Meninos da Vila



A direção do Santos quer se aproximar mais dos jogadores da base, que foram a sensação da Copinha, campeões depois de passarem por Atlético-MG, nas semifinais, e Corinthians, na decisão.

A ideia é conversar com os atletas e seus representantes e fazer um plano de carreira pra eles. Alguns devem ser aproveitados logo _e já estão sendo_ na equipe profissional, outros deverão ter oportunidades a médio prazo.

O objetivo também é cuidar da questão salarial e amarra-los ao Santos, já que há o receio de assédio de clubes rivais e até estrangeiros.

Os atacantes Gabriel Barbosa e Geuvânio, que vieram da base, já têm sido usados pelo time principal.

Da equipe da Copinha, os também atacantes Stéfano Yuri e Diego Cardoso, o meia Serginho, o lateral Daniel Guedes e o goleiro João Paulo estão entre os mais elogiados

O meia Lucas Otávio e o volante Fernando Medeiros, de apenas 17 anos, são outras duas promessas e o segundo deve logo passar a treinar com os profissionais.

Os novos meninos da Vila foram, a meu ver, a grande notícia do futebol brasileiro nesse janeiro que se encerra hoje. Jogaram muita bola, mas muita bola mesmo.

Meus parabéns, embora com quase uma semana de atraso, ao Santos, que segue fazendo ótimo trabalho na base, pela brilhante conquista da Copa São Paulo de futebol júnior. A molecada santista promete e o futebol brasileiro agradece.



  • JOTA PEIXE

    E eu, com atraso também : 5X1! chupem!!! Galinhas degoladas totalmente!!

  • Tri Mundial Doom

    A Copinha é bacana, interessante pra ver os garotos que podem se tornar grandes jogadores, mas é em São Paulo, com torcida a favor, quem ganhou mais títulos foi a limitada base do Corinthians, então não quer dizer que Santos e Corinthians tem boas equipes na base, ainda mais para Corinthians e Palmeiras que não conseguem nenhum grande jogador de renome mundial, o Santos é que nem um cometa, antes das promessas Robinho e Diego, ninguém consegue nem lembrar dos últimos grandes jogadores…talvez só lá na época do Pelé, o que faz muito tempo, Diego ganhou títulos importantes e nem pra seleção vai, mas virou um grande jogador, já Robinho não era nem titular no Milan até Kaká chegar e o Felipão convoca o Robinho sendo que o Milan mudou foi com Kaká, depois de Robinho e Diego, foi surgir Ganso e Neymar 8 anos depois, Ganso com altos e baixos e Neymar tendo só a mídia dizendo que ele joga bola, com ele arrebentando contra time que não ganham do Nautico e o santos sendo uma ” máquina de fazer craques” só apresenta meia dúzia de jogadores que realmente foram bons e ainda fica cheio de dificuldades financeiras sempre…Time que tem base do jeito que colocam para o Santos sempre vai ter dinheiro pra contratar e nem o Leandro Damião eles pagaram.

    • janca

      O Santos tem um excelente trabalho na base, sim, e já ganhou muitos dividendos por conta disso, vide a geração de Robinho, depois o período de Neymar, agora esse time de jovens valores que prometem. E não estou me referindo apenas a títulos, até porque o título não era o mais importante e nem sempre ganha o melhor. Mas dessa vez ganhou. O melhor time era o Santos, que teve duro desafio nas semifinais, passou pelo Atlético-MG, que vinha de goleada contra o São Paulo, e ganhou do Corinthians que tinha o apoio da maior parte da torcida que compareceu ao Pacaembu. São jogadores _os santistas da nova geração_ que mais uma vez prometem. Para o bem do futebol brasileiro.

      • janca

        Ah! E quando você diz que a Copinha é bacana faço uma observação. No atual formato, cheia de clubes, parecendo uma feira para empresários e agentes lucrarem, não vejo o glamour de anos passados. O formato, assim como o dos Estaduais, tem de ser repensado. E reformulado.

      • TRI MUNDIAL DOOM

        Quando li que mais uma vez a nova geração do Santos promete eu juntei a geração do Robinho e desde essa época que não temos jogadores do nível de Romário, Ronaldo, Bebeto, Ronaldinho, Zico, Toninho Cerezo, Júnior, Leonardo, Roberto Carlos, Aléx, Djalminha…

        O Robinho não chega aos pés do pior dessa lista e ainda pede mais que o Aléx pra jogar no Brasil, o Neymar até agora no Barcelona não jogou nada do que Ronaldo, Romário e Ronaldinho mostraram desde início, o show que ele acha que dá em campo, o Djalminha deu e ainda conseguiu um Campeonato Espanhol por um La Coruña, isso que é um feito de craque ou gênio…A seleção não tem ninguém como grande jogador não é a toa.

        • janca

          Não é verdade. Não acho que o Robinho seja pior do que o Leonardo, que você cita na lista, por exemplo. E o Neymar tem jogado muito bem no Barcelona e na seleção brasileira, vide o show que deu na Copa das Confederações. É um baita craque.

MaisRecentes

Fuga de patrocínio



Continue Lendo

Verdão vai às compras



Continue Lendo

Contas corintianas



Continue Lendo