A façanha da Ponte



Fantástica a vitória da Ponte na Argentina, eliminando o Vélez e chegando à semifinal da Sul-Americana.

Em sua primeira participação numa competição internacional e de porte, como a Sul-Americana, que dá vaga à Libertadores, a Macaca surpreendeu, fazendo 2 a 0 fora de casa, depois de ter empatado sem gols em Campinas.

O time, que luta para não cair no Brasileirão, fez bem ao não deixar um torneio importante de lado e que pode e já está lhe dando projeção no exterior.

Muito bonita a festa de sua torcida _cerca de 1.500 fanáticos_ em solo argentino e muita garra motraram seus jogadores.

O adversário agora será o São Paulo. E, por mais que muitos achem que não, pode muito bem dar a Ponte na final. Entrar como azarão tem suas vantagens. O Vélez, que entrara como favoritíssimo nas quartas de final, sentiu isso na pele. Será que a façanha será repetida contra o Tricolor?

Independentemente do que acontecer, parabéns ao time e ao técnico Jorginho, que fez péssimo trabalho no Flamengo, mas tem mostrado competência em Campinas. Contra tudo e contra todos, ajudou a colocar o time entre os quatro melhores da Sul-Americana. O que, por mais que tentem desmerecer alguns, não é pouco coisa, não.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo