E o Flu caiu…



Com uma sucessão de trapalhadas entre a diretoria e a patrocinadora do clube, o Fluminense acabou mesmo na Segunda Divisão. Algo impensável no início do campeonato, quando muitos colocavam o time entre os favoritos para o título ou pelo menos para conseguir uma vaga na Libertadores.

Erraram na demissão de Abel Braga, erraram de novo na contratação de Vanderlei Luxemburgo, exigência da Unimed que a direção do clube teve de engolir, e erraram uma terceira vez na tentativa de desesperada de buscar a salvação com Dorival Júnior, que já fracassara no Vasco, como Luxemburgo fracassara no Grêmio.

Para o ano que vem, a patrocinadora, que renovou contrato com o time carioca, deve reduzir investimentos e a própria permanência de Fred, principal estrela das Laranjeiras, é incerta.

Nessa fase difícil, porém, alguns se salvaram, como o goleiro Diego Cavalieri e o atacante Rafael Sóbis, pela dedicação nos últimos jogos.

Cair faz parte do futebol, embora a queda do Fluminense tenha sido surpreendente, inclusive porque ano passado levantava o troféu de campeão. Agora é juntar os cacos e se reinventar em 2014. Isso é fundamental não só no esporte mas na vida, por mais que o momento seja extremamente doloroso para o torcedor tricolor.



MaisRecentes

Cânticos brasileiros



Continue Lendo

Seleção no divã



Continue Lendo

Seleção magoada



Continue Lendo