Copa-2022 vai para…



Enquanto a Fifa segue inquieta com o atraso no cronograma das obras para a Copa no Brasil, sem falar no risco de novas manifestações em junho, um outro Mundial deve causar ainda mais dores de cabeça à entidade. Já está causando, aliás. O do Qatar, em 2022.

Além das suspeitas de compras de votos na eleição que deu a Copa ao Qatar, a questão do calor em junho/julho, que pode chegar aos 50 graus, tem provocado muitas reclamações.

Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa, já chegou a dizer que o período de disputa do Mundial seria mudado, tendo, depois, voltado atrás, pois não conta com apoio de boa parte dos países e clubes europeus, contrários a mudanças no calendário.

Os norte-americanos, que se veem como alternativa para receber a Copa de 2022, têm usado, nos bastidores, o forte calor no Aberto da Austrália, que tem feito muitas vítimas nesse início do ano, para aumentar a pressão contra o Qatar. Como se nos Estados Unidos em junho/julho não fizesse, em algumas regiões (Dallas que o diga), um calor infernal também…

Enfim, problemas para o Mundial não temos só por aqui, não. Por mais que reclamem, sem razão, a meu ver, dos deslocamentos, naturais num país continental como o nosso , e de jogos em Manaus, nada que se compare com a temperatura no Qatar.



  • André

    Tão fazendo tudo pra tirar a Copa do Catar. Não entendi essa do Valcke de anunciar a Copa no inverno sem consultar ninguém. Aí tem. Talvez deem um jeito de dizer que não dá pra mudar calendário, essa coisa toda, Aberto da Austrália virou polêmico, aumenta pressão contra Catar, de repente sobra pra USA ou Inglaterra que querem a Copa.

    • janca

      Inglaterra, dependendo do Comitê Executivo da Fifa, tem chance zero de ficar com a Copa. Os Estados Unidos seguem no páreo, mesmo que seja nos bastidores.

    • Mas houve alguma irresponsabilidade em aprovar uma copa num país onde faz tanto calor. Se não fosse pelos subornos envolvidos, o Qatar dificilmente teria chances reais de sediar uma copa – um país com pouquíssima tradição.

      E vale lembrar que a Copa das Confederações de 1997, na Arábia Saudita, foi disputada em dezembro.

      • janca

        Eu estive cobrindo a Copa das Confederações na Arábia Saudita e foi um evento muito interessante. Mas como você lembrou aconteceu em dezembro. E estava quente. Sobre o processo de escolha do Qatar como sede a Fifa tem muito a explicar. Inclusive sobre a discussão do calendário, se a competição muda para o inverno ou também, o que mexe com o futebol de muitos e muitos países.

    • manuel

      Diz pro carinha da matéria que o estadio do dallas cowboys é coberto e tem ar-condicionado. jornalista burro.

      • janca

        Mas, em tese, os do Qatar também serão. Até aí…

  • André

    Copa de 2018 na Rússia parece que vai bem. Mas lá também terão deslocamentos longos. Ou não?

    • janca

      Claro que sim, também é um país continental, embora os estádios e as sedes estarão mais próximos que no nosso caso, pelo que vi. Mas lá as obras, aparentemente, estão em ritmo acelerado, o que já é bom sinal.

    • Will

      Parece estranho, mas se não me engano 6 dos estádios da Copa da Rússia serão na capital, Moscow! E as outras sedes são na parte “Européia” do país, como São Petersburgo.

      • janca

        O que tende a tornar os deslocamentos menores do que os no Brasil. Mas não vejo isso _a questão dos deslocamentos_ como problema, Will.

        • Marcelo Teixeira

          Eles preferiram centralizar. Nada de ir pra Sibéria. Só por aqui mesmo se acredita nessa copa ‘continental’ aonde vamos ter vários filhotes de elefantes brancos depois que isso acabar…

          • janca

            Esse é o problema _no nosso caso. Possíveis e prováveis elefantes brancos…

      • Paulo

        Não Will… segundo essa reportagem do Telegraph (http://www.telegraph.co.uk/sponsored/rbth/society/8230172/Russias-2018-World-Cup-the-venues.html), serão 13 cidades-sede, e todas relativamente próximas umas às outras – como você disse, eles optaram por concentrar a Copa no lado ocidental do país.

        • janca

          O que tem um lado interessante, Paulo, embora “pequenas distâncias” na Rússia não sejam tão pequenas assim, mas outro nem tanto. Acho legal uma Copa como a do Brasil em que o turista tem a possibilidade de conhecer diferentes regiões. Acho melhor assim do que concentrar numa área mais restrita, como fez a Rússia. O problema, no caso do Brasil, é como vamos manter todos os estádios depois. Alguns parecem bem viáveis, outros podem virar elefantes brancos.

        • Entretanto, a Rússia tem menos atrativos turísticos que o Brasil.

          • janca

            Também acho, apesar de Moscou ser uma cidade lindíssima e São Petersburgo (que não conheço) também. São duas cidades históricas interessantíssimas. Conheço a primeira, a segunda, como disse, não. Mas vários que já foram recomendam.

    • luiz souza

      É, mas lá também tem rebeldes separatistas, atentados à bomba e um ditador no poder. Quem pode garantir alguma coisa na Rússia onde o país é considerado como um dos mais corruptos do mundo? Nem se compara com o Brasil.

    • Aroldo Virginio da Silva

      Não, pois a Rússia escolheu sedes relativamente próximas umas das outras.

  • André

    Fora USA e Inglaterra não tem outra alternativa pra Copa de 2022? E já tem ideia de onde será a de 2026?

    • janca

      Fora os Estados Unidos, por enquanto não. Lembrando que a Copa segue mantida no Qatar, com discussão sobre o período de sua realização, se no verão ou no inverno, algo que mudaria muita coisa no calendário mundial. A de 2026 ainda não tem sede definida, André.

    • Huderson

      Bem que poderia ser no Afeganistão ou quem sabe no Iraque!!!! kkkkkkkkkkkkkkk

  • Mario

    se o problema do Qatar fosse só o calor bastaria mudar o horario dos jogos p/depois do por do sol , como o Qatar fica na Asia e perto da Europa não teria problemas com as transmissões de TVs.

    problema é as denuncias de trabalho escravo e violações dos direitos humanos que ninguem deveria aceitar, mas venderam a copa p/eles agora aguenta.

    Manaus não deveria ter copa pelos motivos que sabemos e não por que os europeus reclamam.

    • janca

      Ou uma outra opção que está sendo discutida é estádios climatizados. Sobre denúncias de violações de direitos humanos há na Rússia também. E no Brasil. E as sobre uso de trabalho escravo são gravíssimas e deixaram a Fifa e as autoridades do Qatar em situação constrangedora. Já em Manaus o problema que vejo é o que farão depois com o estádio, como irão mantê-lo, o chororô dos europeus acho ridículo.

      • O estádio climatizado ajuda para as partidas, mas nem tanto para os treinos. A não ser que os jogadores treinem durante a noite.

  • Felipe Lima

    Ué, os estádios no Qatar não teriam ar-condicionado??
    Confesso que fiquei perdido nisso!

    • janca

      Em tese sim, mas a discussão sobre o melhor período para a Copa, inclusive para o torcedor que for passar mais de um mês por lá, continua. A ideia das autoridades locais _embora o martelo não tenha sido batido_ é reduzir a temperatura dos estádios para a casa dos 20 graus. Centros de treinamento já não.

  • Antonio Lima

    Se a copa fosse mudada, para os EUA, seria uma ótima. Esse país é pertinho da gente, é uma democracia, haveria ilimitadas oportunidades de turismo, compras, etc, e o clima seria perfeito. Como já mudaram a de 1986 para o México, poderiam mudar essa para os EUA.

    • Alexandre

      clima perfeito ???????

      • Antonio Lima

        No Texas e California o carlor é grande, mas tem umidade e tem praia para se banhar. Agora, um evento desses, onde as pessoas bebem muito, brincam, etc, em um país islâmico e repressivo é que não dá. Somente muita grana que rolou, por baixo da mesa, explica isso.

    • janca

      Sou contra, embora o futebol esteja evoluindo muito nos Estados Unidos. Estive na Copa de 1994 e o calor, fosse na Califórnia, fosse no Texas, era infernal. Eram outros tempos, eu sei, mas ainda prefiro uma Copa na Europa, por exemplo. Agora a de 2022 o Qatar ganhou o direito de sediar. Se escolheram mal, têm que resolver o problema logo. E não sei se conseguirão mudar o calendário, não. Fora as suspeitas sobre compras de voto, que abalaram ainda mais a credibilidade (já era pouca) da Fifa.

      • Kleber

        Ainda assim o calor nos EUA nao chega nem perto dos absurdos 50 graus do Qatar…

        Mas por mim essa copa podia ir pra Australia ou outro pais da Asia…como Japao ou Coreia….

  • Rodrigo

    Sejamos sinceros, nunca a FIFA escolheu duas sedes de uma vez. Motivo? Siga o interesse do dinheiro. Curiosamente ter 4 Copas seguidas em Paises de pouca transparencia : Africa do Sul, Brasil, Russia e Catar….E escolhem numa mesma gestao duas sedes de uma vez???? Preterindo uma candidatura totalmente criteriosa como a Inglaterra???? Siga o dinheiro.

    • janca

      Escolher duas sedes de uma vez não foi mesmo uma boa. Até acho que teremos uma Copa bem legal no Brasil, bem melhor do que a da África do Sul, mas são escolhas, para alguns, controversas. Para mim mão a do Brasil nem a da África do Sul, apesar dos problemas para organizar o Mundial que tiveram os sul-africanos e que nós estamos tendo também. Vejo como grande problema a resolver o caso do Qatar, que ainda deve dar muita dor de cabeça para a Fifa. Mudar o calendário europeu não seria algo fácil, não.

  • Tri Mundial Doom

    o caso de compra de votos nao faz nenhum sentido, ja que os estadios no Catar serao os mais modernos do mundo, alem de ser um pais completamente estruturado, se teve compra de voto foi do Brasil sem condicao alguma para receber qualquer evento. O calor vai ser terrivel no catar, mas vai ter estadios agradavelmente climatizados mostrando que a necessidade de compra de voto e nula por parte do Catar… Estranho e que os EUA que tem interesse em nao acontecer uma Copa em um pais arabe…seriam questoes politicas ?

  • henrique

    Aponte qual esporte que não tenha fraudes, doping ou coisas parecidas, por isso larguei mão de tudo, perda de tempo, já fui fã demais da F-1 e futebol, hoje não assisto nada, nada…

    • janca

      E tem muita gente desiludida como você, Henrique.

  • Thiago

    E o que precisa pra tirar a do Brasil? quem é a favor dessa copa aqui ou é rico ou é idiota, exemplo Guaruja esta gastando uma grana enorme pra colocar uma seleção meia boca para treinar durante alguns dias, e a cidade sofrendo uma onda enorme de assaltos, problemas na saude, pobreza extrema em alguns bairros, nao da pra entender, o estadio do Corinthians, po olha em volta quanto problema! assassinatos, miseria! falta de escola, falta de saude, falta tudo! TUDO! nao é falta alguma coisa ou outra, FALTA TUDO! e mesmo se voce for rico! com o mesmo dinheiro que voce ganha aqui com seu bom emprego, se voce morasse em um pais de primeiro mundo voce estaria vivendo MUITO MELHOR.

  • Alan

    Se até a Africa do Sul realizou copa do mundo.
    Qualquer um pode!

    Foi a pior copa que já assisti!

  • vaz

    Só uma questão interessa a FIFA: Dinheiro e mais dinheiro regado a poder. Já cansei das bravatas do Sr Valke e suas ameaças. Vão fazer a Copa no Qatar assim como jogarão no Estádio do Atlético do Paraná com todas as mordomias que pediram mesmo que as coisas não funcionem bem.
    Na Africa do Sul o principal estádio ficou pronto 15 dias antes da abertura apesar do blá blá bla´da FIFA e suas ameaças. A verdade é que já embolsaram toda a grana e no caso do Qatar muito dinheiro Árabe já esta rolando e ninguém na FIFA vai voltar atrás.

  • Pulga

    Se os nossos problemas fossem “naturais”, tudo bem… o problema do Brasil é a falta de estrutura, organização, obras super faturadas, alta carga tributária para um retorno desproporcional, etc.
    E ainda tem mais essa pendência da Arena da Baixada, o presidente do Atlético vai ter que dar as cuecas dele como garantia para obter mais recursos do governo para acelerar as obras a tempo da Copa.

MaisRecentes

Ainda dá?



Continue Lendo

Saída de Lucas Lima



Continue Lendo

Dorival bombardeado



Continue Lendo