Ponte quer ajuda



A Ponte Preta espera o auxílio de torcedores paulistanos para encher o Pacaembu na quarta quando o time realiza o primeiro jogo da final da Sul-Americana contra o Lanús, da Argentina.

A diretoria do clube já entrou em contato com Corinthians, Palmeiras e Santos para que mobilizem suas torcidas a fim de comparecer ao estádio e apoiar a Macaca.

O São Paulo ficou de fora das conversas porque foi adversário da Ponte nas semifinais, acabando eliminado pelo time de Campinas.

Devido à polêmica sobre a capacidade do Moisés Lucarelli, a relação entre os dois clubes não está das melhores.

Ontem, no programa “Mesa Redonda”, da TV Gazeta, o técnico Tite, do Corinthians, disse que vai ao estádio torcer pela Ponte, o que deve incentivar outros corintianos a fazerem o mesmo.

A direção da Ponte acredita que cerca de 20 mil torcedores irão ao Pacaembu partindo de Campinas. Espera que pelo menos 10 mil paulistanos, sejam corintianos, santistas ou palmeirenses, façam o mesmo.

A Sul-Americana é a primeira competição oficial internacional que a Ponte, rebaixada matematicamente ontem no Brasileiro, disputa. Se vencer, entra na briga pela Libertadores no ano que vem. Seria o único paulista, já que os grandes da capital e o Santos não conseguiram vaga.



MaisRecentes

Cadê os patetas?!?



Continue Lendo

Complô no Santos



Continue Lendo

O contrato de Felipe Melo



Continue Lendo