Fogo na Série B



Com o Palmeiras garantido na Série A e virtual campeão da B, as atenções dos principais centros do país estão voltadas mesmo à primeira divisão, com o título do Cruzeiro muito próximo, a luta pelo G4 mais acirrada e a emocionante disputa para conhecermos os três que caem, ao lado do Náutico.

Mas a Série B está incrível e as últimas rodadas prometem pegar fogo. Ontem houve empate entre Chapecoense, que tem tudo para ficar com uma das quatro vagas de acesso, e América-RN, além de igualdade entre São Caetano, que deve cair, e América-MG, ainda com esperanças, embora poucas, de subir.

As duas últimas vagas seguem indefinidas e com oito times na disputa: Sport (56 pontos), Icasa (53), Avaí (53). Joinville (52), América-MG (52 e tendo feito um jogo a mais, o de ontem), Paraná (51), Ceará (50) e Figueirense (49). Faltando cinco rodadas para o final haja coração.

No final de semana acompanhei Avaí x Figueirense, que jogaram no Ressacada. Um clássico impressionante, vencido pelo Figueirense ainda no primeiro tempo, quando abriu 4 a 0, placar que manteve até o final. Poderia ter feito o quinto gol ainda na etapa inicial não fosse um erro da arbitragem. E o goleiro Tiago Volpi, que me impressionou pela garra, além de ótimas defesas, pegou um pênalti no início do segundo tempo.

A festa da torcida do Figueirense e de seus jogadores foi marcante. Comemoraram como se fosse título. Sinal de que que há vida, muita vida, aliás, fora do eixo Rio-SP e da própria Série A. O Santa Cruz, que garantiu o acesso na C e ano que vem disputa a B, que o diga.

Pena só que as torcidas, assim como na elite, às vezes exageram, para não usar um termo mais pesado. Foi o que aconteceu em Avaí x Figueirense, com objetos atirados no campo e relatos de agressões fora do estádio, algo que estraga o espetáculo, além de colocar os dois clubes sob risco de punição.

Que a Série B pegue mesmo fogo nas últimas rodadas, mas apenas no bom sentido do termo. Não literalmente, não literalmente.



MaisRecentes

Saída de Lucas Lima



Continue Lendo

Dorival bombardeado



Continue Lendo

A grana de Nuzman



Continue Lendo