os meritos e demeritos , sempre seremos gratos aos titulos que o Tite ganhou , mas futebol não vive de passado sendo que ele não soube renovar o elenco e manter time com futebol razoavel p/se manter no cargo , ninguem ganha o apelido de EmpaTite a toa .

        se cobramos que futebol é tem que ser profissional , por que devemos reclamar quando se tira um tecnico que esta com o trabalho ruim sendo que ele teve tempo de arrumar o time.

    • janca

      Sobre o Bom Senso também acho que teria muito apoio se tivesse agido domingo, mas não acho que o movimento esteja morrendo. Mas preciso agir rapidamente e não pode perder o momento, como acabou acontecendo anteontem.

  • carlos

    Só otário mesmo pra acreditar nessa ladainha de bom senso….como disse o velho vamp, ñ vai dar em nada….vergonha como no ano passado, jogador ficar sentado no chão de braço cruzado com cara de bunda…isso é protesto??? é igual o povo que há alguns anos atrás estava ali na praia de Copacabana (mais de um milhão de otários), exaltando o Brasil como sede da copa e hoje estão na rua tomando tiro de borracha….

    • janca

      Eu acredito no Bom Senso e o movimento conseguiu, pelo menos, adiar o início dos Estaduais, o que já foi um ganho. Em SP reduziram o número de rodadas e mudaram a fórmula de disputa, embora consiga ser tão ruim (a fórmula de disputa) do que a do ano passado.

      • carlos

        Janca, isso só aconteceu por causa da copa. Se não fosse isso, seria do mesmo jeito em 2014, 2015, 2016…nada vai mudar..os clubes são reféns da rede bobo….e nunca vão conseguir tirar a coleira do pescoço….NUNCA….até mesmo pq vivemos em um país desonesto e corrupto…

        • janca

          É verdade, Carlos, aconteceu porque era ano de Copa, mas se não fosse o Bom Senso se mexer não teria ocorrido a mudança nos Estaduais _que acabaram começando (pelo menos uma parte) uma semana mais tarde do que o programado.

          • janca

            E outra coisa que acho. Se os clubes dependem tanto da Globo _e dependem_ é porque são mal administrados. E também porque cada um deles costuma pensar apenas no próprio umbigo.

  • Tri Mundial Doom

    Mais uma vez o Corinthians mostrou a sua grandeza e alguém dos mais importantes da história do clube, no caso o Guerrero, foi agredido…Aí é curintias, pois clube inclui torcedor, nenhum time ganha contrato de TV só por causa de presidente ou jogador que tá em campo, a torcida faz parte da história do clube e ninguém quer jogar em um time onde os maiores jogadores da história foram agredidos, lembro de Edílson, Luisão e agora o Guerrero. Luisão poderia ter ajudado o Corinthians a ter o Pabón de graça, mas ajudou o São Paulo.

    Esse BOM SENSO foi ferrado, exatamente por um jogador do Corinthians, o Paulo André, junto com Eurico Miranda numa reunião para se discutir calendário onde o Paulo André foi reclamar do alojamento do Vasco. Alojamento do Vasco, com rato e barata é problema do Vasco e não do Seedorf, do Aléx ou do Rogério Ceni. O bom senso não demonstrou coragem nenhuma para exigir as mudanças que eram necessárias e não sei mas corre o risco de ter um calendário maior com clubes rebaixados que não aceitam ser…

    Pra piorar, o que o Eurico Miranda, não presidente de clube nenhum, foi fazer numa reunião importante dessas?!

    • janca

      Eurico Miranda, infelizmente, voltou ao cenário do futebol. Quer ser candidato a presidente do Vasco. De novo. A eleição, salvo engano, deve ser em agosto.

    • janca

      Ops, e não acho que o Paulo André ferrou o Bom Senso, que está apenas começando, ao contrário do que você diz. É uma das principais lideranças, mas não age sozinho. Lamento apenas que tenha deixado escapar, como atleta do Corinthians, uma oportunidade como no domingo para se manifestar e protestar. Não jogando contra a Ponte, atitude que poderia ter sido tomada pelo elenco corintiano depois do ataque que sofreu sábado.

      • Tri Mundial Doom

        Não que ele tenha ferrado completamente, mas deu um passo atrás ao discutir questões de clube. Se for pra resolver o problema de cada clube em seus alojamentos, não vai sobrar nem clube no Brasil…

  • Thiago

    Caro Janca, blz??

    Esquece essa historia de greve pedindo melhoria no futebol brasileiro, se os jogadores do Corinthians entrarem em greve é capaz de algum marginal da organizada colocar fogo na casa do Paulo André, quem tem que cuidar desses bandidos é o poder publico. O Corinthians precisa apenas fazer como fez o presidente do Palmeiras e Cruzeiro, cortar relações e qq ajuda de custo.

    E não é dificil cortar essa relação, vou te falar como socio torcedor do clube, eu torcedor comum do interior optei pelo plano mais barato por motivos obvios e pago R$ 180,00 de anuidade e apesar de conseguir ingressos com facilidade para jogos pequenos e médios nos jogos grandes é mais complicado. Já quem é sócio de uma organizada paga apenas R$ 30,00 de anuidade e tem garantia que ira conseguir o seu ingresso…agora te pergunto: Por acaso eles são mais Corinthianos do que eu?? Pq o Corinthians manda ingresso para as quadras e não coloca a disposição do torcedor comum? Alias o Corinthians manda para as organizadas lotes de ingressos meia entrada e as mesmas a revendem pelo preço do ingresso cheio.

    Apenas nestes 3 simples topicos ja podemos ver que o Corinthians de forma direta ou indireta “sustenta” esses marginais, o que o Corinthians precisa fazer é cortar tudo isso e o setor amarelo do Pacaembu tem que ser de TODO Corinthiano.

    Proibi o uso da marca Corinthians nos desfiles da escola de samba, ataca as finanças da torcida, sem dinheiro eles começam a perder a forca.

    O que não pode é usar o Corinthians para combater um problema da sociedade e tirar o Corinthians dos verdadeiros Corinthianos.

    abs

    • janca

      Também acho que o Corinthians deveria cortar relações (e isso passa pelo bolso, especialmente) com suas organizadas. Mas o que aconteceu sábado continuo achando gravíssimo e uma reação dos jogadores _não indo a campo domingo_ seria absolutamente legítima. E oportuna. Imagine se tivessem encontrado o Pato ou o Sheik… Vamos esperar acontecer nova morte? Porque ano passado perdeu a vida um garoto boliviano… Espero que os verdadeiros corintianos no jogo de amanhã se manifestem apoiando o time, especialmente o Guerrero, herói no Mundial e que teria levado uma gravata de um torcedor. Seria uma forma de mostrar que as organizadas não são donas do Corinthians, porque não são mesmo. Abs.

    • janca

      Agora em relação ao Paulo André, com greve ou sem greve, infelizmente ele, como atleta do Corinthians, não deixa de ser alvo de torcedores uniformizados, o que é lamentável, assim como são Pato, Sheik (aliás os dois principais), Guerrero, Romarinho, o próprio Mano, que por pior que esteja dirigiu o time apenas cinco vezes esse ano, o Edu Gaspar e qualquer outro que vista a camisa ou represente o clube ou sua direção. Até por isso todos eles devem ter reforço na segurança, uma obrigação do clube. Sábado foi gravíssimo, em pleno CT, local de trabalho dos atletas, como foi gravíssimo o que aconteceu em Oruro, ano passado, a selvageria em Atlético-PR e Vasco e tantas outras cenas lamentáveis que temos tido no futebol brasileiro. Abs.

  • ANDRE

    fugindo do assunto, seguem informações:
    Auditor do STJD no julgamento de Heverton é irmão de suposta intermediária entre ex-presidente da Lusa e UNIMED

    bracks

    Publicamos, ontem, que o ex-presidente da Portuguesa, Manuel da Lupa, encontrou-se, no Rio de Janeiro, dias antes da escalação irregular do jogador Heverton, com uma advogada que se dizia representante da UNIMED, acertando alguns, digamos, ponteiros sobre diversos assuntos.

    Fonte garantiu ser a Dra. Juliana Bracks, que trabalha para escritório que defende a UNIMED, mantendo, ainda, ligação com Osvaldo Sestario, o advogado que “defendeu” o referido jogador no episódio.

    http://blogdopaulinho.wordpress.com/2014/01/25/companheira-de-osvaldo-sestario-teria-feito-contato-entre-manuel-da-lupa-e-unimed/

    Porém, nova “coincidência” nos leva a crer que algo de estranho realmente ocorreu naquele período.

    O auditor do STJD, um dos responsáveis pela punição a Heverton, no famoso julgamento, é o Dr. Paulo Henrique Bracks, por acaso, ou não, irmão da suposta intermediária entre Manuel da Lupa e a UNIMED.

    Obra do acaso, conspiração do Universo ou acerto entre amigos ?
    Investigação do MP-SP pode comprovar que ex-presidente teria vendido a Lusa para UNIMED

    O MP-SP já sabe que a Portuguesa tinha conhecimento da suspensão do jogador Heverton, e que, por consequência, tudo indica, foi escalado, de caso pensado, para facilitar a vida de adversários.

    Email enviado a Lusa avisando da suspensão já está nas mãos dos investigadores, além da certeza de que, ao chegar aos computadores do Canindé, o mesmo foi aberto.

    Há quatro suspeitos de ação direta no episódio: Manuel da Lupa, presidente à época, Osvaldo Sestário, advogado, Heverton, o jogador e também o treinador Guto Ferreira.

    Da Lupa, que, na verdade, se chama Manuel da Conceição Ferreira, teria articulado valores que pudessem livrá-lo de suas execuções judicais, repassando parte do montante aos outros envolvidos.

    Informações dão conta que sentou-se, antes do fatídico jogo, no Rio de Janeiro, com pessoas ligadas a UNIMED, patrocinadora do Fluminense, que, dias antes, ofereceu-se para quitar salários atrasados do Náutico, se a equipe derrotasse o rival, Vasco da Gama, que lutava, também, contra o rebaixamento.

    O escândalo vai ao encontro de informações recebidas pelo blog, no período da ação, mas que, tudo indica, caminham agora para a comprovação, já que a quebra de sigilos bancários, telefônicos e fiscais está por vir.

    Em 30/05/2013, comprovamos, com documentos, que Da Lupa tomou mais de R$ 30 milhões em seu nome, com o banco BANIF, mas deu como garantia o patrimônio da Portuguesa, em atitude pra lá de suspeita:

    http://blogdopaulinho.wordpress.com/2013/05/30/manoel-da-lupa-quer-entregar-a-portuguesa-para-o-banif/

    O vazamento da informação reverteu o quadro, judicialmente, e a Justiça mandou penhorar R$ 17 milhões dos bens de Da Lupa, para abater parte da pendência com o BANIF, conforme publicamos no dia 13/07/2013:

    http://blogdopaulinho.wordpress.com/2013/07/13/apos-tentar-prejudicar-a-portuguesa-da-lupa-tem-bens-confiscados-pela-justica/

    Sem os bens disponíveis, Da Lupa tomou outro baque, em novembro de 2013, quando a Justiça iniciou processo de execução doutra parcela, do mesmo empréstimo, no valor de R$ 4 milhões (“coincidentemente” o valor que José Maria Marin ofereceu ao clube, recentemente, recusado pelo atual presidente, Ilidio Lico).

    Porém, como você perceberá, aos clicar nos documentos abaixo, Da Lupa, ou melhor, Manuel da Conceição Ferreira, no dia 25/11/2013, dias antes da fatídica partida, ingressou com recurso para não quitar os R$ 4,2 milhões, assim como, pouco antes, no dia 11/11/2014, outra ação de segunda instância foi aberto sobre a pendência de R$ 17 milhões.

    Acredita, o MP-SP, que ambas as ações foram abertas para que um acordo de pagamento pudesse ser, enfim, realizado, em audiência de conciliação, sanando, sabe-se lá com que origem de dinheiro, os problemas financeiros do ex-presidente da Portuguesa.

    lupa 4 milhões 1

    lupa 4 milhões 2

    lupa 17 milhões 1

    lupa 17 milhões 2

    Os outros suspeitos, Heverton e Guto Ferreira, já disseram ao MP-SP nada saber, não terem sido avisados da suspensão, e que estranharam a polêmica, após o término do campeonato.

    Enquanto Osvaldo Sestário diz que avisou o clube, e nada tem a ver com o que aconteceu, posteriormente.

    Será ?

    A Portuguesa tem por obrigação apontar seus culpados, sejam eles quais forem, e limpar a barra moral do clube nesse lamentável episódio, o que, nada tem a ver com o fato da CBF ter descumprido o Estatuto do Torcedor e não publicado a decisão em seu site, que, em tese, facilitou a ação daqueles que, supostamente, decidiram quem seria rebaixado à Série B do Brasileirã

    • CARLOS

      PARA TUDO ISSO ACONTECER, A UNIMED TERIA QUE TER COMPRADO O BAHIA TB..PQ Ñ INCLUI ISSO NA SUA “INVESTIGAÇÃO RUBRONECA?

    • CARLOS

      A UNIMED COMPROU O MP-SP

  • robert

    F unk o stentação, rolezinh o d s hopping, aprovaçã o automatic a no ensino básic o, bolsa famíli a, bolsa presidiari o, program a e squenta, … Esse eh a opção de futur o trilhada por nosso p aís, em detrimento da massificaçao da educação … Uma opção jamais vista na história da civilização moderna… P ara quem tinha dúvidas eis o B rasil, rumo a um futuro DESCONHECIDO (porém nada promissor…) sem mais

MaisRecentes

A grana de Nuzman



Continue Lendo

Galiotte cobrado



Continue Lendo

Palmeiras ferve



Continue Lendo