Romário e Kalil juntos



Depois do acordo da ex-senadora Marina Silva com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, o PSB acredita que tem tudo para se firmar como terceira via para as eleições presidenciais do ano que vem. E conta com esportistas para alavancar candidatura própria e puxar votos nos estados.

Dois dos principais nomes do partido na campanha serão o ex-jogador Romário, no Rio de Janeiro, e Alexandre Kalil, presidente do Atlético, em Minas.

A importância dada a Kalil ficou clara semana passada, quando o dirigente se filiou ao PSB em evento com a presença de Campos e Marcio Lacerda, prefeito de Belo Horizonte.

Já Romário, que havia deixado o partido depois de divergências com a direção e negociações fracassadas com o PR e o recém-fundado PROS, voltou ao PSB com força total. Será o comandante da campanha no Rio, assim como Kalil será em Minas, ao lado de Lacerda, numa tentativa de fortalecer Campos nos dois estados na disputa com Dilma Rousseff e Aécio Neves.

Mais uma vez futebol e política de braços dados.



MaisRecentes

O contrato de Felipe Melo



Continue Lendo

Naming rights em 2019



Continue Lendo

Zé Ricardo sob desconfiança



Continue Lendo