Palmeiras sai na frente



Torcedores dos quatro grandes paulistas têm reclamado da pouca movimentação para reforçar os elencos na temporada 2014.

As principais contratações foram o zagueiro Lúcio pelo Verdão, e Leandro Damião, novidade no ataque santista.

Dos quatro, quem mais se mexeu foi o Palmeiras. E apesar das críticas da torcida, acho que se mexeu bem, com contratações pontuais e respeitando os limites orçamentários do clube. Além de Lúcio, anunciou o lateral William Matheus, o volante França e os atacantes Diogo e Rodolfo. Ex-Portuguesa, Diogo tem tudo para se firmar como titular e melhorar o poderio ofensivo da equipe.

O principal, porém, é que o Palmeiras tem feito contratos por produtividade, inclusive com o técnico Gilson Kleina, uma alternativa válida no atual momento do futebol brasileiro.

O São Paulo terá Luís Ricardo, também, ex-Lusa, ótimo lateral, e o Corinthians, tirando o lateral Uendel, contratado da Ponte, terá a mesma cara do ano passado.

Os clubes reclamam que as contas estão apertadas, o interesse em 2014 é pela Copa, não pelo futebol local, nenhum deles chegou à Libertadores e a indefinição sobre como será o Brasileiro deste ano tirou um pouco mais da já pouca credibilidade de nosso futebol.

Tudo isso é verdade. Fora que o Estadual, com um regulamento esdrúxulo em que, em tese, um time pode ser campeão e rebaixado ao mesmo tempo, também não ajuda.

É por essas e outras que está na hora de rediscutirmos nosso futebol. Em ano de Mundial no Brasil há muito clube prevendo redução de público nas competições internas. O que não é nada bom e mostra como nossos campeonatos são mal organizados e mal vendidos. A seleção pode ser forte, mas os clubes sofrem.



MaisRecentes

Haja coração!!!



Continue Lendo

Cânticos brasileiros



Continue Lendo

Seleção no divã



Continue Lendo