Náutico e Bom Senso



O Bom Senso voltou ontem mesmo atrás na ideia de fazer greve na rodada do final de semana por conta especialmente do atraso no pagamento de salários do Náutico.

Mas será que o problema é só em Recife? Brigar com o Náutico talvez seja mais fácil do que com outros clubes da Série A que também tiveram reclamações quanto à questão salarial.

Desde o começo Dida dizia que não haveria greve, ainda assim o Bom Senso, do qual o goleiro faz parte, soltou uma nota com a ameaça, que a Globo tinha convicção de que não seria cumprida, de parar o campeonato. Ontem soltou outra dizendo que Náutico e jogadores chegaram a um acordo e que os jogos do final de semana acontecerão.

Em relação ao “fair play financeiro”, que também defendo para o futebol brasileiro, assim que a CBF soltou uma nota defendendo-o, semana passada, as lideranças do Bom Senso elogiaram a atitude. Depois voltaram logo atrás e criticaram a entidade.

O Bom Senso é um movimento importantíssimo e espero que siga em frente defendendo suas causas, absolutamente legítimas, mas a cúpula tem que chegar a um acordo e evitar precipitações, como no caso do Náutico e do próprio “fair play financeiro”. Ameaçar por ameaçar, não.



  • Marcelo

    Você e o Dida acertaram. Não teve greve. Dida é liderança sadia. Não está no Bom Senso pra fazer proselitismo político.

    • janca

      Também gosto da postura de Dida e desde o começo ele tinha razão. Agora não era hora de greve. Ano que vem, porém, a CBF e as federações insistindo em não dialogar, a história deve ser diferente.

MaisRecentes

Pela saída de Levir



Continue Lendo

Apoio a Jô



Continue Lendo

Os preços da Seleção



Continue Lendo