Auditores concursados



A confusão toda que envolve o final do Brasileiro tem um lado positivo. Volta a mostrar como é incompetente e atrasada a Justiça Desportiva no país.

Como já aconteceu lá atrás, deve ser retomada a discussão sobre quem são os auditores, nem sempre escolhidos pela meritocracia, mas por indicações, pelo jeito, por parentesco ou amizade.

Vale perguntar: Por que não são concursados?

Enquanto não forem, casos patéticos como o de um auditor que se manifestou numa rede social revelando o voto que daria no julgamento de segunda, tendo que ser substituído, devem continuar acontecendo.

A publicação imediata do resultado do julgamento, que deixaria de ser via oral, uma piada para os tempos de hoje, também entra em pauta.

É o lado bom de tudo o que está acontecendo, porque a Justiça Desportiva não pode continuar como está. Nem seguir atrelada à CBF. Que deveria, aliás, deixar de organizar campeonatos.

O problema nesse caso, porém, é que os clubes são extremamente desunidos e cada um pensa apenas no próprio umbigo. Formar uma liga que funcione, então, tomando o lugar da CBF, que ficaria só com a seleção, parece sonho longínquo. E põe longínquo nisso.



  • luis

    Ja era para o STJD ter o seu site proprio

    • janca

      E as decisões serem disponibilizadas para todas as partes interessadas, inclusive árbitro do jogo e delegado da partida, na hora. No mundo informatizado em que vivemos não parece pedir muito.

  • dorival

    Por que não vir aos EUA e copiar o modelo daqui? Todos os esportes por aqui são ligas tem uma firma de advogados que responde por problemas extra campo/quadra o que for, no Basquete o Sr David Stern é o comissario que resolve as pendencias e fim, sem julgamentos um peso duas medidas, juizes torcedores, clube do bolinha, nepotismo e outra maracutaia que tanto os brasileiros amam.
    Tenho a impressão que ninguem no Brasil quer nada organizado, principalmente politicos, federações, clubes, pois a organização é inimiga da corrupção, safadeza e malandragem com dizem no Brasil se organizar acaba com a beleza do jogo, as discursão de botequim o que o povo ira comentar depois de uma partida de futebol que foi jogada limpa e honestamente, um campeonato sem brigas, tapetão jogado no campo, torcida civilizada, não da espaço para a midia é uma tristeza geral, sou totalmente contra este absurdo de organizar, e tenho dito.

    • Mario

      Dorival , concordo com vc , copiar o sistema educacional e esportivo americano é a solução , mas vai convencer os politicos , cartolas ou os jornalistas socialistas/comunistas do brasil , nem em sonho .

      • joe LHP

        Creio q o Brasil deveria mesmo imitar o sistema educacional americano, pois assim acabaria com a ignorância de alguns que de tão atrasados ainda pensam que existem comunistas debaixo da cama kkkkkk

        • Mario

          ou outros que vivem em caverna chamando os EUA de grande demonio kkkkkkkkkkkkkkk

    • Mario

      Mais um imigrante ilegal que apenas quis dar seu comentário para dizer que mora nos Estados Unidos.

    • rodrigo

      vc deve estar brincando. vc quer implementar um sistema on um car como o stern pode tomar uma decisao, como a da transferencia do CP3, e ela ser inapelavel? vc quer uma liga onde nao haja ascenso e descenso? faz o seguinte, passa no mcd´s e pede um big mac. assim vc fica de boca cheia e nao fala besteira. a monarquia do comissario nao é a solucao que a gente procura, até porque ja temos algo parecido com os zweiter no STJD.

      • janca

        Sobre a sugestão de copiarmos modelo norte-americano, Rodrigo, deixa eu me pronunciar aqui. Também sou contra. Monarquia do comissário não é mesmo a solução. Já chega o que vemos no STJD, um tribunal que funciona de pai para filho.

  • Mario

    ser concursado não é garantia de qualidade ou seriedade , nosso governo esta ai como exemplo de falta total de qualidade ou seriedade e é cheio de gente concursada.

    o judiciário no brasil tem a velocidade de lesma manca , esta recheado de nepotismo e laços politicos.

    verdade é que nossa sociedade precisa quebrar o sistema viciado de nossas instituições seja no governo ou no esporte , o problema é que todo mundo quer é passar nos concursos e ficar dentro do sistema mamando sem ter que ser serio.

    • janca

      Não é garantia nenhuma, mas ainda assim acho melhor do que nomeação que pode ser por laços de amizade ou parentesco. Como andam dizendo por aí temos no STJD, pelo jeito, uma capitania hereditária. Virou um feudo.

  • Ricardo

    Enquanto a justiça Brasileira tenta mudar o conceito prendendo politicos corruptos, vem essa tranquera STJD mantendo a mesma conduta idiota ainda dos tempos de CBD, hj CBF continua a mesma sopa de letrinhas administrada pela mesma geração de imcompetentes…. Lamentável!!!

  • Carlos

    Os clubes deveriam criar uma liga. CBF E STJD em Brasilia, e não a serviço do Fluminense, este clube deveria se envergonhar destas maracutaias. Por onde jogar, com certeza vai ser humilhado.

    • Toni Paz

      Carlos, deixa de ser ignorante e, por favor, não se ofenda com o termo, pois o mesmo tem relação direta com o fato de ignorar algo, no seu caso, das corretas informações acerca dos campeonatos de 1996 e 1999.

  • Toni Paz

    LUZ!!! MAIS UM JORNALISTA QUE ESTÁ SE MOSTRANDO COERENTE E PERFEITO EM SUA ANÁLISE. E QUE O STJD TENHA SUA SEDE EM BRASÍLIA.

    E ACRESCENTO: O PROBLEMA NÃO É EXCLUSIVO DO STJD. VAMOS MELHORAR AS LEIS TAMBÉM. ONDE ESTÁ O BOM SENSO FC QUE SÓ REIVINDICA DIMINUIÇÃO DO TRABALHO DELES? VAMOS ACRESCENTAR ESSES DOIS PONTOS A AGENDA!!!

    PARABÉNS JOÃO CARLOS. VOCÊ E OUTROS JORNALISTAS COMO O PVC, MAURO CÉSAR, RICA PERRONE ESTÃO DEMONSTRANDO ISENÇÃO E, SOBRETUDO, RESPONSABILIDADE.

  • Paulo Eduardo

    Janca tava acompanhando o julgamento ontem e o discurso do terceiro auditor (alguma coisa Coelho) me chamou a atenção…a grande maioria da nossa população é ignorante mesmo,preguiçosos(vide que nossas eleições acabam elegendo os mesmos pilantras) e de memoria curta…mais a justificativa de um auditor que teoricamente tem um nivel de escolaridade acima da média me deixa um pouco pensativo…segudo ele “a punição aos clubes é que punindo os clubes eles vao punir os torcedores brigoes pq o clube é a paixao do torcedor”…perae..ele ta punindo a mim que sou torcedor e nao sou brigao..aqueles lá sao bandidos,BANDIDOS!pra eles pouco importa se o clube perde 1,2 ou 70 mandos de campo…acho mais facil eles punirem todos os clubes por 100 anos de portoes fechados pq essas punições nao resolvem

  • joe LHP

    A grande pergunta é: pq só no Brasil tem esse sistema de julgamento?E tbm questiono o fato de em outras ligas a pena saí rapidamente como por ex: o jogo foi no domingo e a punição já saí na terça, enquanto aqui no Brasil demora-se uma ou duas semanas e pq só no Brasil acontece essas coisas de jogadores irregulares se hj os sistemas de informações são bem avançados?Até campeonato de várzea hj em dia não tem essas coisas, o mesário já barra na hora que confere os documentos.

  • PH

    Janca, como sempre, preciso em seus comentários. Somos um país restrito a interesses individuais. Dos mais baixos. E o futebol, como a política, são as manifestações mais rasteiras desta realidade – que está longe de mudar e está destruindo qualquer perspectiva de bom futuro para este nosso combalido país. Abs. PH

    • janca

      E infelizmente, PH, futebol e política seguem andando de braços dados. Grande abraço, Janca

  • Ralph

    Se em 2010 o Sr. Paulo Schimit, disse que o resultado a favor do Fluminense tinha que ser mantido no campo esportivo, porque mudou de opinião agora?. por que o goleiro do Cruzeiro teve o mesmo problema e não perdeu pontos?, pagou multa. ISTO SE CHAMA ARMAÇÃO, E O FIM DO FUTEBOL BRASILEIRO, VERGONHA

    • Toni Paz

      Concordo com você Ralph. Esses auditores so STJD são incoerentes na sua maioria e, por isso, a sugestão do Janca foi perfeita. E vou além, o tribunal deve ser em Brasília. Apenas uma ressalva: O Fluminense não tem nada a ver com isso. Abs

  • joe LHP

    Os clubes brasileiros são muito desunidos e por isso que vejo as federações cada vez mais ricas e os clubes aí na pindaíba, o Marco Polo Del Nero que é postulante a presidencia da CBF é um péssimo gestor, não prestou nem na FPF o que dirá a CBF.

    • janca

      É péssimo gestor mesmo. E o pior é que deve ganhar a presidência da CBF. Uma lástima.

  • A verdade é, que só se quer mudanças desde que não seja atingidas por elas. Todos querem mudar, mas se aparecer uma boquinha não faz mal, deixa a mudança para depois ou para os outros. Falar em copiar modelo americano, russo, inglês, é conversa fiada. O futebol envolve massas, dinheiro, muito dinheiro, portanto é comercial e político. Gostaria de uma explicação: porque a Portuguesa em um jogo de “churrasco”, nada valia, deixou para colocar este jogador irregular aos 32 minitos do segundo tempo, logo após o gol do Fluminense?? O patrocinador do Fluminense é muito poderoso, circula nas altas rodas da política e do negocio. No mínimo estranho. Assim como a Rede Globo, a Unimed também deve milhões de reais a prefeitura do Rio. Cadê o blá blá blá, que daria para fazer tantas escolas, tantos hospitais, tantas creches…..por mim, tô legal de futebol.

  • GMF-RJ

    Caro JCA. A verdade é uma só, esse TSJD está totalmente desacreditado, cada Auditores torcem para um time, e as decisões são carta marcada. Fato. Hoje u futebol no Brasil não se ganha mais no campo, tudo agora é Tapetão, uma vergonha. Sou a favor da “Extinção” desse famigerado STJD, temos que buscar outras alternativas, chega de conchaves, armações etc…etc… Espero que algo seja feito, no sentido de acabar com essa baderna que se instalou em nosso futebol. Veja o exemplo das punições dadas para o Atlético-PR e Vasco, perda de 12 e 8 mandos de campo, ano que vem reduz para 4 e 3, com certeza, com contar com o absurdo do “efeito suspensivo”, ou seja, qual a seriedade desse STJD? Sinceramente JCA cansei de futebol, tudo que estamos vendo e assistindo é uma nojeira. Fato. Um grande abraço.

    • janca

      E põe desacreditado nisso…

    • janca

      A forma como o futebol tem sido conduzido e tratado nesse país já cansou e embrulha o estômago, enoja, como já disse. É lamentável mesmo. Abs.

    • João

      O futebol no Brasil está desorganizado HOJE? Desde que eu me entendo por gente o futebol brasileiro é essa baderna! Falar que isso somente acontece hoje é esquecer um passado vergonhoso, no qual a virada de mesa era coisa corriqueira! O tapetão sempre existiu na realidade brasileira e exemplos disso é o que não faltam. Até hoje o campeonato de 1987, salvo engano, é motivo de discórdia. Que as instituições devem ser modificadas para que as mesmas sejam fortalecidas e atuem da forma que se espera delas é quase um consenso. Se nós vamos conseguir efetuar essa mudança e evoluir, aí só o tempo dirá. Não acho que regredimos, até acredito que se compararmos com alguns anos atrás, a situação melhorou, mas ainda está muito aquém do que deveria ser. A mudança tem de ser muito mais profunda, e é por isso que não acredito que as melhorias necessárias serão feitas.

  • Frederico Gosling

    Engraçado como são fanáticos estes Blogueiros, até há bem pouco tempo, pois gosto de futebol e procuro acompanhar, nosso STJD, era um exemplo, hoje, como envolve o Flamengo numa polêmica, onde se tenta defender o indefensável, fazer A DEFESA DA IMPUNIDADE É COISA MUITO SÉRIA. Sobre cada Auditor ter seu Clube do coração, isto em nosso Brasil é normal, afinal para nós o futebol é Paixão, não existe nenhuma objeção quanto a isto, agora, dizer que os Auditores julgam os casos pelas suas paixões Clubísticas, é muita irresponsabilidade afirmar tal coisa. O STJD deve ter autonomia, independente de CBF e sem sofrer esta pressão dos Clubes que vão ser julgados, não podemos ter super clubes, todos têm o mesmo valor e o mesmo peso, perante a Justiça, e vamos continuar, Julgando e punindo com seriedade e competência.

    • janca

      O STJD era um exemplo? Desde quando?

  • Frederico Gosling

    Como existe ódio, como se propaga as coisas ruins, assim como cada Auditor tem seu Clube, cada Ministro do Supremo, tem seu Partido, mas isto não implica em que ele tenha que votar errado apenas para agradar ao Partido, muito pelo contrário, ele tem de votar de acordo com suas crenças e convicções, isto se chama JUSTIÇA, toda esta celeuma chama-se FLAMENGO, QUE SE JULGA SUPERIOR, ELE AINDA NÃO DESCOBRIU QUE QUANTIDADE , NÃO QUER DIZER QUALIDADE.

  • Raposo

    E o blogueiro não se posiciona….

  • roberto

    É uma vergonha o futebol brasileiro depender de uma justiça antiga e que está vivendo os idos de 1850. As notícias precisam viajar a mulas. E a Portuguesa ? que depende de um causídico que atende a mais de trinta clubes de futebol. Esse advogado é indicado pela CBF, aos clubes pobres e desprovido de administração; Acho que não é o caso da luzinha. Os clubes devem formar uma liga de futebol urgente. A CBF deve cuidar só da seleção.

  • PRG

    Janca..bebeu??
    Desde quando o STJD é órgão público para ter concurso?

    • janca

      Quem bebem não fui eu. Deixar como está, com indicações não baseadas necessariamente na meritocracia, é que não pode.

  • Thiago BH

    Janca, de acordo com matéria veiculada na Folha de São Paulo de hoje (http://www1.folha.uol.com.br/esporte/2013/12/1385615-jurisprudencia-abre-brecha-para-salvacao-da-portuguesa.shtml), o STJD julgou outros dois casos idênticos ao da Lusa, e os clubes envolvidos foram absolvidos. Se a Portuguesa realmente for rebaixada, só quero ver o que eles dirão agora!

    • janca

      De fato há jurisprudência no caso. Mas se tratando do STJD…

  • José Geraldo

    No meu entender,o mais correto seria essa tal de CBF,alertar os clubes,em relação a condição de jogo,se pode ser escalado ou não,porque aí evitariam essas barbaridades como essa!Por que punir a Portuguesa,justamente na última rodada,e não punir o time do Rio;não falo o nome,em
    2010;quando o mesmo escalou jogador de forma irregular,e nem foi indiciado!O mais grave, é ouvir esse tal Paulo Schimitt,falar em moralidade,quando dois clubes são tratados de formas diferentes,em situações semelhantes!A semelhança é a mesma:Por coincidência,nas 2 vezes;o time envolvido é o mesmo,o pó de arroz carioca!E ainda,o cara diz que os vídeos que estão na Internet,são montagens! É muita cara de pau,desse cidadão!E o que estão fazendo com a Portuguesa,deveríamos chamar do que?Os torcedores do Fluminense,ainda acham que tem razão,e não percebem que,na verdade,o clube para o qual torcem, é covarde!Porque tem medo de disputar a Série B,pela segunda vez!Qual o temor desse time?Que demore 10 anos para subir?Caíram Palmeiras,Corinthians,Atlético MG,Botafogo,Coritiba,e todos jogaram e subiram em campo!Por que não fazem o mesmo? Os clubes deveriam unir-se,e negarem-se a jogar com a presença desse time na Série A,no ano que vem!Sem dizer que,a Portuguesa foi trucidada em vários jogos,por arbitragens estranhas,e aí;não aparece nenhum procurador para denunciar!Aquele jogo contra o Grêmio,foi um escândalo,um pênalti inventado pelo árbitro,nos acréscimos,fez com que a Lusa perdesse um ponto importante,após buscar um resultado adverso!Não torço para a Portuguesa,sou corinthiano,portanto;fico à vontade para dizer que,isso já vem sido arquitetado há algumas rodadas,para prejudicar a Portuguesa,e salvar uma equipe carioca,o que é a verdadeira desmoralização do futebol,da justiça;enfim,tudo que cerca esse verdadeiro circo!Porque tudo isso é uma palhaçada!

    • janca

      E a arbitragem e o delegado de cada jogo também têm de saber que jogador está ou não está condições de atuar. Na era informatizada em que vivemos não deve ser tão complicado assim.

  • ed dantas

    Olá Janca!

    Não sei o que vai acontecer, mas com certeza, nosso STJD não é sério, basta ver as lambanças que já fizeram, sem contar que o período de julgamentos são engraçados, como pode chegar na última rodada de um campeonato e o tal STJD fazer uma sessão na sexta-feira? Não é sério, como nada neste País é sério. Acho que o mais estranho é ver um advogado, pago pela CBF, que cuida de vários clubes numa mesma sessão, ter que informar os clubes. Acho que a modernidade não chegou ao STJD de forma alguma, internet deve ser só para eles ficarem vendo o facebook. Não tem como levar a sério um tribunal(em letras minúsculas mesmo, pois não tem nada de respeito nele) ter como presidente um Sveiter(é assim o nome daquele mauricinho?), não basta o pai ter feito as lambanças que fez?

  • waldyr

    kkkkkkkkkkkkkkk
    Os caras agora querem até mudar a forma q o STJD contrata seus auditores.
    kkkkkk
    Porque ñ mandaram essas merdas em 2005? Ah tá ai ñ pode mexer o chefe ñ deixa kkkkkk

  • Lúcius

    Entra ano e sai ano, nada muda em nosso país. Moradia cara, preços abusivos nos mercados, impostos comendo o fígado dos brasileiros….o futebol que é nossa válvula de escape e paixão, a coisa caminha no mesmo caminho. Eu amo esse país, pena que a maioria só pensa em si mesmo e por isso a corrupção come solta.

MaisRecentes

Protestos à vista



Continue Lendo

Ajustes no São Paulo



Continue Lendo

Mattos em xeque



Continue Lendo