Copa sem protestos



Não é que o Comitê Organizador Local da Copa segue menosprezando os protestos que contestam os gastos e a realização do Mundial no Brasil?

Em contato com a Fifa, que não diz abertamente mas está muito preocupada com as manifestações nas ruas, a cúpula do COL avisa que a chance de elas ganharem a força que tiveram em junho do ano passado é mínima.

Disse à Fifa que os protestos do último sábado tiveram baixa adesão, alguns com pouco mais de mil pessoas, nada que pudesse causar maiores preocupações. Que estiveram longe de ter o impacto de 2013, quando da Copa das Confederações.

E lembrou ainda que a procura por ingressos é enorme, que o brasileiro adora futebol e que na hora em que a bola começar a rolar tudo ficará bem. Sei não, sei não…

E o governo também pensa diferente, tanto que Dilma Rousseff logo avisou que reuniria sua equipe para tratar das manifestações e da segurança para a Copa de 2014, que terá total prioridade.

Dependendo do que acontecer no Mundial pode afetar muito fortemente a imagem do país no exterior, além da do próprio governo em ano eleitoral.

Lembrando que as manifestações são como CPIs. As pessoas até podem entender como começam, mas prever como acabam, não. Muitos podem dizer que CPIs terminam em pizza, mas não é sempre assim. E os protestos do ano passado, que depois ficaram difusos e ganharam a adesão de grupos que pregam a violência, até hoje não foram bem compreendidos. Nem pelas autoridades nem pela sociedade tampouco por estudiosos.

Vamos ver o que nos espera na Copa… Que além dos estádios, dos gastos abusivos com dinheiro público, da falta de preparação do país, que segue sem seguir o cronograma, do pouquíssimo investimento em mobilidade urbana e das promessas não cumpridas, ainda tem a questão das manifestações para resolver.



  • Mario

    é a gente nunca sabe como acabam as CPIs , Aldo Rabello é o maior exemplo…… *ironia*

    interessante que ontem li nota sobre como Dilma saiu de casa p/lutar contra a ditadura , e fiquei pensando como as coisas mudaram , aquela Dilma dos anos 60/70 poderia ser uma das estão organizando os protesto , a de hj se reuni com ministros p/acabar com os protestos ate usando de violencia , como as pessoas mudam ou se revelam.

    • janca

      Ironia à parte, não deixa de ser um bom exemplo mesmo. Aquelas CPIs do futebol deram o que falar. Mas pelo jeito o ministro mudou de lado depois, o que faz parte do jogo e da vida… Podemos mudar de ideias e alianças com o passar do tempo. E vale também sobre sua observação em relação não só à Dilma, mas a muita gente também. Mudamos com o passar dos anos. Só que não acho que ela queira coibir os protestos com violência, até porque violência gera mais violência. Mas que poderemos ter um período complicado durante a Copa, não resta dúvidas.

  • Victor Dunstan

    Torço pela derrota do brasil logo na copa…quem nem passa da fase de grupo e que tenha mais e cada vez ms protestos…é a hora de mudança…parece que somente assim a dilma caii fora!!!

    • janca

      Já eu torço pela vitória do Brasil, embora entende quem torça contra. Mas acho que o governo reagiu muito mal em relação aos protestos, tomou apenas medidas pontuais, como a história do Mais Médicos, não tem mexido na estrutura. E estava agindo como se as manifestações do jeito que ocorreram em junho do ano passado não fossem se repetir, agora acordou. Não dá para prever direito o que se passará em junho, quando todas as atenções estarão voltadas para cá.

  • Tato I

    Acho que o legado positivo dessa copa será mostrar ao mundo a verdadeira face do Brasil: corrupção, falta de estrutura física (transportes, saúde, educação, lazer, etc..). Cairá o clichê “país do samba e do futebol”. Espero que as coisas mudem depois dessa copa.

    • janca

      O legado indireto, como eu chamo, é aumentar a indignação popular, que acabou ganhando às ruas no ano passado, algo que não acontecia antes. E é legítima ver setores da sociedade cobrando seus direitos, desde que sem a violência pregada por alguns.

  • Tri Mundial Doom

    Com o aumento das passagens vão ter manifestações, é que o pessoal da FIFA pode estar recebendo notícias distorcidas, o motivo dizendo ser banal…

    Essa COPA SERÁ INESQUECÍVEL…

    KKKKKKKKKKKKKKKKK

    • janca

      Mas a Fifa não é boba e, apesar de o COL tentar passar uma imagem de que está tudo bem, obrigado, ela sabe que há algo de muito complicado pelas bandas de cá. E que a Copa promete. Bons jogos, é verdade, mas fora dos estádios manifestações que preocupam as autoridades e seguem sendo uma incógnita em relação a como se desenrolarão. Não só para a entidade que dirige o futebol mundial, mas para as autoridades brasileiras também.

MaisRecentes

A mágoa de Ceni



Continue Lendo

Alerta a Raí



Continue Lendo

Os erros do Verdão



Continue Lendo