Plano B da Fifa



Pelo sim, pelo não, a Fifa começa a preparar plano B caso Curitiba não tenha condições de receber jogos da Copa devido a problemas na Arena da Baixada, ainda sem data para ficar pronta.

Na surdina, estudos sobre uma possível nova logística para o Mundial estão sendo preparados por um grupo de trabalho em Zurique.

A ideia seria distribuir as quatro partidas que seriam no Paraná entre algumas das outras 11 sedes.

A decisão sobre o aproveitamento ou não da capital paranaense como palco do Mundial deverá ser anunciada no próximo dia 18.

O governo brasileiro insiste que o estádio do Atlético-PR ficará pronto a tempo e é com essa hipótese que a Fifa trabalha, embora pela primeira vez comece a pensar em outros cenários.

Já a arena do Corinthians, palco da abertura da Copa, deverá ser entregue até 15 de abril, embora ainda não tenha sido batido o martelo em relação à data.

A Fifa trabalhava com prazo de 1/5 para inauguração do estádio, mas a possibilidade de ele ser aberto no Dia Mundial do Trabalho passou a ser mínima pelo receio de manifestações contra o uso de recursos e benefícios públicos em estádios privados. O simbolismo da data poderia incentivar novos e violentos protestos.

Manifestações à parte, as operadoras de telefonia não param de reclamar de Itaquera. Dizem que os seguidos atrasos na obra as têm impedido de trabalhar na instalação de infraestrutura de telefonia 4G e internet e já alertaram Ministério das Comunicações e Anatel sobre o problema.

A Fifa considera a chance de o estádio corintiano não ficar pronto para a abertura do Mundial nula e por isso não prepara plano B para Brasil x Croácia, que farão lá o primeiro jogo da Copa em 12 de junho.



MaisRecentes

Elogios a Loss



Continue Lendo

Não vai ter Copa?



Continue Lendo

O escândalo de Platini



Continue Lendo