Ponte faz história



A Ponte fez história no Pacaembu.

Ok que não ganhou o jogo, a decisão será na Argentina e o título pode acabar com o Lanús, mas a final segue aberta e foi uma bela festa dentro do estádio.

Com o 1 a 1, nada decidido. Ganhando ou perdendo quarta que vem, sua torcida viverá fortes emoções, como viveu nessa quarta na capital paulista.

Jogo tenso, os campineiros melhores no primeiro tempo, os argentinos superiores no segundo, até a Ponte chegar ao empate, mas uma partida que não será esquecida tão cedo.

Para ficar na memória como um outro jogo do time no Pacaembu, o derby diante do Guarani, lá em 1979.

Fui nesse jogo, ainda garoto, estádio lotado, maior público do clássico campineiro da história, quase 40 mil torcedores e uma das partidas de que me lembro até hoje.

O Bugre ganhou por 2 a 0, mas para quem gosta de futebol isso foi apenas um detalhe. O que marcou foi a galera lotando o Pacaembu. Pena que, só para variar, houve confusão entre as duas torcidas.

Que não haja na finalíssima contra o Lanús e, se possível, que a Ponte volte com o troféu de campeão. Mas, se não voltar, que faça um jogo emocionante. Porque é disso que vive o futebol e é isso o que alimenta o torcedor.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo