Dida e a greve



Conforme esse blog revelou na última sexta, apesar de todas as especulações de que o Bom Senso poderia paralisar a última rodada do Brasileirão com uma greve, o goleiro Dida segue dizendo que a possibilidade de isso acontecer é nula.

As especulações cresceram entre domingo e segunda, após entrevista do zagueiro Paulo André à revista “Veja”, mas Dida continua garantindo que greve, se houver, só no ano que vem, durante os Estaduais.

Acontecendo este ano, o temor, absolutamente legítimo, é atrapalhar as definições dos rebaixados e dos que irão à Libertadores no ano que vem, irritando os torcedores e a Rede Globo, que exibe o torneio.

Poderia até desembocar numa nova virada de mesa, já que com os dirigentes que temos…

Melhor mesmo deixar um possível movimento grevista para o ano que vem, ano de Copa e em que, só para variar, teremos os desanimados Estaduais no primeiro semestre, ocupando, com uma série de jogos desinteressantes, boa parte do calendário do futebol.



MaisRecentes

A matemática do futebol



Continue Lendo

A melhor do mundo



Continue Lendo

Aprender a perder



Continue Lendo