CBF e STJD em xeque



O caso Lusa deve parar não só na Justiça comum, pois já há torcedores/consumidores se mobilizando para defender seus direitos e o do clube fora da chamada “Justiça” Desportiva, mas também em corte internacional, contestando os procedimentos da CBF e do próprio STJD.

Na era da informática, fica difícil explicar como o tribunal e a confederação não conseguem disponibilizar o resultado de um julgamento às partes direta ou indiretamente interessadas, sendo a comunicação feita oralmente. A notificação por escrito muitas vezes só é passada 72 horas após o julgamento, o que por si só gera controvérsia…

Juízes e delegados da partida e equipes das Séries C e D que não conseguem se fazer representar no Rio têm dificuldades para conhecer as decisões do STJD e a forma de escolha dos integrantes do tribunal também é polêmica, já que, em tese, até estudante de direito sabatinado pelo próprio pai pode ser aceito na casa.

É uma boa oportunidade para rediscutirmos não só a forma de ação do tribunal como a da própria CBF, que tem uma estrutura viciada para tentar impedir a rotatividade no poder.

Fora que a confederação já mostrou várias vezes não ter condições de organizar o Brasileiro, tanto que viradas de mesa marcaram vários dos campeonatos da CBF e o atual acaba nos tribunais, onde ontem aconteceu a trigésima nona rodada.

No dia 27 acontece a quadragésima, quando a Lusa será derrotada de novo, mas na Justiça comum podemos ter a quadragésima primeira, a quadragésima segunda e esse imbróglio certamente vai longe.

Uma questão que eu coloco, no entanto, é se os clubes estão preparados para formar uma liga que organize o Brasileirão, deixando apenas a seleção nas mãos da CBF. Se cada um pensa apenas no próprio umbigo, acredito que não. Mas essa confusão toda tem um lado positivo: colocar CBF e STJD em xeque, ambos com a credibilidade lá embaixo.



  • t.

    janca,

    como ter esperanças se a cbf e o stjd ainda são colocados no cheque?

    o bom desse episódio, em relação ao flamengo, é que se mostra falho o discursinho de conseguiu os pontos necessários para determinado fim. as partidas do campeonato brasileiro de pontos corridos são para ser ganhas sempre.

    • UMA VERGONHA.
      OUTRA VEZ O FLUMINENSE VIRANDO A MESA.
      VAMOS DAR UM BASTA NESSA POUCA VERGONHA.
      CBF NÃO CONSEGUE COMUNICAR OS CLUBES NEM 10 MINUTOS ANTES DO JOGO.
      QUEM DEVE SER PUNIDA É A FEDERAÇÃO NO MEU PONTO DE VISTA.

      • janca

        Que há um erro no modo de funcionar da própria CBF, que não sabe se comunicar com clubes, árbitros e delegados dos jogos, não há dúvidas. E do tribunal também.

        • É um Direito Fundamental da Constituição Federal que qualquer cidadão ou entidade impetre ação de reivindicação de direitos na Justiça Comum! A CBF não tem o Direito de proibir quem quer que seja de ingressar em Tribunal Superior (Justiça Comum). Se caso a Portuguesa se socorrer deste recurso e a CBF “Expulsá-la” da Liga. Passa a ser necessário, que os Clubes coirmãos implante uma nova liga, apenas dos clubes, a exemplo do Clube dos Treze e mande a “Corrupta” CBF para a P.Q.P. !!!!!!!!!!!!!! Resultado se conquista no Campo e não no tapetão! Que vergonha Fluminense!!!!

          • janca

            Por mais que a CBF esbraveje não pode impedir que um torcedor/consumidor recorra à Justiça comum. Talvez Marin ache mesmo que seguimos nos tempos da ditadura, governo para o qual ele próprio deu suporte.

          • Belas palavras meu amigo JANCA! Esse imbecil ainda não saiu do armário imundo dos porões da Ditadura!!!!!!

          • Eu gostaria de entender uma coisa, se alguém puder me explicar ficaria muito feliz.

            Caso 1 – O André Santos do Flamengo foi expulso contra o Atlético/PR na final da Copa do Brasil. Na rodada seguinte do Campeonato Brasileiro contra o Vitória ele não atuou pois o Flamengo entendeu que ele estava automaticamente suspenso. Uma semana e meia depois da partida contra o Atlético, o André Santos foi julgado e pegou uma partida de suspensão, em tese já cumprida contra o Vitória. Ele atuou normalmente contra o Cruzeiro e o clube foi punido.
            Caso 2 – Flamengo 4 x 0 Botafogo, Botafogo eliminado da Copa do Brasil, o zagueiro botafoguense Dória foi expulso. Seguindo o raciocínio, ele deveria cumprir pena no Brasileirão certo? Na rodada seguinte à eliminação contra o Flamengo, o Botafogo enfrentou o Atlético Mineiro e o Dória atuou nesta partida, inclusive recebendo um cartão amarelo que suspendia ele da próxima partida do Campeonato e assim se fez, ele não atuou contra o Goiás. Contudo na rodada seguinte o Dória volta contra o Internacional e inclusive marca o gol da derrota do Bota por 2 a 1. Concluindo, em qual partida o Dória pagou a expulsão contra o Flamengo na Copa do Brasil??? Que lei é essa????
            Caso 3 – Apenas reforçando, o Emerson Sheik do Corinthians foi expulso na última partida pela Copa do Brasil contra o Grêmio, quando o clube paulista perdeu nos pênaltis. Nas rodadas seguintes o Timão enfrentou Santos, Vitória, Fluminense, Coritiba e Vasco respectivamente, todas com o Emerson em campo, em qual partida ele pagou a suspensão da Copa do Brasil???
            Será que ninguém vai denunciar no STJD/flu

          • vou chorar…..

        • Junior

          Um advogado filho de advogado estava calmamente tomando chopp num quiosque na Lagoa, quando resolve conferir como está o jogo da entrega das faixas.

          – Ué ! Aquele lá é o “Marcio Santos” ??? Os caras ficaram loucos ? Eu disse que ele estava impedido de jogar !

          Segundo depois:

          – Presidente, desculpa te ligar no meio do jogo. Mas deu uma cagada fenomenal !! O Marcio Santos não pode estar em campo !

          – Liga não, garoto ! A gente recorre segunda-feira…

          – Presidente, o senhor não está entendendo, VAI DAR MERDA !!

          – Ô garoto, tu não é advogado ? Inventa uma solução !

          No dia seguinte, de manhã cedinho, ele liga pro Presidente:

          – Ô Presidente, só vejo uma saída. Sexta eu estava no tribunal acompanhando a causa do “Marcio Santos”. Reparei que teve um rapaz da Portuguesa que também foi suspenso. Se ele entrasse em campo, limpava a nossa barra !

          – É só isso ? Tem certeza ? Então deixa comigo !

          – vou resolver agora …

          – tchau …

          NOVA LIGAÇÃO: ENTRE BANDEIRA E LUPA.

          – Alô, alooou!!!

          – Fala, rapaz. Tá ofegante, o que houve?

          – Cara, fizemos merda aqui.

          – Que merda?

          – Fizemos merda, pode quebrar uma pra mim?

          – Depende. O que tá pegando?

          – Não posso falar muito, mas você precisa me ajudar

          – A troco de que?

          – O que você quiser, bicho. Bufunfa, apoio político…

          – Huuummm…diga lá.

          – Mas é o seguinte você vai ser dar mal por um lado…

          – Pô, como é? Peralá!

          – Calma, calma. Depois vocês revertem isso aí. Quer a contrapartida ou não?

          – É boa?

          – Claro! Acha que tá falando com quem?

          – Certo. Mas alguém vai assumir essa bronca

          – Ah, você sabe quem…

          – Isso vai dar merda…

          – Vai. Pra eles. Já são queimados mesmo…

          – Depois conversamos melhor então, tô meio tonto com isso tudo

          – Fica tranquilo, 2015 é logo ali.

          – Tá ok.

          – Abraços

          – Outros

          Tu tu tu…

          Para quem não entendeu: a mulambada liga para a Lusa assumir a

          série b no lugar deles, queimando mais ainda a fita do Flu. É uma

          tese que vem tomando corpo. Alguém acha que o framengo tentou

          realmente defender a Lusa? queriam era ter certeza de que ele

          perderia… e de tabela, jogar mais lama no Flu, que alguém investigue

          isso, pois é bem possível.

          • Smith

            Gostei da sua istorinha… Você deveria ser contratado pelo Mauricio de Souza, para escrever algumas dessas aí, para a Turma da Mônica, pro Chavez e outros Gibis…

            Ou escrever outros CONTOS DE FADAS, coisa que todo tricolete está acostumado a ser…

          • José Leonardo

            Meu Deus do céu!!! Que mente brilhante!!! Parece de um rapaz que disse que o Atlético Paranaense entregou a final da Copa do Brasil para o Fla pq o Atlético já tinha chance de ir para libertadores pelo Brasileiro. Ou seja, não importa para o Atlético ser Campeão, ele queria ir apenas para libertadores né??? E a Lusa, não tem importância cair para 2ª para ajudar o Fla né, o importante é o Fla ajudá-la a retornar ano que vem??? Cona outra meu caro sonhador

        • Cleber Gomes

          Na boa, responda diretamente.
          1) Você concorda que o advogado de um clube , amparado legalmente por uma procuração ,representa o próprio em sessões de quaisquer tribunais onde certamente assina papéis com determinações e resoluções aos finais delas?
          2) No caso de resposta positiva, por acaso afirma que o clube ainda assim “pode” não ter sido avisado?

          No meu ponto de vista, na hora que o advogado “do Flamengo” assinou presença e ciência da sessão que participou, “o Flamengo” já sabia que o “André Santos” não poderia jogar naquele sábado, 1 dia antes de o clube paulista fazer a sua burrada.

          • janca

            Sou pelo que diz a Constituição. Qualquer decisão judicial só vale a partir da intimação oficial e essa só chegou ao clube segunda-feira.

          • Smith

            Tinha que ser tricolete… Imbecil. Quem no Flamengo alegou que não sabia que o André Santos foi punido com 1 jogo??? Já li 300 reportagens e declarações da diretoria do Fla, e nenhuma vez foi declarado o desconhecimento da suspensão do jogador.
            O que a Diretoria do Fla não está entendendo, o por quê o A. Santos, tem que pagar 2 jogos (vitoria-BA e Cruzeiro), se ele pegou apenas 1 jogo, já cumprido contra o Vitoria-BA!!!
            E a legislação é muito CLARA, em que um jogador quando suspenso por 1 ou mais jogos, o jogo em que ficou de fora, será DESCONTADO!!!
            Só burro, ou Promotores comprados, não enxergam isso!!!

      • littodiniz

        Ignorante, o que o Flu tem a ver com isso, os bambis abriram as pernas para o Coritiba, o Vasco perdeu, a Portuguesa e Flamengo escalaram jogadores errado. e o Flu ganhou do bahia no último minuto , só falta dizer que o Bahia abriu as pernas. Seus paulistas imundo, virada de mesa eh: 1996- SP vz Botafogo”caso Sandro Hiroshi”, virada de mesa foi em 1998- papeltas amarelas (flamengo vz Sport) em 1999 a corrupção no quadro de arbitragem patrocinada pelo Corinthians. Grêmio, Atlético PR e o caso do corinthians vz Internacional… isso foi viradas de mesa seu roceiros.

        • janca

          E o São Paulo, que foi uma vergonha diante de Coritiba e Criciúma, ainda jogou com time reserva contra o Flu, no Maracanã, perdendo por 2 a 1. Foi uma vergonha. Ao contrário do Santos, que teve um final de campeonato extremamente digno.

          • littodiniz

            Janca, eu comentei a postagem desse Antonio, ele falou besteira sobre virada de mesa. ok
            Não foi com voce não valeu.

          • janca

            Ok. Abs.

          • Cleber Gomes

            Salvo engano meu (não vou procurar datas agora) , o São Paulo colocou time reserva contra o Flu estando ainda disputando vaga na final da Sulamericana. É anormal por acaso colocar reservas nesta condição? O que acho anormal é querer justificar que um clube de primeira divisão , onde seu representante legal que certamente assinou presença na sexta do julgamento, não foi avisado por qualquer tipo de tecnologia. Ainda mais que contabilizando o tempo entre uma noite de sexta e 17h de domingo quando a Portuguesa entrou em campo são mais ou menos uns “10 minutos” somente.Mas tá valendo até porque quem a Portuguesa realmente salvou foi o Flamengo. Basta verem a tabela quem está imediatamente na frente da Lusa. Ahhhh o Flamengo não errou né. Muito menos antes da Portuguesa errar. E o Flu tem tanto poder de corromper que o usa não só para fazer contra a pobre Lusa como também contra o inocentíssimo Flamengo. Consegue não ter fair play contra a pobre Lusa que já lhe bastaria e resolve arrumar Kizumba gratuita contra o Flamengo também. Entendi !

          • janca

            E é anormal perder para o Coritiba em Itu?

          • janca

            Ah! E a própria Ponte colocou time reserva diante da Lusa. Pra você ver que o calendário também é um problema até hoje não solucionado pela CBF. Não é o único, veja o caso do STJD, mas é um deles.

          • Marco tricolor-RJ

            Janca,
            De fato o São Paulo jogou com o time reserva porque ainda estava disputando a sul-america.
            ST

          • janca

            Sim. E até que jogou bem. Levou o segundo gol no finalzinho. Assim como a Ponte entrou com reservas diante da Lusa. Também por estar na Sul-Americana.

        • Virada de mesa foi ir para a terceira divisão e não disputar e voltar para divisão principal pelas portas dos fundo.
          Seu idiota

          • Mauricio

            Idiota é você. Aliás idiota e mal informado. O fluminense disputou a série B de 1998, caiu para a série C, ganhou a série C de 1999 e não disputou a série B de 2000 por causa do escândalo da compra de resultados, onde os maiores acusados eram Corinthians e Atlético-PR. Num acordo entre o Clube dos 13 e CBF, para livrar Corinthians e Atlético-PR, surgiu a Copa João Havelange. Informe-se para não dizer asneira

        • joe LHP

          ué bonecona??Tá reclamando que os bambis abriram as penas para o Coxa???Pq vc não reclamou quando os mesmos bambis aliado ao outro time verde deram o campeonato pra vcs???Seu time é sujo, safado e de terceira, podem ter escapado do rebaixamento mas o rebaixamento NUNCA saíra de vcs.

          • Thiago

            quer saber de uma coisa: VTNC!

        • Fabio Ribeiro

          Acho mesmo que o SPFC não jogou bulhufas agora, entregar os jogos, eu não acredito. Inclusive fomos assaltados diante do Criciúma pela belíssima Katiucha (é assim que se escreve???). Queremos esquecer esse ano… Que m….
          Em tempo: O caso Sandro Hiroshi: teve um cidadão ai em cima que falou que o SPFC que virou a mesa nesse caso: Acompanhei bem de perto na época: O julgamento no STJD foi igualzinho ao da Portuguesa. Os caras já entraram com os votos decididos. O SPFC sapecou 6 a 1 no Botafogo, depois o STJD tirou os pontos do SPFC pq o Hiroshi tinha adulterado a data de nescimento. Afinal, era SUB 17 o campeonato???? O Botafogo não caiu e o SPFC caiu de 3.o para 6.o lugar. E época de mata-mata, fomos em desvantagem…. Eita CBF e STJD… Querido, vc está mal informado. Quem virou a mesa foi o Botafogo e o FluminenC, se aproveitou disso….
          Tinha um carinho pelo Flu por ser tricolor como o SPFC e por ter nos dado o Telê, mas depois dessa…. Que vergonha! Eu teria se torcesse pelo Flu…. Feliz Natal e um ano novo sem STJD, assim esperemos….

          • janca

            Claro que o São Paulo não virou a mesa no caso Sandro Hiroshi. E em campo meteu seis. Já no tribunal… E espero também que 2014 seja melhor para o São Paulo do que 2013. Mas pelo menos não precisou de tapetão para se manter na Série A. E se tivesse caído disputaria a B e subiria em campo. Boas festas e um ótimo 2014 pra você, Janca

        • Fabio

          O caso Sandro Hiroshi foi em 99-2000, não em 96. O SPFC ganhou de 6 a 1 do Botafogo e perdeu os pontos pq o Hiroshi alterou a data de nascimento. Eu não sabia que era Sub-17 o Brasileirão… Como se os outros times também não tivessem “gatos” em seus times…. ou seja, a virada foi do STJD e dos cariocas que fazem birrinha e não querem cair pra Segundona: “mamãe, não quero jogar na segundona! Compra a Primeirona pra mim de novo, senão o neném vai chorar” …. buááááá’……

          • janca

            Aquele caso Sandro Hiroshi foi um escândalo. Se isso não foi virada de mesa, não sei o que é virada de mesa.

        • Nivaldo Pereira

          Balela de quem escreve para tentar induzir aqueles que ele acha pode induzir mas que não torcem pelo Fluminense, relembrar fatos para tentar encobrir suas estratégias armadas.
          A história está escrita mais um vez no futebol brasileiro em página negra chamada Fluminense, o torcedor é sempre a vítima e o torcedor do Fluminense também o é, aquele que honra seu caráter deve sentir vergonha de ser Fluminense nesta situação de mudanças de resultados.
          As regras estão aí para serem cumpridas ninguém está questionando, o problema é que se trata de Fluminense, useiro e vezeiro em armações no futebol brasileiro descumpridor de regras
          O torcedor já sabe que se trata de Fluminense por isso todos vê com olhos de desconfiança esta escalação irregular de um jogador da Portuguesa, o torcedor brasileiro sabe que o FLU já baixou 3 vezes Séries B, C e B e não disputou o rebaixamento exatamente assim como hoje, o Flu voltou para Série A pela janela e isto por sí só basta para o torcedor reconhecer isto sim não ser de DIREITO e sim mais um FATO na história negra deste clube que se diz nobre, mas que tem a nobreza e respeitar o torcedor em cumprir regras e regulamentos.
          Aqui é Brasil e no máximo o que vai acontecer é o torcedor de Fluminense servir de chacota para todos os adversários durante o Estadual, durante a Copa do Brasil e principalmente no Brasileiro

      • TUDO PASSA , ATÉ A DÍVIDA DA SÉRIE B PASSA .

      • Mauricio Jacob

        Janca,
        Como o Fluminense virou estas mesas anteriores e esta de 2013? Ele não entrou na justiça em nenhuma delas, sim, se aproveitou da viradas dos outros. O grande beneficiado com a “burrice” lusitana foi o Flamengo, que cometeu a mesma “burrice”. Querem rebaixar o Fluminense, que rebaixem antes a Lusa e o Flamengo. É uma ótima hora para tersmos um brasileiro com 18 times.

        • janca

          Se rebaixassem Lusa e Flamengo e o Brasileiro passasse a ter 18 times, o Fluminense, que caiu em campo, também teria que ir para a Série B. Subiriam quatro e cairiam seis da Série A: Náutico, Ponte, Vasco, Fluminense, Lusa e Flamengo. Agora duvido, inclusive pelo histórico, que o Fluminense aceitasse disputar a Segunda Divisão em campo.

          • Luiz

            O Flu não aceitaria? O Flu jogou a série C!!! Não é possível que um jornalista bem conceituado fale um troço desses! EU DUVIDO QUE O FLAMENGO JOGASSE A SÉRIE B, ISSO SIM! Será que é tão difícil perceber que em 10 anos tivemos um caso desses e na última rodada do brasileirão tivemos dois jogadores irregulares? Não é possível, como não enxergar o óbvio? Vcs estão tratando o Flamengo como parte não interessada e se a Portuguesa não caísse quem cairia seria o Flamengo! Difícil entender isso?

          • janca

            Se o Flamengo ficasse entre os quatro últimos, claro que disputaria a Série B. Como disputaram Corinthians (atual campeão do mundo), Atlético-MG (atual campeão da Libertadores), Grêmio, Botafogo, Vasco, Palmeiras (duas vezes)… E subiram da B para a Série A no campo. Acho digno. Não precisaram de tapetão.

          • Cleber Gomes

            Nunca vi o Fluminense passar recibo de otário , então pela lógica ,sua dúvida realmente faz sentido. Eu vou é abrir uma champanhe aqui para comemorar o 15o Lugar.

          • janca

            Pode abrir champanhe, como já houve dirigente fazendo em ocasião parecida nos anos 90, lembra?

          • Thiago

            janca (no diminutivo mesmo) você é um otário querendo ridicularizar o FLUMINENSE.
            Vai procurar outra profissão, mas vê se nessa outra aprenda alguma coisa e exerça com um pouco de ética e imparcialidade. Diquinha: muda de cod-nome pq janca é ridículo. Na verdade combina com o “profissional” que é.

    • Alex

      Um advogado filho de advogado estava calmamente tomando chopp num quiosque na Lagoa, quando resolve conferir como está o jogo da entrega das faixas.

      – Ué ! Aquele lá é o “Marcio Santos” ??? Os caras ficaram loucos ? Eu disse que ele estava impedido de jogar !

      Segundo depois:

      – Presidente, desculpa te ligar no meio do jogo. Mas deu uma cagada fenomenal !! O Marcio Santos não pode estar em campo !

      – Liga não, garoto ! A gente recorre segunda-feira…

      – Presidente, o senhor não está entendendo, VAI DAR MERDA !!

      – Ô garoto, tu não é advogado ? Inventa uma solução !

      No dia seguinte, de manhã cedinho, ele liga pro Presidente:

      – Ô Presidente, só vejo uma saída. Sexta eu estava no tribunal acompanhando a causa do “Marcio Santos”. Reparei que teve um rapaz da Portuguesa que também foi suspenso. Se ele entrasse em campo, limpava a nossa barra !

      – É só isso ? Tem certeza ? Então deixa comigo !

      – vou resolver agora …

      – tchau …

      NOVA LIGAÇÃO: ENTRE BANDEIRA E LUPA.

      – Alô, alooou!!!

      – Fala, rapaz. Tá ofegante, o que houve?

      – Cara, fizemos merda aqui.

      – Que merda?

      – Fizemos merda, pode quebrar uma pra mim?

      – Depende. O que tá pegando?

      – Não posso falar muito, mas você precisa me ajudar

      – A troco de que?

      – O que você quiser, bicho. Bufunfa, apoio político…

      – Huuummm…diga lá.

      – Mas é o seguinte você vai ser dar mal por um lado…

      – Pô, como é? Peralá!

      – Calma, calma. Depois vocês revertem isso aí. Quer a contrapartida ou não?

      – É boa?

      – Claro! Acha que tá falando com quem?

      – Certo. Mas alguém vai assumir essa bronca

      – Ah, você sabe quem…

      – Isso vai dar merda…

      – Vai. Pra eles. Já são queimados mesmo…

      – Depois conversamos melhor então, tô meio tonto com isso tudo

      – Fica tranquilo, 2015 é logo ali.

      – Tá ok.

      – Abraços

      – Outros

      Tu tu tu…

      Para quem não entendeu: a mulambada liga para a Lusa assumir a

      série b no lugar deles, queimando mais ainda a fita do Flu. É uma

      tese que vem tomando corpo. Alguém acha que o framengo tentou

      realmente defender a Lusa? queriam era ter certeza de que ele

      perderia… e de tabela, jogar mais lama no Flu, que alguém investigue

      isso, pois é bem possível.

      • James Leal Borges

        De teoria em teoria da conspiração este campeonato acabará sendo invalidado, agora acho fantástica esta ficção absurda, o Flamengo teria tanto poder para conseguir que a Portuguesa escalasse um jogador irregular para ser rebaixada no lugar do Rubro-Negro da Gávea? E a alegria dos paulistas em ver o clube de maior torcida do Brasil disputando a série B? Partindo destas análises incoerentes poderemos também concluir que o Fluminense arquitetou junto com a Portuguesa uma armação para ser rebaixada em seu lugar em troca de auxílio financeiro da Unimed. Não existem santos no futebol, se analisarmos todas as rodadas do campeonato descobriremos mais irregularidades na escalação de jogadores.

      • Juca

        Quanta imaginação, não frufru?! Você sabe quem entrou com o recurso no STJD? Foi a CBF!!! Você sabia que desde junho/2013 a UNIMED tem contrato com a CBF?!! Não sabia?? Tadinha!!!

      • Smith

        ótima istorinha, para o Chavez e a turma da Mónica!!!
        Sem qualquer conexão com a realidade da vida…

    • Nivaldo Pereira

      Primeiro devo dizer, afirmar e reafirmar para quem gosta e entende de futebol que torcedor de futebol de verdade não discute STJD, discute bom futebol, discute gol bonito, discute vitórias e até derrotas do seu clube, mas dentro de campo.
      É até possível que eu seja tão burro, que o fluzinho time que se diz nobre sem nobreza alguma até tenha se aproveitado da minha burrice, mas que talvez não deva ser tanta assim ao ponto de escrever com muita clareza que o Fluminense cravou mais uma vez uma página negra na história do futebol brasileiro.
      Voces(fluminense) já servem de chacota para todos os torcedores brasileiros, para imprensa mundial e diria mais se vocês se consideram assim tão inteligentes vem discutir a história do futebol brasileiro desde a origem do seu timinho até a vergonha dos Tribunais em 16/12/2013, isto sim é FATO, são FATOS e contra fatos não há argumentos.
      Não vou discutir regulamento nem muito menos defender Portuguesa, se existe o tal regulamento é para ser cumprido, a questão é Fluminense e Portuguesa na reta final de um campeonato que ninguém poderia errar extra-campo e justamente a Lusa errou em benefício do Fluminense, mas das vezes anteriores não houve Lusa e o Fluminense descumpriu o regulamento e pulou direto da Série C para Série A. Isto é o que? benefício da CBF?
      O Fluminense é de DIREITO pelo único critério aceito pelo torcedor de verdade que é futebol dentro de campo, o Fluminense é sim de DIREITO time de segunda divisão e ponto final.
      Como o regulamento não prevê cruzamento de times de Série A com times de Série B acho que o BOM SENSO FUTEBOL CLUBE deveria lançar um movimento para que os 19 clubes não joguem contra o Fluminense em 2014, assim voces não seriam novamente e pela 4ª vez rebaixados, além de conquistar de lambuja 54 pontos em W.O.
      Vamos validar o W.O como resultado oficial para jogos contra o fluzinho, a vergonha do futebol brasileiro, vamos envergonhá-lo de vez junto a todos os torcedores.
      Como disse acima o resto é balela de quem seu diz entendedor de nada para esclarecer nada e tentar enganar todos, claro os que não são verdadeiros torcedores de futebol.
      Nivaldo Pereira – Salvador-BA

    • GEGE

      O QUE EU ACHO EM TODOS ESSES ACONTECIMENTOS ENVOLVENDO O MENGÃO ,FLU E PORTUGUESA,É QUE TODOS NOS JÁ CONHECEMOS A CULTURA DO FLU.DESDE OS PRIMORDIOS SEM FEZ USO DESTE RECURSO,SEMPRE BENEFICADO POR ARBITRAGENS OS CASOS MAIS RECENTE FOI AS DUAS DECISÕES COM O BANGU.NA 1ª O JUIZ QUE É TORCEDOR DESTE DEIXOU DE MARCAR UM PENALTI CONTRA, ALEGANDO QUE O JOGO JÁ TINHA TERMINADO O QUE CONFIGUROU PARA MIM MÁ FÉ.A 2ª FOI QUANDO O GOLEIRO DO BANGU EM JOGADA NORMAL FEZ O GOL DO TITULO ,MAS O JUIZ VERGONHOSAMENTE MARCOU FALTA DESTE E OUTROS CASOS QUE É PERDA DE TEMPO COMENTAR.MAS FICA AQUI REGISTRADO A MINHA PROCUPAÇÃO COM ESTE DEPARTAMENTO DE FUTEBOL DO FLAMENGO,PRINCIPALMENTE DO PELAIPE QUE SE MOSTROU AUSENTE E IMCOMPETENTE.O DIRETOR TEM QUE ESTAR CIENTE E ACOMPANHAR O JULGAMENTO DO ATLETA OU PROCURAR SE IMFORMAR SE O ATLETA FOI ABSOLVIDO OU CONDENADO,NO CASO QUANTOS JOGOS PEGOU DE SUSPENSÃO.

  • Valdir P.Ferreira

    Claro que quase todo torcedor, ficou comovido com a situação da portuguesa, jogadores se empenharam e escaparam do rebaixamento. Veio esse rolo e eu estava torcendo para que o STJD desse um fim razoável, justo com os jogadores. Agora passado a comoção, acho que a portuguesa não terá peito para acionar a Justiça Comum pois, assim como não soube se defender diante do STJD não terá argumento diante da Justiça Comum, o erro deles foi primário, foi crasso e até duvidoso que isso possa ocorrer num time de futebol, nem num time de várzea acontece isso, ter um atleta sendo julgado e ninguém procurar saber o resultado e pior relacionar e colocar o jogador em campo, isso não tem explicação! A não ser $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

    • janca

      Mas torcedores/consumidores podem acionar a Justiça comum, inclusive porque há jurisprudência para os dois lados. Contra e a favor da Portuguesa.

      • Bruno Moreira

        Então vou entrar na Justiça comum, alegando que na final da Libertadores meu Flu fez mais gols fora que a LDU, e a regra de gols fora como desempate é aceita em todo lugar, que a Conmebol é “o capeta” por “ousar” mudar a regra na final.
        So que o Flu conhecia a regra do campeonato…
        A regra é pesada? Sim, mas deve ser cumprida.
        Tem alguém insatisfeito? Reunam para mudar para o futuro.

        • janca

          É o que os torcedores do Vasco alegam, que pela regra o jogo contra o Atlético-PR não poderia ter ficado parado mais de uma hora e depois reiniciado. Que o regulamento foi quebrado aí. E se você quiser entrar na Justiça comum, tem todo o direito. Agora ganhar a causa são outros 500…

  • Tarcísio Rezende

    João, os times podem ser punidos por entrarem na Justiça Comum, os torcedores não !
    Esse é o caminho, chega de palhaçada !
    Chegou a hora de se enfrentar a FIFA, CBF, STJD e Federações estaduais.
    Abraços, Tarcísio Rezende.

    • janca

      Também acho que é o caminho. E foi bom o STJD voltar às manchetes para não nos esquecermos de como ele funciona (ou não funciona). Abraços, João

    • t.

      o sport entrou na justiça comum para pleitear o título brasileiro de 1987 e nunca foi punido pela cbf. ou estou enganado?

      tal punição por entrarem na justiça comum nem sempre interessa à cbf etc.

  • Bruno MD

    O que aconteceu ontem no tribunal em parte é culpa dos proprios clubes que se submetem a isso. Os times, principalmente de SP, deveriam se juntar na luta contra o tapetao e abandonar essa merda de campeonato onde os resultados sao definidos de acordo com a vontade de algum engravatado. Em que país a pessoa que condena ja chega com seu voto pronto? Pq simplesmente nao anunciaram o resultado e economizaram o tempo de tanta gente? Esses imbecis que dizem zelar pela justiça deveriam ser banidos do esporte, deveriam perder o direito de julgar qualquer coisa.
    Ja vi meu time, Palmeiras, na serie B duas vezes em 10 anos e é vergonhoso o que aconteceu ontem é chamar milhoes de torcedores de idiotas. Nao deveria ter comprado ingresso e virado socio torcedor, deveria arrumar um advogado e salvar o vexame no tribunal. Enquanto ladroes comandarem times, federações, CBF e tibunais veremos mais vezes essa desgraça para o futebol.

    • janca

      Todos nós já sabíamos qual seria o resultado desde que o caso estouro. E gol de advogado vale mais do que gol de jogador, Bruno. Assim caminha nosso futebol…

    • Draccosta

      Meus caros, esta discussão do Relator já ter chegado com o voto pronto é uma das coisas mais interessantes que eu já vi. Sou advogado há 10 anos e nunca vi um relator de um recurso chegar na sessão sem o voto pronto, percebam não estou dizendo que é o correto, nem muito menos como acredito ser o ideal, só estou dizendo que é isso que acontece todo dia nos Tribunais de todas as Instâncias do Brasil, repito, todas. O STF tem voto de 1000 folhas, alguém acredita que foi feito na hora. Claro que não! Como advogado acredito que todos os votos deveriam ser dados/feitos na sessão depois da fala do patrono, mas reconheço que isto geraria um problema sério de tempo, ainda que fosse o ideal. Com relação ao julgamento em si, não há o que se falar sobre a postura deles, seguiram a postura arcaica e isolada do Direito Brasileiro, ou seja, forma legalistas e abandonaram por completo a interpretação dos princípios legais, esta é a nossa cultura jurídica, atrasada, muito atrasada, porém esta é a realidade dos Tribunais brasileiros. Claro, tem que se discutir também a forma de interpretação da legislação, pura e simples, ainda que sem os princípios, mas aí é uma discussão gigante para pouco espaço… O que me surpreende é a fala de alguns especialistas em Direito Esportivo, parece que nunca frequentaram nenhum Tribunal diferente daquele ou nunca assistiram um julgamento no STF, STJ?!

      • Smith

        Claro que o Relator já chegou com o voto decidido! Ele é o encarregado de estudar o caso e pedir a punição ou absolvição. O que me estranha, são os outros auditores, estes sim tinham que tentar ouvir ambas as partes e debater os pontos dúbios e obscuros.
        Mas no julgamento do Flamengo, apesar de toda as informações coerentes, com esclarecimento até do Responsável pela criação dos Regulamentos da FIFA, e mesmo assim eles se mantiveram com o Relator, sem questionar, sem pedir esclarecimentos, numa CLARA demonstração de os Votos já tinham sido decididos, antes de entrarem no plenário!!!

    • vitor

      http://m.terra.com.br/noticia?n=a819e6dd5d5fa310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD

      Seu Palmeiras tentou, mas nao conseguiu… Lembra de um gol do Barcos q foi dado e depois anulado em 2012? contra o Inter? Fato eh q todos que vejam seu direito ser ferido, devem sim defende-los. E o farão. Qualquer time faria. Varios jah fizeram. Tentam colar essa pecha de tapetao ao FLU por conveniencia…
      Gremio jah foi beneficiado por canetada na decada de 90. Corinthians e CAP armaram resultados com Ivens Mendes em 1996, anulando o rebaixamento reste ano e favorecendo Flu. Botinha em 99, caso Sandro Hiroshi, que originou a Joao Havelange… Nao ha santos no futebol. Acorde, Alice! 🙂

  • Marcos Paulo

    Sou contra que o Flamengo integre qualquer tipo de competição em paralelo, pois foi justamente uma delas em que todos os clube aceitaram um regulamento, que o mesmo foi garfado, pois o Clube do Treze aceitou ao final da competição, quando restavam apenas as partidas finais entre Flamengo e Internacional, a realização bizarra de um quadrangular final entre clube da segunda divisão.
    No fim das contas o Flamengo foi campeão em 1987, e somente o Sport e a Justiça Pernambucana afirmava o contrário.
    Daí passados 20 anos o assunto volta apenas para tentar apagar da história que o Flamengo é o campeão no campo e o Sport no tapetão.
    Então o Flamengo em respeito a sua história não deve aceitar competições paralelas até que a justiça seja feita, pois para que diz que a CBF ajuda o Flamengo parece-me estranho que um clube ‘ajudado’ perca pontos e um título conquistados em campo.
    Com relação ao FluminenC, não me importo com o que ocorra, pois já sofreram uma condenação moral no Brasil e até no exterior como divulgados no Portal Olé, na imprensa italiana.
    Tirando a Unimed que criou um plano de saúde para sustentar o falido clube, quem vai querer associar sua imagem a um clube que não pratica o Fair Play?
    É minha opinião, e se você é tricolor e não gostou, problema seu, vá comemorar, não precisa sentir vergonha.

    • Gostei das suas ponderações, a CBF nunca ajudou o Flamengo e só reconheceu o título de 1987 depois de ter distribuído vários títulos de Campeão brasileiro a clubes por uma competição anterior a 1971. Digo mais na área da advocacia no RIO de janeiro as famílias tradicionais são em grande número torcedores do Fluminense que é um clube aristocrático, e muitos destes advogados trabalham para o supremo e para CBF, dai a facilidade em que o Fluminense consegue seus resultados.

      • Smith

        Ben Hur, essa palhaçada de que o Fluminense é um clube Aristocrático, foi até a década de 1940 e 1950. Com a popularização do Futebol, a partir das décadas de 60 e 70, isso mudou radicalmente. Tem torcedor do Fla, Bota, Flu e Vasco em TODAS as camadas da sociedade, sem falar que no Rio, as favelas ficam ao lado do pessoal do “asfalto”, muito próximo. Não esqueça também que em TODAS as pesquisas feitas pro classe social (A, B, C, D e E) o Fla foi líder absoluto…
        O Atual presidente da FFERJ, tem sua filha como Advogada do VAsco, e é um discípulo de Eurico Miranda. Seu antecessor, conhecido como “caixa-d’água”, era parceiro, padrinho e sócio do nefasto Eurico Miranda.
        Então essa estorinha de o Flu é time de rico, e que o Fla é ajudado pela CBF e a FFERJ só joga pro Vasco, é uma das maiores mentiras que correm por aí!!!

    • Xeque

      Os flamenguistas tem que parar de choramingar sobre o campeonato de 1987, a CBF estabeleceu o cruzamento entre os campeões e vices dos módulos desde o início, Flamengo e Inter que bateram o pé e recusaram jogar as finais contra Sport e Guarani. O Fluminense fez valer os direitos e conseguiu se manter na Série A, coisa que o Dinamite não usou quando deveria tirar o time de campo quando estourou os 60 minutos de paralisação em Joinville, e bobeira grotesca da diretoria da Portuguesa em não acompanhar o processo junto ao STJD do próprio atleta, isso não é cabível a um clube que tem torcedores, investidores e uma história para zelar.

      • Renato

        O que parece que vc não entendeu é que a CBF não organizou o Brasileiro de 87. Então ela iria estabelecer o quê ???? Flamengo e Inter cumpriram o previamente acordado pelo Clube dos 13, organizador do campeonato. Pq Inter não jogaria contra o Guarani, já que teria uma “segunda chance” de ser campeão ???

        • Antonio

          Organizou SIM e o Clube dos 13 aceitou e concordou quando soube que tinha patrocínio da Coca – Cola.

      • Rafael

        Mas a Liga nasceu pra não seguir a CBF, aí é o X da questão. Não é Choro, é coerência. Você vai disputar um campeonato paralelo ao teu pra concorrer o título principal? NÃO! Aí a CBF (que não organizou o campeonato) surgiu com um confronto entre o módulo que ela administrava (Amarelo) e o módulo que a liga do Clube dos 13 administrava (Verde). Então a Copa União foi justamente isso. A João Havelange por outro lado teve que se certificar de que a CBF não entrasse no meio. E Além do mais o Sport não Venceu o Guarani na final do Módulo Amarelo e não poderia enfrentar o Internacional pelo quadrangular Final, e nem o Flamengo o Guarani. Oras? Você campeão vai enfrentar o vice de novo pra ver se o campeão continua campeão? Imagine a Bizarrice que seria? Inter vice-campeão e campeão? Ou Guarani sendo o Campeão ou pelo menos ele próprio tentar reivindicar o Vice Campeonato de 1987 (O QUE NÃO OCORREU).

        De fato é por essas entrelinhas e malandragens que o nosso futebol está ultrapassado e a Europa Cheia de Ligas lucrativas e boas de se ver.

      • Smith

        quando a CBF equiparou as copas anteriores de 1971 com o Camp. Brasileiro, também reconheceu o Fla como campeão de 87! O Sport que, novamente, foi à justiça comum (leia-se de Pernambuco) pra reclamar… O que não entendo é o silêncio da FIFA em punir o Sport!!!

    • janca

      Por isso que digo que uma liga administrada pelos clubes também é complicada, porque eles são desunidos, cada um pensa no interesse próprio, vide o que aconteceu em 1987. Mas não deixa de ser interessante ver CBF e STJD tão contestados, com a credibilidade lá embaixo, inclusive com repercussão no exterior. Em relação ao Fluminense, infelizmente está ficando com a imagem que o Vasco tinha nos tempos do Eurico Miranda. E que tem muita força nos bastidores temos que reconhecer que tem.

      • Thiago

        Prezado Janca,

        Sem tomar parte de time algum, uma vez que meu time sequer está envolvido com esta polêmica toda, gostaria de ponderar algumas coisas.
        A primeira delas diz respeito ao seguinte: se existe uma determinada legislação, e o cidadão deixa de cumpri-lá, qual o resultado? Em regra, ele será punido de acordo com os preceitos da legalidade, da ampla defesa, do contraditório, entre outros. É cristalino, que tal raciocínio deva ser aplicado também aos clubes de futebol.
        O que ocorreu com a Portuguesa e o Flamengo foi algo estranho, pois não se pode olvidar que times de futebol de tamanha grandeza, acabem por praticar atitudes tão grotescas. Claro, que a punição dada a Portuguesa é de um tanto dolorosa para os amantes do futebol.
        Aproveitando esta citação, adentro a segunda ponderação, qual seja: por que é que ninguém no meio futebolístico se comoveu, com a situação de outros clubes anteriormente punidos? Menciono aqui o caso do time de minha cidade natal, o Goytacaz. Esse clube estava liderando o segundo turno do campeonato carioca da segunda divisão, com classificação garantida a fase final, e também ao triangular decisivo, quando foi punido em todas as instâncias da justiça desportiva, permanecendo, assim, mais um ano sem chegar a elite, amargurando, deste modo, um total que já passa dos 20 anos. Trata-se de um clube que tem, segundo muitos, a 5ª maior torcida do estado do Rio de Janeiro.
        A opinião pública moveu céus e terra para colocar a Portuguesa como vítima de uma história, da qual foi a completa culpada, já que o modos operandi do STJD é antigo e todos os advogados tem plena ciência do mesmo, inclusive àquele que a representou. A forma como trata o seu departamento jurídico, a forma como conduziu este caso, isso sim foi temerário.
        Por fim, a terceira ponderação que faço é: onde se encontra o erro de quem pleiteia em juízo, algo que pode lhe beneficiar? Em outras palavras, qual o pecado de um clube que tenta apenas fazer o direito lhe favorecer?
        Devemos pensar, ter em mente, que o futebol envolve também regras, e regras, como toda nossa sociedade conhece, devem ser cumpridas. Claro, que existem muitos casos de descumprimento, porém, nem mesmo isso retira a legitimidade de quem busca no direito o socorro às suas pretensões.
        É uma pena o campeonato chegar nesse ponto? É óbvio que sim. Mas se existem leis, que ao menos sejam elas cumpridas, pois o que já é ruim, pode piorar sem o respeito a elas.

        Grande abraço, e parabéns pelo seu empenho e imparcialidade jornalística.

        • janca

          A CBF não permite que clubes entrem na Justiça comum, devem se defender apenas na esfera desportiva. Mas um boom de ações está sendo preparada por torcedores da Portuguesa (e do Vasco, também, por conta da selvageria em Joinville) e pode melar o campeonato. Que ainda não terminou. Dia 27 o pleno do STJD vai analisar o caso _claro que dará razão ao Fluminense_, mas na Justiça comum a história deve ser diferente. Portanto muita água ainda vai rolar.

      • Riccardo

        Janca
        João Carlos Assumpção é jornalista e escritor, cobriu cinco Copas do Mundo e três Olimpíadas in loco, colunista do L!, é autor de três livros de futebol, entre eles o infanto-juvenil “A Melhor Seleção do Mundo”, com Eugenio Goussinsky e Gustavo Rosa. Codiretor do documentário “Sobre Futebol e Barreiras”, foi comentarista e chefe de redação e reportagem do Sportv em SP e repórter da Folha de S.Paulo, tendo sido correspondente do jornal em NY em 1997.

        Até o momento não li nada sobre a sua formação em DIREITO. Me perdoe, mas de leigos falando besteiras contra o Fluminense e o STJD, estamos fartos. Imagine se a portuguesa não fosse punida conforme as regras, 2014 seria um caos.

        O Presidente da Portuguesa Sr Manuel da Lupa, falou tanta coisa através da imprensa, tentando (assim como você) inflamar a opinião pública contra o Fluminense. Mas perante ao Juiz não conseguiu um tese sequer para se defender. Hoje em dia não existe mais essa de “bode expiatório”, nem a crucificação de um Clube, através da imprensa. Pois vivemos numa era da informação, só não enxerga quem não quer enxergar. Temos todos os dispositivos para poder ouvir aquela pequena parte de jornalistas gabaritados e coerentes. Sensacionalistas já temos aos montes.

        Obrigado pelo espaço para poder expor minha humilde opinião, claro fazendo críticas ao seu trabalho e de tantos outros jornalistas, porém respeitosamente, é das críticas que surgem os maiores.

        Att.: Riccardo SC

        ST.

        • janca

          Não sou advogado, mas não é por isso que não possa exprimir minha opinião sobre futebol, CBF, STJD, julgamentos do STF… Ou você acha que para discutir política só quem é formado em ciência política? Para falar do julgamento do mensalão, só quem se formou em direito? Aí já é demais. Querer coibir o direito de expressão é brincadeira. Coisa da ditadura. A mesma ditadura defendida por José Maria Marin. E você não me mandou seu currículo, embora não precise. Tem todo o direito de se expressar, tanto que está aí seu comentário.

          • Riccardo

            Concordo plenamente com você, realmente para expressar opinião não é preciso ter diploma, não sei se me expressei errado, mas eu quis dizer sobre teses levantadas pela imprensa, a falta de informação e os usuais ataques ao Flu são predominante.
            Porém Janca, eu não expressei minha opinião sobre o julgamento, expressei minha opinião justamente sobre a falta de informação e incoerências. o jornal fala e vira verdade ,é impressionante.

            Mas faz sentido o jornal agir com sensacionalismo, ex: um torcedor do Flamengo acorda e vê que o Flu não foi rebaixado por erro da portuguesa, ele sabe a verdade, porém ele não se sentiria bem admitindo pra si mesmo isso. aí ele fala pra si mesmo -“tem alguma coisa errada, não pode ser.” aí vai trabalhar e passa na banca de jornal, e lê, “FLUMINENSE É TRI”, TAPETÃO, STJD REBAIXA A PORTUGUESA E LIVRA O FLU” “FLUMINENSE GANHA NOS TRIBUNAIS E SE SALVA MAIS UMA VEZ” “PORTUGUESA PAGA O PREÇO DE UMA PEQUENA IRREGULARIDADE E TORCIDA DO FLU FAZ A FESTA”. Ele, muito Feliz, compra o jornal e diz pra si mesmo -“Sabia, o fluminense virou a mesa de novo, time medíocre, ridículo, imoral e etc.” É assim que funciona amigo JANCA, para minha tristeza.

            Me perdoe tomar seu tempo, mas julgo (assim como você) debates esportivos muito legais.

          • janca

            Não está tomando meu tempo, não, é que hoje está um dia corrido pacas, mas costumo ler todos os comentários e dentro do possível respondê-los. Também gosto de debates esportivos. Abs. Janca

    • O Fluminense sofreu uma condenação imoral, da rebaixada imprensa Brasileira(especialmente a Paulista ). !!!

      Na copa das confederações o povo protestou pedindo justiça e legalidade,agora que a justiça
      foi cumprida acontece esse carnaval de hipocresias.

      A propósito Janca como anda o processo do seu pai, o famoso caso pau Brasil, soube que ele
      foi processado a pagar uma multa e pegou 2 anos e noves meses, contra ordem tibutária.

      Hipocresia, nunca vi tanta hipocresia, até o paladino da lusa tem lá o seu problema com a justiça.

      Fico imaginando os padeiros preparando a massa do pão com a mesa virada, ainda bem que a
      justiça feita. !!!

      ST 4

  • E.S.

    A primeira coisa que, como consumidor, posso fazer é deixar de acompanhar esse campeonato (mal) organizado e manipulado pela CBF. Acabei de cancelar a assinatura do pacote do Brasileirão na minha TV a cabo. Torcer? Pra que, se um tribunal vem e muda o resultado depois contrariando todo o bom senso?

    • janca

      E põe mal organizado nisso.

  • Mario

    de que adianta a CBF e o STJD estarem em xeque , todo mundo sabe que eles viram o tabuleiro a hora que quiserem.

    imagino um tecnico de informatica explicando para o Mum-ha/marin como funcionaria um o site p/publicar as informações da CBF e o Mum-ha/Marin respondendo que o Doi codi é contra isso então não pode kkkkkkkkkkkkkkk

    nossos cartolas não estão prontos e nunca estarão para montar uma liga , mas isso não é motivo para não montarem uma liga , tem que montar a liga e ver o que acontece , tem que jogar essa batata quente para os clubes e seus cartolas assumirem a responsabilidade das coisas darem certo ou errado sem a CBF ser escudo para seus erros , tem ser no vai ou racha.

    já não estou nem um pouco animado para assistir futebol e se vier outra copa João Havellange vou tirar ferias do futebol por um tempo.

    • janca

      Talvez para o Marin o Brasil ainda esteja nos tempos da ditadura. Mas será que não está?

      • Mario

        o Brasil não esta no tempo da ditadura , mas as pessoas precisam ser mais atuantes p/esses feudos herdados da ditadura acabem.

        • janca

          Tem razão. Precisam mesmo.

    • Mauricio

      O Marin já devolveu a medalha do goleiro Mateus do Corinthians roubada por ele na premiação da Copa Copa São Paulo? Este é o presidente da CBF.

  • Walter

    BRASIL, mostre sua cara ….. já dizia o poeta errante Cazuza.
    Não há dúvida que este país vive uma crise de moralidade sem fim e em todos os setores. Mas aqui o assunto e futebol.
    Vamos começar pelos atletas que simulam faltas, chutam a bola para fora e levantam a mão pleiteando a devolução da bola e fingem contusões, principalmente no fim das partidas.
    Nos tribunais desportivos não há profissionais isentos e independentes; todos que estão lá, são filhos de ex-integrante do tribunal, como e o caso do Sveiter que nunca Advogou na vida ou por ligado a dirigentes de clubes, federações ou confederações. Por isso vemos decisões contraditórias ou cartesianas, pois julgam para agradar esse ou aquele padrinho. Eu DUVIDO se a Portuguesa não tivesse escalado um jogador “suspenso”, se o tribunal puniria o Flamengo. Só puniram porque a pena é ABSOLUTAMENTE INÓCUA, 11o ou 16o não faz diferença alguma.
    Por final falo das Federações e Confederações, verdadeiros antros onde reina a corrupção. Exemplo maior disso e a administração de Ricardo Teixeira que ora encontra-se “morando” em Andorra exatamente porque aquele País não possui acordo de extradição com o Brasil. Porque será? Entre os 20 estádios mais caros do mundo existem 10 que foram ou estão sendo construídos para a copa do mundo. O próximo rombo será a olimpíada de 2016, que tem a frente o Sr. Nuzman. Esperem para ver, mais posso adiantar, sem ninguém ter dito ainda, que os custos dessa olimpíada serão maiores que os das últimas duas olimpíadas somados. Tudo isso só acontece porque vivemos no pais da IMPUNIDADE onde nem criminosos condenados ficam presos.

    • janca

      Laços de amizade ou parentesco pelo jeito valem mais do que a famosa meritocracia no tribunal. Mas infelizmente não é só lá…

  • Nilson

    Corte internacional? Podem tentar a té na corte intergaláctica que lá, as regras também são cumpridas.

    • janca

      Também acho. E o Fluminense não disputa a Série B nem amarrado. Vai ficar na A. Mas que o caso pode ir adiante na Justiça comum, pode. Não nas mãos da incompetente diretoria da Lusa _e ponha incompetência nisso_, mas na de torcedores/consumidores que podem dar dor de cabeça à CBF, ainda mais em ano de Copa do Mundo no Brasil. Se a CBF não consegue organizar direito o próprio campeonato, imagine a Copa. Lembrando que o presidente do comitê organizador é o mesmo que dirige a confederação, aquele mesmo da medalha na Copa São Paulo.

  • Marcos

    O mais engraçado é o pessoal dizer que não pode ser a letra fria da lei. Tem que considerar contexto. Pois bem, acontece o julgamento, as partes apresentam seus argumentos e há o veredicto. E ele é rejeitado, uma vez que o tribunal não decidiu como a Fla Press queria. Brasileiro é assim mesmo. Em um país de infratores, cumprir a lei é simplesmente inconveniente. É o país do “tem que ver caso a caso”.

    • janca

      A discussão não era sobre o que você chama letra fria da lei. Era do regulamento. É que confundem lei com regulamento.

      • Renato

        O regulamento não existe sozinho, faz parte de um sistema jurídico. Um julgamento no apagar das luzes de uma sexta feira em que as partes não tiveram acesso ao voto, apenas ao resultado, sendo que o STJD não funciona final de semana fere os princípios da ampla defesa e do segundo grau de jurisdição. Logo, a interpretação dada pelo Tribunal ao artigo, na qual a pena se iniciava fim de semana é claramente inconstitucional. Gostaria de saber como são escolhidos esses senhores, pois, pelos argumentos do voto do relator, o mesmo não parece ser bacharel em direito.

        • janca

          São escolhidos por amizade, parentesco… O presidente do tribunal, por exemplo, entrou no mesmo quando tinha 19 anos, sabatinado pelo próprio pai e nem havia se formado em direito.

  • robert

    Janca o futebol europeu  tem histórico  da  máfia  da  loteria  com  paolo  rossi  e  sua  juve  mergulhados  na  lama  com  diversos  titulos  italianos  sob  suspeição  nos  anos  80  inclusive até hj…  dono  do  chelsea  um  mafioso  internacional  se  o  futebol  eh sujo assim na  europa… imagina  no  brasil

    • janca

      O futebol europeu tem um histórico enorme de corrupção e manipulação de resultados. Mas lá, especialmente na Itália, já vimos vários casos de clubes tradicionais e grandes sendo punidos. Com perda de pontos e rebaixamento, inclusive. Fora o que aconteceu com os times ingleses por conta dos hooligans. Aqui, nada.

  • Anderson

    Boicote ao FluminenC e ao Campeonato Brasileiro…

    • leonardo

      Boicote!!!!!! Com corinthians e flamengo ganhando mais de 200 milhas cada? rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs…. Quem organiza, marca data e horários de jogos é a tv. Como boicotar a tv? vai deixar de ver a novela? Vc vai boicotar seu clube? Como boicotar o FLUMINENSE? Não vai ver o jogo do FLU? Não precisa ver, eu e mais milhões de tricolores vemos.

  • mário sergio carrara

    A todas essas pessoas que acham que sâo donos da rasâo
    tanto a cbf,a federação paulista o stjd são todos farinha do mesmo saco, eles não tem
    moral, capacidade de se quer aplicar os resultados ganhos com suor dos atletas da luza,e do flamengo.
    Isto È UMA VERGONHA PARA UM PAIS QUE VAI SEDIAR UMA COPA DO MUNDO,
    PARABÉNS,A TODOS VOCÊS PELA ORGANIZAÇÂO DE MAIS UM CAMPEONATO, AONDE OS UNICOS FAVORECIDOS SÂO OS TIMES CARIOCAS.
    TOTAL IMORALIDADE.

  • José

    Com certeza os torcedores irão a justiça comum, no ano da Copa não vai ter Campeonato CBFLU 2014. E muitos já estão cancelando o PFC, pois Globo=CBF=STJD=Fluminense=Unimed. VERGONHA MUNDIAL

  • Fred

    Duvido muito que isso possa acontecer, pois pra isso os clubes teriam que bater de frente com uma entidade que tem muito poder no nosso futebol: a TV.
    Sim, pois quebrar esse formato de organização, de relação e até de cumplicidade com a CBF implicará em abrir mão de verbas generosas para os clubes, como as cotas de transmissão.
    Sabemos as relações (até promiscuas) que a TV (leia-se Globo) tem com a CBF: a organização do calendário, as datas televisivas, os tipos de contrato, etc.
    Os clubes, se se rebelarem e montarem uma liga autonoma, desvinculada ou ao menos insubordinada à CBF, terão que abrir mão de outra parte importante da questão, as verbas relacionadas à TV, à publicidade, etc. o que eu acho difícil acontecer.

  • SHAOLIN

    SERÁ Q TEM EMPRESA OU EMPRESÁRIO Q VAI QUERER PATROCINAR OU ESTAMPAR SUA MARCA NA CAMISA DO CLUBE DO TAPETÃO???? É PREJU NA CERTA.

    • janca

      A Unimed está lá firme e forte. Apesar das divergências com a própria diretoria do clube em relação à gestão do departamento de futebol.

      • SHAOLIN

        Esse patrocinio não vai durar muito, depois dessa. O Vasco ja perdeu um patrocinador.

        • Guilherme Oliveira

          Enquanto o Celso Barros estiver mandando na Unimed, difícil não continuar.
          Até porque provavelmente há outros interesses nisso, além do futebol.

          • Smith

            LAvagem de dinheiro, não seria uma dessa possibilidades???

  • Marcelo Lopes

    O Regulamento que foi assinado por todos os clubes já definia a punição para quem escalasse um jogador suspenso. Engraçado que em 2010 quando o Grêmio Prudente perdeu 3 pontos por ter escalado um jogador suspenso não houve essa comoção toda. A Jurisprudência é toda contra a Portuguesa, não existe em julgados definitivos, como dito anteriormente, jurisprudência a favor da Portuguesa, inclusive na FIFA. As seleções da Etiópia, Serra Leoa e mais um outro país foram vencedores no campo e excluídos das eliminatórias da Copa de 2014 por terem esacalado jogador suspenso. É importante que fique claro: Virada de mesa seria ignorar a infração cometida pela Portuguesa. Ética é respeitar a Lei.

    • janca

      Nesse mesmo campeonato o Cruzeiro colocou no banco um jogador irregular e foi apenas multado. O procurador-geral do STJD disse que foi erro do tribunal e que agora lutaria para o time perder pontos. Pontos que não farão falta ao Cruzeiro, diga-se de passagem.

      • Guilherme Oliveira
        • janca

          Pior ainda…

        • Riccardo

          MEU DEUS COMO É BOM QUANDO OS FATOS SÃO JOGADOS NA CARA DE UM JORNALISTA DESINFORMADO!!!!!!!!!!!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      • Bruno Moreira

        Então o errado é o Cruzeiro, amigo Janca. Pq nao aplicaram a pena correta no caso dele.

        Importante lembrar que a pena de perda de pontos estava prevista na regra, nao foi decidida especificamente para beneficiar meu Flu.

        Reformem as regras para o futuro, mas deixar de cumprir as vigentes É ERRADO.

        • janca

          O errado é o Cruzeiro não. Foi o tribunal que julgou o caso aplicando-lhe apenas uma multa.

      • Nilson

        Caceta janca, a federação mineira assumiu o erro e vc ainda não sabe disso?

        • João

          Ué, então se o sestário assumisse o erro a portuguesa se safava?

        • Riccardo

          Amigo Nilson, a falta de informação é um problema sério pra quem informa…

  • Rogerio

    Sou Tricolor e NÃO estou comemorando ABSOLUTAMENTE NADA.

    Alias, só tenho a lamentar todo esse episódio PATÉTICO protagonizado pela LUSA.

    O Fluminense talvez tenha perdido muito mais que a Lusa.

    A Instituição Fluminense nunca foi tão humilhada, atacada, xingada e antes mesmo do julgamento já era culpada por tudo de mal que acontece no futebol brasileiro.

    O ódio pelo Fluminense é latente em praticamente todos os veiculos de mídia esportiva.

    O problema é que criou-se um sentimento “Salvem a Lusa” e “Rebaixem o maléfico Fluminense” e para tal, não importa as regras e suas aplicações.

    Absolutamente tudo que não for de acordo com a linha acima, não irá agradar.

    A regra é CLARA nesses erros básicos. Não há INTERPRETAÇÃO. É a simples aplicação da regra.

    Todos os CLUBES aceitaram a REGRA, todos os clubes RESPEITARAM a regra.

    Mas a LUSA pode quebrar a regra ? Pq ?

    Queremos um futebol com regras …mas até a página 2 …quando interessa salva A para rebaixar B…que se mude a regra.

    Se não gostamos da regra ( me incluo nisso!!!) QUE MUDEM para o proximo BR2014. Todos os clubes assinam e vamos jogar dentro das novas/reformadas regras.

    Essa comoção toda pela aplicação “fria”da regra é muito parecida com a reação do PT quando teve seus cumpadres condenados pelo STF.

    Eles queriam e querem que punição seja menor….acreditam que foi o STF foi injusto e rigoroso demais….que o Ze Dirceu mora na mesma casa….tadinho…não merece.

    Pensem nisso

    • janca

      Caro Rogério, também acho muito triste o que está acontecendo com o Fluminense. Claro que o ataque não é só pelo atual episódio, entra aí o fato de ter um histórico de escapar da Série B e não no campo. Lamentavelmente está com imagem parecida com a que o Vasco tinha quando comandado pelo Eurico Miranda. É triste mesmo. E concordo que não há nada comemorar. Sobre Série B, Atlético-MG e Corinthians, que já a disputaram em campo, não subiram e depois ganharam até Libertadores e Mundial, no caso do time paulista? E Botafogo, Grêmio, Vasco, Palmeiras… Não é vergonha pra ninguém. E fico feliz de ler que você não está comemorando nada, porque acho que não há nada a comemorar mesmo. Esse final de campeonato tem sido muito triste para o futebol brasileiro. Se servir para aumentar a pressão para mudarem a estrutura da CBF e do próprio tribunal, que têm baixíssima credibilidade, será alguma coisa.

      • littodiniz

        Janca, o problema não foi comemorar, foi a união de vários time que não gostaram do tetracampeonato do Fluminense conquistado indiscutivélmente… pricipalmente nosso maior inimigo Flamengo, depois Atlético MG, os Paulistas e não esquecendo da mídia paulista e parte carioca que cobre o Flamengo. Só poderíamos dá o troco dessa forma “comemorando”.

        • janca

          Mas aí é que está. O Flamengo não deveria ser visto como inimigo, apesar de toda a rivalidade, mas como adversário. O mesmo vale para a briguinha ridícula entre paulistas e cariocas. Até por conta disso tudo acho difícil pensar numa liga no curto prazo. Abs.

        • Smith

          Vc está redondamente enganado… Para um torcedor do Flamengo, o que importa é o Fla campeão, se não for, tanto faz quem fique com o título! Não nos diz respeito…
          Pra nós o que importa é o FLAMENGO! Fale por si e pelo seu timeco, e deixe o Mengão em paz…

      • Marcelo Lopes

        Quando o Grêmio Prudente perdeu 3 pontos por ter escalado jogador irregular não houve essa comoção toda. Quando a FIFA eliminou as seleções de Cabo Verde e Etiópia da Eliminatórias da Copa de 2014 por terem escalado jogadores suspensos, ninguém falou nada. Não estou entendendo o que fez o Fluminense. Ética é cumprir a Lei. O Fluminense jamais descumpriu qualquer regra estabelecida pela CBF. Em 1996 houve o problema com o Sr. Ives Mendes, Atlético Paranaense e Corintians com suspeita de compra de resultados. Mudou-se a regra do campeonato e ninguém foi rebaixado. Eu disse ninguém e não só o Fluminense. Em 1999 o Fluminense foi campeão da Série “c” e jogaria a série “b”, porém por problemas entre Botafogo, São Paulo, Gama e Internacional o campeonato foi cancelado e instituída a Copa João Havelange, onde o Fluminense e outros tantos clubes foram convidadados a disputar a competição. Realmente, não vejo qualquer histórico do Fluminense de fugir do rebaixamento, isso é invenção da mídia, que todos sabemos, destrói e endeusa quem elas querem. Abraço.

        • Bruno Moreira

          Perfeito, Marcelo!!!

        • Riccardo

          PERFEITO!!!!!!! Marcelo Lopes!!!!!!! SERÁ QUE LERÃO????????

          “Quando o Grêmio Prudente perdeu 3 pontos por ter escalado jogador irregular não houve essa comoção toda. Quando a FIFA eliminou as seleções de Cabo Verde e Etiópia da Eliminatórias da Copa de 2014 por terem escalado jogadores suspensos, ninguém falou nada. Não estou entendendo o que fez o Fluminense. Ética é cumprir a Lei. O Fluminense jamais descumpriu qualquer regra estabelecida pela CBF. Em 1996 houve o problema com o Sr. Ives Mendes, Atlético Paranaense e Corintians com suspeita de compra de resultados. Mudou-se a regra do campeonato e ninguém foi rebaixado. Eu disse ninguém e não só o Fluminense. Em 1999 o Fluminense foi campeão da Série “c” e jogaria a série “b”, porém por problemas entre Botafogo, São Paulo, Gama e Internacional o campeonato foi cancelado e instituída a Copa João Havelange, onde o Fluminense e outros tantos clubes foram convidadados a disputar a competição. Realmente, não vejo qualquer histórico do Fluminense de fugir do rebaixamento, isso é invenção da mídia, que todos sabemos, destrói e endeusa quem elas querem. Abraço.”

          • janca

            A Copa João Havelange (a começar pelo nome e por tudo o que representou) era para ter sido esquecida. Ou não. Serve para lembrar como nosso futebol gosta de ir ao fundo do poço. Bela lembrança, então, Ricardo.

          • joao

            Esqueceu de dizer que ganhou a serie c porque tiraram 5 pontos do são Raimundo, pois não fosse isso nem subir da serie c o fluminense não conseguiria.

        • Mauricio

          Marcelo,
          Disse o certo e disse-o bem. O Fluminense nunca entrou na justiça para virar mesa alguma e virada de mesa é ignorar o regulamento. Regulamento este aprovado por todos os clubes que disputaram os Brasileiros de 2013, séries A, B, C e D. Esta imprensazinha marrom, sensacionalista também tinha conhecimento do regulamento e nunca disse nada. Não há motivo pra comemorar e sim lamentar todo este episódio de Burrice e má-fé.
          A justiça comum tem que ser acionada sim.

  • Valdir

    Se vale a lei como dizem os torcedores do STJD, que tirem os pontos do FluminenC, devido ao uso irregular do Tarta e deem o titulo brasileiro ao Gremio.

  • littodiniz

    Em 1996 o Flu e Bragantino deveriam ser rebaixados, mas sabe o que aconteceu seus paulistas idiotas no jogo SP 6×1 Botafogo, o SP coloca o Sandro Hiroshi com documentação falsa para jogar aí o Bota entra na justiça e ganha os pontos e SP poderia também ser rebaixado, aí sim isso e virada de mesa, aí a CBF cancela os rebaixamentos ok. em 1999, o Flu foi campeão da terceirona e na primeirona ocorre o caso das papeletas amarelas envolvendo Flamengo, Grêmio e Atlético PR. e Corinthians e Internacional no caso das arbitragens vários jogos foram comprados e manipulados, acaba-se o Brasileirão e é criado a Copa João havelange seus imbecis, aì o Flu e de novo convidado pelo clube dos treze.. o Fluminense nunca esteve envolvido com viradas de mesas seu roceiros…. chupa que é de uva.

    • O Littodiniz comedia , eu já disse vcs são uma piada do Brasil ….o futebol paulista e mais vitorioso que existe e vc sabe disso ,, a decadência do futebol carioca que é ridiculo , safado , sem graça , e a sua bronca ,,,,,,,,, me desculpa mais vc devia se informa o que o fluminense representa pro futebol brasileiro nadaaaaaaaaaaaaa

      • littodiniz

        Cara, desinformado eh voce, o que o Flu representa para o futebol Brasileiro kkkkk seu comédia, o Flminense que fundo o futebol no RJ, e vários estado do Brasila companharam , o estádio do Flu foi palco de copa do mundo, o Fluminense foi campeão olímpico no futebol sem falar em outras categorias nado cincronizado, judô, arco-flexa, hipismo, tênis de mesa, esgrima, piscina (salto, natação, polo,) eu vou ficar o dia inteiro falando da contribuição do esporte do Flu par o Brasil, sem falat do futebol como: Felix, Castilho, Carlos Alberto (capita), Edinho, Branco, Pintinho, Gil, Rivelino, Flávio, Fred kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        • Meu caro hoje voces conseguem vencer com o pagamento da unimed que deve ser investigada e todos sabem porque ………eh isso ai fundou o futebol carioca grande merdaaaaaaaaaaaaaaa ah vai jogar arco – flexa esse e o futuro do futebol carioca , eu tenho um orgulho de torce para o time mais campeão desde de 35 o São paulo futebol clube que vc citou ai olha os numeros e vcs são fregueses nossos kkkkkk TAPETÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO , futebol carioca e sombra do outro timeco flamengo kkkkkkkkkkkkk

          • littodiniz

            KKKKKKKKKKKK, quer falar o que. o Fluminense tem patrocínio forte por que o MPF não investiga. Agora por que ninguém investiga os patrocínio do Cúrintians e Flamengo (CEF) por que que ninguém investiga por que deram um estádio novinho para esse cúrintians com nosso dinheiro.

          • littodiniz

            KKKKKKKKKKKK, quer falar o que. o Fluminense tem patrocínio forte por que o MPF não investiga. Agora por que ninguém investiga os patrocínio do Cúrintians e Flamengo (CEF) por que que ninguém investiga por que deram um estádio novinho para esse cúrintians com nosso dinheiro.

        • Paulo

          Rivelino começou no Corinthians. Vai se informar.

        • Paulo

          O Rivelino começou no Corinthians. Como contribuição do Florminense?

        • Smith

          littodiniz. Vc não conhece a história de seu time e ainda quer cantar de galo… O Fluzinho NUNCA foi campeão olímpico. A taça em questão, foi concedida ao Flu, pois um advogado do time e também da CBF prestou serviços ao COI, e o mesmo foi recompensado repassando a Taça ao Fluminense.
          Vc não sabe de nada mesmo, e seus argumentos são de Idiotas. O Flamengo não teve nada a ver com a Bagunça de 1996/97/98/99. Esse caso de Papeletas Amarelas, foi no final da década de 80, e não teve relação nenhuma com os envolvidos da virada de mesa de 1999. No caso, Atletico-PR e Curintia.

      • Cleber Gomes

        Nelson Rodrigues já dizia cm toda sua sapiência: “A companhia de um paulista é a pior forma de solidão.

        • Fabio Ribeiro

          Nelson Rodrigues disse isso? Que pena, tinha muita admiração por ele.
          Essa é de minha autoria: “Não faça negócios com cariocas. Você provavelmente não vai receber!!!”

          • janca

            Recebe sim, Fabio. Há cariocas e cariocas, como há paulistas e paulistas. Não dá para generalizar.

        • janca

          Não é verdade. Até porque depende do paulista.

    • roberto

      Imundo é você seu carioca lixo!!!!!!!!!!

    • É isso ai, perfeito, quem foi rebaixado foi essa imprensa marron desqualificada que coloca o
      clubismo e o bairrismo na frente das leis,regras e normas do desporto Brasileiro.

      O Fluminense terminou o campeonato com os mesmos 46 pontos do criciuma e foi rebaixado,
      porque no primeiro critério de desempate nós tinhamos 12 vitorias e o criciuma tinha 13.

      Quer dizer que para ferrar o Flu, a lei serve, quando é favoravel ao Flu, a lei é isso, é aquilo.

      Seus MALDITOS HIPÓCRITAS. !!!

      O FEITIÇO VAI VIRAR CONTRA O FEITIÇEIRO, PORQUE NÓS TRICOLORES VAMOS ESTAR JUNTOS
      E JUNTOS SOMOS MUITO FORTE. !!!

      ST 4 !!!!

  • ary

    só para constar esse não foi o único julgamento do campeonato Brasileiro 2013, se cada julgamento for computado uma rodada.

  • Janca, aqui no bairro onde eu moro os flamengists ja’ estao fazendo os tricolores que sao minoria de judas, tipo pacifico…so’ na zuacao. Estao dizendo que o flu tem um protetor que e’ o stjd e cbf. E’ suacao o tempo inteiro de deixar os caras vermelho de raiva. Ele nao tem nem aonde colocar a cabeca. Esta’ uma pouca vergonha! E tem mais como e’ que um time do cruzeiro pega uma punicao e a punicao e’ de 10 mil sem direito a perda de pontos e o fla e talves ,pois nao sei da lusa o valor ser menor. Entao o interesse do stjd era so punir o cruzeiro com valor do dinheiro, pois nao interessava tirar pontos pra ajudar ninguem e ja’ do mengao e lusa. O interesse maior era tirar os pontos e nao o valor do dinheiro ? Pois se so’ tirou mil contos do mengao… quer dizer nisso tudo que a pena do mengao e da lusa foi menor e a prova sao as diferencas de valores. Entao comprovada a diferenca de valores… porque que mil se tira 4 pontos e 10 mil nao se tira ponto nenhum. Gostaria de saber. E outra estao dizendo que o flu ja’ conseguiu deixar dois times atras dele no tapetao . E que vai correr atras de outros prejur e tirar pontos de todo mundo ate’ ultrapassa os pontos. Do cruzeiro e ficar com o titulo de 2013. Sabe porque ? Porque ano que vem tem copa do mundo e eles querem mostrar que sao os campeao brasileiros e que sao poderosos como os poderosos do mundo e que os outros amantes do b futebol brasileiro… foda-se. E srn.

    • janca

      Infelizmente o Fluminense está ficando mesmo com a imagem do Vasco dos tempos do Eurico, o que é uma pena. Se fosse outro time entrando no lugar da Portuguesa talvez fosse diferente, mas como não é a primeira vez que o Fluminense se safa da Série B fora de campo já viu… Uma pena.

  • O Littodiniz , toma vergonha na sua cara voce vive onde o futebol paulista e mais vitorioso do Brasil e futebol carioca e o mais decadente , safado , ridiculo e comprado acorda cara o Brasil hoje dá risada de vcs

  • luis lima

    Prezado littodiniz,

    A par de todas as interpretações possíveis nos casos em que coincidentemente o Flu sempre se beneficia, por que tanta agressividade com os paulistas e os que discordam de você de forma geral? Na sua opinião quem nasce em SP, ou mesmo na roça, é inferior? Estranho comportamento para quem defende que se cumpra a lei nos tribunais. Já ouviu dizer que preconceito é crime? Cuidado! neste tipo de crime nem a CBF vai poder te ajudar…

    • littodiniz

      Cara, não eh preconceito nenhum tem uma bando aí de cima de seu estado menosprezando os cariocas e o estado do Rio de Janeiro. Em todos os feriados, creio que não e o seu caso, mas esses Paulistas recalcados não saem daqui do Rio, se voce entendeu com preconceito me desculpa. Falando em futebol, voce viu que a maioria dos clubes grandes se envolveram em mutretas começando por corrupção á compras de juízes e nesses episódios o Fluminense acabou sendo beneficiado.

  • Leonardo

    O engraçado é que em nenhum dos comentários acima fala-se sobre o erro cometido pela Portuguesa e pelo Flamengo. Fica parecendo que foi o Fluminense que inventou essa regra na ultima rodada pra se beneficiar…Pra que serve um regulamento se não é pra ser cumprido? Vários times durante todo o campeonato sofreram com expulsões e consequetemente com desfalques nas rodadas seguintes. Se iriam fazer diferença nos resultados ninguém pode prever, mas todos cumpriram o regulamento. Na ultima rodada não podia ser diferente!

    • janca

      Foi diferente antes da última rodada, com o Cruzeiro escalando jogador irregular e recebendo multa _e não perda de pontos_ do tribunal.

  • O flu sempre tem pra ele uma cavadinha para ele nao servir a segundona. E’ foi o ze maner que chegou ao ponto de trocar o nome do campeonato brasileiro para copa joao havelange, pois pra todo mundo quer dizer a mesma coisa. Tanto que a tarca ou valor dela e’ a mesma. Poxa ate’ o tituli que o. Flu ganhou la’ quando vovo’ era criancinha agregaram ao fludido para sair de um titulo para dois. E deram mole pra ele ganhar mais um para a torcida do fludido nao se sentir diminuidos. Porra , ainda penso como o flamengao conseguiu sai desse time e ser diferente !? Eu acho ue nao so’ foi os jogadores que meteram o pe’ que sao diferente deles e sim o clube que ja’ existia la’ que e’ o mengao queridao por todo. E dizem que nos temos uma mae e que essa mae e’ o fludido. So se temos uma pqp mesmo. Agora com essa palhacada eles querwm sair como mocinhos e nos os fora da lei… entao eu falo que merdele e’ esse. Ora ! Vao jogar a sua segundona seus fludidos e srn.

    • Marcelo Lopes

      Quando o Grêmio Prudente perdeu 3 pontos por ter escalado jogador irregular não houve essa comoção toda. Quando a FIFA eliminou as seleções de Cabo Verde e Etiópia da Eliminatórias da Copa de 2014 por terem escalado jogadores suspensos, ninguém falou nada. Não estou entendendo o que fez o Fluminense. Ética é cumprir a Lei. O Fluminense jamais descumpriu qualquer regra estabelecida pela CBF. Em 1996 houve o problema com o Sr. Ives Mendes, Atlético Paranaense e Corintians com suspeita de compra de resultados. Mudou-se a regra do campeonato e ninguém foi rebaixado. Eu disse ninguém e não só o Fluminense. Em 1999 o Fluminense foi campeão da Série “c” e jogaria a série “b”, porém por problemas entre Botafogo, São Paulo, Gama e Internacional o campeonato foi cancelado e instituída a Copa João Havelange, onde o Fluminense e outros tantos clubes foram convidadados a disputar a competição. Realmente, não vejo qualquer histórico do Fluminense de fugir do rebaixamento, isso é invenção da mídia, que todos sabemos, destrói e endeusa quem elas querem. Abraço.

  • Bruce Lee Palmeirense, Octocampeão Brasileiro

    Lamento informar a todos que morre aos 118 anos o futebol brasileiro. Enterro marcado na sede do STJD no Rio de Janeiro.

    ☆ 14-04-1895

    † 16-12-2013

    QUE SUA ALMA MORIBUNDA DESCANSE EM PAZ ETERNAMENTE!

  • Raphael Ferreira

    Com certeza isso vai parar na Justiça Comum e eu lhes dou o meu maior motivo, estritamente jurídico: a publicação do resultado se deu apenas depois da rodada, ferindo o direito dos torcedores à ampla informação dos julgamentos e suspensões dos atletas de seus times e de seus adversários. Isso fere a lei, isto é, o Estatuto do Torcedor claramente. É causa praticamente ganha. Os efeitos desses julgamentos podem até valer para os clubes que constituíram advogado no STJD, mas NÃO poderiam valer em hipótese alguma perante o público em geral. Isso quebra a previsibilidade necessária das competições e cria insegurança jurídica e de validade dos resultados conquistados em campo. Em suma: os efeitos do julgamento não são válidos porque o torcedor foi lesado ao lhe ser ocultado o resultado dos referidos julgamentos de sexta-feira.

  • Guilherme Oliveira

    Essas instituições estão em xeque há anos, mas pouco mudou de efetivo nos últimos anos.
    Não há cabimento não se utilizar de meios eletrônicos, até a Federação Paulista utiliza uma súmula eletrônica desde 2005, e como a CBF não faz o mesmo em seus campeonatos que são indiscutivelmente mais importantes?
    No fundo deve ter uma razão mais obscura para tudo isso, possivelmente a mesma da Fifa quando diz que a tecnologia mataria as “discussões” sobre a bola que entrou ou não entrou.
    Eles devem achar bem divertido, discutir se fulano está irregular ou não…

    • janca

      Tem razão. Em xeque estão há anos, pouco mudou de efetivo, tanto que mais uma confusão acontece no campeonato, que só deve terminar no ano que vem. E já tem gente falando em 22 times na Série A. Era só o que faltava…

  • Gustavo

    O STJD nunca foi um tribunal, muitíssimo longe disso … na verdade, é uma sociedade entre amigos em que famílias se perpetuam no poder visando obter todo tipo de vantagens imagináveis, e até as inimagináveis … enquanto essa entidade estiver situada no Rio de Janeiro esse antro continuará ativo e operante … esse agrupamento de indivíduos, para não usar outra expressão, possui ramificações poderosas na cidade, difíceis de serem enfrentadas. Vejam que passaram por cima do próprio Flamengo para livrar o Fluminense do rebaixamento … assim como a capital do país foi transferida para Brasília deve-se fazer uma mobilização nacional para que a CBF e o STJD também sejam transferidos para a Capital Federal, caso contrário, a indecorosa armação promovida pelo Fluminense será apenas mais um capítulo nesse drama sem fim que é o futebol brasileiro.

  • Gustavo

    Uma coisa continua me intrigando … porque será que o técnico do Bahia e o diretor executivo do clube foram sumaria e inesperadamente demitidos no dia seguinte à derrota de virada do Bahia para o fluminense na Fonte Nova, na última rodada do campeonato brasileiro, depois de conseguirem heroicamente livrar o clube do rebaixamento naquela vitória sobre o Cruzeiro campeão brasileiro em Minas Gerais … se alguém souber os motivos, a opinião pública que sempre deve precisa estar bem informada agradecerá …

    • Cleber Gomes

      Segundo palavras do próprio Cristóvão, só conseguiu fazer bom trabalho com apoio ao dirigente de futebol Anderson Barros. O mesmo foi demitido pela administração do Bahia e o técnico por solidariedade pediu para sair. (Fonte: Programa de TV Os Donos da Bola c/José Carlos Araújo, Gerson Canhota de Ouro, Gilson Ricardo da Rede Bandeirantes e da rádio Brasdesco Esportes)
      Mas sabe… no fundo acho que deve ser culpa do Fluminense.O culpado de tudo!

  • littodiniz

    Janca, voce eh realemnte um morde e assopra…… uma hora voce concorda com os comentário de tricolores outra não. ser beneficiado por erro de outrem eh uma coisa , cometer erro e outra. Esuqceram que Deco foi julgado e condenado por esse mesmo tribunal 1ano de suspensão. (acabou abandonando o futebol), esuqceram que Fred pegou 4 jogos de suspenão e cumpriu os 4, que o Felipe pegou 2 jogos e cumpriu, que todos os jogadores que foram suspenso cumpriram respectivas suspensões… não me venham colocar culpa no Flu. poderia ter sido qualquer time que estivesse ali no lugar do Flu. ams graças adeus fomos nós mais uma vez………

    • janca

      Graças a Deus? O que Deus tem a ver com isso? Quanta besteira você escreve, por essas e outras que precisamos investir em educação nesse país. E tenho todo o direito de concordar com alguns torcedores tricolores e discordar de outros. Ou você acha que todos os torcedores de um mesmo time pensam exatamente da mesma maneira? Menos, por favor.

  • marcos CRF

    o q podemos esperar de um país onde a cpi da cbf esta parada,onde o ex presidente pede pra sair depois de ter seu nome envolvido em maracutaias,sim,estou falando dele,ricardo teixeira,q comandou o futebol brasileiro por decadas,e ninguem fala nada,ninguem sabe de nada,os veiculos de comunicaçao nem falam mais nele,o cara simplesmente sai do Brasil cheio de acusaçoes nas costas e fica por isso msm,AMO FUTEBOL,SOU APAIXONADO,mas sou contra qualquer tipo de corrupçao!!!fico me perguntando pq o STJD nao multou e nem puniu o cruzeiro,o msm time q J.B pediu pro vasco fazer outro gol logo,e de espantar eles colocarem um jogador SEM CONTRATO na reserva,podemos deduzir q poderia ser uma formado vasco conseguir os 3 pontos,caso perdesse a partida,mas pq usaram dois pesos e duas medidas em casos semelhantes??e muito estranho!!!cancelei ontem o meu PFC e estou desanimado com o futebol brasileiro,continuarei torcendo pro meu time,porem com o nariz torcido.SRN

  • Maurício de Manaus

    Bom dia JANCA!
    O Brasil tornou-se a “casa da mãe joana”, não é de hoje! Há tempos, venho tocando neste assunto… Na história americana, as coisas eram resolvidas a tiro (época dos “cowboys”), mas, com o passar do tempo, o País cresceu e amadureceu, modificando-se, com certeza, para melhor. Aqui, tudo é resolvido, caso você possua dinheiro, para se impor (não interessando se dinheiro ganho honestamente, ou não).
    Estou com vergonha de ser brasileiro, embora tenha a esperança, de que um dia as coisas serão diferentes (utopia? Torço, para que não…).
    O Povo Brasileiro precisa continuar na rua, fazendo seus protestos, pois só assim veremos mudanças palpáveis. Pena, ver essas pessoas, que não têm o entendimento necessário, infiltrarem-se nesses atos e mancharem a oportunidade, que nos está sendo oferecida, para tentarmos começar a limpar a imundície deste País, em todos os sentidos!
    Abaixo essa canalhada hipócrita e mesquinha, que está a assenhorar-se do que pertence ao Povo! Estão conseguindo nos privar até da nossa dignidade!
    E, ainda, têm a coragem de divulgar para o Mundo, que o Brasil está dando certo… Desculpe-me a vulgaridade da expressão, mas só se estiver “dando o traseiro”, pois nos tornamos o esgoto do Planeta, infelizmente!
    Grande abraço!

    • janca

      Seguimos sendo a casa da mãe Joana, no esporte e fora dele.

  • edgard greco

    Há que se considerar dois pontos diferentes. a Lusa cometeu um erro e deve ser punida perdendo os pontos, o que a rebaixa para a série B. O Fluminense não atingiu, dentro do cenário em que terminou o campeonato, os pontos necessários para continuar na série A. Portanto, deve-se manter o seu rebaixamento. A justiça, neste caso, seria feita rebaixando cinco clubes e subindo os cinco primeiros da série B. ISSO É JUSTIÇA!!!!!!!!!

    • littodiniz

      Cara, tudo bem essa eh a sua opinião subiram 4 da série B. o outro não obteve os pontos necessário para subir, o que vc me diz. Se o Flu não conseguio os ponto necessário para se manter na série A, no seu entender qual eh a quantidade de pontos? A puniçõa tinha que ser: Vasco com desceu para a B, deveria ser rebaixado a série C e o Atlético PR para série B.

  • Gustavo
  • Janca, desculpe minha ignorância no assunto STJD, mas gostaria que vc me explicasse, quais os atributos , hoje em dia, para ser um procurador , desse tal STJD?. Pois, há anos , os sobrenomes são os mesmos, quando o assunto é STJD. Seria por indicação, influência e outras formas de ascenção ao poder, prática tão comum em nosso país.

    • janca

      Sim. Não há concurso. Há indicação, muitas vezes por parentesco e amizade. O presidente do tribunal, por exemplo, entrou na entidade sabatinado pelo próprio pai quando nem tinha concluído a faculdade de direito.

  • Não podemos esquecer que toda essa armação tem o dedo da globofla, não cabe a Portuguesa se defender pq ela inclusive se vendeu a este sistema, pq o jogo do flamerda foi no sábado e já era conhecido pelo sites (lancenet é um deles) que o André Santos estava suspenso e este jogou o a partida toda, fatalmente o advogado da CBF e de diversos clubes inclusive do flor foi assessorado pela Globofla para esta prática pois todos sabem da dificuldade financeira da Lusa, e eles certamente receberam investimentos $$$ para correrem o risco. Cabe a nós torcedores de boa fé junto com os torcedores da Portuguesa entrar na justiça comum pq no mesmo regulamento que eles seguiram literalmente, com a maior cara de pau não deram ao vasco já que a guerra foi no estádio de responsabilidade do Atlético Paranaense com intuito somente de salvar a próprio flaglobo que seria rebaixado no lugar do próprio vasco. Já neste caso as medidas são diferentes assim como em 2010 no parecer do moralista do STJD que neste ano virou legalista. É muito dinheiro minha gente…
    Atentai que o mais prejudicado com o rebaixamento de dois cariocas seria a própria Globofla que jamais vai aceitar seu time do coração na 2ª divisão, por isso vc vai ver árbitros comentarista ou com cargo comissionado na vida pública como comandante de policia como o Beltrami. O Advogado espertalhão, o jogador que já esta até vendido e o cartola mercenário passam mais quem amarga seus atos é o clube, o torcedor e o Futebol, por isso devemos nos unir para acabar com essas armações que já começam pela fragilidades das instituições nos seus procedimentos legais e terminam com os pagamentos milionários desta televisão sem credibilidade para o Fla-kurinthias em prejuizo aos demais. Obs. O advogado da lusa é o do kurinthias (começou com o do flamengo só milionários da globo)
    Saldações alvinegras.
    João Fogão

    • CHORA SEU MERDA BOSTAFOGUENSE SÓ COMEMORA QUARTO LUGAR PORQUE NÃO TEM CAPACIDADE PRA GANHAR O PRIMEIRO!!!!!!!BUÁBUÁBUÁ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • NILSON

    Janca,
    Está escrito no seu currículo que já participou de várias copas, olimpíadas, escreveu livros, escreve uma coluna num jornal de grande circulação e desconhece/ignora as leis que regem o esporte que acompanha. Como consegue ser tão irresponsável?
    Sobre o que escreveu hoje, penso que o clube dos 13 já fez isso em 1987 e a desorganização foi tanta que tem time brigando no tapetão a mais de 25 anos para se proclamar campeão (receio que seja o seu time). Então, baseado nesta sua matéria, penso que o que você deseja realmente é um campeonato estilo “casa da mãe joana”, onde manda quem faz parte do eixo e a justiça não deve se meter. Só pra lembrar: esta mesma CBF que critica agora, já tentou entregar o título de 1987 ao seu time à revelia da justiça. Certamente com isto está de acordo, afinal tudo é permitido e correto se o seu time for o favorecido. Dane-se os artigos do código!

    • janca

      Se você é fã da CBF, eu não sou. E não sou há muito tempo. Nas mãos de Ricardo Teixeira foi um pavor e segue um pavor nas mãos de Marin. Se bem que tem gente que gosta…

    • Renato

      Nilson, tenho que discordar de você. O campeonato de 1987 seria asalvação do futebol brasileiro. Até 86 os campeonatos tinham cerca de 100 times, eram totalmente deficitários e a copa união veio mudar tudo.
      A CBF falida não tinha condição de organizar o campeonato e abriu mão. Depois fez um torneio meia boca e quis que os dois primeiros de cada campeonato se enfrentasse. Quem transformou em bagunça foi a CBF, para variar. Já o fato de tentar entregar foi na época da CPI do Ricardo Teixeira, que saiu dando título brasileiro de fax pra todo mundo. A justiça que você se refere é a de Pernambuco e a sentença foi uma piada, afirmando que já que não expressaram que não iriam misturar os campeonatos, poderia considerar como aceito tacitamente um quadrangular.

      • Smith

        Exatamente!!!

  • Janca, o advogado do fludido diz. Que as pessoas estao esquecendo que o fludido sempre cumpre as lei. Ora bolas ! Ninguem esqueceram de nada seu advogado do fludido… e o fludido nao precisa descomprir as normas nenhuma pois o fludido vai seguindo as normas e se ferrando no campeonato e pagando mico cai e usa depois o tepete bonito. E outra o stjd nao vai querer informatizar para continuar esse tapete todo no stjd. Pois se um time colocar um jogador a mais onjuiz para o jogo na hora e coloca um jogador prw fora na hora para legalizar o jogo. Entao deveria ser assim tbm nos jogsdores que prejudique o campeonato… so’ se tem algum interesse que ninguem sabe que e’ ter essa zorra toda e srn.

  • Tinham tudo para parar de usar o tapetao tricolor… mais como eles amam isso. Eu como nao gosto de ser babaca ! Vou torcer pro uruguay se bi no maraca com certeza. Vai ser a imoralidade deles contra a minha vontade. E a minha vontade e’ essa de torcer contra esses caras e srn.

  • Gustavo

    Janca, em março do ano que vem acontecerá eleições para a presidência da UNIMED-RIO, a chapa 2 de oposição “ao cara que tudo compra” (como a própria torcida do fluminense diz), Celso Barros, tem grande possibilidade de desbancá-lo … isso significaria que em breve o fluminense voltaria para o seu lugar de direito, a terceira divisão … veja o site onde são feitas inúmeras denúncias, apenas ANS e o MPF parecem desconhecê-las … algumas gravíssimas, inclusive sobre descumprimento de legislação, capaz de determinar a suspensão das atividades da cooperativa de médicos …

    http://www.uniaocooperadosmedicos.com.br/informativos.html#info33a

    • janca

      Mas ainda acho que o Fluminense pode viver sem a Unimed. Com ela, ficou entre os quatro últimos do Brasileiro. O Fluminense é maior do que uma empresa de plano de saúde, mesmo que a grana hoje esteja com ela. Até por isso mandou e desmandou no futebol, tirou Abel Braga, colocou Vanderlei Luxemburgo, depois tentou saída de emergência e deu no que deu. Salvou-se. Mas no tapetão. Abs.

  • Lamentavel decisao…ja esta dando nojo assistir ao futebol sinceramente falando…
    Se fosse eu a Portuguesa iria a justica comum porque afinal de contas futebol hoje e um grande negocio e a Portuguesa vai e perder muito dinheiro com esta queda e se ela realmente ficar na segundona, pois que jogue a segundona toda com o uniforme do Fluminense com o simbolo da Lusa no peito porque afinal de contas esta vaga era do time de laranjeiras…VERGONHA DEVE TER TODO TORCEDOR DO FLU FLU FLU…QUE VERGONHA.

  • Ivanilde

    Olá, Janca!
    Por favor, vc poderia pedir que verificassem se isso está correto? Se for assim, tudo pode mudar…..Foi postado no Facebook pelo Leo Mendes:

    Na rodada 28, durante a partida Fluminense x Gremio, o jogador Diego Gama Santos Camilo (mais conhecido como Biro Biro) levou um cartão amarelo (o terceiro cartão acumulado) e, no mesmo jogo, levou o segundo cartão amarelo e, consequentemente o vermelho.

    Diante disso, podemos analisar o artigo 57, parágrafo 2, do Regulamento Geral das Competições de 2013 da CBF que diz:

    1) Quando um atleta for advertido com o cartão amarelo e
    posteriormente for expulso de campo pela exibição direta do cartão
    vermelho, aquele cartão amarelo anteriormente exibido permanecerá
    em vigor para o cômputo dos três cartões que resultarão em
    impedimento automático;
    2) Quando o cartão amarelo a que se refere o item anterior for o terceiro
    da série, o atleta será penalizado com dois impedimentos
    automáticos, sendo um pela sequência dos três cartões amarelos, e
    outro pelo recebimento do cartão vermelho;

    Entretanto, ao verificarmos a sumula do jogo Fluminense x Ponte Preta, pela rodada de número 30 (2 jogos após a expulsão do Biro Biro), é possível notar que o mesmo foi relacionado e jogou esta partida de maneira irregular, visto que o mesmo estava suspenso por 2 jogos…

    E ai??? O FLUMINENSE VAI PERDER PONTOS TAMBÉM??? Seriam 4, já que o jogo acabou empatado

    Por curiosidade, o jogador levou os 2 primeiros amarelos nas rodadas 19 e 21.

    Não acredita? Quer checar?
    http://www.cbf.com.br/Competições/Série%20A/Tabela/2013

    Só ver as súmulas dos jogos e o regulamento das competições

    • janca

      Confesso que desconhecia o caso, mas hoje não consigo checar devido a outros compromissos profissionais. Você pode, caso queira, encaminhar o caso que você levanta e seu pedido ao jornal. Grande abraço, Janca

      • Bruno Costa

        Já chequei e bate certinho! Agora eu quero ver! Vão ter que assumir o “erro primário” que cometeram. kkkkkk

      • Ivanilde

        Obrigada! Vou fazer isso!

    • Viana

      O item 1 fala em vermelho direto. No caso do biro biro ele foi expulso porque recebeu 2 amarelos na mesma partida.

      O seu amigo do face convenientemente (e provavelmente de forma desonesta) omitiu o 3º item do mesmo artigo:

      RGC art.57, §2º:

      3) Quando, na mesma partida, um atleta recebe um primeiro cartão
      amarelo e posteriormente recebe um segundo cartão amarelo, do que
      resulta a exibição do cartão vermelho, os cartões amarelos que
      precederam ao vermelho não serão considerados para o cômputo dos
      três cartões amarelos que resultam em impedimento automático

    • Fred

      Mas se interpretarmos pela regra que você mesmo citou, não há nada de errado na escalação do jogador.
      Veja bem, ele levou o 3° amarelo (logo, já iria pegar um jogo de suspensão). Caso tivesse levado o vermelho direto (o texto diz “expulso de campo pela exibição direta do cartão
      vermelho”), teria que cumprir uma segunda suspensão, ok. Só que ele levou outro cartão amarelo, pra então ser expulso. Ou seja, ele levou o 2º amarelo na partida, 2 amarelos é expulso, a regra básica, mas ele não foi expulso diretamente (aquele tipo de lance em que o juiz já chega mostrando o vermelho), portanto não tinha que cumprir 2 jogos mesmo não.
      obs.: não torço pro fluminense!!!

    • Fred

      mas ele não levou o cartão vermelho direto, aqueles lances em que o juiz já chega mostrando o vermelho. E a regra que vc citou diz isso, que “for expulso de campo pela exibição direta do cartão
      vermelho”… ele levou o segundo amarelo, pra só então ser expulso. Tá certo.
      obs.: não torço pro fluminense!!!

    • Riccardo

      Cara não estou descordando de você, mas acho antecipado fazer um julgamento sem todas as informações corretas, até porque não sabemos se o Flu conseguiu algum efeito suspensivo… Tem de analisar de fato…

    • Guilherme Oliveira

      O jogador levou o segundo amarelo ou um vermelho, após o 1º amarelo? Porque não colocou o 3º item do parágrafo?
      Se for 2º amarelo na partida, quem está papando mosca é quem acredita que “descobriu” uma falha:
      3) Quando, na mesma partida, um atleta recebe um primeiro cartão amarelo e posteriormente recebe um segundo cartão amarelo, do que resulta a exibição do cartão vermelho, os cartões amarelos que precederam ao vermelho não serão considerados para o cômputo dos três cartões amarelos que resultam em impedimento automático.

    • littodiniz

      Bando de idiotas, o Fluminense subiu por erro desses incompetentes clubes de SP e do Flamengo.
      Eh por isso que está chovendo direto no Rio.. o chororo não para kkkkkkkkkkkkkkkk.
      Parem de ficar tentando arrumar notícias,, Janca o próprio lance verificou esse fato, e não tem nada de irregular com o BiroBiro kkk. mudem o discurso, por que segundo o presidente da Unimed ano que me 2014 o Flu via vir com uma seleção. kkkkkkkkk

  • Gustavo

    Janca, a UNIMED patrocinadora do Fluminense também patrocina a CBF … se duvidam, é só acessarem o site da CBF … precisa de alguma explicação a mais para tudo que vem ocorrendo???… realmente é o fim …

    • janca

      Aí já é demais, Gustavo. Mas patrocinando ou não a CBF, acha que interesses políticos e econômicos não estão em jogo? A quem interessa a Lusa na Série A? Já o Fluminense…

  • Gustavo

    Janca, a UNIMED patrocinadora do Fluminense também patrocina a CBF … se duvidam, é só acessarem o site da CBF … precisa de alguma explicação a mais para tudo que vem ocorrendo???… realmente é o fim.

  • Bruno Costa

    Verificamos todas as súmulas e, de encontro com o artigo 57 do Regularmento Geral das Competições, da CBF, o Fluminense tem um jogador em situação errada em uma partida, que o incluiria no artigo 214, juntamente com Flamengo e Portuguesa, mas que acho a CBF deixou passar.
    Vamos aos Fatos: Rodada 19 (Flu 1×0 Bahia), o jogador Diego Santos Gama (Biro-Biro) levou o seu primeiro cartão amarelo; Rodada 21 (Flu 2×1 Portuguesa), o jogador “Biro-Biro” levou o segundo cartão amarelo e, a partir de agora, encontra-se pendurado com dois cartões; Rodada 28 (Flu 1×1 Grêmio), o jogador “Biro-Biro” leva o terceiro amarelo aos 27 minutos do 1° tempo e o quarto cartão amarelo, e consequente vermelho, aos 28 minutos do 2° tempo. Com esse descrição, o artigo 57 do RGC da CBF, i´tem 2.2 diz que: “Quando o cartão amarelo a que se refere o item anterior for o terceiro da série, o atleta será penalizado com dois impedimentos automáticos, sendo um pela sequência dos três cartões amarelos, e outro pelo recebimento do cartão vermelho”.
    Porém, o jogador em questão ficou de fora da rodada 29 e estava na súmula na rodada 30, a que caracteriza o artigo 214 do CBJD ( Incluir, na equipe, ou fazer constar da súmula ou documento equivalente, atleta em situação irregular para participar de partida, prova ou equivalente.)
    Assim, o Fluminense também deveria ter perdido 4 pontos, pois empatou com a Ponte Preta na 30 rodada, está que o “Biro-Biro” não poderia nem estar na súmula.

    É só ver as súmulas: http://www.cbf.com.br/Competições/Série%20A/Tabela/2013

    • Fred

      mas ele não levou o cartão vermelho direto, o que geraria a segunda suspensão: “for expulso de campo pela exibição direta do cartão vermelho”. Ele levou outro amarelo, só depois o vermelho.
      veja o vídeo http://www.youtube.com/watch?v=Y3sl18miGfM

    • Guilherme Oliveira

      Quando são 2 amarelos na mesma partida e por consequência, o vermelho. Os cartões não entram para a contagem.
      Está certo que não estamos satisfeitos com a decisão, mas daí a forçar para querer achar chifre em cabeça de burro já é demais.

  • Marioh

    Janca,
    Este STJD é uma vergonha. Parece que vive na idade média. Até o campeonato da várzea tem site e dispõe a lista de jogadores, idade,etc,etc, jogadores que estão aptos ou não a jogar. O STJD julga na sexta feira e informa tudo verbalmente a quem interessar. É o fim da picada e o jogo é no final de semana.
    Parece que foi premeditado. Pune a Portuguesa com 4 pontos e como o Flamengo está protegido de não cair pune-se também o Flamengo. Para proteger o Flamengo anula-se o recurso do Vasco no jogo CAP x Vasco. Porque se acata o recurso, o jogo também tornou-se irregular após passar 60 minutos de parada.

  • Jorge Augusto

    Uma mentira contada muitas vezes vira verdade: Essa afirmação sempre foi considerada um fato, em épocas onde as informações (e a divulgação destas) eram privilégio e monopólio de poucos (e nem sempre bem intencionados) “jornalistas” (ente aspas mesmo… pois há honrosas exceções) e veículos de comunicação. (Assim o considero, Janca…. apesar das divergências de opinião neste caso).

    Foi assim que, em 1996, com a internet engatinhando, sem redes sociais, sem blogs e debates, sem o contraponto das informações veiculadas, a primeira mentira foi contada: O Fluminense “virou a mesa” do Brasileirão e permaneceu na primeira divisão. Essa mentira, hoje, pode, sem esforço, pelas pessoas de bem, ser desmascarada. Vamos aos fatos:

    Terminado o campeonato brasileiro de 1996, onde Fluminense e Bragantino haviam sido MERECIDAMENTE rebaixados (no campo, apesar do choro de alguns tricolores sobre entrega de resultados na última rodada, erros de arbitragem, etc.) surgiu o “famoso” caso Ives Mendes (famoso também entre aspas, pois a fama, nesta época, era diretamente proporcional aos interesses da mídia que monopolizavam o direito de criá-la ou não). Dezenas de horas de gravações (não autorizadas pela justiça, diga-se de passagem) levantaram sérias suspeitas a respeito dos resultados de muitas partidas do Barsileirão-96. Estas gravações, inclusive, foram divulgadas no Jornal Nacional, Cid Moreira e o escambau, gerando uma comoção nacional na época: principalmente pelos personagens centrais desta história: o presidente do Corinthians e do Atlético-PR, além do próprio Ives Mendes. A seguir, texto público da Encicloédia Wikipedia a respeito do fato:

    “No dia 7 de Maio de 1997, o Jornal Nacional da TV Globo divulgou gravações de telefonemas que desvendariam um esquema de corrupção dentro da CBF, supostamente envolvendo venda de resultados de jogos de futebol e financiamento de campanhas políticas. O pivô do caso foi Ivens Mendes, que era desde 1988 presidente da CONAF (Comissão Nacional de Arbitragem de Futebol), órgão encarregado de escalar árbitros para as competições de futebol organizadas pela CBF.
    Numa das gravações, uma voz, identificada como a de Mendes, pedia 25 mil reais, supostamente ao presidente do Atlético/PR, Mario Celso Petraglia, e ainda insinuava que o seu clube poderia ser beneficiado pela arbitragem no jogo contra o Vasco pela Copa do Brasil. A partida foi realizada no dia 3 de Abril de 1997, em Curitiba, e o Atlético/PR ganhou por 3 a 1, tendo o árbitro Oscar Roberto de Godói expulsado o atacante Edmundo, do Vasco.
    Em outra gravação, a mesma voz pedia ajuda financeira ao presidente do Corinthians, Alberto Dualib, o qual teria inclusive mencionado “um, zero, zero” (cem mil reais) como valor a ser pago.
    Nos dois casos, o dinheiro seria utilizado na campanha de Ivens Mendes a Deputado Federal em 1998, por Minas Gerais.
    Na Justiça Comum, o processo não foi adiante, já que os únicos indícios de crime foram apontados por gravações clandestinas, portanto ilegais. Os jornalistas responsáveis pelas gravações chegaram a ser indiciados, mas acabaram beneficiados por prescrição.
    O STJD (Supremo Tribunal de Justiça Desportiva) baniu Ivens Mendes do futebol. Os dirigentes Mário Celso Petraglia (Atlético/PR) e Alberto Dualib (Corinthians) foram impedidos de representar seus clubes perante a CBF, mas a decisão não afetou a participação dos mesmos nas respectivas diretorias. O Atlético/PR foi formalmente “suspenso por um ano”, mas não deixou de participar de nenhuma competição em função disso. Apenas começou o Campeonato Brasileiro de 1997 com 5 pontos negativos, como punição por sua participação no caso.
    Diante do escândalo, a CBF cancelou o rebaixamento de Fluminense e Bragantino, que haviam sido os últimos colocados no Campeonato Brasileiro de 1996 e, pelo menos em tese, deveriam disputar a Série B em 1997. A medida acabou desviando as atenções dos clubes envolvidos no esquema. Sem rebaixados, o Brasileirão de 1997 teve 26 clubes, dois a mais que nos anos anteriores.
    Ivens Mendes morreu alguns anos depois do caso.”

    Como pode se comprovar, não havia outra saída misseravelmente digna neste caso que não fosse a suspensão dos rebaixamentos em um campeonato TOTALMENTE sob suspeita, onde COMPROVADAMENTE houve manipulação de resultados. Lembro ainda aos mal intencionados odiadores do clube das “três cores que traduzem tradição” que na jurisprudência internacional, no campeontao italiano, por exemplo, em casos similares, os envolvidos foram SUMARIAMENTE REBAIXADOS para a segunda divisão (Lázio e Milan, em 1980 e Juventusm em 2006) no ligar dos times anteriormente rebaixados nas suas respectivas edições do campeonato italiano.
    Se a jurisprudência fosse utilizada no caso barsileiro, Gambás e Patéticos-PR teriam sido rebaixados e, da mesma forma, Fluminense e Bragantino teriam escapado do rebaixamento.
    Mas não havia internet…. nem Face…. Blogs…. Twiter…. só a mídia especializada, que divulgou EXAUSTIVAMENTE o ato VERGONHO de nosso antigo presidente, Sr. Alvaro Barcelos, espocando champanhe na nobre e imaculada sede de nosso clube de 111 anos, berço do futebol no Brasil. O escândalo ficou em segundo plano e nascia alí, apoiado pela mídia especializada, o maior vilão do futebol brasileiro. PRIMEIRA MENTIRA DESMACARADA!

    Nota importante: Por motivo MUITO SIMILAR, desta vez envolvendo um juíz de futebol (Edilson Pereira), o campronato brasileiro de 2005 teve 11 jogos anulados e remarcados, o que possibilitou o Corinthians ganhar 6 pontos em 2 jogos que não havia pontuado anteriormente. Não lembro de ter visto, na época, gritos revoltosos da imprensa contra essa decisão do STJD…

    No ano seguinte, 1997, com mais um time medíocre e com sérios problemas financeiros, mais uma vez no campo, fomos rebaixados para a série B. Diferentemente de 1996, o campeonato deste ano correu dentro da normalidade, apesar dos já comuns erros de arbitragem, que não comento, por entender que estes fazem parte do futebol.

    Em 1998, jogamos uma série B MUITO DIFERENTE de todas as edições anteriores: apenas 10 jogos por grupo, em 4 grupos de 6, onde o último colocado de cada grupo mais os dois piores quintos colocados de cada grupo seriam automaticamente rebaixados para a série C. Com mais um time sofrível, ficamos com a última vaga disponível para a série C, no episódio mais vergonhoso de nossa gloriosa história. Por 1 ponto apenas, perdemos a vaga como quarto colocado de nosso grupo, o que nos habilitaria a ainda brigar por uma vaga no acesso a primeira divisão.

    Nota importante 2: Neste ano, pela primeira vez na história, presenciei um juíz de futebol voltar atrás na marcação de um pênalti (para o Flu, é claro) após reclamações dos jogadores adversários…. mas isso é choro…. eu sei.

    Em 1999, o início da redenção: com um time de jovens talentos, boa parte vinda de Xerém, e sob comando de tetracampeão e tricolor Carlos Alberto Parreira, jogamos e ganhamos a Série C, atuando em campos de vázea, sem segurança, contra alguns times semi-profissionais e com uma média de público acima de 40.000 torcedores por partida. Coisa de time grande, nacional, com torcedores nos 4 cantos do mundo, dslocado de seu lugar real, momentaneamente.

    Paralelamente, corria o campeonato brasileiro da séria A de 1999, marcado pelo também famoso “Caso Sandro Hiroshi”. Transcrevo a seguir texto muito elucidativo do blog Trivela, do UOL, que descreve com clareza os acntecimentos deste ano:

    Para se entender a Copa João Havelange de 2000, deve-se relembrar o Campeonato Brasileiro de 1999 e o caso Sandro Hiroshi. Sandro Hiroshi atuou no Campeonato Brasileiro de 1999 pelo São Paulo. Antes de chegar ao Tricolor Paulista, ele jogou no Rio Branco. O Tocantinópolis, clube que o revelou, exigiu do Rio Branco parte do lucro na negociação do jogador para o São Paulo.
    Enquanto o Tocantinópolis afirmava que o time de Americana tinha inscrito o atleta sem permissão, o Rio Branco afirmava que o Tocantinópolis não poderia exigir a autorização já que o jogador se transferiu quando ainda era juvenil. Com o impasse entre as duas equipes, a CBF decretou “bloqueio” na transferência de Sandro Hiroshi. No entanto o São Paulo conseguiu inscrever o jogador no Campeonato Brasileiro de 1999.

    Pelo Brasileirão de 1999, Sandro Hiroshi atuou na vitória por 6 a 1 sobre o Botafogo e no empate em 2 a 2 com o Internacional. Tanto o Fogão quanto os Colorados recorreram no STJD pelo fato do time do Morumbi ter atuado com um jogador “bloqueado”. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva concedeu a vitória ao Botafogo e ao Internacional sobre o São Paulo e tanto os gaúchos quantos os cariocas escaparam do rebaixamento.
    Por causa da decisão do STJD que deu pontos ao Botafogo e ao Internacional, o Gama seria um dos rebaixados – o rebaixamento foi definido pela média da pontuação desse ano com o anterior.

    O time do Distrito Federal não aceitou disputar a Série B do ano seguinte e recorreu da decisão à Justiça Comum.

    Como até junho de 2000 a Justiça ainda não tinha julgado o caso em todas as instâncias, a CBF foi impedida de realizar a competição e, pressionada pela FIFA, chegou a um acordo com o Clube dos 13, para que este organizasse um Campeonato Brasileiro próprio, porém com chancela da CBF, e que definiria também as vagas brasileiras para a Libertadores da América. Este torneio se chamaria Copa João Havelange e obviamente excluiria o Gama, que fora afastado das competições pela FIFA (devido ao processo na Justiça Comum).

    O Gama não se fez de rogado e, novamente, ganhou o direito na Justiça de ser incluído no novo campeonato brasileiro. Com o temor de uma série de liminares de outros clubes, optou-se pela unificação das três divisões em um único torneio. A competição foi dividida em quatro módulos. Cada módulo teve um número diferente de participantes e também a sua fórmula de disputa.

    Apesar dos módulos serem divididos seguindo a divisão de escalão da edição anterior, eles não representavam escalões inferiores, fazendo com que no ano de 2000 não existisse a Série B e C.

    A reunião dos 116 clubes formou uma única divisão e apesar de os módulos não terem o mesmo peso, todos eles faziam parte da Copa João Havelange e, após a sua primeira fase, classificariam clubes de todos os módulos para as fases finais do campeonato.

    O Vasco da Gama, do Módulo Azul, fez a final da Copa João Havelange com o São Caetano, do Módulo Amarelo. A equipe paulista foi vice-campeã brasileira de 2000 e, no ano seguinte, disputou a primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

    Nota importante 3: O Fluminense disputou a Copa João Havelange no Módulo Azul e terminou a primeira fase na segunda colocação geral. Se tivesse jogado o Módulo Amarelo (a hipotética segunda divisão deste ano) teria se classificado EXATAMENTE DA MESMA forma para as fases finais, assim como o vide campeão deste campeonato, o São Caetano).

    SEGUNDA MENTIRA DESMACARADA!

    Agora, em pleno ano de 2013, com acesso livre e fácil a qualquer informação e com o advento das redes sociais, qualquer tricolor (e qualquer indivíduo de bem, comprometido com a verdade e não com paixões clubísticas), seja ele Jornalista, Blogueiro ou um simples mortal como eu, pode saber das verdades de forma fácil.

    Algumas mídias tentaram repetir as mentiras até que elas virassem verdade….. (o Lance, por exemplo, teve o dissabor de ter que publicar uma errata, a cerca do citado caso do Cruzeiro, desmentindo sua tese de 2 pesos e 2 medidas)…..

    Outros, foram mais cuidadosos, como o ótimo PVC, da ESPN, dissecando com a maestria habitual sobre o caso Tartá, levantado desesperadamente também por parte da mídia (essa eu vi no Globoesporte.com).

    Outros expressaram suas opiniões, apaixonadas até, mas comprometidos com a verdade….

    Outros destilam seu ódio (verde, branco e grená), descompromissados com qualquer coisa que não seja A SUA VERSÃO dos fatos…

    Mas, neste ano, essa mentira que vocês, espíritos do mal, de intenções nefastas, querem fazer virar verdade, não vai colar…. podem repetir milhões de vezes, a exaustão…. porque, agora, nós, pessoas de bem e comprometidas com a verdade, também temos voz.

    A tempo, só tenho um motivo para estar feliz com esse caso: o cumprimento das regras, para todos, sem distinção. Se pudesse escolher, queria que nada disso tivesse acontecido. Mas aconteceu…. e não seria justo não punir os que descumpriram a regra…. pois o meu time foi rebaixado no campo, cumprindo todas as regras, inclusive. SAUDAÇÕES TRICOLORES.

    Nota importante 4: Do fundo do coração, com total sinceridade, me divirto demais com as criativas zoações. Isso faz parte do futebol e de seu folclore. Não ligo mesmo. Mas, esse ano, não sofreremos o Apartheid que nos querem impor.

    • Nivaldo Pereira

      Tudo balela de quem escreve para tentar induzir aqueles que ele acha pode induzir mas que não torcem pelo Fluminense, relembrar fatos para tentar encobrir suas estratégias armadas.
      A história está escrita mais um vez no futebol brasileiro em página negra chamada Fluminense, o torcedor é sempre a vítima e o torcedor do Fluminense também o é, aquele que honra seu caráter deve sentir vergonha de ser Fluminense nesta situação de mudanças de resultados.
      As regras estão aí para serem cumpridas ninguém está questionando, o problema é que se trata de Fluminense, useiro e vezeiro em armações no futebol brasileiro descumpridor de regras
      O torcedor já sabe que se trata de Fluminense por isso todos vê com olhos de desconfiança esta escalação irregular de um jogador da Portuguesa, o torcedor brasileiro sabe que o FLU já baixou 3 vezes Séries B, C e B e não disputou o rebaixamento exatamente assim como hoje, o Flu voltou para Série A pela janela e isto por sí só basta para o torcedor reconhecer isto sim não ser de DIREITO e sim mais um FATO na história negra deste clube que se diz nobre, mas que tem a nobreza e respeitar o torcedor em cumprir regras e regulamentos.
      Aqui é Brasil e no máximo o que vai acontecer é o torcedor de Fluminense servir de chacota para todos os adversários durante o Estadual, durante a Copa do Brasil e principalmente no Brasileiro

    • Nivaldo Pereira

      Tudo balela de quem escreve para tentar induzir aqueles que ele acha pode induzir mas que não torcem pelo Fluminense, relembrar fatos para tentar encobrir suas estratégias armadas.
      A história está escrita mais um vez no futebol brasileiro em página negra chamada Fluminense, o torcedor é sempre a vítima e o torcedor do Fluminense também o é, aquele que honra seu caráter deve sentir vergonha de ser Fluminense nesta situação de mudanças de resultados.
      As regras estão aí para serem cumpridas ninguém está questionando, o problema é que se trata de Fluminense, useiro e vezeiro em armações no futebol brasileiro descumpridor de regras
      O torcedor já sabe que se trata de Fluminense por isso todos vê com olhos de desconfiança esta escalação irregular de um jogador da Portuguesa, o torcedor brasileiro sabe que o FLU já baixou 3 vezes Séries B, C e B e não disputou o rebaixamento exatamente assim como hoje, o Flu voltou para Série A pela janela e isto por sí só basta para o torcedor reconhecer isto sim não ser de DIREITO e sim mais um FATO na história negra deste clube que se diz nobre, mas que não tem a nobreza e respeitar o torcedor em cumprir regras e regulamentos.
      Aqui é Brasil e no máximo o que vai acontecer é o torcedor de Fluminense servir de chacota para todos os adversários durante o Estadual, durante a Copa do Brasil e principalmente no Brasileiro mas isso pouco importa para um clube que não se importa com o sua imagem que eles mesmos se dizem nobres sem jamais sê-lo. Nobreza tem outro significado que não é Fluminense

      • Mauricio

        Nivaldo,
        È impossível que você seja tão burro, acho que a paixão e a influência de uma imprensa sensacionalista deixam a visão de vocês curta. O Fluminense nunca entrou em uma ação para paralisar, reaver pontos ou mudar resultado de jogo. Se aproveitou da “burrice” e até ingenuidade de alguns.

        • Nivaldo Pereira

          Pois é Sr.Mauricio,

          É até possível que eu seja tão burro, seu fluzinho time que se diz nobre sem nobreza alguma até tenha se aproveitado da minha burrice, que talvez não deva ser tanta assim ao ponto de escrever com clareza que o Fluminense escreveu mais uma vez uma página negra na história do futebol brasileiro.
          Voces já servem de chacota para todos os torcedores brasileiros, para imprensa mundial e diria mais se você se considera assim tão inteligente vem discutir a história do futebol brasileiro desde a origem do seu timinho até a vergonha dos Tribunais em 16/12/2013, isto sim é FATO e contra fatos não há argumentos.
          O Fluminense é de DIREITO pelo único critério aceito pelo torcedor que é futebol dentro de campo, o Fluminense é de DIREITO time de segunda divisão e ponto final.
          Como o regulamento não prevê cruzamento de times de Série A com times de Série B acho que o BOM SENSO FUTEBOL CLUBE deveria lançar um movimento para que os 19 clubes não joguem contra o Fluminense em 2014, assim voces não seriam novamente e pela 4ª vez rebaixados, além de conquistar de lambuja 54 pontos em W.O.
          Vamos validar o W.O como resultado para jogos contra o fluzinho, a vergonha de futebol brasileiro.
          Como disse acima o resto é balela de quem seu diz entendedor de nada para esclarecer nada e tentar enganar todos, que é o seu caso.
          Nivaldo Pereira – Salvador-BA

    • Nivaldo Pereira

      Primeiro devo dizer, afirmar e reafirmar para quem gosta e entende de futebol que torcedor de futebol de verdade não discute STJD, discute bom futebol, discute gol bonito, discute vitórias e até derrotas do seu clube, mas dentro de campo.
      É até possível que eu seja tão burro, que o fluzinho time que se diz nobre sem nobreza alguma até tenha se aproveitado da minha burrice, mas que talvez não deva ser tanta assim ao ponto de escrever com muita clareza de memória e de detalhes que o Fluminense cravou mais uma vez uma página negra na história do futebol brasileiro.
      Voces(fluminense) já servem de chacota para todos os torcedores brasileiros, para imprensa mundial e diria mais se vocês se consideram assim tão inteligentes vem discutir a história do futebol brasileiro desde a origem do seu timinho até a vergonha dos Tribunais em 16/12/2013, isto sim é FATO, são FATOS e contra fatos não há argumentos.
      Não vou discutir regulamento nem muito menos defender Portuguesa, se existe o tal regulamento é para ser cumprido, a questão é Fluminense e Portuguesa na reta final de um campeonato que ninguém poderia errar extra-campo e justamente a Lusa errou em benefício do Fluminense, mas das vezes anteriores não houve Lusa e o Fluminense descumpriu o regulamento e pulou direto da Série C para Série A. Isto é o que? benefício da CBF?
      O Fluminense é de DIREITO pelo único critério aceito pelo torcedor de verdade que é futebol dentro de campo, o Fluminense é sim de DIREITO time de segunda divisão e ponto final.
      Como o regulamento não prevê cruzamento de times de Série A com times de Série B acho que o BOM SENSO FUTEBOL CLUBE deveria lançar um movimento para que os 19 clubes não joguem contra o Fluminense em 2014, assim voces não seriam novamente e pela 4ª vez rebaixados, além de conquistar de lambuja 54 pontos em W.O.
      Vamos validar o W.O como resultado oficial para jogos contra o fluzinho, a vergonha do futebol brasileiro, vamos envergonhá-lo de vez junto a todos os torcedores.
      Como disse acima o resto é balela de quem seu diz entendedor de nada para esclarecer nada e tentar enganar todos, catalogando histórias de todos os tempos do futebol brasileiro para tentar encobrir esta mancha negra na história do futebol chamada Fluminense Futebol Clube e isto só cabe para aqueles que não são verdadeiros torcedores de futebol.
      Nivaldo Pereira – Salvador-BA

  • Divaldo Antonio de Oliveira

    O Tribunal na verdade é uma confraria de amigos torcedores e a CBF uma luxuosa sala de reunião para desocupados.

  • Victor Dunstan

    Janca…parceira do Fluminense, UNIMED patrocina CBF desde junho…tudo estranho viu!!!

  • Gabriel

    Vi o julgamento pelo o UOL, e uma das pessoas falou que deveria ser seguido o exemplo de outros campeonatos. Então ele citou campeonatos da eliminatória da Copa do Mundo onde uma seleção perdeu pontos por escalar jogador irregular, Champions League… Trazer a tona esses exemplos pode até mostrar que esse tipo de caso é passível de punição severa, mas falar que deveríamos seguir de exemplo não tem muito fundamento já que são países diferentes, campeonatos diferentes e o mais importante, regras diferentes. Sinceramente não entendi.

  • César augusto

    Tô até vendo aqui, Janca! Vislumbro, com todo essa perlenga, uma excelente oportunidade para uma pessoa (vc sabe quem, Janca) implodir o STJD e balançar as estruturas da CBF. Duvideodó que o A. sanchez vai perder essa ocasião, onde a grande maioria da opinião estará a seu lado. Se quando ela era adversária ele ainda conseguiu detonar o clube dos 13, imagina agora! Já tô esperando os próximos capítulos. Abs

  • Nélio A. Castro

    Janca,
    O caso da Portuguesa é diferente do caso do Flamengo. O Flamengo usou seu atleta consciente de que estava respaldado no regulamento, por conta de o mesmo ter já pago a suspensão de um jogo na partida contra o Vitória. Nenhum time ousaria correr o desnecessário risco de perder até 6 (seis) pontos pela simples inclusão de um atleta, não mais que razoável, num jogo festivo/amistoso de entrega de faixas. Não tenho nenhuma dúvida que a diretoria tinha absoluta convicção de que estavam fazendo a coisa certa. O regulamento, no meu ponto de vista, dá margem a dúvidas em seus artigos.
    Solicito sua ajuda para interpretar o artigo abaixo que, não entendo o porquê, não foi utilizado e nem mencionado na defesa do CRF:
    RGC – EDIÇÃO 2014: Art. 58 – O atleta que for expulso de campo ou do banco de reservas ficará
    automaticamente impedido de participar da partida subsequente, independentemente
    do mérito e da data da decisão do julgamento da infração disciplinar.

    Parágrafo único – Se o julgamento ocorrer após o cumprimento da suspensão
    automática, sendo o atleta suspenso, deduzir-se-á da pena imposta à partida não
    disputada em consequência da expulsão.
    Marcos Motta, especialista em legislação internacional, não faou nada que todo mundo não saiba e que está claro no art. 58: Ao ser expulso, o atleta está automaticamente impedido de participar da PARTIDA SUBSEQUENTE.
    Ora, como era a última partida da Copa do Brasil, há que escolher entre duas hipóteses: Ou não joga a primeira partida da CB do ano seguinte ou, e isso é mencionado no regulamento, não joga a próxima partida da competição pararela ainda em vigor que é o Campeonato Brasileiro. E assim foi feito, ou seja, não jogou contra o Vitória.
    O parágrafo único, para mim, é claro quando diz que a suspensão para cumprimento após o julgamento só se dá em caso de pena superior a 1 (um) dia. Nesse caso deduzir-se-á o a partida já cumprida.
    Insisto, não consigo entender porque não se enquadra no caso do Flamengo.
    Ajuda aí.
    Parabéns pelos seus artigos e colocações que primam pela sensatez.
    Grato

    • janca

      Oi Nélio. Estou na correria, mas prometo ler direitinho seu comentário e suas ponderações e tentar te ajudar. Te dou uma resposta até amanhã cedo, ok?, nem que seja por e-mail. Grande abraço, Janca

      • lucas

        Fluminense também deveria ter perdido 4 pontos no tribunal…
        Biro Biro tomou o primeiro amarelo contra o Bahia dia 07/09, o segundo contra o Atletico pr dia dia 14/09 e o terceiro contra o grêmio dia 12/10, onde também foi expulso por anti-jogo, cumpriu um jogo contra o cruzeiro e deveria ter cumprido a suspensão contra a ponte preta, porem jogou a partida, que terminou empatado em 1×1.
        O fluminense deveria perder os pontos desse jogo e mais os 3 pontos, assim como a portuguesa e o flamengo perderam. É só conferir.
        Porque nao denunciaram?? é a pergunta a se fazer.

        • Nélio A. Castro

          Lucas,
          Infelizmente não se enquadra, pois o Biro-Biro estava pendurado e, nesse jogo, levou um primeiro cartão amarelo e, durante o mesmo jogo levou um segundo amarelo, seguido do vermelho. Nesse caso diz a regra:

          “Caso o atleta, estando “pendurado”, receba um segundo cartão amarelo na mesma partida (consequente cartão vermelho por duas advertências) ele sairá daquele jogo e cumprirá a suspensão automática pela expulsão de um jogo (vai a julgamento pela expulsão). Neste caso, o atleta segue “pendurado” com 2 amarelos já que o primeiro amarelo deste jogo “somou-se” ao segundo “transformando-se” em um vermelho”.
          SRN

    • janca

      No meu ponto de vista também dá margem a dúvidas, tanto que, seja no caso da Lusa, seja no do Flamengo, há jurisprudência para um lado e para o outro. Regulamentos e o próprio código de Justiça Desportiva têm pontos contraditórios, inclusive sobre a notificação do clube. A da Portuguesa chegou na segunda. Enfim, para quem conhece o tribunal estava na cara que os dois clubes seriam punidos e não porque a lei é igual para todos, pois não é. Grande abraço e a polêmica, pelo jeito, seguirá nos próximos dias na Justiça Comum. Já há quem proponha um Brasileiro com 22 times…

  • israel

    Então quer dizer que a Lusa foi punida com perda de pontos por escalar jogador suspenso? Que tal essa então? Na rodada 28, durante a partida Fluminense x Grêmio, o jogador Diego Gama Santos Camilo (mais conhecido como Biro Biro) levou um cartão amarelo (o terceiro cartão acumulado) e, no mesmo jogo, levou o segundo cartão amarelo e, consequentemente o vermelho. Diante disso, podemos analisar o artigo 57, parágrafo 2, do Regulamento Geral das Competições de 2013 da CBF que diz:

    1) Quando um atleta for advertido com o cartão amarelo e posteriormente for expulso de campo pela exibição direta do cartão vermelho, aquele cartão amarelo anteriormente exibido permanecerá em vigor para o cômputo dos três cartões que resultarão em impedimento automático;

    2) Quando o cartão amarelo a que se refere o item anterior for o terceiro da série, o atleta será penalizado com dois impedimentos automáticos, sendo um pela sequência dos três cartões amarelos, e outro pelo recebimento do cartão vermelho;

    Entretanto, ao verificarmos a sumula do jogo Fluminense x Ponte Preta, pela rodada de número 30 (segundo jogo após a expulsão do Biro Biro), é possível notar que o mesmo foi relacionado e jogou esta partida de maneira irregular, visto que o mesmo estava suspenso por 2 jogos… E ai??? O FLUMINENSE VAI PERDER PONTOS TAMBÉM??? Seriam 4, já que o jogo acabou empatado Por curiosidade, o jogador levou os 2 primeiros amarelos nas rodadas 19 e 21. Não acredita? Quer checar?

    http://www.cbf.com.br/Competições/Série%20A/Tabela/2013

    Só ver as súmulas dos jogos e o regulamento das competições.

    • lucas tomm

      também conferi em outros sites e bate com sua informação!

    • Smith

      Vc não colocou o 3º parágrafo, onde o Biro Biro se encaixaria, e portanto só teria que cumprir 1 jogo…
      Este caso já foi descrito acima, pelo Nélio A. Castro…
      SRN

  • PALHAÇO

    Sou torcedor do Fluminense e isso que aconteceu foi uma vergonha! O time jogou mal o campeonato inteiro e mereceu a queda! Não sou hipócrita como muitos torcedores! Só houve essa virada de mesa porque era Portuguesa! Se fosse o Corinthians, o São Paulo, Flamengo, Cruzeiro, duvido que teria ocorrido! Mas o Brasil é assim… Quem tem mais dinheiro e influência consegue tudo nesse país…

    • janca

      Também duvido que Corinthians, São Paulo ou Grêmio teriam o mesmo tratamento que a Lusa.

  • Nivaldo Pereira

    Balela de quem escreve para tentar induzir aqueles que ele acha pode induzir mas que não torcem pelo Fluminense, relembrar fatos para tentar encobrir suas estratégias armadas.
    A história está escrita mais um vez no futebol brasileiro em página negra chamada Fluminense, o torcedor é sempre a vítima e o torcedor do Fluminense também o é, aquele que honra seu caráter deve sentir vergonha de ser Fluminense nesta situação de mudanças de resultados, de rebaixamentos não cumpridos pelo Flumiense.
    As regras estão aí para serem cumpridas ninguém está questionando, o problema é que se trata de Fluminense, useiro e vezeiro em armações no futebol brasileiro descumpridor de regras
    O torcedor já sabe que se trata de Fluminense por isso todos vê com olhos de desconfiança esta escalação irregular de um jogador da Portuguesa, o torcedor brasileiro sabe que o FLU já baixou 3 vezes Séries B, C e B e não disputou o rebaixamento exatamente assim como hoje, o Flu voltou para Série A pela janela e isto por sí só basta para o torcedor reconhecer isto sim não ser de DIREITO e sim mais um FATO negro na história deste clube que se diz nobre, mas que tem a nobreza de respeitar o torcedor brasileiro.
    Aqui é Brasil e no máximo o que vai acontecer é o torcedor de Fluminense servir de chacota para todos os adversários durante o Estadual, durante a Copa do Brasil e principalmente no Brasileiro mas isso para quem não tem vergonha em nada ofende um clube que ofendeu-nos.
    Não adianta voces que se avoram conhecer linguagem jurídica(legitimidade e Lei) dentro do futebol porque futebol se decide é dentro das quatro linhas, isto sim é de DIREITO para o torcedor, o que é de FATO é que voces se avoram a tentar induzir para explicar o inexplicável. O Fluminense Futebol Clube foi mais uma vez rebaixado para segunda divisão e isto é de DIREITO, o resto é de FATO tudo que voces buscam para encobrir e verdade.

  • SHAOLIN

    É TUDO ARMAÇÃO, CARTAS MARCADAS…E Q NEM LICITAÇÃO E CONCORRÊNCIA DE OBRAS PUBLICAS. ESSA É A CULTURA DESSE PAÍS.
    AOS FORTES OS FAVORES DA LEI, AOS FRACOS OS RIGORES DA LEI.

  • lucas

    Fluminense também deveria ter perdido 4 pontos no tribunal…
    Biro Biro tomou o primeiro amarelo contra o Bahia dia 07/09, o segundo contra o Atletico pr dia dia 14/09 e o terceiro contra o grêmio dia 12/10, onde também foi expulso por anti-jogo, cumpriu um jogo contra o cruzeiro e deveria ter cumprido a suspensão contra a ponte preta, porem jogou a partida, que terminou empatado em 1×1.
    O fluminense deveria perder os pontos desse jogo e mais os 3 pontos, assim como a portuguesa e o flamengo perderam. É só conferir.

  • claudio

    Cara…interessante ver reclamação sobre STJD e tal…po reconheço que o Fluminense mereceu ser rebaixado…alguns jogos deu raiva assistir…porem, quem ja jogou bola e disputou algum campeonato no seu bairro sabe que tem regras…qualquer competição tem regras…vc ja imaginou fazer um torneio no seu bairro sem que todos estejam de acordo? que bagunça nao vai ser neh?. o Fluminense não tem culpa se Portuguesa ou Flamengo escalaram jogadores irregulares (Interessante…Flamengo joga sábado, Portuguesa Domingo…sera que foi o fluminense que mandou escalarem jogadores irregulares?) O Fluminense não foi beneficiado pela perda de pontos da Portuguesa…foi o Flamengo quem se beneficiou. abcs

  • Orlando

    Sou Tricolor e não comemorei a manutenção na Série A. O time esteve muito mal durante o campeonato e a diretoria errou demais. Então, sem nenhuma dúvida, o Fluminense mereceu o rebaixamento.
    Entretanto, nada justifica a insana e injusta perseguição ao Fluminense. Só posso atribuir tanto ódio ao fato de o Fluminense ter se livrado de um rebaixamento em 1996 e ter retornado da Série C diretamente para a Série A em 2000. Mas será que o Fluminense foi vilão naquelas oportunidades?
    Ocorre que em ambas as situações o Fluminense não teve participação alguma nas confusões que mudaram o panorama daquelas competições. Não foi o Fluminense que escalou Sandro Hiroshi em 1999, nem foi o Fluminense que participou de armação de resultados em 1996.
    O povo brasileiro é presa fácil de qualquer falácia, distorção e injustiça porque se deixa manipular e tem memória curta.
    O Fluminense foi rebaixado em campo em 1996, mas não foi pra Série B porque foi descoberto um esquema de armação de resultados que tinha a participação de dirigentes do Corinthians e do Atlético-PR. Aqueles dirigentes (Petraglia e Duailibi) foram BANIDOS do esporte, mas seus clubes não foram punidos.
    Já em 2000, houve o caso Sandro Hiroshi, que jogou irregular e causou a maior confusão, envolvendo Botafogo São Paulo, Gama, entre outros. A corda acabou arrebentando em cima do Gama, rebaixado à Série B. Inconformado, o clube do DF recorreu à Justiça Comum e paralisou o campeonato brasileiro. Daí surgiu a iniciativa dos clubes de criar a Copa João Havelange, em substituição ao campeonato CBF. O Fluminense foi convidado e participou. Só.
    De lá pra cá, convencionou-se que o Fluminense é beneficiado pelo tapetão!!! Uma mentira dita mil vezes acaba virando verdade.
    Agora, numa inacreditável inversão de valores, querem ignorar o ordenamento jurídico-desportivo para satisfazer ódio e ressentimento em relação ao tradicional Tricolor das Laranjeiras, sinalizando com imenso cinismo com uma pretensa cruzada pela “moralidade”. Para estas pessoas, moralidade é rebaixar o Fluminense. Não passarão!!
    Por todo o exposto, eu gostaria muito de ver os torcedores de outros times olhando pro próprio umbigo antes de agredir a inteligência dos outros. Que os flamenguistas se lembrem das famosas papeletas amarelas antes de criticar o Fluminense. Que os vascaínos lembrem das mil e uma armações de Eurico Miranda. Que os torcedores de Corinthians de Duailibi e Atlético-PR de Petraglia olhem no espelho antes de falar mal do glorioso Fluminense.
    Espero que o bom senso prevaleça e que cessem as demonstrações de ódio pelo meu Fluminense. Isso vai acabar levando a tragédias. Não se alimenta ódio assim impunemente. Depois a imprensa vai lamentar as brigas que fatalmente irão acontecer em meio a este clima de conflagração.
    Senhores, por favor, bom senso.
    Saudações Tricolores.

    • Nivaldo Pereira

      É até possível que eu seja tão burro, seu fluzinho time que se diz nobre sem nobreza alguma até tenha se aproveitado da minha burrice, que talvez não deva ser tanta assim ao ponto de escrever com clareza que o Fluminense escreveu mais uma vez uma página negra na história do futebol brasileiro.
      Voces já servem de chacota para todos os torcedores brasileiros, para imprensa mundial e diria mais se você se considera assim tão inteligente vem discutir a história do futebol brasileiro desde a origem do seu timinho até a vergonha dos Tribunais em 16/12/2013, isto sim é FATO e contra fatos não há argumentos.
      O Fluminense é de DIREITO pelo único critério aceito pelo torcedor que é futebol dentro de campo, o Fluminense é de DIREITO time de segunda divisão e ponto final.
      Como o regulamento não prevê cruzamento de times de Série A com times de Série B acho que o BOM SENSO FUTEBOL CLUBE deveria lançar um movimento para que os 19 clubes não joguem contra o Fluminense em 2014, assim voces não seriam novamente e pela 4ª vez rebaixados, além de conquistar de lambuja 54 pontos em W.O.
      Vamos validar o W.O como resultado para jogos contra o fluzinho, a vergonha de futebol brasileiro.
      Como disse acima o resto é balela de quem seu diz entendedor de nada para esclarecer nada e tentar enganar todos, que é o seu caso.
      Nivaldo Pereira – Salvador-BA

      • Orlando

        Nivaldo,

        Eu até poderia aceitar seu convite para discutir a história do futebol e do Fluminense. Falar de Preguinho, o maior multi-atleta da história do desporto nacional, da Taça Olímpica, da primeira partida de uma Seleção Brasileira, do Mundial de Clubes de 1952 e tudo mais.

        Mas não vou fazê-lo porque você personifica a face mais covarde daquele tipo de multidão que age como lobos em bandos. Você repete o argumento alheio como se fosse seu. Participa de um linchamento estúpido destes a troco de nada. Você parece ser do tipo de gente que passa na rua, vê alguém caído sendo massacrado e adere às agressões, É pura frustração.

        Esta tese do boicote ao Fluminense está rolando por aí como se fosse uma ideia de gênio. Trata-se, na verdade, de uma arrematada burrice de quem não sabe nada de nada, nem de esporte, nem de direito, nem de segurança jurídica. A decência e a moral, para certa corja de frustrados, é defender o “mais fraco”, ainda que esteja errado. Você está se filiando a esta corja. Precisa entender o porquê.

        Querem “moralizar” o Brasil descumprindo as leis!! Gênio!! Agora vai!! Ah, me poupa!!!

        “Mudem-se as leis”, dirão alguns. Que seja. Mas depois de muda-las, não adianta espernear: vão ter de cumpri-las do mesmo jeito. Vai querer? Ou vai ficar chorando de novo quando a nova lei te alcançar outra vez?

        Quando alguém dispensa argumentos, acaba o diálogo. É a derrota mais preocupante do ser humano. Assim começam as barbáries.

        Faça um exame de consciência para encontrar as causas da sua frustração. Certamente elas não têm relação com o Fluminense.

        Fica com Deus, querido.

  • Halex

    OLHA AI PESSOAL VAMOS OLHAR E DENUNCIA O STJD PQ PRA PORTUGUESA A REGRA VALEU VAMOS VER PRO FLU AGORA????LEIAM ISSO É UMA DENUNCIA MUITO IMPORTANTE ! Então quer dizer que a
    Lusa foi punida com perda de pontos por escalar jogador suspenso? Que
    tal essa então? Na rodada 28, durante a partida Fluminense x Gremio, o
    jogador Diego Gama Santos Camilo (mais conhecido como Biro Biro) levou
    um cartão amarelo (o terceiro cartão acumulado) e, no mesmo jogo, levou o
    segundo cartão amarelo e, consequentemente o vermelho. Diante disso,
    podemos analisar o artigo 57, parágrafo 2, do Regulamento Geral das
    Competições de 2013 da CBF que diz: 1) Quando um atleta for advertido
    com o cartão amarelo e posteriormente for expulso de campo pela exibição
    direta do cartão vermelho, aquele cartão amarelo anteriormente exibido
    permanecerá em vigor para o cômputo dos três cartões que resultarão em
    impedimento automático; 2) Quando o cartão amarelo a que se refere o
    item anterior for o terceiro da série, o atleta será penalizado com dois
    impedimentos automáticos, sendo um pela sequência dos três cartões
    amarelos, e outro pelo recebimento do cartão vermelho; Entretanto, ao
    verificarmos a sumula do jogo Fluminense x Ponte Preta, pela rodada de
    número 30 (2 jogos após a expulsão do Biro Biro), é possível notar que o
    mesmo foi relacionado e jogou esta partida de maneira irregular, visto
    que o mesmo estava suspenso por 2 jogos… E ai??? O FLUMINENSE VAI
    PERDER PONTOS TAMBÉM??? Seriam 4, já que o jogo acabou empatado Por
    curiosidade, o jogador levou os 2 primeiros amarelos nas rodadas 19 e
    21. Não acredita? Quer checar?http://www.cbf.com.br/Competições/Série%20A/Tabela/2013 Só ver as súmulas dos jogos e o regulamento das competições.

  • cesar castro

    Eu só queria saber o seguinte:
    Todos os clubes , incluindo a Portuguesa assinaram o regulamento?
    E a Portuguesa colocou ou não colocou o jogador sem condições?
    O resto é falar bobagens.
    Se isso, se aquilo, se papai não …. com mamãe eu não nascia.
    Houve o erro?
    A pena tem que ser aplicada e acabou, ficam um monte falando bobagens imaginarias , bolondo teorias da conspiração.
    Para com isso.
    Vai torcer para o seu time que ele esta mal.

  • Paulo

    VERGONHA. PAGUEM 3 SÉRIES B.

  • dorival

    Novo hino do Fluminense: Sou tricolor de coração e adoro um TAPETÃO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • Nivaldo Pereira

      Além do hino já foi criado o soutien fluminense futebol clube com silicone de tapetão, que nunca deixa cair, é de graça e pode ser adquirido na Sede das Laranjeiras e nos Tribunais do STJD no Rio de Janeiro.
      SOUTIEN FLUMINENSE FUTEBOL CLUBE, o que nunca deixa cair

  • Décio

    Janca,

    Acho que os 31 países que virão na copa terão de vir com um batalhão de advogados, pois do jeito o futebol brasileiro está, poderemos ter uma copa decidida nos tribunais.

    • janca

      Que não seja no STJD, porque lá não se chega por meritocracia, aquilo virou um feudo familiar.

  • leonardo

    Sabe pq isso acontece com o FLUMINENSE? Simples: desde 1996 o FLU lutou para não cair em 8 vezes. Em 17 anos brigou para não cair 8 vezes. Quase 50% dos campeonatos ele luta lá em baixo. é por isso que está sempre metidos nessas confusões.

  • Nivaldo Pereira

    L E I A M e GRANDE VERDADE SOBRE VIRADA DE MESA DO fluzinho:
    Na ocasião, o Santos ficou na 10ª colocação do Campeonato Paulista e, portanto, deveria disputar a Taça de Prata. No entanto, o Peixe foi “convidado” a disputar a Taça de Ouro pela CBF, assim como o Vasco, no ano seguinte.

    No Brasileirão de 1986, houve nova “canetada”: o regulamento previa, na primeira fase, a classificação de seis equipes em cada grupo de 11 times. O Vasco e o Botafogo se beneficiaram da perda de pontos de Joinville e Portuguesa e se classificaram mesmo tendo terminado entre os últimos.

    Em 1992, aconteceu fato ainda mais gritante. O Grêmio estava na segunda divisão e, segundo o regulamento, apenas as duas melhores equipes deveriam subir à primeira divisão. Devido à má fase do time gaúcho no torneio, a CBF mudou as normas e decidiu classificar nada menos que 12 equipes para a Série A de 1993. Coritiba, Remo, Santa Cruz, entre outros, também se deram bem.

    Em 1996, aconteceu o primeiro caso de virada de mesa do Fluminense. Rebaixado para a Segundona, o Flu permaneceu na Série A, graças a um suposto escândalo de arbitragem, que fez com que o descenso fosse abolido naquele ano.

    No ano seguinte, o Fluminense foi rebaixado novamente e, para tristeza de seus torcedores, sofreu novo rebaixamento, desta vez para a Série C, em 1998.

    Em 1999, porém, novo escândalo envolvendo o São Paulo e o Botafogo acabou por beneficiar os clubes cariocas. O Tricolor paulista perdeu pontos no tapetão pela escalação irregular do atacante Sandro Hioroshi, em uma interpretação polêmica do STJD. Beneficiado, o Botafogo evitou o rebaixamento.

    O que se seguiu foi uma tremenda confusão que fez com que o Fluminense “pulasse” de divisão. Prejudicado, o Gama (DF) conseguiu liminar a seu favor na Justiça Comum criando um grande imbróglio e, com isso, o Campeonato Brasileiro de 2000 virou a Copa João Havelange, com a participação de mais de cem clubes, incluindo times de várias divisões.

    A maior virada de mesa do futebol brasileiro acabou beneficiando o Fluminense: campeão da Série C em 1999 com Carlos Alberto Parreira no comando e Roger como seu grande destaque, o time acabou pulando da terceirona para a elite nacional.

    Em 2005, ocorreu o último grande escândalo. Devido a um esquema envolvendo partidas apitadas por Edilson Pereira de Carvalho, 11 jogos foram anulados por decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no episódio batizado de “Máfia do Apito”. Entre essas partidas, dois jogos em que o Corinthians havia perdido foram remarcados e o Timão conseguiu quatro pontos, aumentando sua vantagem na liderança. No final da competição, o time paulista ficou com o título, com 81 pontos, quatro a mais que o Internacional, vice-campeão.

    A Portuguesa ainda poderá recorrer da decisão do STJD e melar a última virada de mesa do futebol nacional.

  • luis flavio

    O STJD do futebol tem que ter um site para divulgar os julgamentos e resultados como os demais TJ ,STJ ,STF

  • A CAUSA MORAL E OQ UE DEVERIA PREVALECER….

    1– FLU CAIU NO CAMPO,,CAIU JA ERA, SEM RECURSO….

    2– LUSA SE CAGADA,TEM QUE SER PUNIDA,, MULTA,, PERDA DE PONTOS NO PROXIMO
    CAMP BRASILEIRO,, E PORAI…

    3— LUSA TEM QUE CAIR, QUE CAIA,,, PROMOVA O 5 DA SEGUNDA[ICASA]]SOBE O ICASA,,
    FLU POR FUTEBOL BAIXO, E LUSA POR BURRICE CAIAM….

    4— HORA BOA DO BOM SENSO SE REUNIR,, E JA COMEÇAR 2014 EM GREVE,, CONTRA O FLU NINGUEM JOGA..E VARIAS OUTRAS SANÇOES….

    5… TORCEDORES ATRAVES DE INTERNET COMBINAREM, NAO IREM AOS JOGOS DO FLU… COM O RIVAL FOR O FLU ,,NINGUEM ENTRA NO CAMPO…ESTADIO////..

    6 E O FLU COMO UM RAIO DE HONESTIDADE, RECONHECER, E PEDIR P DISPUTAR A SEGUNDONA,,,, POIS ESTE FLU….DEVE MUITOOOOOOOOOOOOO

  • Arthur

    Quando interessa usa-se “bom senso”, quando não interessa usa-se o regulamento ao pé da letra. É triste! Mais triste ainda é ver um clube ser rebaixado para a série B, pela 1ª vez, virar a mesa e não cair. Depois o mesmo clube é rebaixado, pela 2ª vez, para a série B e ao disputá-la cai para a série C. O mesmo clube consegue com muito esforço sagrar-se campeão da série C e sobe, só que ao invés de disputar a série seguinte que é a B, retorna direto para a série A. O mesmo clube em 2010 foi “campeão” e deveria perder os mesmos pontos que a Lusa perdeu agora, só que usaram o bom senso e o resultado obtido em campo deveria prevalecer. O mesmo clube agora é rebaixado, pela 3ª vez, mas não cai, pois se beneficia da tese de que o regulamento foi feito para ser cumprido…é realmente muito triste…o nome do clube? Advinha? Não preciso dizer, todo mundo sabe. O futebol brasileiro é uma piada.

  • NIVALDO PEREIRA

    Quem gosta e entende de futebol que torcedor de futebol de verdade não discute STJD, Regulamentos, fatos jurídicos e etc, discute sim bom futebol, discute grandes jogadores, discute grandes jogadas, discute gols bonitos, discute vitórias e até derrotas do seu clube, mas dentro de campo.
    O Fuminense time que se diz nobre sem nobreza alguma até tenha se aproveitado da pseudo burrice da Portuguesa de Desportos, mas que talvez não deva ser tão burra assim pois com clareza de memória e de detalhes o Fluminense cravou mais uma vez uma página negra na história do futebol brasileiro.
    A grande verdade é que o Fluminense já serve de chacota para todos os torcedores brasileiros, para imprensa mundial em mais esta vergonha dos Tribunais em 16/12/2013, isto sim é FATO e contra fatos não há argumentos.
    Não vou discutir regulamento nem muito menos defender Portuguesa, se existe o tal regulamento é para ser cumprido, a questão é Fluminense na reta final de um campeonato que ninguém poderia errar extra-campo e justamente a Lusa errou em benefício do Fluminense, mas das vezes anteriores onde houve comprovadamente viradas de mesas não houve Lusa e o Fluminense descumpriu o regulamento e pulou direto da Série C para Série A. Isto é o que? benefício da CBF?
    O Fluminense é de DIREITO pelo único critério aceito pelo torcedor de verdade que é futebol dentro de campo ética profissional e moral dentro de campo, o Fluminense é sim de DIREITO time de segunda divisão do futebol brasileiro e ponto final.
    Como o regulamento não prevê cruzamento de times de Série A com times de Série B acho que o BOM SENSO FUTEBOL CLUBE deveria lançar um movimento para que os 19 clubes não joguem contra o Fluminense em 2014, assim o clube carioca não seria novamente rebaixado pela quarta vez além de conquistar de lambuja 54 pontos em W.O.
    Vamos validar e oficializar o W.O como resultado oficial para jogos contra o Fluminense assim estaríamos moralizando o futebol brasileiro.
    O resto é balela de quem seu diz entendedor de nada para esclarecer nada e tentar enganar todos, catalogando histórias de todos os tempos do futebol brasileiro para tentar encobrir mais esta mancha negra na história do futebol chamada Fluminense Futebol Clube.
    Nivaldo Pereira – Salvador-BA

  • NIVALDO PEREIRA

    Quem gosta e entende de futebol que torcedor de futebol de verdade não discute STJD, Regulamentos, fatos jurídicos e etc, discute sim bom futebol, discute grandes jogadores, discute grandes jogadas, discute gols bonitos, discute vitórias e até derrotas do seu clube, mas dentro de campo.
    O Fluminense time que se diz nobre sem nobreza alguma até tenha se aproveitado da pseudo burrice da Portuguesa de Desportos, mas que talvez não deva ser tão burra assim pois com clareza de memória e de detalhes o Fluminense cravou mais uma vez uma página negra na história do futebol brasileiro.
    A grande verdade é que o Fluminense já serve de chacota para todos os torcedores brasileiros, para imprensa mundial em mais esta vergonha dos Tribunais em 16/12/2013, isto sim é FATO e contra fatos não há argumentos.
    Não vou discutir regulamento nem muito menos defender Portuguesa, se existe o tal regulamento é para ser cumprido, a questão é Fluminense na reta final de um campeonato que ninguém poderia errar extra-campo e justamente a Lusa errou em benefício do Fluminense, mas das vezes anteriores onde houve comprovadamente viradas de mesas não houve Lusa e o Fluminense descumpriu o regulamento e pulou direto da Série C para Série A. Isto é o que? benefício da CBF?
    O Fluminense é de DIREITO pelo único critério aceito pelo torcedor de verdade que é futebol dentro de campo ética profissional e moral dentro de campo, o Fluminense é sim de DIREITO time de segunda divisão do futebol brasileiro e ponto final.
    Como o regulamento não prevê cruzamento de times de Série A com times de Série B acho que o BOM SENSO FUTEBOL CLUBE deveria lançar um movimento para que os 19 clubes não joguem contra o Fluminense em 2014, assim o clube carioca não seria novamente rebaixado pela quarta vez além de conquistar de lambuja 54 pontos em W.O.
    Vamos validar e oficializar o W.O como resultado oficial para jogos contra o Fluminense assim estaríamos moralizando o futebol brasileiro.
    O resto é balela de quem seu diz entendedor de nada para esclarecer nada e tentar enganar todos, catalogando histórias de todos os tempos do futebol brasileiro para tentar encobrir mais esta mancha negra na história do futebol chamada Fluminense Futebol Clube.
    Nivaldo Pereira – Salvador-BA

  • MARIO

    STJD 5 X BOM SENSO 0
    AGORA SABEMOS PQ A SELEÇÃO ALEMÃ VAI CONSTRUIR SEU PROPRIO CT E ALOJAMENTO…NÃO CONFIAM NAQUELES Q DIRIGEM O FUTEBOL BRASILEIRO. É BOM TRAZEREM TAMBÉM SEGURANÇAS LA DA ALEMANHA. ESTÃO CERTISSIMOS.

  • Celso Luiz Medeiros da Costa

    Concordo com o Mário e acrescento, devem trazer também comida e cozinheiros, pois em se tratando de Brasil, tudo pode acontecer!

  • Léo

    Janca,

    Sempre que posso, venho dar uma olhada no seu blog, pois respeito muito suas opiniões embasadas, coerentes, éticas e conscientes.

    Venho alertar para algo que está me assustando nesse caso Portuguesa.
    Posso estar exagerando, mas alguns colegas seus de profissão ajudaram e muito nesse processo de vilanização do Fluminense nessa história toda.

    Publicações de matérias totalmente desnecessárias (foto do Fred com o ex-advogado da Portuguesa, ora, se ele é desonesto, o que acho que não é, foi a própria que o contratou, essa foto nada tem a ver com o caso, muitos afirmando que o caso foi de virada de mesa, o que não foi, os casos de 1997 e 2000 mal explicados como se o Fluminense fosse sempre o culpado de tudo) vêm acarretando em muitas manifestações agressivas ao extremo.

    Fiquei sabendo que o Rafael Sóbis foi hostilizado no aeroporto, um torcedor teria sido agredido… olha, nós acabamos de ver um episódio muito triste em Joinville. Particularmente, temo bastante pelas coisas que podem acontecer no ano que vem, cidades e estádios que o Fluminense visitar para jogos, como será a segurança para a torcida do Flu?

    Não sei o que pode acontecer. Nós estamos sendo achincalhados por todos os locais que passamos, seja pessoalmente ou virtualmente. Crianças tricolores sendo provocadas em suas escolas.

    Acho que parte da imprensa esportiva teve um comportamente inadequado e irresponsável nesse caso. Acho que pode ter ajudado a criar um caminho sem volta em relação ao Fluminense e seus torcedores. Você não tem receio do que pode acontecer no ano que vem? Gostaria de saber sua opinião.

    Um abraço!

    • janca

      Não vejo assim, Léo. Acho que há um clima de indignação no país, basta lembrarmos das manifestações de junho, um clima de indignação com o tribunal, cujo presidente entrou nas mãos do próprio pai quando ainda cursava a faculdade de direito, e o Fluminense, queiramos ou não, tem a imagem de nunca disputar a Série B, ao contrário de outros grandes, que depois até ganharam Mundial e Libertadores. A imagem do Fluminense hoje lembra as do Vasco nos tempos do Eurico Miranda. O que é triste, já que o Vasco é um clube de história linda, e o Fluminense, também. É maior que a atual diretoria e, como costumo dizer, maior que a Unimed, mesmo que seja ela quem pague a conta do futebol. Abs.

  • Caso Pau Brasil
    Justiça determina prisão e pagamento de multa para João Carlos Martins. O pianista é sócio de empresas acusadas de arrecadar recursos irregularmente para campanhas de Paulo Maluf nos anos 90.
    Maestro[1]O pianista João Carlos Martins é conhecido por travar uma longa luta contra tragédias que, progressivamente, limitaram os movimentos de suas mãos. Mas Martins luta também, há mais de uma década, para se livrar de processos judiciais que amealhou graças à sua atuação como empresário. nesta terça-feira (3), Martins foi condenado pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3), em São Paulo, a dois anos e nove meses de prisão e pagamento de multa por crimes contra a ordem tributária. O processo é relacionado ao escândalo político conhecido como caso “Pau Brasil”, nos anos 1990. A construtora Pau Brasil e outras empresas ligadas a Martins foram acusadas de arrecadar irregularmente recursos para as campanhas políticas de Paulo Maluf nos anos 1990.

    No processo julgado na terça, Martins foi condenado junto com seu sócio, Rubens Kaufman, por irregularidades encontradas pela Receita Federal em outra de suas construtoras, a Entersa Construções e Empreendimentos Ltda. De acordo com a Justiça, ficou provado que a Entersa cometeu várias fraudes na sua contabiliade para esconder da Receita Federal quanto recebia e no que gastava seus recursos. Em sua defesa, Martins e Kaufman afirmam que a parte financeira da Entersa era gerenciada apenas por outro sócio, Calim Eid, um apoiador de Maluf que morreu em um acidente de carro em 1999. Mas os documentos da empresa mostram que Martins e Kaufman assinavam todos os documentos. Martins e Kaufman ainda podem recorrer da sentença. A pena de prisão foi trocada por prestação de serviços, mas eles só serão prestados se Martins e Kaufman forem condenados definitivamente.

    Longe dos negócios com empreiteiras, João Carlos Martins é considerado um dos maiores pianistas do mundo. É apontado como o maior intérprete da obra do compositor alemão Johann Sebastian Bach (1685-1750). Devido a diversos acidentes, Martins perdeu os movimentos nas mãos. Recentemente passou por uma nova cirurgia para retomar os movimentos para conseguir tocar com apenas uma das mãos. Paralelamente, Martins iniciou a carreira de maestro e conduz a Orquestra Bachiana Filarmônica.

  • Carlos

    Jurista Ives Gandra Martins: Jurista defende que clube vá à Justiça comum. Tanto os torcedores da Portuguesa quanto o próprio clube têm garantido pela legislação brasileira o direito de entrar na Justiça comum para reverter uma eventual decisão negativa do STJD (Supremo Tribunal de Justiça Desportiva). Apesar de o Código Brasileiro de Justiça desportiva proibir que os clubes apelem à Justiça comum para reverter decisões da legislação desportiva, o jurista Ives Gandra Martins afirma que nada pode se sobrepor à Constituição. “A Constituição é soberana, tem mais poder do que a CBF e do que a Fifa”, argumenta Gandra. De acordo com o artigo 217 da Constituição, quando esgotadas as possibilidades oferecidas pela Justiça Desportiva, é válido recorrer à Justiça comum. Também advogados especialistas em direito desportivo, como Eduardo Carlezzo, veem como legítima a opção pela Justiça comum, desde que esgotados todos os recursos no terreno desportivo. “Vale a hierarquia”, diz ele. Folha de S. Paulo 18/12/13

  • MARCELO

    SAIU NO LANCE, ANTES DO JOGO DO FLAMENGO!!!

    http://www.lancenet.com.br/minuto/Suspenso-Andre-Santos-Cruzeiro-Brasileirao_0_1042695943.html

    ESTRANHO!!! SÓ LEIO “CASO DA LUSA”, “CASO DO FLU”, CASO “FLU X LUSA”… NINGUÉM FALA “CASO FLAMENGO” QUE OCORREU ANTES, FOI JULGADO DEPOIS… E FOI O MAIOR BENEFICIADO!!! JÁ SABIAM QUE SERIAM PUNIDOS!!! CHEIRO DE MALA PRETA NO AR!!! INVESTIGUEM OS DIRIGENTES DE FLA E PORTUGUESA!!!

    • Smith

      ha, camarada… Vai plantar batatas… O A. Santos foi sim punido com 1 jogo, que foi cumprido no jogo do Vitoria-BA. Simples assim. Logo estava livre pra jogar contra o Cruzeiro!!!

    • Smith

      Imbecil…

  • Janca, e’ mais facil jesus cristo vim salvar o mundo doque salvar a cbf e o campeonato brasileiro. Olha! Ja’ que estamos falando em deus., pois so ele pra nos salvar. Gostsria de dizer pra portuguesa que nao foi so’ eles por se achar clube pequeno nao e eles fazem isso contra time pequeno e os faz chorar… saiba que nao e’ so’ clube de menor torcida que choram nao. Pois a maior clube do brasil e que e’ tbm a maior torcida do brasil e do mundo chorou com tigo. E nesse caso o choro tem amior valor doque o sorrisos deles. Pois foi o chora da dignidade perdida e o sorriso dos poderiso sobre a fraguesas dos pobres. Entso vamos la usar as segundas intncoes que tudo tem e fazer uma musiquinha pra isso tudo: a mnda… amanda amanda ! A manda amanda amanda ! Pronto numa unica palavra se resume tudo. Isto e’: pode ser afirmar que a pessoa manda mesmo e ponto final. Ao pode se dizer que a mulher manda mesmo e ponto final. Pois tem uma firmacao que quem manda manda mesmo ou que a mulher amanda e’ quem manda. Assim tbm eu penso no caso da lusa. Pois se ela estivesse com uns pontos merde de 46 pontos e o flu com 48 pontos e o fla com os seus 49 pontos…. acham que eles perderia pontos depois do campeonato terminado e salvariam a lusa… eu acho que nem seria denunciado o caso. E se fosse bastaria dar mais uma pulta de 10 mil como deram ao cruzeiro e feliz natal a todo e sern.

  • Estao dizendo por ai’ que o stjd vai mudar as suas inicias para: STID… como assim ? Supremo tribunal de injustica desportiva. E dizem que o e’ o supremo do stjd. Sera’ ? Fui.

  • Janca, o fludido esta’ lancando na praca pros camelo vende e’ a promocao do leve tres segundona e pague uma… e’ sensacional. Esta todo munda curtindo e vendendo de montao. Corre la’ mengso… compre o maximo se puder… pois quem sabe … pode precisar. E comprando baratinho assim e’ melhor esrn.

  • Janca, daqui a pouco o vao burla a segundona.. como? Os time que nao conseguirem ficar no G4 da segundona e quizer subir pra primeirona…. vao pro Z4 ! Motivos ? Saiem da terceirona direto para primeirona do brasileiro tipo fluminense. Ou o sumilnense da terceirona e foi aparecer na primeirona. Esse milhagre nao magico consegue e srn.

  • Tentei passar o que estao dizendo por ai’ e’ que o flu e o sopremo do STJD . Ah chega, HA ! Eu to maluco o o o o o o ! Srn fui.

  • Que no fundo a patrocinadora do mengao nao vai querer ver a marca dela na segunddona e por isso nao cai descontar o acordo . Se o mengao ficar abaixo do decimo primeiro lugar. Entao como ela patrocina o flu tbm ( acho que nao deveria patrocinar 2 times do mesmo estado, pois pode dar nisso ) . Entao esse ano pode ficar abaixo do decimo primeiro lugar . E o que e’ pior! O flu ganhou 4 pontos do fla e 4 pontos da lusa = a 8 pontos e com isso passou a nos mesmo e tbm a lusa. E’ como se eles chegassem a 55+8= 53. Subiram na tabela bonita pacas e agente foi decendo pra eles. Entao o mengao acabou se ferrrando nesse negocio. E vai ser um deixa pra la’ da diretoria ao o fla recupera os pontos ea lusa nao. Ai’ o mico vira um kin cong maior que o mundo e nao quero o mengao pagando um mico desses de fazer um jogo de cumpadre com esses caras por causa do patrocinador. Se for por isso que o patrocinadora fique so’ com o time que adora cair. Que fique so’ com. A segundo e nos deixem em paz e srn.

  • Janca, so o mengao depois disso tudo abrir as pernas e mostrar que estao usando a calcinha do malandro nos vamos ficar puto da vida. O acordo tem qhe ser assim, foda- se se voces patrocina eles tbm. Nao queremos nem sabar disso. Que vcs patrocine eles la na segundona,. Pois cada caso e’ um caso. E vamos correr atras do preju e queremos os nossos 4 pontos de volta e da lusa. Tbm . Pois nos usaram pra prejudicar a lusa e recuperar os nossos ponto e’ sinal de querer termina o campeonato do jeito que terminou. Pois bastava o flu ter ganho mais um ponto no campeonato e nao tiveram capacidade pra isso. E srn.

  • Roberto

    … E afinal estamos reduzidos a isso que representa a maioria dos comentários desta notícia…um bando de ignorantes que não percebe a diferença entre direito e justiça e que acha as regras devem mudar ao seu bel prazer e vontade…por causa de nossas atitudes primitivas , estamos fadados a ser , por muito tempo , um país atrasado e injustiçado pelas ações e desejos do seu próprio povo…

  • O flu esta’ colocando a venda um novo produto em promocao que se chama segundona. A oferta e’: leve 3 segundona e so’ pague 1. Aproveite mengao! Pois esse produto sai baratinho e nao e’ do paraguai. Todo mundo quer comprar 3 por 1 valeu ! Fui.

  • marcos

    O flu esta’ colocando a venda um novo produto em promocao que se chama segundona. A oferta e’: leve 3 segundona e so’ pague 1. Aproveite mengao! Pois esse produto sai baratinho e nao e’ do paraguai. Todo mundo quer comprar 3 por 1 valeu ! Srn fui.

  • Fluminense, escalou Rhayner irregular contra botafogo e ninguém fala nada.

  • Sandro

    Janca o Correto é o jogador Cahamar o Juiz de f…… e não ser julgado, levar vermelho e entrar em campo e seu time vencer pois o que vale para vocês é o resultado de campo e não um regulamento que todos os clubes tem a obrigação de saber.
    Esses argumentos que pessoas como vc levanta é apenas para levantar mais a furia das torcidas dos clubes rivais ao Fluminense.
    Não vejo ser levado em consideração um erro infantil dos Clebes Como Portuguesa e Flamengo. Se esses clubes fossem tratados como uma empresa a gerência de futebol e seus acessores estariam agora pedindo emprego em outra area porque em Clube de futebol não trabalhariam mais.

  • Paulo Pinheiro

    Janca,

    Por duas vezes os clubes se reuniram e fizeram seu próprio campeonato. Uma foi em 1987 (e deu no que deu) e a outra foi em 2000 (que deu no que deu também).

    Em 1987 até que foi um sucesso… até a CBF descumprir o que tinha combinado e forçar o Clube dos 13 a medir forças de seu campeão contra o campeão dela.

    Mas 2000 foi falta de competência mesmo…

    A CBF tem vários motivos pra perder credibilidade, mas não acho que este caso de 2013 reflita algum. A CBF organizou o campeonato e administrou as rodadas. A Portuguesa e o Flamengo fizeram bobagem e isso levou a perda de pontos nos tribunais. Qual a culpa da CBF nisso? O regulamento é de conhecimento de todos. Como bem disse o amigo acima, se o que se quer é acabar de uma vez por todas com as decisões de punição no tribunal, que se elimine toda e qualquer regra que leve a perda de pontos. Do contrário SEMPRE haverá uma chance de acabar nos tribunais, sim.

    • janca

      Claro que a CBF tem responsabilidade, o campeonato é dela, o tribunal é atrelado a ela. Uma entidade milionária que paga salários astronômicos para seus dirigentes não conseguir, na era da informática, comunicar à arbitragem, sem falar nos delegados de jogos e times envolvidos, quem tem condições ou não de atuar é brincadeira. Como é brincadeira o STJD. Sobre o campeonato de 1987 concordo, teve muitos pontos positivos, mas em 2000 não foi falta de competência. Foi muito mais que isso. Aquele campeonato foi uma vergonha.

      • Paulo Pinheiro

        Concordo plenamente que é muito mais racional impedir a escalação do atleta irregular do que punir depois quem o escalou. Mas isso envolve mais do que tecnologia. Envolve alteração nas regras. O árbitro, sem respaldo legal, não pode impedir o cara de entrar em campo.

        Sim, alterar as regras também é relativamente simples. Ainda assim, isso evitaria problemas no campeonato somente com relação ao artigo 214. E o resto do regulamento?

        Acho que é da responsabilidade dos clubes também prezar pelo campeonato. E neste caso de 2013 vejo muito mais irresponsabilidade dos clubes (Portuguesa e Flamengo) do que da CBF.

        Em todo caso, acho bacana a proposta da Liga de Clubes. Citei os anos de 1987 e 2000 apenas pra provar que só mudar quem está organizando não adianta, não. Precisa mais do que isso… senão só mudarão as moscas.

  • Janca, nessa cama de gato que e’ esse campeonato brasileiro ao ponto de prejudicar os torcedores da lusa e do mengao. Nao cabe os torcedores procurar no estatuto do tircedor mais transparncia do tipo informacao na rede se o jogador pode ou nao pode jogar numa partida para nao prejudicar o seu investimento durante as idas e vindas ao estadio e no final ver o seu investimento nao ter sido respeitado. Seria como comprar um produto e antes do prazo vc ver wue comprou um produto defeituoso. E vc nao ter direito a nada ! E’ so jogar fora e comprar outro ingresso em outro campeonato e fim de papo nessa cama de gato que a coitada da lusa foi obrigada a deitar. Olha so’! Se bobiar nem a midia sabia dar essa informacao deque o jogador nao poderia entrar no jogo da lusa e nem do flamengao. Entao que informacao e’ essa que ate, a midia que vende informacao do tipo joral etc. Nao sabia informar s aos torcedores de todos os clube que os jogadores estavam impedido de entrar nequele ultimo jogo dos seus times. Pois bem ! A midia sabe se o jogador tal esta’ machucado, vendido, enchendo a cara na rua et nao sabe dizer se no apagar da luz se o cara tem ou nao direito de jogar aqule jogo. Entao nos os torcedores tbm temos o direito de saber… e nao so’ os advogados tem esse direito. Pois se eles recebem por isso… nos temos mais direto porque pagamos. O advogado tem o direito de defender o seu cliente e nos temos o direito de cer tudo e saber de tudo o que acontecer com o nosso time em qualquer lugar. Chega dessa caixa preta e se preciso devmos procurar o nosso direito de consumidor no procon e srn. Janca, voce acha que a midia sabia dessa cama de gato das entradas inregular dos jogadores que destruiram o futebol. Brasileiro.

    • janca

      A informação só foi disponibilizada oficialmente pelo STJD na segunda-feira.

  • NIVALDO PEREIRA

    Vamos acabar com esta história de relembrar passado para justificar o inexplicável presente, o Fluminense vai disputar a Série A, mas para mim é time de Série B na Série A e ponto final.
    Vamos mudar de assunto, tem uma tal Fernanda Alves que só fala em Ronaldinho Gaúcho, para lá para cá, a bicha quer Ronaldinho Gaúcho de qualquer jeito no time dele, na cama dele pela inveja dele ter vestido o manto sagrado do C.R.FLAMENGO.
    Essa bicha não entende nada de futebol e entende muito de Ronaldinho Gaúcho para levar para cama dele, o Ronaldinho Gaúcho campeão carioca invicto em 2011 com a camisa do Flamengo foi para o Atlético-MG, campeão da Libertadores nas costas dos outros pois não jogou nada e a sorte bateu na porta do goleiro Vitor enfim Atlético-MG campeão sem nenhum merecimento.
    Mundial de Clubes e pegou um time de cego do Marrocos levou 3×1 e acabou o sonho, Ronaldinho Gaúcho não jogou nada, fez um gol de bola parada, um balãozinho e só.kkkkkk

  • NIVALDO PEREIRA

    Melhor acabar com esta história de relembrar passado para justificar o inexplicável presente, o Fluminense vai disputar a Série A, mas para mim é time de Série B na Série A e ponto final.
    Vamos mudar de assunto, tem uma tal Fernanda Alves que só fala em Ronaldinho Gaúcho, para lá para cá, a bicha quer Ronaldinho Gaúcho de qualquer jeito no time dele, na cama dele pela inveja dele ter vestido o manto sagrado do C.R.FLAMENGO.
    Essa bicha não entende nada de futebol e entende muito de Ronaldinho Gaúcho para levar para cama dele, o Ronaldinho Gaúcho campeão carioca invicto em 2011 com a camisa do Flamengo foi para o Atlético-MG, campeão da Libertadores nas costas dos outros pois não jogou nada e a sorte bateu na porta do goleiro Vitor enfim Atlético-MG campeão sem nenhum merecimento.
    Mundial de Clubes e pegou um time de cego do Marrocos levou 3×1 e acabou o sonho, Ronaldinho Gaúcho não jogou nada, fez um gol de bola parada, um balãozinho e só.kkkkkk

  • Renato Rasiko

    Janca, meu caro, já declarei aqui N vezes minha admiração por você, por isso não tenho receio de parecer grosseiro ou desrespeitoso.

    CBF e STJD estão em cheque? Cê tá de brincadeira, Janca? Só fica em cheque aquele sobre o qual paira dúvida. Você tem, realmente, alguma dúvida de que a CBF continua sendo corrupta, tanto quanto, ou mais, do que quando era dirigida pelo Ricardo Teixeira? Por favor…

    Só não vê que isso tudo aí é armação quem não quer. Talvez você como jornalista não possa fazer essa afirmação sem provas documentais, mas eu posso. E a minha certeza veio exatamente com a declaração do Marin dizendo que deveria ter prevalecido o resultado do campo. Faça-me rir.

    A CBF é corrupta. A FIFA é corrupta. As Federações são corruptas. Os clubes se sujeitam aos corruptos. Os jogadores ganham milhões obtidos através de lavagem de dinheiro. Os empresários enriquecem em transações pra lá de duvidosas… Meu caro, o futebol acabou e não é de hoje. E o torcedor, que é quem sustenta essa nojeira toda, é o otário de sempre. Simples assim.

    Tô exagerando Terta?

  • SHAOLIN

    A LUSA E A TORCIDA TEM Q IR A JUSTIÇA COMUM, ATÉ AS ULTIMAS CONSEQUÊNCIAS. A LUSINHA TA SOFRENDO DISCRIMINAÇÃO, POR SER FRACO, SEM RECURSOS, E A TORCIDA EM SUA MAIORIA DE ORIGEM PORTUGUESA. É UMA PENA INCONSTITUCIONAL POIS SE TRATA DE DISCRIMINAÇÃO HEDIONDA, POIS O CRUZEIRO E O FLU INCORRERAM NA MESMA INFRAÇÃO E NÃO FORAM PENALIZADOS COM A MESMA SEVERIDADE. É PURA DISCRIMINAÇÃO, PORTANTO INCONSTITUCIONAL.

MaisRecentes

Itaquera-2018



Continue Lendo

Brigas no Fla



Continue Lendo

Paulistas com medo



Continue Lendo