O foco é a CBF



A CBF deve muitas explicações sobre o imbróglio que marcou o final (final?) do Brasileiro do ano passado, inclusive agora quando é acusada de chantagear a Portuguesa, condicionando um empréstimo (ou adiantamento) de 4 milhões de reais à desistência do clube paulista de disputar a Série A de 2014.

O caso, que já agitava os bastidores do Canindé antes do jogo de domingo contra o Corinthians, tem dado o que falar.

A direção da Lusa diz que poderia receber adiantamento referente a cotas de TV desde que desistisse de ações, impetradas por seus torcedores, na Justiça comum. O valor seria pago em dez parcelas de 400 mil reais cada, em 2015.

O termo, que teria sido enviado de e-mail da CBF pela diretoria jurídica da entidade, deveria ser assinado por Ilídio Lico, novo presidente da Lusa, e José Maria Marin, presidente da confederação. E era para ser confidencial.

Faz bem a diretoria da Portuguesa em abrir a boca e levar o caso ao Ministério Público investigar. Espero que não volte atrás, porque o caso é grave, como é grave a CBF, milionária do jeito que é, desrespeitar o Estatuto do Torcedor como tem feito até hoje.

Continuo insistindo que a entidade, organizadora do Brasileirão, teria como colocar resultados de julgamentos em seu site avisando todos os lados sobre quem tem e quem não tem condições de jogo.

O alvo não é o Fluminense, que não tem culpa pela incompetência da CBF. É a própria confederação, já que o que vimos no Brasileiro, como bem disse o zagueiro Paulo André, um dos líderes do Bom Senso, não ocorre nem em campeonato escolar ou de clube.

Há muita coisa a ser esclarecida, inclusive pela diretoria que deixou a Lusa após eleição no mês passado e deixou um tremendo abacaxi para a atual gestão. E pela CBF, que tem sido pressionada pelo MP, segundo o qual o caso não está claro. E não está mesmo. Ainda deve dar muito o que falar…



  • James Leal Borges

    Vamos acabar, infelizmente, tendo novamente um campeonato que atenda os mais diversos interesses,ou seja, ninguém será rebaixado e teremos a série A com 24 clubes,fatalmente os rebaixados da série B e C vão reivindicar disputarem as séries em que estavam, uma grande desordem e bagunça no futebol brasileiro em pleno ano de Copa do Mundo, uma lástima, mas resultado dos desmandos e arbitrariedades dos dirigentes da CBF e das federações e da pusilanimidade dos grandes clubes, que não se unem para criar uma liga e libertarem-se deste sistema escravagista em que são meros joguetes nas mãos dos eternos mandatários, lucrariam muito mais se tivessem coragem para administrar o negócio futebolístico libertando-se também da ditadura televisiva.

    • André carvalho

      James, concordo com quase tudo que voce escreveu, menos o fato dos clubes e seus dirigentes serem escravos, não são!

      São tão beneficiados quanto todos os outros pela bandalha geral…

      Nunca se perguntou porque dirigentes vivem reclamando das condições, do lado financeiro, mas nunca largam o osso? Eurico Miranda, Márcio Braga, Andrés Sanches, Carlos Augusto Montenegro, dentre tantos outros se esforçam tanto pra sempre estarem no poder de seus respectivos clubes…

      Porque Será?

      Os verdadeiros escravos e vítimas disto tudo somos NÓS, torcedores e amantes de futebol!

    • janca

      Ainda acho que teremos um campeonato com 20 clubes e a Lusa na Série A. A Lusa, afinal de contas, não é um Corinthians ou um São Paulo e sua permanência na elite interessa a quem? Não ao establishment. Mas reconheço que tudo é possível, James, porque o futebol anda uma bagunça. Veja o regulamento do Paulistão de 2014. Existe coisa mais medíocre do que isso? E não é o único Estadual com regulamento esdrúxulo. Que dirigentes!!!

      • Ninguem quer investigar telefonemas do dirigentes do Fla para os da Portuguesa. Essa jogada do Flamengo com a Portuguesa é a maior galhofa de todos os tempos no futebol brasileiro. Por isso, e só por isso, abolí o futebol da minha vida. Sou limpo.

        • Janca, essa teoria da conspiração sobre Flamengo e Portuguesa já foi derrubada e não entendo as pessoas que ridiculamente insistem nela. O fato é que mesmo após o julgamento da sexta e muito antes do jogo do Flamengo, o jogador da Portuguesa VIAJOU e CONCENTROU com o restante do grupo. Isso demonstra claramente que a Portuguesa estava realmente desavisada quanto à punição de 2 partidas (seja por incompetência, seja por má de alguma das partes, vá saber). Pra que a Portuguesa levaria um jogador suspenso? Para ajudar o Flamengo que ainda nem tinha jogado??? Faz sentido isso? Aliás, o nível de detalhe que essas teorias da conspiração chegam é tão engraçado que falam que após o segundo gol do Fluminense, quando então o Flamengo seria o rebaixado, a Portuguesa colocou em campo o jogador suspenso. Ué, se a regra diz que tal jogador não poderia assinar a súmula ou sentar no banco, que grande diferença fez ele entrar em campo? Isso pra mim é conversa pra boi dormir e para imbecis acreditarem.

          • janca

            Mas tem gente que insiste na tese. E até aqui sem prova nenhuma…

          • Cleber Gomes

            tem razão , a única prova que tem-se, em vídeo, é a de que a amadora Portuguesa colocou um jogador irregular para jogar. Ah, também de que o amdor Flamengo colocou um jogador irregular para jogar.

          • Cleibsom Carlos

            Cara, imbecil é quem acha que tudo na última rodada do brasileirão 2013 aconteceu dentro da normalidade…É não tem nada de mirabolante na história, estamos cansados de ver “crimes” em que a culpa sempre recai em um laranja qualquer! E neste caso o laranja é a Portuguesa.

          • Porque a teoria da conspiração sobre o Flamengo e a Lusa terem feito algo desonesto é menos crivel que ter sido “um mero acaso” a escalação de dois jogadores irregulares na mesma rodada com intervalo de 24h? Qual das duas é a pior teoria da conspiração.Ah a FLAPRESS ta dizendo que é.Parabéns. O MP não investiga porque não quer.

        • Junior

          Os comentários estavam ótimos, mas sempre tem um imbecil para estragar! “Abelhudo” seu idiota!

    • Só Felicidade

      James, o regulamento tem que ser válido por pelo menos 02 anos. Ou seja se em 2014 tiver 24 times, em 2015 não poderá haver rebaixamento também e o campeonato terá 28 times.

  • Me parece exdrúxula a hipótese de prevalecer o E.T. no que diz respeito a exigência de publicação pela CBF para fins de vigência da puniçào imposta pelo STJD. Não me prendo nem ao aspecto moral da situaçào , pois jamais um clube , inclusive a Portuguesa , fez uso de consulta ao site da CBF para apurar os resultados dos julgamentos das Justiças Desportivas. Ou seja , a Portuguesa , nitidamente , buscou uma brecha da lei como um subterfúgio para se salvar. Mas quero prender-me ao aspecto prático dessa suposta obrigatoriedade de publicação pela CBF. Vejamos , como o E.T. não determina que prazo a CBF tem para publicar uma condenaçào , ter a liberdade de publicar quando quiser ( ou puder ) não daria oportunidades para conchavos , visando adiar ou retardar publicações ? Como os clubes fariam para relacionar jogadores punidos pela Justiça Esportiva cujas condenações ainda não tenham sido publicadas pela CBF ? Levariam os jogadores para os estádios e ficariam acessando o site da CBF até segundos antes do prazo máximo para relacionar os jogadores ? Gostaria de receber respostas objetivas para essas questões. Sinceramente , toda essa pressão da mídia ( paulista ) mais me parece um inconformismo com o rebaixamento de um clube de São Paulo e um ascenção de um clube carioca e , também , um aproveitamento da situaçào por parte de muitos para manifestarem as suas posições políticas. Não tenho nenhuma admiraçào ao modelo e estrutura do futebol brasileiro , muito menos aos que estão no comando. Mas não compartilho do velho e sujo jogo político de contar uma mentira mil vezes para parecer uma verdade. Isso sem considerar que o anunciado candidato de oposição não possui nenhuma , repito , nenhuma credibilidade. A tê-lo como presidente da CBF prefiro todas as mazelas atuais. Gostaria de receber respostas objetivas para as questões acima levantadas.

    • Emerson

      Meu amigo, se existe brecha, então a lei não é clara …… e, não adianta vir com esse falso moralismo carioca, o estado mais podre da federação em termos de corrupção no futebol, vide CBF……..
      Eu DUVIDO que se fosse apenas o Flamengo nessa situação, os nepotistas hipócritas do STJD ( que coincidência ser comandado por cariocas…. ) teriam condenado com a perda de pontos…..

    • janca

      Se não usavam o Estatuto do Torcedor antes, deveriam usa-lo. Em termos práticos o que a CBF deveria fazer, já que estamos na era da informática, era publicar assim que terminasse o julgamento o resultado em seu site. Na hora do jogo todos saberiam, inclusive os árbitros, quem tem e quem não tem condições de atuar.

      • Deveria ? Como julgar algo sob a ótica da suposição ? Por que ninguém se atentou para isso antes ? Isso è como ser “técnico de segunda-feira”. Temos que melhorar ? Sim , é claro. Mas como deixar de condenar alguém baseado em “desejos de melhorias” e ” no mundo ideal ” ? Me diga , porque a CBF tem que se explicar sobre a forma como (nào) aconteceu o término do Brasileirão 2013 ? Nào tem cabimento , até porque não hã um consenso de que o E.T. deva ser aplicado neste caso. Existia um regulamento , aceito e assinado por todos. Enquanto tivermos essa mentalidade de jogo político sujo vamos padecer com as mazelas no futebol. Reitero que nào concordo com muitas coisas na CBF . Acho que tem que mudar a direçào , o modela e a estrutura. Mas culpar a CBF por esse imbróglio é o fim da picada.

        • janca

          Claro que deveria. Ou ninguém conhecia o Estatuto do Torcedor? Acha que ele surgiu agora? Assim como existe um regulamento, que deveria ser do conhecimento de todos, há uma lei ligada ao esporte, justamente o Estatuto do Torcedor, que deveria ser do conhecimento da CBF e do STJD. Livrar a CBF desse imbróglio e culpar apenas os clubes é que não dá. A CBF, como bem disse o Paulo André, é quem organiza o campeonato. Se não tem competência para tal que não o faça.

          • alex

            JANCA, te garanto que 90% desse povo aqui até ontem ñ sabia oq é estatuto do torcedor….

          • janca

            E não deve conhecer o CBJD. Ou você acha que conhece?

          • manborges

            O cara que ESCREVEU o Estatuto e o CBDJ já disse várias vezes que não há superposição e que o STJD agiu corretamente, mas o espaço que ele ganhou na imprensa foi pequeno diante da oportunidade de vilanizar o Flu. Detesto a CBF e acho o sistema de justiça esportiva arcaico, mas regra é regra, todos sabiam e, sinceramente DOIS CLUBES DO FUTEBOL PROFISSIONAL NÃO PODEM ESCALAR JOGADOR IRREGULAR.

          • janca

            Se regra é regra vão dizer que lei (Estatuto do Torcedor) é lei. E não chegarão a lugar algum. Ah! Os legalistas… Abs.

          • E quem afirmou que o E.T. acoberta e dá razão à Lusa ? Se o próprio Min. do Supremo Tribunal Federal disse que o regulamento deve ser determinante nesse caso , como você pode afirmar categoricamente que houve um erro jurídico ? Está clara a sua parcialidade na questão. O mínimo que vc poderia fazer é colocar em questão o que deve prevalecer , o E.T. ou o Regulamento ? Por que o STJD nunca se prendeu ao E.T. para determinar o início da vigência das punições , ou até mesmo procurou adequar o CBJD ao E.T. nesse particular ? Por erro técnico , por distração , por vaidade ou para querer , propositadamente , pegar a Lusa ? Vamos ser racionais , por favor ! Você deve estar emocionalmente dominado a ponto de não enxergar o óbvio. A CBF pode ter milhões de defeitos , e os tem. Mas nesse caso não errou. Gostaria , e muito , que essa questão fosse logo julgada pelo STJ , pois , assim , na eventualidade de haver o entendimento de que prevalece , nesse caso , o que prevê o CBJD , gostaria de ver a reação daqueles que , mesmo não possuindo capacitação técnica para julgar , dão pareceres como se juristas fossem. Saiba que esse radicalismo de não aceitar a decisão do STJD estã fazendo muito mal ao futebol , pois o desinteresse do brasileiro esse popular esporte começa a ficar muito evidente. Só espero que a liminar á favor da Lusa seja cassada , assim como já foi a do Flamengo , que o campeonato tenha o seu inìcio dentro de uma tranquilidade , e que , caso se confirme o Andres Sanches como candidato de oposiçào , que a situação vença a eleição na CBF . O povo brasileiro não merece o tal do Andres Sanches.

          • janca

            Não há um ministro do Supremo. Há vários. E cada um vê a questão de um jeito. Sobre a eleição na CBF pode ficar tranquilo. A situação tem tudo para vencer. O sistema é viciado, no sentido de evitar rotatividade de poder. Por isso ficam sempre os mesmos.

        • walter

          cara. porque em 87, todos assinaram o campeonato dirigido pelo clube dos 13 e no final o que vimos, dirigentes metendo o rabo entre as pernas e deu no que deu, até hoje não está decidido é o que acontecerá com o brasileirão de 2013

      • Pedro LT

        “O artigo 133, maliciosamente atacado, é parte integrante do CBJD que, por sua vez é regido pela lei federal 9615/98 (lei Pelé), criada em respeito ao art 217 da Constituição que, por conseguinte, confere autonomia a justiça desportiva. DEFINITIVAMENTE não há qualquer subordinação ao ET.”… “Flamengo e Portuguesa foram intimados, enviaram seus advogados e cumpriram todas as formalidades do código. Mas diante do erro cometido, resolveram atacar o artigo que legitimaram durante anos”… “O ET só confere legitimidade ao torcedor quanto à lesão ao direito próprio, não cria legitimação extraordinária que lhe permita deduzir pretensão em nome do clube que admira”… Trechos do texto do Dr. Mário Bittencourt.
        Ou seja, erraram feio e estão desesperados, se agarrando em um absurdo para tentar se salvar. E o pior a imprensa quer manobrar a massa, que já está acordando…
        A CBF não errou. Flamengo e Portuguesa (nessa ordem), sim. O resto é historinha pra boi dormir!

        • janca

          Mas quem é o doutor Mário Bittencourt? Já Eduardo Arruda Alvim, especialista em direito constitucional, disse à “Folha” que o Estatuto do Torcedor se sobrepõe sim ao STJD, porque lei federal sempre se impõe sobre qualquer resolução. Enfim, opiniões há várias.

          • Pedro Lt

            Quem é doutor Mário Bittencourt??? Essa eu vou entender como retórica, pois não creio que um jornalista de seu gabarito – que respeito muito – não saiba…

            Talvez o Mário seja um dos maiores especialistas de seu tempo.

            Inclusive, o redator da lei Dr. Heraldo Panhoca (lei Pelé, Estatuto do Torcedor e CBJD), nesse mesmo diário já opinou a respeito
            Trecho tirado do lancenet:

            “Redator da Lei Pelé, CBJD e Estatuto do Torcedor não crê em nova ‘Copa João Havelange’
            Advogado Heraldo Panhoca acredita que torcedores da Portuguesa que recorrerem à Justiça Comum não obterão êxito em seus pleitos, já que não há mérito na questão”

            Leia mais no LANCENET! http://www.lancenet.com.br/minuto/Advogado-renomado-Copa-Joao-Havelange_0_1061293904.html#ixzz2r3CGbk4W
            © 1997-2014 Todos os direitos reservados a Areté Editorial S.A Diário LANCE!

            Infelizmente, querem achar pelo em ovo e tirar o foco de quem realmente errou.

            Janca, entendo que necessitamos de melhorias (quem não necessita), mas daí a querer discutir uma lei que TODOS seguiam até então e só se insurgiram com esse ‘bando de novidades’ em virtude de erros primários, é demais…

            Até quando nossa imprensa vai alimentar isso???? O caso foi claro, foi julgado (à luz das leis competentes – respeitando a hermenêutica, hierárquia e etc…) e os clubes condenados!!!!

            Não feriram o ET… Muito menos em direito individual… Não feriram nenhum estatuto ou regra…

            PS: Corroborando com comentário anterior à esse, deixo aqui minhas congratulações por esse espaço aberto para debates, independente das opiniões diversas.

            Abs!

          • janca

            Confesso que, de nome, não sei quem é o Mário Bittencourt (ou não me lembro quem é). O Panhoca conheço há muito tempo, mas não é o dono da verdade e tem muito advogado especialista em direito constitucional, inclusive, que não concorda com ele. E tanto o Panhoca não é dono da verdade que teve torcedor da Lusa que já ganhou liminar, ao contrário do que ele dizia, teve torcedor que perdeu, a CBF tentou se acertar com a Portuguesa com uma proposta no mínimo esquisita e mesmo especialistas em direito desportivo têm opiniões conflitantes. Vide a tese do Carlos Eduardo Ambiel, mestre em direito do trabalho pela USP e professor da FAAP, para quem o rebaixamento da Lusa é ilegal. Sobre suas congratulações, agradeço. De fato não temos as mesmas opiniões sobre o caso, não sou legalista, como já disse várias vezes (e se cito o Estatuto do Torcedor é só para mostrar que há o que pode se contrapor ou se sobrepor, no caso, ao próprio CBJD), mas o debate é importante. E acho que o foco deveria mesmo ser a CBF, pena que alguns levem para o Fluminense. Abs. e boa tarde pra você, Janca. PS. E entendo seu ponto de vista, embora haja outros possíveis e continuo acreditando nisso. E divergências de opinião, como costumo dizer, fazem parte da vida. Mais uma vez ótima tarde pra você, Janca

    • Rodrigo Banho

      Pqp Silvio! Matou a pau!
      Exaaaaaatamente isso! É isso o que a maioria das pessoas não fazem: tentar antever um problema.

      • Eduardo

        Srs
        Só uma coisa importante! Porque a Portuguesa respeitou a decisão do STJD de não aceitar o pedido de efeito suspensivo do jogador Gilberto que ocorreu no mesmo dia que o julgamento de Heverton e foi do mesmo modo informada verbalmente pelo seu advogado. Quer dizer que para o Gilberto a Lusa não precisou da publicação no site da CBF, mas para o julgamento do jogador Heverton sim????? Eh exatamente o que o Silvio colocou a Lusa (assim como os demais times) nao usam o site da CBF para saber quem pode jogar (acho até que o Janca tem razao que deveria mas nunca usaram então não me venham achar uma brecha para salvar a cagada, querem mudar mude para frente e não em cima do seu erro isso se chama casuismo!!!!

        Abraços

    • Imprensa Marrom

      Pode ter certeza, que esse mané é florminenCe…

      E pior, deve votar no Paes,Sergio Cabral, Dilma e Molusco, e achar tudo lindo, afinal tudo o que eles fizeram esta dentro da lei…

      Não é mesmo carioca?

      Cansa essa meia dúzia de “bocó” que fala de lei somente quando a lei o privilegia…

      Quando não, é amante da virada de mesa, do tapetão… e até comemora, como um verme, estourando champanhe para comemorar o contra lei… esse é o carioca!

      • pedro lt

        “O artigo 133, maliciosamente atacado, é parte integrante do CBJD que, por sua vez é regido pela lei federal 9615/98 (lei Pelé), criada em respeito ao art 217 da Constituição que, por conseguinte, confere autonomia a justiça desportiva. DEFINITIVAMENTE não há qualquer subordinação ao ET.”… “Flamengo e Portuguesa foram intimados, enviaram seus advogados e cumpriram todas as formalidades do código. Mas diante do erro cometido, resolveram atacar o artigo que legitimaram durante anos”… “O ET só confere legitimidade ao torcedor quanto à lesão ao direito próprio, não cria legitimação extraordinária que lhe permita deduzir pretensão em nome do clube que admira”… Trechos do texto do Dr. Mário Bittencourt.
        Ou seja, erraram feio e estão desesperados, se agarrando em um absurdo para tentar se salvar. E o pior a imprensa quer manobrar a massa, que já está acordando…
        A CBF não errou. Flamengo e Portuguesa (nessa ordem), sim. O resto é historinha pra boi dormir!

        • janca

          O Estatuto do Torcedor é mais recente que o CBJD e lei se sobrepõe à resolução. E tanto a CBF errou que condiciona empréstimo à Portuguesa à desistência de ações na Justiça comum por parte de seus torcedores. Empréstimo que seria pago em dez vezes sem juros. Parece piada…

      • Ricardo Pires

        Seria razoável manter Flu e Bragantino REBAIXADOS em 1997, sabendo-se que no decorrer do Campeonato de 1996 conseguiram gravações telefônicas entre Dirigentes do Corinthians e Atlético/PR registrando compra de árbitros e manipulações de resultados??? Seria sim, desde que a CBF rebaixasse Corinthians e Atlético/PR para a Série D em virtude da gravidade do conteúdo das gravações. Mas, como a CBF não quis rebaixar os 2 clubes, como teria respaldo moral para manter FLU e BRAGANTINO rebaixados? Até porque esses dois clubes podem ter sido prejudicados em campo com a manipulação de resultados promovidos pelo Corinthians e Atlético/PR, com prejuízo para os apostadores da Loteria e deveria ter sido investigado pela POLÍCIA FEDERAL, mas foi abafado…

      • Comprando a Lusa

        É isso ai teleguiado.Repita tudo que seus chefes da imprensa marrom falam.Enquanto isso eles estão com a mão na sua carteira trouxa. Enquanto seus mestres mandam vcs espancarem o Flu ninguem responde ou sequer quer saber porque Flamengo e Portuguesa escalaram jogadores irregulares na ultima rodada.Parabéns pela sua esperteza e honestidade.

    • ARNALDO

      Prezado Janca,
      Me tire uma dúvida por favor. Se formos aplicar essa tese de que as punições só teriam efeito após sua publicação, como ficaria a classificação final do campeonato?
      Pergunto isso porque, prevalecendo esse entendimento, haverá imediatamente uma chuva de ações na Justiça Comum para punir com a perda de pontos TODOS os times que não escalaram no fim de semana um jogador suspenso na sexta feira e os escalaram na rodada posterior.
      Sim, porque nesse caso quem acatou o entendimento atualmente majoritário teria cometido uma irregularidade aos olhos do E.T. Certo?
      Então o a imprensa sugere? Que seja aplicado um entendimento apenas para esse caso?
      Ou seja, que seja feito um Tribunal de exceção para salvar a Portuguesa de uma infração infantil cometida por sua total falta de profissionalismo? Pelo que me consta nossa Constituição Federal proíbe isso.
      Sinceramente não entendo como não é comentado o efeito cascata que uma decisão nesse sentido acarretaria.
      Vejo “jornalistas renomados” ladrando raivosamente contra a aplicação de uma norma que no caso concreto prejudica um pequeno e favorece um grande, mas no passado esses mesmos jornalistas apoiaram uma virada de mesa de prejudicou vários times pequenos e só favoreceu aos grandes. A saber a criação da Copa União de 1987.
      Há muita hipocrisia circulando na internet. Muito moralista que na vida real não age com metade da lisura que cobra dos outros. Já passou da hora da imprensa informar mais e formar (“opinião”) menos. Me assusta a falta de honestidade intelectual que assola nossa imprensa esportiva.

      • janca

        Pergunte você para a CBF. Quem diz que lei é para ser cumprida (e regulamento idem) deve questionar a CBF, que organiza o campeonato. O que não falta agora é moralista de plantão.

  • Melk

    Discordo viceralmente do enfoque dado nesta coluna, que ao meu ver procurar entortar o olhar do leitor achando que ele não vê o que esta acontecendo. Inicialmente, como poderia a CBF chantagear a Lusa desta maneira, não faz sentido ! assim como não faz sentido emprestar dinheiro para quem esta te processando. Imagina o Pita emprestando dinheiro para a Niceia ? não dá ! Ou a Lusa agiu com mau carater plantando uma situação ou plantou agora quando viu que agiu burramente. Aliás, cadê o Sr. Valdir Rocha ? Também não entendo este questionamento ” aCBF tem que explicar” , pois ela apoia o que o seu depto STJD encarregado de aplicar o regulamento e verificar se ele esta sendo obedecido e já cassou a liminar do Fla (que dorme na serie B) no dia de hoje.

    • janca

      Também acho que o Valdir Rocha tem que se explicar. E não tem sentido emprestar dinheiro para um clube cujos torcedores está te processando e com o qual você está em guerra, digamos assim. Mas a Portuguesa diz ter documento, e-mail mandado pela diretoria jurídica da CBF, nas mãos da ESPN, inclusive, oferecendo empréstimo (ou adiantamento), que seria pago em dez parcelas no ano que vem. Em troca de o clube abaixar a cabeça e disputar a Série B. Eis a questão. E se ontem o Flamengo dormiu na Série B, hoje ou amanhã provavelmente volta para A e entra a Lusa em seu lugar. Até sair nova liminar. Para ver como o campeonato do ano passado termina bem. Tapetão e mais tapetão. Não é por acaso.

      • Andre Pereira

        Janca;
        Mesmo discordando de vc, quero te parabenizar por manter o espaço democrático e pelas suas respostas. Até qdo a pessoa usa um certo tom agrassivo, vc responde seu ponto de vista e sem qualquer esboço de revide.
        Parabéns mesmo, cara.
        Quanto a essa última mancada da CBF, não vejo esse problema todo. ACho que estão criando um monstro. Tudo que a CBF está pedindo em troca do empréstimo, é exatamente o que a Portuguesa e todos os outros clubes já ssinaram no começo do campeonato. O que está ali, foi rigorosamente assinado por todos os clubes.
        Acho que está havendo apenas uma tentative de demonização.
        Grande abraço!

        • janca

          Obrigado pelos elogios, André, não é sempre que consigo responder, logo mais tenho outros compromissos profissionais que vão me impedir de ficar debatendo, mas procuro dialogar com os internautas, mesmo que discordemos e mesmo que às vezes sejam um pouco (ou muito) agressivos. Vez ou outra eu também erro no tom. Sobre o assunto que você levanta, se a CBF tem razão no caso não precisa dar um empréstimo a ser pago em dez parcelas sem juros à Portuguesa para pedir para o time disputar a Série B. E não se trata de tentativa de demonização. Trata-se de hora de repensar o futebol, a forma como os auditores chegam ao STJD, a relação do tribunal com a CBF, a função da confederação e uma porção de coisas mais. Grande abraço também e boa terça pra você, Janca

  • Lima

    Gostaria que o senhor explicasse por que voce não disse isto antes do campeonato começar, como jornalista deveria alertar sobre este erro de divulgação dos suspensos, mas não, fala agora, dá ibope. Durante o campeonato inteiro todos os clubes respeitaram o regulamento assinado por eles, e concordaram que as regras do jogo seria da forma que foi, nenhum clube escalou jogador suspenso, pois tinha o advogado no tribunal que se encarregava de avisar os times para não escalar determinado jogador, todos cumpriram menos a ANTA DA PORTUGUESA E O MEDÍOCRE FLAMENGO, ELES ERRARAM ENTÃO TEM QUE PAGAR COM A PERDA DE PONTOS,ou alguém tem alguma duvida que o jogador não foi escalado, então vamos calar a boca, ficar quietinhos, e não tentar defender quem errou, quem foi negligente, quem fez pouco caso, agora culpar CBF, tribunal, isto é coisa de pequenos cérebros de ervilha que querem aparecer.

    • Engraçado. Em 2010, quando Tartá foi escalado irregularmente, e o Flu foi campeão, não vi nenhum tricolor lardeando que o clube deveria ter perdido os 4 pontos da partida (o que daria o título ao Cruzeiro). O problema é esse meu caro Lima. São dois pesos e duas medidas, e estas sempre pendem para o lado do Flu… coincidência???? Imagine! Por qual time torce a CORRUPTA FAMÍLIA HAVELANGE, QUE TEM COMO GENRO O BANDIDO DO RICARDO TEIXEIRA???? Você tem dúvidas de que quem manda ainda na CBF são eles???? Não seja tão inocente e clubista…. devíamos todos era estar exigindo que o que se construiu no campo fosse mantido… A torcida do Flu deveria era estar revoltada com o seu time e diretoria e não se apegar a liminares e a sjtd.s (minúsculo mesmo) da vida. A “vitória” no tribunal foi comemorada como um título…. para os outros é mais uma mancha que denigre o grande passado e a história desse clube que um dia foi grande e respeitado… Como você acha que o Flu será recebido nos estádios no brasileiro este ano??? por mim, sem ninguém no estádio, nem a equipe adversária, aí sim vocês seriam campeões com 100% de aproveitamento e invictos… seria tão legal quanto comemorar decisão judicial não acha????…. Mas concordo com uma coisa no que você falou… Andrés NNNÃÃÃÕOOOOO!!!!

      • Jorge

        Luís pesquise sobre o caso Tartá, saberá que ele cumpriu a suspensão, não repita essa mentira que colocaram na tua cabeça.

        • Robson Lemos

          Jorge meu querido, se for assim o André jogou a final da Copa do Brasil e foi expulso, e no jogo seguinte contra o vitoria ele cumpriu a suspensiva, logo estaria REGULAR para enfrentar o cruzeiro (porque ele pegou só um jogo). O que o Luis ta falando tem procedência meu caro!!!

          • ALEX AFONSO

            COMO A COMPETIÇÃO (COPA DO BRASIL) HAVIA ACABADO, Ñ CARACTERIZA SUSPENSÃO AUTOMÁTICA, OU SEJA, O CLUBE TEM QUE AGUARDAR A DECISÃO DO TRIBUNAL PARA ELE CUMPRIR A SUSPENSÃO;… TINHA DÚVIDAS COM RELAÇÃO A ISSO E FUI ATRÁS SABER…..DÁ UMA PESQUISADA ANTES DE FALAR ALGO QUE Ñ SEJA VERDADE….SABIA QUE O CARTÃO É DO JOGADOR?? E Ñ DO CLUBE??? ….O TARTÁ, Ñ JOGOU SUSPENSO, ELE RECEBEU O TERCEIRO CARTÃO PELO FLU, SENDO QUE OS DOIS PRIMEIROS PELO ATLÉTICO-PR…E CUMPRIU DEPOIS QUE RECEBEU O TERCEIRO..SUSPENSÃO POR AMARELO Ñ VAI A JULGAMENTO NO TRIBUNAL, APENAS EXPULSÃO.SABIA QUE O CARTÃO É DO JOGADOR?? E Ñ DO CLUBE??? ….E OQ TEM DE PROCEDÊNCIA NO COMENTÁRIO DO LUIS??? VC É MAIS UM BOVINO?? OU UM MULAMBO DISTORCENDO OS FATOS NA #OPERAÇÃOABAFA?

      • joao

        Luiz: Esta caso do jogador Tartá do Brasileirão 2010 já esta esgotado. Você só lê o que interessa? Ele estava emprestado ao Atlético Paranaense (Furacão), jogou 6 partidas lá e levou dois cartões amarelos. Foi devolvido ao Fluminense e com a camisa do tricolor levou + 1 cartão amarelo. Ou seja 2 + 1 = 3. Cumpriu suspensão automática contra o próprio Atl. do PR num jogo que terminou 2 x 2. Veja a sumula que lá não consta a escalação do Tartá. Depois, no restante o Brasileiro/2010 ele levou apenas + dois cartões e portanto não tinha que cumprir mais nenhuma suspensão.

      • CIrne

        “…para os outros é mais uma mancha que denigre o grande passado e a história desse clube que um dia foi grande e respeitado…”

        Vejamos:

        2007 – Campeão da Copa do Brasil
        2008 – Vice da Libertadores
        2009 – Vice da Sul Americana
        2010 – Campeão Brasileiro
        2012 – Campeão Carioca e Brasileiro (com a melhor campanha de um clube no molde de pontos corridos”

        Luís, vai dormir que teu mau é sono…

        • 1996 rebaixado, 1997 rebaixado novamento uma vez que virou a mesa no ano anterior, 1998 rebaixado a serie C e 2013 rebaixou mais devido a perda de pontos da Portuguesa permanece na serie A, 2014?

      • ALEX AFONSO

        CRIANÇAS….LARGA A PUNHETICE MENINO E VAI SE INFORMAR..LARGA DE SER BOI…..

    • Cleibsom Carlos

      É claro que os times têm de perder os pontos…Para mim a questão vai além do regulamento! O jogador da Portuguesa foi escalado de propósito para beneficiar à terceiros, como o acordo foi feito com o presidente antigo da lusa, o presidente atual vai espernear o quanto puder para tentar manter a Portuguesa na 1ª divisão, mas o time do Canindé é tão pilantra quanto todo o resto. De idiota nesta história toda só existe o torcedor!

    • Meu caro…se está escrito que as suspensões deve ser notificadas OFICIALMENTE em ferramenta da CBF, sinto, mas o erro é deles.
      Podia ter a diretoria inteira do clube mais a cúpula todinha da CBF no tribunal, não foi notificado pela ferramenta descrita como oficial para notificação de suspensões então a suspensão não vale.
      O que houve, na minha modesta opinião é má fé de todos os lados possíveis e imaginaveis.
      A antiga diretoria da Lusa DESAPARECEU do mapa assim que largou o osso e deixou o mais estrago possível dentro do clube. Na Gávea eu não faço a menor ideia de como as coisas estão andando mas me parece um tanto obscuro esse silêncio. STJD dispensa comentários pela parcialidade sempre demonstrada. CBF então…já sabemos como anda, sempre andou e sempre vai andar.
      O Fluminense que está fazendo um senhor papelão, vergonhoso, de ser o oportunista do campeonato pois não teve competência para se manter na série A na bola (como alguns outros grandes demonstraram isso algumas vezes) e está tentando, mais uma vez diga-se de passagem, entrar pela porta dos fundos. Esperar vergonha na cara de dirigente de futebol é pedir demais mas mesmo assim eles não obrigado a servir a lei e se podem manipular as regras do SEU jogo, as regras da sociedade são mais difíceis de manipular.

      Resultado: Campeonato Brasileiro de 24 Clubes divididos em 2 grupos de 12 ou 4 grupos de 6. Esse é meu palpite.

      • Carlos

        Seu comentário deveria sair na capa de todos os jornais do Brasil amanhã, bem como manchete principal de todos os telejornais esportivos.

        A Portuguesa errou (sem agir de ma fé) e agora tenta se apegar a uma lei para se manter na série A. Podem falar o que quiserem, mais o Estatuto é objetivo. Não cumpri-lo é desreito a uma lei federal.

        Flamengo, idem.

        Fluminense, deveria ter vergonha na cara, e disputar a série B, já que sua campanha para defender o titulo do campeonato foi ridicula. Caiu no campo, suba no campo.

        A CBF, chega a dar nojo. Não tem esperança mas aqui. Criar uma liga a parte, boa tentativa de solução.

        E o STJD veio com os votos prontos.

        Flw

        • janca

          Chega e embrulhar o estômago mesmo, Carlos.

    • janca

      Isso está lá no Estatuto do Torcedor, que é de ciência de todos. É lei federal. Se a CBF desconhecia, sinto muito.

  • Mario

    quero defender a portuguesa , mas é dificil a diretoria da Lusa anterior e a atual é no minimo omissa , receberam essa proposta da CBF e esconderam esse sendo que só estão falando isso por que a ESPN revelou a historia , a diretoria da Lusa precisa decidir ou encara a luta e entra na justiça aqui e se necessario ate na Suiça (a FIFA afina quando precisa encarar a Justiça Suiça) ou joga a serie B , continuar em cima do murro não dá.

    CBF não precisa explicar todo mundo sabe que ela é isso ai sabe suja , arrogante , ditadorial , antiguada , imoral e deve continuar assim com o Del Nero.

    agora cade os presidentes dos outros clubes grandes?

    • janca

      A diretoria da Portuguesa passou o documento para a TV. Nesse sentido não está sendo omissa, não, e espero que não recue na briga contra a CBF. A meu ver tem que ir às últimas consequências contra a entidade. Não pode abaixar a cabeça.

      • Mario

        o jornalista Ricardo Perrone no seu blog noticia que o documento foi vazado para impressa e não entregue a ela sendo que o Presidente da Lusa vai caçar quem vazou e responsabilizar a pessoa.

        http://blogdoperrone.blogosfera.uol.com.br/2014/01/cartola-da-lusa-poupa-cbf-e-ainda-quer-antecipacao-e-serie-a/

        • janca

          Quem vazou a notícia da existência do documento foi alguém da diretoria da Lusa, não o próprio presidente, que, aparentemente, pretendia faze-lo apenas na segunda. A notícia já estava na internet no início da tarde de domingo, antes de Portuguesa x Corinthians, criando uma situação constrangedora para o presidente da Portuguesa. Durante o jogo, segundo o próprio, ele ficaria ao lado de Marin/Del Nero. Imagine o clima… Mas acho bom. Se houve a proposta indecorosa é legítimo que seja tornada pública. Não se trata de assunto da esfera privada, não.

          • Mario

            mas a situação já não era constrangedora com ou sem o vazamento do documento?

            constrangedor é o presidente da Portuguesa ficar em cima do muro.

            sendo que deveria ser constrangido é a dupla Marin/Del Nero e não para o presidente da portuguesa , p/o futebol brasileiro faria um bem danado um guerra de verdade

          • janca

            Ficar em cima do muro também acho constrangedor. Não que não seja um direito, mas nesse momento seria bom se posicionar. Pelo menos é o que eu acho. E contra a CBF. Em relação ao constrangimento que deveria ser da dupla Marin/Del Nero estamos de pleno acordo, Mario.

  • joao

    Luiz: Este caso do Tartá já esta pra lá de explicado mas você faz questão de não ler. Ele estava emprestado ao Atlético Paranaense. Jogou 6 partidas lá e levou 2 cartões amarelos. Como manda a regra foi devolvido ao Fluminense e já com a camisa tricolor levou + 1 amarelo (2 + 1=3). Cumpriu a suspensão automática no jogo seguinte contra o próprio Atl. do PR. Veja a sumula para comprovar que ele não foi escalado. Depois no restante do campeonato levou apenas + 2 amarelos, ou seja, não tinha mais suspensão para cumprir tendo jogado regularmente. Como tirar pontos no tribunal de um clube que cumpriu o regulamento? Concordo que o campeão deveria ter sido o Cruzeiro se não fosse garfado contra o Corinthians no Pacaembu naquele jogo do pênalti arrumado no Ronaldo no fim do jogo. Mas a regra foi cumprida pelo Flu.

  • Eddie The Head

    Janca,a Portuguesa diz que tem um papel enviado pela CBF em que a mesma diz que para liberar o empréstimo a Lusa teria que abrir mão de sua possível permanência na Série A.

    Se esse papel realmente existir não fica caracterizado crime?

    Não entendo P… nenhuma de direito,mas isso parece coação.

    Abraço,Janca.

    • janca

      Não sou advogado, mas acho que não. Vejo mais como uma proposta indecente, digamos assim. Abs. e boa terça pra você, Eddie

  • Imprensa Marrom

    Pessoal, eu também acho triste o fato da portuguesa cair, afinal todo paulistano tem carinho pela lusa!

    Mas… a portuguesa foi muito, mas muito incompetente, e de forma deliberada colocou sabidamente um jogador medíocre, para jogar 12 minutos, sabedora de que o mesmo não poderia ser escalado!

    Parece que a portuguesa queria cair!

    O torcedor lusitano, ao invés de reclamar com a não menos medíocre CBF, deveria cobrar a sua própria diretoria incompetente!

    Por mais que eu sinta repulsa da CBF e do STJD, a portuguesa dessa vez fez tudo para cair…

    O incompetente ex-presidente Manoel da Lupa tem muita sorte de ser presidente de time pequeno, afinal, se ele fosse presidente do São Paulo, Corinthians ou Palmeiras, ele estaria morto… Pois não é aceitável que um time de futebol profissional, que assina regulamento não saiba que um atleta esta inapto para disputar uma partida, ainda mais sabendo que pode perder pontos, e em uma situação onde pode ser rebaixado!

    Torcedor lusitano, cobre o ex-presidente Manoel (que só pode se chamar Manoel) da Lupa, ele é o responsável por infelizmente a querida lusa disputar a segunda divisão em 2014!

    Ele se fez de vitima, mas é o real responsável, e é covarde, pois “picou a mula” e deixou esse “rabo de foguete” pra atual gestão resolver!

    Sem falar nos escândalos envolvendo seu nome enquanto presidente!

    Acorda Lusa, vocês não vão disputar a série A em 2014… e cobrem o Manoel…

    Parece piada pronta… mas só podia ser coisa de português! kkkkkk

    • janca

      Não dá para dizer, sem provas, que de forma deliberada ela escalou o jogador que sabia estar irregular. Ela deve explicações e por mais que eu tenha restrições à diretoria anterior não há provas, pelo menos até aqui, de que ela colocou o atleta de propósito para perder pontos e ajudar A ou B.

      • Cleibsom Carlos

        Janca, eu entendo seu lado, você é jornalista e não pode dar a cara para bater sem provas, mas o fato está claro, basta juntar dois + dois, as provas viriam de uma investigação criminal ou do jornalismo investigativo, que custa “caro” e nenhum editor vai bancar…A Portuguesa escalou o jogador de propósito sim, falo isso com tristeza porque sempre achei a lusa simpática, mas nesta história o ex-presidente, sabe-se lá porque, dizem que foi por dificuldades financeiras, jogou o time do Canindé para a 2ª divisão para salvar um grande que agiu de forma amadora. As provas podem não aparecer nunca, mas foi isso o que ocorreu!

        • janca

          O caso não está nada claro, não. Aliás está obscuro pacas. Continua obscuro, digo.

      • alex afonso

        Na boa…qual time ñ sabia desde o início do campeonato como era feita a suspensão de jogadores?? usar a desculpa de que ñ sabia ñ cola….todo mundo sabe como funciona, clube, advogado, tribunal….ta certo, esqueceram de comunicar ao torcedor via site da CBF..vai lá e peça uma indenização….QUEM ERROU FOI A CBF COM RELAÇÃO AO TORCEDOR…..QUAL A ALMA PRESENTE AQUI NESSE BLOG, ENTRA TODA SEXTA-FEIRA NO SITE DA CBF PARA VER QUEM ESTÁ SUSPENSO E QUEM Ñ ESTÁ SUSPENSO??? NEM O ENDEREÇO DO SITE DA CBF VCS DEVEM SABER…o estatuto do torcedor ñ gere regras, as regras são geridas pelo cbjd….o estatuto defende o torcedor, como se fosse um procon, ele ñ é o estatuto do torcedor e do clube…QUANTAS VEZES, ANO PASSADO, ANO RETRASADO A CBF ADIOU JOGOS EM CIMA DA HORA??/ várias vezes..alguém entrou na justiça dizendo que ela feriu o estatuto do torcedor???NINGUÉM!!!! E SE ENTRASSE, IRIA GANHAR A CAUSA, E QUEM PAGARIA A CONTA SERIA A CBF E Ñ O CLUBE…90% dos que estão aqui comentando, NEM SABIAM QUE EXISTIA ESSE TAL DO ESTATUTO DO TORCEDOR…..

        • janca

          O Estatuto do Torcedor é lei federal e determina que as suspensões devam ser cumpridas depois de o resultado constar no site da entidade que organiza a competição.

          • Janca , vc fala com tanta convicção de que o E.T. não foi respeitado nessa questão. Baseado em que ? Na sua interpretaçào jurídica ou no parecer de algum jurista ? E os juristas que alegam que o E.T. não deve ser decidir essa questão , mas sim o CBJD ? Esses sào desprezados por você ? Somente aqueles que atendem as suas pretensões merecem crédito ? Vc acha que estã agindo com isenção se comportando dessa forma ? Ninguém está questionando o que vale mais , se uma Lei Federal ou um Regulamento. Isso me parece óbvio. O que se põe em discussão é se o E.T. tem mesmo a pretensão de decidir o início da vigência das punições impostas pelo STJD ou simplesmente dar publicidade ao fato. Simples assim. A sua posição de que a Lusa deve levar isso as últimas consequências só pode ter uma intensão de cunho político , fazendo com que os seus interesses se sobreponham ao de milhares de pessoas que querem que o campeonato aconteça no mesmo formato praticado nos últimos 10 anos. Se o CBJD impõe uma pena demasiada para essas situações , se a CBF deve melhorar o seu sistema de informação e impedir que um jogador suspenso atue e se há qualquer outra melhoria , que fique para 2014.

          • janca

            Que fique para 2014 é boa…

      • alex afonso

        Janca, nada explica dois erros.todo campeonato funcionou da mesma forma, para todo mundo….

        • janca

          Se todo o campeonato funcionou de forma errada é grave. Para a CBF, que organiza a competição. Agora que tem muita coisa estranha em toda essa história, a meu ver, tem.

  • Ademir Santino de Lima

    A CBF não tem que explicar nada. Havia um regulamento que foi desrespeitado pelo Flamengo e pela Portuguesa.
    Portanto, quem deve explicação são os clubes que burlaram o regulamento.
    Gostaria que alguns jornalistas explicassem esse protencionismo ao Flamengo, que é o clube que tem resultados e até conquistas de forma duvidosa. Situações que levantam suspeitas como foi o final do Campeonato Brasileiro de 2013.

    • janca

      E há o Estatuto do Torcedor que é lei federal e não foi respeitado. Portanto tem que se explicar sim.

      • ALEX

        ENTÃO VAMOS ACABAR COM O FUTEBOL, POIS EM 37 RODADAS ANTERIORES, O ESTATUTO DO TORCEDOR FOI FERIDO MAIS DE 100 VEZES, COM JOGOS ADIADOS, FALTA DE “PUBLICIDADE” EM SITE DA CBF….ME FALA, PRA QUE EXISTE ESTA PARADA DE ESTATUTO DO TORCEDOR?? SÓ VALE UMA RODADA?? OU VALE PARA TODAS:? A CBF, É APENAS O REFLEXO DA INOPERÂNCIA E SUBMISSÃO DOS CLUBES….

        • janca

          Concordamos que a CBF é reflexo da inoperância e submissão de clubes e federações. Eis a questão. E seguindo como está nada vai mudar. O que acho uma pena. Para os clubes, boa parte dos quais não merece os dirigentes que têm, e para a CBF, entidade milionária e que manda e desmanda no futebol como se estivesse acima do bem e do mal. Como se o esporte fosse um mundo à parte.

          • alex afonso

            Lembra em 2000 qnd criaram a JH??? disseram que iriam criar a liga brasileira de clubes e nada..ficou só no disse me disse..todo mundo refém da cbf da mesma forma…

          • ALEX AFONSO

            E PODE ACREDITAR..QUEM MANDA NO FUTEBOL BRASILEIRO Ñ É A CBF…É A GLOBO…

      • Luciano

        Janca, admiro seu trabalho, desde a TV, é ponderado e muito talentoso. Defende visceralmente a Lusa por motivos óbvios. Porém, precisa reconhecer que a Lusa assinou o regulamento que todos os clubes cumpriram. Por isso deve perder os pontos, porque não fere apenas a legalidade, mas a isonomia da disputa. Se a tese do estatuto prevalecer, todos os clubes jogaram com jogadores irregulares, inclusive a Lusa, menos no caso heverton. Pelo amor de Deus. Uma coluna de jornal é uma arma.
        Outra coisa, quem paga os direitos da série A é a TV Globo, então se a Prtuguesa foi pedir adiantamento a CBF somente o seria pela série B. Estão criando fatos para virar a mesa. Acredito plenamente na sua conduta.
        Se está errado o sistema muda-se o sistema, adequa-se mas para o próximo. Este já foi pro saco. E mais: não tem como haver campeonato com 20 clubes e a Lusa na série A. Ou tem 20 sem a Lusa, ou 21, 22, 24 com ela.

        • janca

          Há o regulamento, sim, mas também há o Estatuto do Torcedor. Fazer o quê? Criou-se um imbróglio jurídico e o campeonato, que era para ser decidido nos campos, passou para os tribunais, o que é uma pena para quem acompanhou 38 rodadas.

      • Ademir Santino de Lima

        Sim, a Rede Globo, os Clubes, as Federações, a CBF até a FIFA já rasgaram os estatutos dos torcedores e até do idoso… Portanto não cabe justificar os erros do Flamengo e a Portuguesa com o argumento do estatuto do torcedor…

    • João Paulo Barreto

      Engraçado porque tudo é culpa do Flamengo…
      Vencemos a Copa do Brasil porque subornamos o Atlético Paranaense…
      Pagamos a Lusa para escalar o Héverton nos 15 minutos finais para não sermos rebaixados porque escalamos o André Santos (e olha que a Lusa é mercenária porque ainda pediu dinheiro adiantado à CBF).

      É muito fácil tapar o sol com uma peneira e não enxergar que o erro parte de quem administra porcamente o futebol brasileiro. Onde que uma regulamentação é mais valiosa e tem mais peso do que uma Lei Federal?
      Antigamente tudo era na base da caderneta, agora temos internet com velocidades inimagináveis… Porque uma entidade não consegue atualizar seu próprio site para fazer a comunicação funcionar adequadamente?

      Se eles podem oferecer um acordo à Lusa para aceitar ser rebaixada, porque então não fazem com o Fluminense? Olha, o time das Laranjeiras não vai disputar Libertadores, já estaria na Copa Sul Americana ou na Copa do Brasil, e tem time pra subir. Fred, Cavalieri e outros já manifestaram que ficariam no clube mesmo disputando a Segunda Divisão! Nem precisariam de “adiantamento de cotas”…

      Acho que devemos ter bom senso: a Portuguesa, mesmo perdendo pro Grêmio por 11×0 não seria rebaixada pois ela teve a competência de somar mais pontos do que o até então atual campeão brasileiro, mesmo com um time tecnicamente inferior. O Flamengo teve um jogador pendurado em outro campeonato, mesmo sendo organizado pela CBF, mas aquele empate contra o Cruzeiro não influenciaria em nada no destino do clube em 2014. Só mesmo a cláusula contratual com a Adidas.

      Nem André Santos nem Héverton marcaram gols ou fizeram a diferença em seus jogos.

      Na boa, já que uma Lei como o Estatuto do Torcedor não faz diferença alguma para a CBF e o STJD (órgão do qual fazem parte profissionais do Direito – que estudaram e conhecem melhor das leis do que eu, um simples leigo e torcedor), façam uma tabela com 21 clubes na Série A e 19 na Série B. Caem 5 da A (os 4 últimos colocados e o quinto rebaixado saindo entre os 17 remanescentes na Primeira Divisão com o pior aproveitamento percentual de pontos ganhos somadas as campanhas de 2013 e 2014 – estilo promédio da Argentina). Da Série B sobem os 4 primeiros colocados como habitualmente acontece e caem os 5 últimos colocados. Em 2015 voltaria a ser 20 na A e 20 na B.

      Ah, mas aí entra a questão do Estatuto que indica a manutenção da fórmula de disputa por pelo menos dois anos seguidos… Simples, votem no Congresso uma emenda ou uma alteração “especial” para que no ano da Copa do Mundo no Brasil a situação não fique tão feia quanto se desenha.
      Já pensaram que horrível seria retroceder e ter aquele monstrengo de 24 clubes com mata-mata?

      • Ademir Santino de Lima

        Porque o Flamengo não aceita jogar a serie B. Ora, esta claro que o Flamengo é o mentor dessa confusão. Éu não acredito em coincidência…

        • João Paulo Barreto

          Ora, se a Lusa escalou um jogador para livrar o Flamengo, então porque agora ela quer recuperar a permanência na Série A nos tribunais? Não teria feito isso de graça… E se tivesse mesmo feito um acordo com o Fla, teria recebido uma graninha dos “parceiros” e não pediria adiantamento à CBF.
          Sinceramente, teorias conspiratórias. O Flamengo não tem que jogar Segunda Divisão nenhuma pois ele terminou na 11ª colocação…
          Se a CBF conseguiu montar uma Série C com 21 clubes ano passado, então, que faça com a Série A desse ano também.

  • Caro Janca! É a 1° vez que comento sua coluna, embora quase sempre a leio. Vou logo dizendo: Sou Fluminense. Vi uma resposta sua a um comentário que você diz que ainda crê em um campeonato com 20 clubes, sendo que a Lusa na série A. Gostaria que você desenvolvesse esta sua teoria, por favor.
    Na questão da CBF (empréstimo), foi a Portuguesa quem pediu o empréstimo, e o empréstimo poderá ser pago em 10 vezes sem juros. Em contra partida, que ela pare de encher o saco, algo muito natural, já que, depois de vender sua vaga conquistada a duras penas, está tentando uma manobra. Quer dizer: salvou o Flamengo, recebeu dinheiro (talvez não o clube, mas seu presidente anterior), agora quer voltar atrás. Já tive pena da torcida da Lusa, que realmente não merece isto. Mas pela postura, por não se revoltar contra quem fez isto, que foram os Framengo e sua própria diretoria, por não querer apurar de verdade o que houve (aliás, nem a imprensa quer saber disso, querem empurrar nas costas do Fluminense), por tudo isto, já nem estou mais com pena. As pessoas de bem (que são a grande maioria da torcida da Lusa) já perceberam que foi “fogo amigo” quem derrubou a Lusa. O resto está tentando uma virada de mesa.
    Vou aproveitar e dar minha opinião sobre o porquê de assuntos como divulgação de suspensão de jogadores no site da CBF, consta no estatuto do torcedor: Acho que não é para o torcedor ter o direito de entrar na justiça contra uma decisão de retirada de pontos, ou outras sanções.
    Por exemplo. Vou dar um exemplo(minha opinião): meu time tem um grande jogador (por exemplo o Zico), e iremos enfrentar um adversário fortíssimo. Eu (neste exemplo) só irei ao jogo se o tal jogador for jogar, pois na minha opinião, não teremos chance sem este jogador, dada a superioridade do adversário. E também porque dá gosto de ver este cara jogar! Bom, como ele foi julgado na sexta feira e eu cheguei de viagem em cima do jogo, consultei o site da CBF para saber se ele estava suspenso. Lá (por desatualização ) não constava sua suspensão. Fui ao jogo só por causa desta (des)informação: o cara vai jogar! Chego no estádio, o cara não está em campo, fico sabendo que ele está suspenso, meu time perde. Aí pego o estatuto do torcedor, e entro na justiça, pois não contava no site da CBF a suspensão, por isso tive prejuízos, fiz um programa que não teria feito caso o tal site tivesse me informado corretamente. NÃO TEM NADA A VER ESSA QUESTÃO DE MEXER COM DECISÃO DO STJD, NADA!!! Bom, esta é a minha visão deste estatuto. Abs, André

    • janca

      Discordamos, André, até porque você faz uma acusação de que a Portuguesa vendeu a vaga para o Flamengo sem prova nenhuma. O Flamengo e a Portuguesa chegaram à última rodada tranquilos em relação ao rebaixamento. Os ameaçados de cair eram outros. E o torcedor tem, sim, o direito de entrar na Justiça comum, por mais que a Fifa e a CBF possam dizer que não. Pois o futebol não é um mundo à parte. Vide torcedores do Corinthians que entraram para ver um jogo do time que seria com portões fechados na Libertadores do ano passado. Vide o próprio Gama, quando se sentiu prejudicado e torcedores entraram com ação que resultaram naquela famigerada Copa João Havelange. Abs. e boa terça pra você, Janca

      • Cleibsom Carlos

        Janca, a chave para a maracutaia está aí…Flamengo e Portuguesa chegaram tranquilos na última rodada mas, a partir do momento em que o rubro-negro fez a besteira de escalar um jogador irregular e a descobriu pouco depois, e o time da Gávea realmente escalou o André Santos por amadorismo, o tabuleiro da armação começo à girar…Caso o Flamengo fosse realmente rebaixado como deveria a 2ª divisão teria 3 grandes do Rio de Janeiro, algo impensável tanto para a CBF quanto para a Globo. O Fluminense, apesar de ser um dos times mais antipáticos do Brasil, entrou de inocente útil nesta história…

        • janca

          Mas por que o Flamengo faria essa besteira, como você colocou? Para se beneficiar é que não foi. Dolo, portanto, duvido que tenha havido _era um jogo festivo!!! Mas os legalistas de plantão vão defender a perda de pontos sem analisar o contexto. E a questão é que se temos de ser legalistas (o que questiono) também há, de outro lado, o Estatuto do Torcedor, que determina outra coisa. E aonde ficamos?

          • Cleibsom Carlos

            Janca, o Flamengo escalou o jogador irregular por desconhecimento e ignorância, talvez por ser um jogo festivo como você diz o time não se atentou aos detalhes, quem escalou o jogador irregular de propósito foi a Portuguesa, mediante a que pagamento não se sabe, justamente para tirar o rubro-negro da cagada em que ele havia se metido porque, devido ao regulamento que é claro em caso de escalação de jogador irregular, não haveria como o STJD absolver o time da Gávea…O Fluminense foi salvo a reboque, o golpe foi armado para livrar à cara do Flamengo!

          • janca

            Com todo respeito isso é você quem está dizendo, que o Flamengo escalou por desconhecimento e ignorância e a Portuguesa por conta de pagamento de não se sabe quem. Não tem embasamento nenhum para dizer isso, são simples teorias _ou hipóteses que você levanta. Não vi base nem prova alguma.

          • Caro Janca, o Flamengo errou por incompetência, o erro da Portuguesa, por crime. Como você disse, não tenho provas, oK. Mas não sou burro. Sabe quantos erros como esse foram cometidos desde o campeonato de 2010. TRÊS, contando com esses dois. Ou seja, para cada 1520 jogos (380 por ano vezes 4), 3 erros, ou seja, 1 para cada 500 jogos. Qual a chance de, ao jogarmos uma moeda, cair “coroa”? 50%, certo? Qual a chance de cairem 2 vezes “coroa”? 50% x 50% (ou 1/2 x 1/2), certo? Logo, qual a chance de dois jogos seguidos terem o mesmo problema? 1/500 x 1/500, igual a 1/250000, ou seja, a mesma chance de o Papai Noel ter feito o Héverton ter entrado em campo no dia seguinte do André Santos. Você acredita em papai noel?

          • janca

            E com base em que motivo ou documento ou depoimento, seja lá o que for, você diz que um foi por incompetência e outro por crime? Se a antiga direção da Lusa se vendeu, quem pagou? Se há corrupto, há corruptor. Com todo respeito, não acredito nem em Papai Noel nem nas suas teorias, a não ser que sejam comprovadas. Suas teorias, porque Papai Noel…

          • Cleibsom Carlos

            Outra coisa que esqueci de dizer no comentário anterior, Janca: o estatuto do torcedor foi desrespeitado o campeonato inteiro e durante o campeonato inteiro nunca funcionou do jeito que a lusa está dizendo para justificar o seu “erro” proposital, a Portuguesa levá-lo em consideração apenas agora para se safar do rebaixamento você não acha de muito cinismo?

          • janca

            É o que digo. Se foi desrespeitado o campeonato inteiro, o que a CBF, que seria obrigado a cumpri-lo, e o STJD têm a dizer sobre isso? Que não sabiam da lei? Que como a desrespeitaram antes todo mundo pode seguir ignorando que ela existe?

          • Andre Pereira

            Peraí, Janca. Aí não.
            Em primeiro lugar, o próprio André Santos sabia que não poderia jogar, como já declarou e inclusive que consulto a diretoria.
            Esse jornal também publicou(o que já prova que o julgamento teve publicidade). E em Segundo lugar, a regra não pode ser descumprida pq o jogo é festivo. Se fosse pra ser assim, o Fla deveria ter colocado o Zico em campo. Era festa!
            O fato, na minha opinião é: Não tem como ter sido coincidência! Sem chances.
            O silencio dos jornais que divulgaram no sábado que ele não poderia jogar, no domingo após após o jogo, também é patológico.
            Sério; Como vc da imprensa interpreta isso? 4 veículos divulgaram que o André não poderia jogar no sábado. Ele joga. Domingo não sai uma única linha sobre o caso. Esquisito, não?
            Abraço!

          • janca

            Não defendi que a regra fosse descumprida porque o jogo era festivo, disse que não havia dolo, afinal a escalação do jogador só prejudicaria o Flamengo _não iria beneficia-lo em nada. Beneficiaria, aliás, como aconteceu, terceiros. E que está tudo muito esquisito ainda eu, pelo menos, acho que está. Inclusive essa proposta indecorosa, digamos assim, da CBF para a Portuguesa. Se fosse tudo muito simples ela não teria sido feita e parece que foi mesmo. Nem haveria cláusula de confidencialidade. Abs.

  • ALEX

    #OPERAÇÃOABAFA A TODO VAPOR….

  • manborges

    Mas a Portuguesa é obrigada a aceitar esse empréstimo? foi uma tentativa de acordo, ué. Se ela não quer aceitar, que vá ao banco ver se consegue 4 milhas com juro zero. Não entendo que chantagem é essa que a coitadinha da Portuguesa está sofrendo. Coitadinha.

    • janca

      Como você bem diz é estranho conseguir empréstimo a pagar sem juro nenhum.

      • Caríssimo Janca (era caro Janca, mas só porque você, apesar de discordar de mim, mesmo assim publica meus comentários, trata a todos com respeito, passou a caríssimo Janca), só para por os pingos nos “is”, eu não acho que as pessoas não podem entrar na justiça contra a CBF. Acho apenas que basear-se no estatuto do torcedor, a meu ver, é bastante inconsistente. Como disse antes, o estatuto do torcedor é para ser usado para questões dos cidadãos enquanto torcedores, consumidores do espetáculo, entende. No exemplo que dei lá em cima, foi o que quis dizer. Agora, se quiser questionar regulamento, interpretação de regulamento, julgamento de STJD, acho infundado usar o al estatuto. O estatuto, a meu ver, não é superior ou inferior ao regulamento, eles dois coexistem. Um trata dos direitos e deveres do torcedor, o outro dos direitos e deveres dos clubes. O estatuto do torcedor não pode nunca desobrigar um clube de cumprir o regulamento previamente assinados por todos os clubes. A CBF pode, por exemplo, ser obrigada (pelo cumprimento do estatuto do torcedor) a indenizar um torcedor que se sentiu prejudicado por que a suspensão do Héverton não foi publicada no site da CBF. Sinceramente não vejo como isso pode ter prejudicado o torcedor, mas a justiça pode entender que sim. Para mim, com base no estatuto, a justiça não tem como devolver pontos, entendeu, caríssimo? Saudações ricolores!

        • janca

          Eu entendo seu ponto de vista mas discordo dele, André. Com todo respeito, temos visões diferentes. Como já disse em um post anterior, sou dos que defendem que, quando a Justiça está em confronto com o Direito, deve-se lutar pela Justiça. Não acho correto tirarem quatro pontos da Portuguesa num jogo que para ela tinha se tornado um amistoso quando o assunto era rebaixamento e não colocou o Héverton para se beneficiar (só se fosse para se prejudicar). Portanto não havia dolo e a pena foi dura e injusta demais, a meu ver. No campo ela se safou de ficar entre os quatro últimos e pra mim isso vale muito. É minha visão. Ok, no tapetão, não. Daí os legalistas dizem que o regulamento é para ser cumprido, mas posso argumentar que o Estatuto do Torcedor, que é lei, também está aí para ser usado e seu texto é claro. Se nunca foi, sinto muito. Enfim, há brechas jurídicas para os dois lados. Mas duvido que, se no lugar da Portuguesa estivesse um São Paulo ou um Corinthians, o procedimento seria o mesmo. E como você mesmo diz e estamos vendo nesse caso, os próprios advogados e juristas têm visões diferentes sobre o tema, há brechas para os dois lados. Lembrando que o Cruzeiro usou um jogador irregular, por erro da Federação Mineira ou não, mas usou, e foi apenas multado por isso. Nesse caso não se levou o regulamento ao pé da letra, pelo que vi, como não se levou no caso do Vasco, com o jogo em Joinville reiniciado nas condições em que vimos depois de ficar parado por mais de uma hora. Mas enfim o que é triste é o futebol seguir, como nos anos 90, decidido no tapetão e não no campo. Isso lastimo. De resto disputar a Série B não é vergonha e a própria Portuguesa já disputou, subiu, caiu, subiu de novo, agora está nessa confusão, Corinthians jogou e depois foi até campeão do mundo, título que nem todos têm, Atlético-MG disputou e depois levou a Libertadores, título que poucos clubes brasileiros conseguiram, Botafogo, Grêmio, Vasco e Palmeiras jogaram, depois subiram, Vasco agora caiu de novo, cair, enfim faz parte da vida. E tentar levantar também. Grande abraço e boa quarta pra você, Janca

  • Thiago

    Fala Janca!!

    Cara te admiro como jornalista e acho suas colunas sensacionais mas neste caso você esta com uma visão muito fechada sobre o tema.

    Veja bem o estatuto do torcedor é algo que já existe a alguns anos e os julgamentos do STJD também são feitos as sextas a vários anos, durante todo esse período houve diversos julgamentos e suspensões sem que houvesse qq tipo de publicação e TODOS os clubes inclusive a Lusa aceitaram que as punições teriam validade a partir do momento que o juiz divulgasse a pena. Mesmo que o STJD tivesse começado a julgar os processos a sexta apenas este ano tivemos 37 rodadas para qq clube reclamar…

    Eu como Corinthiano, claro que vejo mais as noticias do meu time, cansei de ler que o Tite tirou “fulano” do treino pq o mesmo seria julgado na sexta e não havia certeza de que poderia ser escalado. Tenho certeza que se você pesquisar ira encontrar noticias IGUAIS referente a jogadores da Lusa, então querer utilizar o estatuto do torcedor agora é no mínimo controverso.

    Não entendo NADA de lei e nem de termos jurídicos, mas acredito que se a Lusa já acatou punições impostas pelo STJD as sextas no mínimo ela abriu jurisprudência para ser penalizada.

    Outro ponto importante, na justiça criminal quando alguém é julgado e condenado sai direto do tribunal para a cadeia e a publicação da sentença ocorre apenas no dia seguinte. Ninguem manda o assassino pra casa e espera sair a publicação para mandar a policia ir busca-lo…

    abs

    • janca

      Caro Thiago, tampouco sou advogado, mas como se vê há brechas jurídicas para todos os lados, tanto que vemos essa guerra nos tribunais e o futebol, que era para ser decidido no campo, acabou parando no tapetão. Quando cito o Estatuto do Torcedor é me contrapondo ao próprio regulamento da competição. Acredite ou não eu não sou um legalista, apesar de poder parecer o contrário. Não sou mesmo. Entre a Justiça e o Direito, prefiro ficar com a primeira. Abs. e boa terça pra você, Janca

  • Marcelo

    Se o Fluminense estivesse no lugar da Lusa , ou seja , se recusando a cumprir o regulamento e incentivando seus torcedores a entrarem na justiça comum , seria massacrado pela imprensa e torcedores que alegariam que estaria procurando uma brecha no E. T. para não ser rebaixado . Poucas pessoas conseguem escrever sem serem tendenciosas , sem colocar para fora todo o rancor que tem contra o Fluminense . Desde quando estourou esse caso o pessoal da diretoria da Lusa já mudou a versão dos fatos diversas vezes , já disseram que o advogado informou um jogo , já informou que não ligou , já disseram que ligou e só passou a informação do outro jogador e agora o presidente diz uma coisa de manhã e outra a tarde . O Andre Riseck fez a seguinte pergunta : Se não tivesse vazado para imprensa , a Lusa aceitaria o acordo já que já tinha concordado com tudo ?

    • janca

      O problema não é o Fluminense, é a CBF.

  • sardu

    A verdade é que ninguém quer investigar se teve manipulação de resultado, ninguém discute se a portuguesa erro (o que se discute é se ela foi levada a esse erro) um clube não pode se punido, porque a mafia do futebol fez com que o clube errasse tornando assim manipulação de resultado.
    Porque ate agora não foi investigado porque a mídia não divulgo que o Andre santo foi escalado irregularmente, porque os mesmo blogueiros que falaram que o Andre santo esta irregular antes não postaram em seu blogues que o flamengo (maior torcida do Brasil) poderia ser punido, vai ver que deu amnesia em todos uma informação dessas era irrelevante para o meio esportivo.
    Tem que ter é CPI do Futebol. Investigar a mídia que esta por trás disso tbem.

  • Frederico Gosling

    A JUSTIÇA COMUM É PARA SER USADA QUANDO SE É INJUSTIÇADO, NÃO É O CASO DA LUSA ELA FOI JULGADA COM AMPLO DIREITO DE DEFESA, ÓTIMO DEFENSOR, MAS INFELIZMENTE A MISSÃO DELE ERA INGRATA, DEFENDER O INDEFENSÁVEL, POIS O ERRO DA LUSA FOI GROSSEIRO E MUITO VISÍVEL, NÃO HAVIA DEFESA POSSÍVEL, AGORA ESTA APELAÇÃO DA LUSA, PARA NÓS TRICOLORES FOI ÓTIMO, POIS A LUSA COMEÇOU A SE FAZER DE COITADINHA E A SENSIBILIZAR O POVO, ATÉ QUE TODOS TOMARAM CONHECIMENTO DA VERDADE E VIRAM QUE DE COITADINHA A LUSA NÃO TEM NADA E QUE TUDO NÃO PASSA DE ENCENAÇÃO, QUE JÁ NÃO CONVENCE MAIS NINGUÉM, NEM SEUS TORCEDORES.. Este Vice Jurídico da Lusa me parece uma pessoa totalmente descompensado, a Lusa foi julgada, ao vivo pela Tv, os Membros do STJD, são homens íntegros de reputação incontestável, a Lusa cometeu um erro totalmente infantil, mas devido muito mais a falta de organização do Clube, ou má fé, pois este detalhe ainda esta em discussão. Fala em guerra, fala na Lusa ser apunhalada, por quem, por seus Diretores que foram incompetentes, por seus Advogados que omitiram a punição, com certeza se houve a punhalada ela foi dada pelo amigos da Lusa, seus Diretores e nunca por seus Adversários, ele fala até em 12, imagino eu que seja uma arma de grosso calibre, me desculpe, meu caro Advogado, mas para eliminar a Lusa não seria necessário uma calibre 12 bastaria talvez uma espingarda de chumbinho, você está criando um mito em sua cabeça, parece-me um pouco tipo AL CAPONNE, que acha que pela força consegue seus intentos, acorde, meu caro Advogado, a Lusa cometeu o erro, seria a coisa mais normal que ela em um ato de nobreza reconhecesse este erro, pedisse desculpa a seus torcedores, que são poucos, mas merecem as desculpas, por esta falha tão grosseira e disputasse a segundona, não como vítima como ela se tem feito perante a mídia, mas como um ser humano que errou e estava, ciente e consciente, pagando pelo erro. O FLUMINENSE EM NENHUM MOMENTO QUESTIONOU DISPUTAR A SEGUNDONA, CAÍMOS E COMO TAL ÍAMOS DISPUTAR A SEGUNDA, MAS SE A LUSA EM SUA IGNORÂNCIA OU INCAPACIDADE NOS TIROU DE LÁ, ÓTIMO, AGORA ESTE TUMULTO QUE A LUSA ESTÁ GERANDO ME PARECE MUITO SUSPEITO, A JUSTIÇA COMUM DEVIA FAZER UMA DEVASSA NA VIDA DA LUSA E COLOCAR TUDO ISTO EM PRATOS LIMPOS, ELE É A RÉ, ELA COMETEU O ERRO, E COMO TAL DEVE PAGAR, COMO ADVOGADO MEU CARO ORLANDO CORDEIRO BARROS, VICE JURÍDICO DA LUSA, VOCÊ MELHOR QUE NINGUÉM DEVIA SABER QUE ESTA VIOLÊNCIA QUE VOCÊ ESTÁ PREGANDO NÃO IRÁ LEVAR A NADA, VOCÊ NÃO PODE SER UM BOM ADVOGADO, COM CERTEZA., OU NÃO ESTARIA APELANDO, AFINAL PARA ISTO EXISTEM AS LEIS, PARA SEREM CUMPRIDAS.

    • janca

      Tanto o torcedor pode entrar na Justiça comum que houve quem recorresse a ela, um direito constitucional, diga-se de passagem, por mais que contrarie Fifa ou CBF.

  • Juarez Caetano

    Primeiro amigo, a Portuguesa e a mulambada colocam jogador irregular e quem tem que explicar é a CBF????????????? Segundo tanto se fala em estatuto do torcedor, o relator do STJD foi muito claro, estão fazendo confusão entre publicidade e publicação, ou seja, publicidade você apenas informa sem a necessidade de prazo. Essas liminares concedidas em São Paulo são dadas por juízes paulistas, que além de querer aparecer, são provincianos.

    • janca

      O estatuto diz que as suspensões só devem ser comunicadas nos sites das competições para terem validade. O que só foi feito depois da rodada. Com todo o dinheiro que tem a entidade não consegue divulgar os resultados dos julgamentos para todos os interessados, inclusive o torcedor que paga ingresso, assim que eles terminam? Não dá…

  • A IMPRENSA BRASILEIRA ESTÁ PERDENDO A CREDIBILIDADE QUERENDO JOGAR A CULPA NA CBF AGORA QUANDO JÁ ESGOTARAM TODAS AS DESCULPAS INVENTADAS POR ELA Prezados leitores, o mundo avança, a tecnologia cria algo novo a cada minuto, mas o ser humano não se afasta dos seus hábitos primitivos, como a prática de arrumar sempre uma desculpa para escapar da responsabilidade.
    Por favor, acompanhem o nosso raciocínio:
    1) Surge a notícia de que a Portuguesa teria escalado Héverton irregularmente e perderia 4 pontos. A irregularidade de André Santos surgiu depois.
    2) Logo culparam o Fluminense como autor da virada de mesa e passaram a hostilizar o clube e os torcedores.
    3) A hostilidade surge até em parte da imprensa.
    4) Obviamente, não ocorreu virada de mesa e sim aplicação do regulamento.
    5) A torcida do Fluminense se mobilizou nas redes sociais e provou (bastava olhar a tabela)que o beneficiado foi o Flamengo.
    6) Mudaram o foco e passaram a defender que as escalações eram legais.
    7) Foram arrasados no STJD (5×0 e 8×0).
    8) Passaram a dizer que eram teorias conspiratórias as que tratavam de proteção ao Flamengo por parte da imprensa.
    9) Provamos que houve a proteção.
    10) Passaram a dizer que eram teorias conspiratórias as que tratavam de um possível acordo Flamengo-Portuguesa.
    11) Começaram a dizer que era uma coincidência as entradas de André Santos e de Héverton.
    12) Não prosperou, a probabilidade é remotíssima.
    13) Começaram a desenhar que Héverton, suspenso, pode ter sido colocado de propósito em campo.
    13) Logo surgiram os primeiros a dizer que o acordo deve ter sido entre Portuguesa e Fluminense.
    A regra é cara: Ninguém do Flamengo não faz algo errado.
    Leitores, peguem a tabela do Brasileirão 2013, após os jogos de sábado e tirem 4 (quatro) pontos do Flamengo.
    Em seguida, vamos considerar que o Fluminense tivesse interesse em “comprar” a Portuguesa para que ela colocasse Héverton em campo, perdesse pontos e ficasse atrás dele.
    O Fluminense tinha 43 pontos e a Portuguesa 47.
    Analisemos:
    – Se a Portuguesa empata, vai para 48, perde 4 e fica como 44 e na frente do Fluminense.
    – Se a Portuguesa perde, fica com 47, perde 3 e fica com 44 e na frente do Fluminense.
    – Se a Portuguesa ganha, fica com 50, perde 6 e fica com 44 e na frente do Fluminense.
    Matematicamente, não existia como a Portuguesa ficar atrás do Fluminense.
    Na verdade se o Fluminense “comprasse” a Portuguesa não teria nenhuma vantagem. A sua situação continuaria igual.
    O Fluminense tinha que passar 2 times (Vasco e Coritiba), isso se ganhasse seu jogo e o Vasco e o Coritiba perdessem.
    Façamos o mesmo raciocínio com o Flamengo.
    O Flamengo após jogar no sábado ficou na prática com 45 pontos.
    Analisemos:
    – Se a Portuguesa empata, vai para 48, perde 4 e fica como 44 e atrás do Flamengo.
    – Se a Portuguesa perde, fica com 47, perde 3 e fica com 44 e atrás do Flamengo.
    – Se a Portuguesa ganha, fica com 50, perde 6 e fica com 44 e atrás do Flamengo.
    Por favor ORGANIZAÇÕES GLOBO E ALIADOS apresentem a nova desculpa.

  • sergio

    Janca.. A CBF já provou “n” vezes que não liga para os clubes e para os campeonatos que ela mesma proporciona. O negócio dela é a Seleção Brasileira e seus inúmeros patrocinadores que despejam milhões e milhões na conta da dita cuja. E sinceramente, se há gente disposta a patrocinar, a CBF está certíssima em acatar todos. Em relação aos clubes é difícil qualquer mudança. Todos esperneiam, reclamam, xingam até a página 2. Jogam pra torcida. Na hora do vamos ver, estão todos de mãozinhas dadas com Marin e cia. ltda. E outra coisa, quem não dança conforme a música, sofre. São Paulo e Corinthians que teoricamente não se dão com a atual gestão, pagam nos tribunais. o Brasileirão de 2014, na minha opinião vai ser com 20 clubes sim. Vão dar um cala boca na Portuguesa… A Lusa não vai aguentar muito tempo. Vai pedir pinico. O Fluminense joga a série A de novo… “ahh, mas o Flu não teve culpa de nada”. De fato não teve, mas a partir do momento em que o advogado tricolor deu um show a parte no STJD, claramente o Fluminense se envolveu até o último fio de cabelo. Paciência… Moralidade zero, mas era direito deles. Se a CBF ainda se propõe a organizar o Brasileiro, é porque dá lucro. Partindo dessa premissa, não podemos contar com uma liga de Clubes tão cedo.. Mesmo porque, aqui cada pensa apenas em seu umbigo. Para uma Liga forte e rica, temos que pensar no futebol como um todo.

    • janca

      Concordo, Sergio, já, já a Lusa lamentavelmente desiste, os clubes em geral gritam até a página dois, como você bem colocou, cada um mais preocupado com o próprio umbigo e a CBF interessada em faturar milhões com a seleção. E assim caminha nosso futebol. Mal, muito mal. Abs.

  • QUANTA DIFERENÇA EM UMA NOTICIA http://www1.folha.uol.com.br/esporte/2014/01/1400440-decisao-da-justica-de-sao-paulo-deixa-o-flamengo-na-serie-b.shtml VEJA QUANTA DIFERENÇA ESSA MESMA NOTICIA SENDO NOTICIADA PELA ORGANIZAÇÕES GLOBO http://globoesporte.globo.com/futebol/noticia/2014/01/cbf-cassa-liminar-da-justica-de-sao-paulo-que-devolve-pontos-ao-fla.html VEJA COMO ELA SUAVIZA SEU CLUBE QUERIDINHO ELA SEMPRE FAZ ISSO SEMPRE SUAVIZA QUANDO A NOTICIA É CONTRA SEU CLUBE QUERIDINHO TENDENCIOSA MANIPULADORA, SUJA ESSA ORGANIZAÇÕES GLOBO E SEUS MEIOS DE COMUNICAÇÕES ALIADOS LANCENET AS VEZES FAZ ISSO TAMBÉM PERDE CADA VEZ MAIS SUAS CREDIBILIDADES COM ISSO ALTAMENTE IMPARCIAL VERGONHA SEM TAMANHO……….

  • alex afonso

    JANCA, dá uma olhada, se tiver tempo no artigo 217 da Constituição Federal…dá uma olhadinha lá e emita uma opinião…ela é inferior ao estatuto do torcedor???

  • Vinícius

    Independente da opinião, pelo menos o JANCA se comporta como Jornalista e não ataca quem o contraria como faz o Sr. André Kfouri, o qual mais parece que está numa conversa de buteco.

    A CBF sempre pune quem escala jogador irregular e TODOS clubes cumprem a pena no mesmo campeonato ou são punidos com a perda de pontos no mesmo campeonato.

    Deixa bem claro que a responsabilidade de escalar é do CLUBE.

    A CBF não é organizada e muita coisa pode melhorar, mas se TODOS obedeceram o atual regulamento o campeonato INTEIRO, parece razoável obedecer na ÚLTIMA rodada também..

    Quanto maias investigação melhor. O SESTÀRIO mostrou as provas dele. Está na hora da PORTUGUESA ser investigada e mostras as provas dela.

    E se houver algum clube envolvido nisso, que seja punido!

    ST

    • janca

      Mas se todos devem respeitar o regulamento, também deveriam o Estatuto do Torcedor, que é lei federal. Até aí… Abs.

  • Marcus Berger

    Caro Janca, você traz pontos muito válidos nessa discussão toda. Gostaria no entanto de acrescentar alguns outros aspectos para reflexão, por favor.
    1. Na verdade parece que a tese do Flamengo para escalar o André Santos era de que o jogador JÁ TINHA cumprido suspensão (dita) automática contra o Vitória e que portanto o jogador estava “autorizado” a jogar.
    Olha, nesse aspecto quero crer que eles tenham de fato razão em pensar nisso por inúmeros motivos o principal sendo o RGC art. 58 que apresenta o principio de suspensão *automática* de jogador NO CASO DE EXPULSÃO (e não me venham com lero-lero do art. 133 que trata APENAS de cumprimento do julgamento que QUANDO for de MAIS de uma partida acaba virando suspensão da OUTRA partida – ou partidas adicionais, se for o caso – visto que o referido artigo do RGC CLARAMENTE mostra que tem apenas que haver a DEDUÇÃO da partida AUTOMÁTICA e as próximas DE ACORDO COM O JULGAMENTO! Aliás POR QUE cargas d’água teria o clube que *ESPERAR* o tal julgamento sendo que o jogador FOI EXPULSO??? A punição MÍNIMA é UMA partida, oras!!! Por isso o princípio da automática É SIM a ser cumprida NA PRÓXIMA partida INDEPENDENTEMENTE DE JULGAMENTO!!!!! Pra mim não faz sentido essa INTERPRETAÇÃO dos regulamentos por parte do STJD e por isso acho CBF E STJD TOTALMENTE ERRADOS nessa!). Essa tese foi CLARAMENTE exposta e mostrada quando do julgamento no STJD. Se o STJD não quis “nem ouvir” o argumento foi um autêntico ESCÂNDALO E REPREENSIVEL SIM da parte deles.
    2. Se o ocorrido serviu para MOSTRAR as brechas nos regulamentos com relação ao E.T. temos em mãos sim um tremendo problema porque parece que de fato os clubes (TODO MUNDO aliás) têm usado o regulamento de maneira ERRADA ao aceitar o cumprimento das penas sem a devida publicidade no sitio da CBF/STJD, sei lá…!!!
    3. É dificil crer que tenha havido corrupção de QUEM QUER QUE SEJA. Essas teorias de que foi o Flu que armou tudo, ou o Fla e tal com a anuência da Lusa ficam DIFICILIMAS de engolir. Embora possa parecer estranho que a Lusa cometa um erro *parecido* com o do Fla no dia seguinte. Porém, e se a REAL explicação de toda essa confusão seja de FORÇAR a criação de uma Liga (finalmente! 🙂 ) em virtude da panacéia de ações na justiça, etc? Vai saber.
    Por hora, sem sabermos mais, eis o que EU acho: O Fla TEM SIM que ir até as ÚLTIMAS CONSEQUENCIAS em defender sua tese da automática independente do resultado do tapetão. O Flu deveria talvez ter a hombridade de aceitar jogar a B se não pra apenas PROVAR ao público que não são o Tapetense Futebol Clube! A Portuguesa SE FOR provado problema LEGISLATIVO em relação ao E.T. DEVE SIM lutar na justiça comum, E, FINALMENTE, a CBF E o STJD TÊM que mudar esse regulamento para colocá-los conforme os estatutos da FIFA E o E.T.
    Obrigado por me ouvir.
    Saudações do Canadá! 🙂

    • janca

      Aí estão suas considerações, Marcus, num caso confuso pacas, inclusive do ponto de vista jurídico, como você bem colocou. Grande abraço e bom frio aí no Canadá, que pelas bandas de cá continua pegando fogo.

  • wilson

    Caro amigo, você como dono de uma coluna deveria, antes de escrever, verificar o que tem de verdadeiro por trás do assunto que vai escrever.
    Pelo que está se vendo, com ambas as partes envolvidas (cbf e protuguesa) dando as suas explicações, chega-se a seguinte conclusão:
    A portuguesa foi ao encontro da cbf querendo um emprëstimo de 4 milhões (por coincidência valar que clube da série B recebe) e junto com a cbf eleboraram o rascunho do contrato, que já tinha a cláusula de renuncia a série A.
    Por azar da portuguesa o assunto vazou e ela portuguesa então está fazendo todo ese reboliço de que desconhecia a cláusula da renúncia.
    O que eu acha que ela oa fazer era sen ninguém saber do contrato, na segunda feira ia ao ministério público mostrar o contrato, para que continuasse a passar por coitadinha.
    Por isso ao escrever não acuse sem provas, pois me parece que a portuguesa ia dar o golpe na cbf.

    • janca

      Não foi azar da Portuguesa. Foi um dirigente da Lusa que soltou o documento para comprometer _e com razão_ a CBF.

  • Mesquita

    “Carlos Mansur, jornalista de O Globo, definiu bem a questão, sobre este imbróglio em 14/01, no Redação Sportv: “Confesso que remo um pouco contra a maré. Estamos diante de um enorme exercício de casuísmo em alguns aspectos, lembrando que a Justiça Desportiva brasileira é criada pela Constituição Federal, que exige que tenha, entre outras questões, a celeridade. Ela pode ser melhorada? Pode, mas é uma discussão para depois. O fundamental é a gente entender que existe uma norma e, principalmente, existe uma aceitação desta norma que vem sendo praticada já há alguns anos no futebol brasileiro: julgamentos na sexta-feira são cumpridos no fim de semana. Todos os clubes sabem e adotam essa norma, é algo absolutamente do cotidiano do futebol brasileiro. E casuisticamente está se tentando buscar um subterfúgio da Justiça comum, que acho que indevidamente está interferindo nesse processo, para se tentar alterar uma norma que é aceita por todos”.
    É exatamente isso: a norma existe, e é praticada há anos, por todos os clubes, sem nenhum questionamento a respeito. A suspensão ocorre a partir do dia seguinte ao julgamento, seja dia útil ou não, ocorra a publicação no site da CBF a tempo ou não. A tentativa de mudar as regras agora, para estes dois casos, configura evidente “virada de mesa”, e não deve ser tolerada.

    Se a tese pró-Lusa e Fla for aceita, todos os atletas que cumpriram a suspensão antes da publicação da mesma no site da CBF, e atuaram na partida seguinte, o terão feito de maneira irregular, sujeitando seus clubes à perda dos pontos. Só no Campeonato Brasileiro de 2013, há pelo menos três casos, fartamente documentados abaixo.

    I) Caso do atleta Vitor (Goiás):
    – Julgamento: 27/09.
    – Cumprimento da suspensão: 28/09.
    – Publicação no site da CBF: 30/09, às 16:25 (prova).
    – Suspensão por 2 partidas (ata do julgamento – vide 6º caso).
    – Jogador Cícero Vítor, mais conhecido como Vítor, foi expulso aos 27 do 2º tempo da partida da 17ª rodada, contra o Atlético Mineiro (link Globoesporte.com) e cumpriu a automática na rodada seguinte.
    – Vítor consta como suspenso para a 24ª rodada, imediatamente posterior ao julgamento (link Globoesporte.com 1, link Globoesporte.com 2).
    – Vítor não enfrentou o Fluminense na 24ª rodada, em 28/09. A súmula da CBF confirma que ele não foi sequer relacionado (link Globoesporte.com).
    – Vítor enfrentou o Vitória na rodada seguinte, em que estaria suspenso caso a tese pró-Lusa e Fla seja aceita (link Globoesporte.com).

    II) Caso do atleta César (Ponte Preta):
    – Julgamento: 11/10.
    – Cumprimento da suspensão: 12/10.
    – Publicação no site da CBF: 14/10, às 20:28 (prova).
    – Suspensão por 2 partidas (ata do julgamento – vide 2º caso).
    – Jogador César foi expulso da partida da 21ª rodada, contra o Flamengo (link Globoesporte.com) e cumpriu a automática na rodada seguinte.
    – César consta como suspenso para a 28ª rodada, imediatamente posterior ao julgamento (link Globoesporte.com, link Futebol Interior).
    – César não enfrentou o Santos na 28ª rodada, em 12/10. A súmula da CBF confirma que ele não foi sequer relacionado (link Globoesporte.com).
    – César enfrentou o Coritiba na rodada seguinte, em que estaria suspenso caso a tese pró-Lusa e Fla seja aceita (link Globoesporte.com).

    III) Caso do atleta Emerson (Corinthians):
    – Julgamento: 18/10.
    – Cumprimento da suspensão: 19/10.
    – Publicação no site da CBF: 21/10, às 18:18 (prova).
    – Suspensão por 1 partida (figura acima, extraída da ata do julgamento – 4º caso).
    – Jogador Márcio Passos de Albuquerque, mais conhecido como Emerson, não foi expulso na partida em questão, e portanto não cumpriu automática e precisa cumprir a suspensão imposta pelo STJD (link Globoesporte.com).
    – Emerson consta como suspenso para a 30ª rodada (link Globoesporte.com, link MeuTimão).
    – Emerson não enfrentou o Criciúma na 30ª rodada, em 19/10. A súmula da CBF confirma que ele não foi sequer relacionado (link Globoesporte.com).
    – Emerson enfrentou o Santos na rodada seguinte, em que estaria suspenso caso a tese pró-Lusa e Fla seja aceita (link Globoesporte.com).

    Em suma, caso o Poder Judiciário insista na palhaçada de se intrometer nos resultados esportivos do Campeonato (o que, aliás, é proibido pelo Código Brasileiro de Justiça Desportiva e pela Constituição Federal, antes de acionada a Corte Arbitral do Esporte), vem aí uma chuva de ações, que podem alterar significativamente a tabela de classificação do Campeonato Brasileiro de 2013 (e até de outros torneios anteriores). O caos completo…

    Caso os três casos documentados acima sejam os únicos do Campeonato Brasileiro, o Corinthians seria o maior prejudicado, pois perderia 4 pontos na tabela final de classificação, sendo ultrapassado por Fluminense, Portuguesa e Flamengo, e entrando na zona de rebaixamento para a segunda divisão.

    Cabe deixar claro que este escriba é absolutamente contrário a esta tentativa de virada de mesa do Campeonato Brasileiro. Para este blog, a classificação final do Campeonato Brasileiro é esta aqui, que está também disponível no site da CBF e no site da FIFA. Os rebaixados à segunda divisão de 2014 são Náutico, Ponte Preta, Vasco e Portuguesa. E, se não surgir nenhum fato novo, este entendimento não mudará.”

    • janca

      Também sou contra virada de mesa. Os últimos quatro colocados no campeonato têm de cair.

      • Mesquita

        Janca; Você não tem nada a falar sobre a matéria acima exposta? Somente que não é a favor de virada de mesa. Pelo repórter (respeitadíssimo por sinal), virada de mesa é incluir a portuguesa no Brasileirão 2014. O que vc tem a dizer sobre a matéria como um todo. Gostaria de saber sua opinião.

        • janca

          Pra mim virada de mesa é outra coisa, mas isso é questão de opinião. Não é a minha _de que virada de mesa seja incluir a Portuguesa no Brasileiro de 2014. A meu ver, o campeonato deveria ser disputado por 20 times, um dos quais a Lusa. Você pensa diferente. E o que eu penso está claro em meus posts e em boas partes de minhas respostas.

          • Mesquita

            Você poderia ao menos tentar discorrer sobre a opinião ora exposta, com se faz em qualquer debate produtivo, talvez não o faça por falta de argumentos para discordar da mesma. Importante ainda lembrar que se o ET prevalecer (como é o seu pensamento) o clube a ser rebaixado não será o Fluminense e sim o Corinthians.

          • janca

            Meu pensamento já coloquei várias vezes. Se o Direito está em confronto com a Justiça, devemos lutar pela Justiça. O resto é resto. E pra mim cairiam os quatro últimos na classificação, não os quatro últimos do tapetão.

          • Mesquita

            Como vc interrompeu a nossa discussão, uso esse espaço para lhe responder.

            Comprovadamente lhe faltam argumentos para discorrer sobre a matéria e hombridade para assumir isso. “Se o Direito está em confronto com a Justiça, devemos lutar pela Justiça”, concordo com vc, mas a forma de lutar não é descumprindo a legislação e sim mudando a mesma para que futuros problemas como o atual não se repitam, isso se chama princípio da legalidade e moralidade. Despeço-me com pesar pela sua falta de respeito para com as pessoas que acessam seu “trabalho”. Comunico-lhe, para a sua felicidade e também a minha que não mais perderei o meu tempo acessando o seu blog. Seja feliz em sua mediocridade pessoal e profissional.

  • Divaldo Antonio de Oliveira

    A CBF É UM ANTRO DE SAFADOS E APROVEITADORES DESDE OS TEMPOS DE HAVELANGE E SEU “NORO” E APADRINHADO. PARA PIORAR FOI ENTREGUE AO CORRUPTO MARIM, ESPERAR O QUE DESTA “SALA DE LUXO” PARA CONFERÊNCIAS ESCUSAS.

  • Quanto comentário desnecessário, bairrista e burro. Meu Deus do céu.
    E a imensa maioria perdendo o ponto chave que é a obscuridade da coisa toda.
    Se Flamengo e Portuguesa escalaram sabiam que os caras não tinham condição de jogo e deliberadamente escalaram eu quero ver quem vai ser o grande mestre à aparecer com a prova. SE essa prova existir só vai aparecer se alguma parte interessada divulgar, o que não parece ser o caso.
    Não gosto do Fluminense, gosto da Lusa, torço para outro time e nem por isso me apego no medo profundo de jogar a segundona. Caiu no campo, volta no campo e é assim que eu penso. Não gostou? Não perde tempo respondendo.
    O que tem que ser investigado (e muito bem SE aqui não fosse Brazil) é como essa situação chegou nesse ponto.
    Essa situação esdrúxula (se não conhece essa palavra nem continue lendo) se deu por causa de uma lambança sem tamanho da CBF e do seu STJD. Pelo que eu entendi existem conflitos de lei, regulamentos e resoluções. Seria mais ou menos assim, numa analogia suja: Um papel diz que eu tenho que seguir para a esquerda e se eu seguir pela direita serei penalizado. Um outro diz que eu posso seguir pela direita sem punição alguma. E o STJD e a CBF escolheu o um dos dois segundo a direção do vento naquela tarde (pq não vejo outra explicação para juristas do STJD ignorar lei federal, se é o caso mesmo). Até aí é a bagunça de sempre da CBF e como o histórico de “favorecimento” ao Fluminense não é dos menores fica explicada a origem da minha antipatia por esse time e, no momento, de boa parte dos torcedores.
    Ouvi dizer (isso é uma conjectura e pode ser ou não a verdade) que o Da Lupa fez isso de caso pensado numa trama meio sombria demais para salvar Flamengo e que o Flu entrou de gaiato nessa. Fato é que toda a diretoria da Portuguesa (anterior e atual) deve dar muitas explicações ao seu torcedor e nisso o Janca tem de concordar comigo.
    CBF teria de aceitar o fato de que não é a dona do Futebol não e no momento em que tornou isso um negócio deve explicações aos seus clientes (torcedores) e isso é regido por lei que, neste caso bem específico, é o E.T.
    Se vão ignorar a existência do resto do universo é problema deles, mas acho que deveria haver uma intervenção externa só para os lembrarem disso.

    • jacão

      Meu caro: indícios há… fatos há… provas requer investigações. LUSA + FLAMENGO + FLUMINENSE + VASCO + GLOBO devem ser investigados. Se a LUSA se vendeu, cair para a segundona é pouco. MUITO POUCO!!! Suja, porca, deve cair para a QUARTA DIVISÃO. E junto com quem a comprou.

  • Mesquita

    Janca; conforme vc dispõe em vários momentos no presente debate, o Estatuto do Torcedor é Lei Federal e, portanto, esta em posição hierárquica superior CBJD. Seguindo seu próprio raciocínio, que é absolutamente correto, devemos lembrar que a Lei maior em nosso país é Constituição Federal, que em seu art, 217 nos trás:

    Art. 217. É dever do Estado fomentar práticas desportivas formais e não-formais, como direito de cada um, observados:
    I – a autonomia das entidades desportivas dirigentes e associações, quanto a sua organização e funcionamento;
    II – a destinação de recursos públicos para a promoção prioritária do desporto educacional e, em casos específicos, para a do desporto de alto rendimento;
    III – o tratamento diferenciado para o desporto profissional e o não- profissional;
    IV – a proteção e o incentivo às manifestações desportivas de criação nacional.
    § 1º – O Poder Judiciário só admitirá ações relativas à disciplina e às competições desportivas após esgotarem-se as instâncias da justiça desportiva, regulada em lei.
    § 2º – A justiça desportiva terá o prazo máximo de sessenta dias, contados da instauração do processo, para proferir decisão final.
    § 3º – O Poder Público incentivará o lazer, como forma de promoção social.

    Pela redação do artigo ora transcrito se pode afirmar que o Estado deve respeitar a autonomia das entidades desportivas dirigentes e associações, quanto a sua organização e funcionamento, bem como o Poder Judiciário só admitirá ações relativas à disciplina e às competições desportivas após esgotarem-se as instâncias da justiça desportiva, regulada em lei.
    Portanto, conforme preceitua nossa Carta Magna, inicialmente deve-se respeitar a autonomia das entidades desportivas para criar suas regras, sem interferência do Estatuto dos Torcedores, bem como somente após esgotadas todas as instâncias desportivas que a justiça comum pode aceitar ações referentes ao caso em discussão.

    • janca

      Tanto o Poder Judiciário admite ações na Justiça comum que elas estão aí. E isso não é de hoje. Veja o caso Gama que originou o descalabro que foi a Copa João Havelange. O futebol brasileiro gosta de um tapetão e não é de hoje. E não é um mundo à parte, como quer a CBF, não.

      • alex afonso

        O gama não ganhou nada…naquele caso a CBF desistiu de organizar o campeonato, colocando nas mãos dos clubes…antes do Clube ir na Justiça Comum, ele deve ir ao CAS. O torcedor está no direito de ir na justiça, para pedir indenização, porém isso não irá alterar o resultado do julgamento, liminares serão derrubadas facilmente, pois é inconstitucional…

        • janca

          De fato não foi exatamente o Gama que ganhou com o imbróglio daquele ano. Quem perdeu, no entanto, foi o futebol brasileiro. E na Justiça comum torcedores do Gama ganharam, sim, tanto que a CBF acabou desistindo de organizar o campeonato daquele ano e o que houve foi um acerto político que vimos aonde deu.

          • alex afonso

            A torcida está no direito, sem dúvidas….mas veja onde está o Gama agora? depois daquele episódio, só caiu e nem na série D joga hoje em dia…será que valeu a pena??

          • janca

            Vale a pena lutar por determinadas causas, sim. Pelo menos eu penso assim, Alex, e vou voltar ao assunto depois. Num outro post. Abs.

          • mesquita

            Janca; minha pergunta continua. Como vc insistiu em várias resposta em relação à hierarquia das Leis; Qual a Lei maior: O CBJD, ET ou a CF?

          • janca

            O Estatuto do Torcedor, que é lei federal, e não é inviabilizado pela constituição (se não não seria lei), ao contrário do que você tenta insinuar.

          • ALEX AFONSO

            DEFINITIVAMENTE, VC Ñ SABE A DEFINIÇÃO DE ESTATUTO DO TORCEDOR….PAREI COM TEU BLOG…

          • janca

            À vontade. Adeus.

          • ALEX

            A LUSA NÃO VAI AO CAS….Ñ VAI, ME COBRE, MAS Ñ AI, POIS SABE QUE É CASO PERDIDO….

        • ALEX

          SABE PQ ESTÃO BRAVANDO TANTO PELO ESTATUTO DO TORCEDOR, QUE Ñ REGE NADA COM RELAÇÃO A REGRAS E SIM COM RELAÇÃO AO TORCEDOR, TORCEDOR????….PQ SE FOSSE TD FEITO DENTRO DA LEI, A PORTUGUESA IRIA AO CAS, PERDENDO NO CAS, AI SIM ELA IRIA NA JUSTIÇA COMUM, ISSO SIM É LEGAL…MAS SERÁ QUE ELA VAI SE ARRISCAR??? POR ISSO Ñ FOI, PQ SABE QUE É CAUSA PERDIDA…..ESTATUTO DO TORCEDOR PROTEGE O TORCEDOR..COLOCA ISSO NA SUA CABEÇA.;…..O JUCA KFURO FOI SEU PROFESSOR NA FACULDADE/?? PERCEBE QUE DE TODOS OS “GRANDES ADVOGADOS” NO BRASIL, PRÓ-LUSA, SÃO APENAS 2, O TAL DO IRMÃO DO FANÁTICO PELA LUSA E O PROMOTOR QUE NUNCA CHUTOU UMA BOLA???? ESTATUTO DO TORCEDOR Ñ MUDA DECISÃO DE TRIBUNAL…..Ñ FIQUE COM AS CALÇAS NA MÃO DEPOIS…ESTOU AVISANDO AGORA;;;

          • Mesquita

            Eu não tento insinuar nada. Apenas fiz uma pergunta que vc não respondeu inicialmente e agora, de forma agressiva me responde de forma errada. Como Jurista a 29 anos militando no dia a dia da Justiça, poço responder que a Constituição Federal é a Lei maior de nosso País e ela é clara quando, no art. 217 afirma que as entidades desportivas tem autonomia para regulamentar suas ações bem como quando afirma também que o Poder Judiciário só admitirá ações relativas à disciplina e às competições desportivas após esgotarem-se as instâncias da justiça desportiva. Não é preciso ser Advogado, basta saber ler que as coisas estão bem claras na Constituição Federal. E como bem disse Alex anteriormente, em outras palavras, Estatuto do Torcedor não rege regras desportivas e sim a relação do torcedor com o esporte. Espero que numa próxima discussão, vc seja mais cortes com aqueles que pensão diferente de vc.

          • janca

            Se você fosse jurista não cometeria erros tão primários de português. Fico com dois apenas: Como jurista a (sic) 29 anos militando, quando o certo seria há, depois poço (sic), quando seria posso… Aí tem. Jurista, com todo respeito, não deve ser. Só pode estar brincando. Sem falar no “pensão” (sic) no final, quando seria pensam.

          • janca

            Então que recorra ao CAS e depois à Justiça comum. Um direito que lhe cabe (à Portuguesa), embora não seja esse o discurso da CBF. Para ela clube em Justiça comum jamais. Como se o mundo do futebol fosse algo à parte.

      • ALEX AFONSO

        ESTATUTO DO TORCEDOR Ñ É INVIABILIZADO PELA CONSTITUIÇÃO…PÉROLA DO DIA……SABE OQ É O CAS??? VERGONHA…VERGONHA..VERGONHA…..

        • Mesquita

          Janca; Vc me dá pena, se diz jornalista e não aguenta um debate saudável sobre um fato de grande repercussão nacional, como é o caso da Portuguesa X CBF e impede uma resposta a sua afirmação infantil que confirma seu despreparo. Vc só aceita opiniões que sejam favoráveis a suas ideias. Isso se chama mediocridade, incompetência e falta de ética profissional (no mínimo). Arrependo-me do tempo que perdi acessando o seu blog. Mas pelo menos serviu para deixar claro, para todos que nos acompanharam, a sua falta de profissionalismo e de educação. Lembre-se que todos nós temos o direito de discordar, pois “toda unanimidade é burra”, já disse Nelson Rodrigues. “Seja ela contra ou a favor. E também perigosa, podemos acrescentar. Unanimidade é o esforço para inibir a criatividade, reprimir a reflexão, enterrar a capacidade crítica. Unanimidade é o fim da discussão. Quem pensa com a unanimidade nem precisa pensar” (Wilson Reeberg).

  • jacão

    Acho que a pobre PORTUGUESA é uma “pobre coitada”. Agora está sendo chantageada. Kkkkkkk…. Vejamos: – ela pediu adiantamento de 4 milhões a CBF, que alega que a própria LUSA condicionou a começar a pagar em 2015 e cumprir a segundona. Agora penso eu: – SEGUNDONA, por quê? A LUSA merece cair para a segundona. Na minha opinião, NÃO!!!! Suja, porca, hoje antipática, acho que a PORTUGUESA deve provar sua inocência. Provar que não se vendeu ao URUBU. Esse papo de “POBRE LUSA” já passou da hora. É investigá-la SIM. Investigação RÀPIDA. Metê-la na QUARTA DIVISÃO. Nada de SEGUNDONA. E o URUBU tem que ir junto. Comprou a LUSA, cai junto. Aí o brasileirão 1ª divisão, em 2014, vai com 18 clubes. FLUMINENSE, VASCO, PONTE e NÁUTICO vão para a SEGUNDONA, sim. Essa é a minha opinião… Mas sei que até em pelada as regras devem ser cumpridas. E investigação em futebol não existe. Que o diga o caso DUALIB, do CORÍNTHIANS, em 1996, junto com o PETRALLIA e IVENS MENDES. Não deu em nada!!!

  • Ton Clark

    COMO E’ QUE VOCE PODE CONFIAR NUMA ENTIDADE DIRIGIDA POR ESSE CAFAJESTE DO MARIN QUE COM A MAIOR CARA DE PAU DISSE APOS O JULGAMENTO DO STJD QUE ELE APRENDEU QUE ORDENS DEVE SER CUMPRIDA E NAO DISCUTIDA , SO’ QUE ELE NAO QUER CUMPRIR COM A ORDEM DO MINISTERIO PUBLICO DE SAO PAULO E AINDA HOJE EM VISITA AO NORDESTE ELE VOLTOU A DIZER QUE APRENDEU QUE ORDENS DEVEM SER CUMPRIDAS, ENTAO PORQUE ELE NAO CUMPRE A ORDEM DO MP-SP?, E’ MUITO CAFAJESTE MESMO

  • Rafael

    Ë pouco cortês, deselegante e mal educado: mas regulamento de c* é rola!
    No caso o c* pertence aos torcedores otários, a rola aos cartolas do futebol brasileiro.

    Se descumprir a lei e basear as sanções ás infrações aos ditos regulamentos, que prevalecem porque nunca foram contestados, fosse argumento e verdade absoluta, ainda teríamos o tribunal do tráfico em todas as favelas do Rio de Janeiro.

    Os mensaleiros estariam soltos, porque “caixa dois em campanha política no Brasil, é sabido que todo mundo faz”.

    E a coisa por aí vai…

    Chega! Erros recorrentes não criam jurisprudência!
    Julgue-se, e que se use a lei maior para fazer justiça!

    • ALEX AFONSO

      LEIA O ARTIGO 217 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL…

  • Cleber Gomes

    Duvido que exista tal proposta da CBF. Sabem por que? 2 dias se foram e um mísero fictício e-mail com a tal proposta ainda não foi mostrado por ninguém da imprensa. Regras são feitas para serem cumpridas. Ainda verei torcedor do Cruzeiro se remoendo quando começarem também as fictícias notícias de que todo o campeonato será anulado.

  • O blogueiro está corretíssimo. Deve prevalecer o resultado de campo e os 4 últimos colocados devem cair para a Série B. Como a Portuguesa mando para campo um jogador sem condições legais de jogo , a Lusa perdeu pontos dentro do gramado . Tal fato a fez ficar na 17ª posição , ficando , portanto entre os 4 últimos do campeonato. Também concordo com o blogueiro quando ele diz que tudo pode acontecer , menos ter o Andres Sanches como presidente da CBF.

    • janca

      Concordamos sobre o rebaixamento dos quatro últimos em campo _entre eles não estava a Lusa, que terminou a competição em décimo segundo lugar. No tapetão a história é outra. E não é a especialidade dela, como ficou claríssimo. Agora jamais escrevi que tudo pode acontecer menos ter o Andrés como presidente da CBF. Acho a dupla Marin/Del Nero pior, embora defenda uma terceira via.

  • Ricardo Pires

    Gostaria de saber sua opinião a respeito do SILÊNCIO da imprensa esportiva após o jogo do Fla x Cruzeiro na sábado quanto à possível perda de pontos do time rubro-negro por escalar irregularmente o lateral André Santos. O que causa estranheza é que vários sites informaram na noite de sext-feira que ele não poderia jogar. Aí, depois da partida, toda a imprensa esportiva deixa de dar uma bomba de notícia e se silencia… Será que era para não alardear a Portuguesa e torcedores???

  • ALEX AFONSO

    ARTIGO 217 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL…..

MaisRecentes

Saída de Lucas Lima



Continue Lendo

Dorival bombardeado



Continue Lendo

A grana de Nuzman



Continue Lendo