Santos no Pacaembu



Não é de hoje que o Santos pensa em mandar seus jogos no Pacaembu, revezando com a Vila Belmiro, muito menos que cogita entrar ao lado de um parceiro no processo de privatização do estádio.

A ideia vem sendo discutida com a Prefeitura de São Paulo desde a gestão Gilberto Kassab (PSD) e ganhou força na administração Fernando Haddad (PT), que resolveu mesmo passar o estádio para a iniciativa privada.

Em junho passado, após o aval de Haddad, o secretário municipal de Esportes, Celso Jatene, do PTB, o mesmo partido do presidente da CBF, José Maria Marin, anunciou que a prefeitura fará uma licitação para terceirizar a administração do Pacaembu.

A principal alegação é que tem prejuízo com o estádio e que a situação deve piorar no ano que vem, quando o Corinthians, principal cliente do Pacaembu, terá estádio próprio em Itaquera.

Vejo com bons olhos o Santos passar a atuar mais vezes na capital paulista, pois é um clube de importância global e que tem muitos torcedores em São Paulo, não só no litoral.

Se concorrer e ganhar a licitação para administrar o Pacaembu, a Vila viraria uma espécie de museu aberto, a fim de atrair mais turistas, mas também seguiria recebendo jogos do Santos, que teria duas casas.

Um dos problemas a enfrentar, no entanto, é a questão de transformar o estádio em arena multiuso, já que em 2004 ele foi proibido de receber shows após muita pressão da Associação Viva Pacaembu e de ações do Ministério Público Estadual.

Se o imbróglio não for resolvido talvez fique mais complicado encontrar um parceiro para participar da licitação.

Apesar de gostar da ideia de ver o Santos mais vezes no Pacaembu, continuo contrário à ideia da privatização do estádio, que é um patrimônio nacional.

Se a Prefeitura de São Paulo acha que grupos privados podem lucrar gerindo a arena, ela deveria ter competência para fazer o mesmo. Mas não. Em vez disso acabou dando benefícios para o Corinthians ir a outra região da cidade, perdendo seu principal cliente para agora dizer que, sem o Timão, não tem mais como ficar com o estádio.

Está certo que o poder público já percebeu que não tem condições de dar conta de administrar diversos setores, precisando de ajuda ou parceria do setor privado, mas simplesmente privatizar para grupos particulares lucrarem com um patrimônio que é nosso ou deveria ser, acho lamentável. Atestado de incompetência pura, aliás.

Volto a postar no próximo dia 30 (uma segunda), mas, dentro do possível, tentarei seguir respondendo os comentários de vocês. Até o final do mês e excelentes dias a todos, João.



  • Mario

    No brasil politico só tem competência para Burrocracia e corrupção .

    a verdade é que deviam passar adm do pacaembu e seus prejuízos a Associação Viva Pacaembu que são um bando velhos malas sem falar que é uma vergonha a juizada dar algum ganho de causa a essa gente nas ações que eles inventam para proibir as coisas no estadio .

    um patrimônio nacional???parece papo de comunista velho dos anos 60 , o paca é só um estadio e pior um estadio ultrapassado e engessado por leis que impedem sua modernização , a unica coisa boa é a localização .

    sobre o Santos mandar jogos lá sou contra , a cidade de santos é aqui do lado , os torcedores que tomem vergonha na cara e vão lá na vila.

    sobre o Timão a verdade é que não podia assumir o Paca por que as leis impedem mudanças para modernizar o estadio e muitos vereadores por anos e anos trabalharam contra a ideia de passar o estadio ao Timão.

    • janca

      Claro que é um patrimônio nacional, um estádio de muitas histórias, extremamente bem localizado e o mais agradável de São Paulo. Sobre o Santos fazer um revezamento entre jogos na Vila e no Pacaembu, sou favorável. E em relação ao Corinthians recebeu benefícios municipais e federais para erguer seu estádio em Itaquera, o que acabou, no caso da Prefeitura de SP, que gosta de fazer médias com clubes e torcidas de futebol, representando um tiro no pé no caso do Pacaembu. Perdeu seu principal cliente. Se dizia que com ele já dava prejuízo, imagine sem. Mas acredita que em boas mãos o estádio tem potencial para dar lucros. O que significa um atestado completo de incompetência, a meu ver. Se nem um estádio a prefeitura consegue administrar… Do resto nem precisa falar.

      • Mario

        como dar lucro se não se pode ter eventos ate o UFC tentaram fazer lá e foi proibido?

        Janca bom descanso e ate a volta
        abrçs

        • Pedro

          Pois e Mario. Sou santista e acho furada essa privatização a não ser que a prefeitura bata de frente com a associação de moradores do Pacaembu. Não se pode explorar pra outros eventos. Mas acredito que eles serão obrigados a tal movimento, caso contrário ficarão com um elefante branco. E outro empecilho é essa faixada que é tombada. A reforma para modernização do estádio custará muito mais apenas por esse fator. Enfim, só vejo problemas.

    • Mario vou te passar alguns dados que talvez vc não saiba, a Cidade de SP e grande SP tem uma população 13 vezes maior do que a Cidade de Santos e mais 7 cidades ligadas a esta cidade que é de Guarujá até Peruíbe, a matemática é simples o Santos tem uma média de 7 mil torcedores na Vila em seus campeonatos, tem time aí que dizem que tem 40 milhões de torcedores e que tem uma média no máximo só de 4 vezes mais em uma cidade em que ele tem um público 13 vezes maior do que a região da Baixada, outra coisa é aqui que tem tudo como o emprego, o dinheiro, o marketing, Federação etc…, caso talvez vc não saiba o Santos na década de 70 jogava no Pacaembú revezando com o Corinthians, na quarta e quinta feira e quando tinha esse clássico no Morumbi chamava-se O Clássico do Povão, pois o Morumbi era dividido para as duas torcidas, ir no estádio é costume e com esse negócio de mandar jogos pra Vila os torcedores Santistas daqui de SP desacostumaram a ir ao estádio, se o Santos realmente pretende brigar de frente com os times da Capital tem que vir jogar aqui, pois é covardia vc jogar numa região que tem um público 13 vezes menor em população do que a capital e pra terminar o Santos não é de Santos, o Santos é do Brasil sem contar que a Santos TV é a quarta tv de times mais vista no mundo perdendo somente para 1-Barcelona, 2-Real Madri, 3-Manchester City, 4- Santos e com Milan em quinto lugar.

      • Carlos

        Como bem disse o Armando Rosa, o Santos está entre as primeiras marcas globais de futebol. Tem uma coleção de títulos das melhores do país. O time é um celeiro de craques. Teve Pelé, que foi o maior futebolista da história até agora em termos de performance. Teve Neymar, que fez e fará história no futebol mundial. Tem outros craques pintando aí. O Santos tem que ter um estádio do seu tamanho e de suas glórias. A Vila foi, é e sempre morará nos nossos corações. Eu como santista me emociono ao ir na Vila, pela sua história inigualável. Mas o mundo mudou, o Brasil cresceu, o Santos também cresceu. É o momento de partir para o Pacaembu, por que todo mundo que já viveu um pouco sabe que quem se recusa crescer na hora certa depois desaparece. A oportunidade é agora e amanhã não existirá mais. E ainda bem que o Santos – time e dirigentes e torcida – por seus esforços conseguiram por o time numa posição de analisar a oferta da prefeitura, pois são poucos os times brasileiros que tem esse porte que o Santos tem. O Santos mesmo tendo sua casa em São Paulo, jamais vai abandonar os torcedores da cidade de Santos (eu entre eles). Pelo contrário, vai ter duas fortes bases de torcida em duas cidades importantes do Brasil. O Santos queria alugar por partida, agora a prefeitura de SP quer alugar para que o time tenha sua casa. Uma nova casa. Os torcedores santistas de SP vão lotar o estádio, reaprender a ir nos jogos do Santos, levar os filhos, a família, criar o amor pelo time e aumentar o número de torcedores. Quando o jogo for na Vila, estará criado o hábito de ir ao estádio e muitos mais torcedores de SP vão descer a serra do que agora. Se o pai ficar com preguiça, os filhos e os netos santistas vão puxando ele! E assim por diante, é um circulo virtuoso em favor do grande Santos! Com relação ao problema da fachada tombada do Pacaembú, tem solução, vejam o estádio olímpico de Berlim, construido em 1936, patrimonio histórico, foi modernizado para a copa do mundo 2006 e sem destruir o patrimonio tombado. É um estádio moderno. E também ha solução para o barulho da torcida, de espetáculos de música ou outros eventos. É possível construir a cobertura do estádio com isolamento acústico e diminuir o ruído que sai de dentro do estádio e assim deixar os moradores do bairro tranquilos. Agora não terá como evitar barulho na entrada da partida e na saída. Mas enfim, só Deus é perfeito e os moradores sabendo que tudo foi feito para sua tranquilidade, vão ser tolerantes dois dias por semana quando dos jogos e os torcedores inclusive a organizada terão que fazer sua parte para não perturbar a vizinhança. E quem sabe os filhos dos vizinhos do pacaembu virarão torcedores do Santos, pois para ver os jogos é só ir alí ao lado. Pergunte a qualquer um fora do Brasil, na Europa principalmente, todos ouviram falar do Santos, de Pelé e de Neymar. Poucos lembram de outros times brasileiros. O Santos tem essa marca global, que é um patrimonio muito dificil de construir e nós a temos. Vamos acelerar pra frente agora Santos, falta só um estádio que comporte nossa grande torcida! E o Pacaembu vai ser o palco de muitas vitórias santistas!

    • João

      Se liga Mario,
      Santos não é “aqui do lado” e a Vila é nanica demais.
      Eu não tenho carro, e preferia o Pacaembu.
      Se você é corintiano se preocupe com o SEU TIME.

      • antonio luis

        e issoai joão! daqui pra frente lugar de chorintiano eé em itaquera city

    • Antonio Lima

      Mario, você me lembra aquela mãe que não quer que o filho saia do rabo de sua saia e cresça. Você é uma “mãe” egoísta e sem a menor visão. Você não se importa em ser zoado, gozado e sofrer bullying por causa do público ridículo na Vila.
      O que você disse sobre os torcedores de Sampa também vale para os torcedores de Santos: eles que tomem vergonha na cara e vão a Sampa. Claro, isso é utopia, pois nem mesmo ao estádio em Santos eles vão. Público de ontem, contra o Criciúma: pouco mais de cinco mil testemunhas.

    • Antonio Lima

      Mario, você deveria ter o bom senso de não opinar acerca do que é bom ou que não é, para outros times. Opine sobre o que é bom ou ruim somente para seu time.

  • Josué

    João Bom dia, o que a PMSP está falando é tudo balela, o que deveria ser feito é um pacote com o Peixe, pois quando joga no pacaembu o público é sempre bom… o Pacaembu é Tombado…, não pode fazer eventos… então vou te dizer o que vai acontecer…..
    Vc lembra quando o Centro de SP Tinha diversos Cinemas (nas ruas) ?
    Hoje a maioria deles são templos evangélicos….
    É exatamente o final do GLORIOSO PAULO MACHADO DE CARVALHO…..
    E quando isso ocorrer, quero ver o movimento Viva Pacaembú, tomar atitudes com centenas de onibus espalhados pelo bairro…..

    Quanto ao teu descanso…. aproveite bem, sem moderação…. grande abraço….

    • janca

      Oi Josué. Segundo a prefeitura, o Pacaembu não irá virar um templo religioso, não vai parar nas mãos de igrejas, não. Mas… Uma coisa é o que se fala, outra é o que acontece… Confesso que sei não, sei não. E concordo com você. A Prefeitura de SP deveria fazer um pacote com o Santos e tê-lo como cliente. Lá o público é sempre bom. E lembro dos cinemas do centro, sim. Já eram. Ah! Também gosto muito do glorioso, como você bem disse, Paulo Machado de Carvalho. O bom e velho Pacaembu. Pena que em más mãos e não é de hoje. Já passou por Maluf, Pitta, Kassab, agora Haddad… Meu Deus! E olha que sou agnóstico. Valeu pela mensagem dia 30 estamos de volta, graaaaande abraço pra você, Josué, João

  • Anderson – UK

    Ola Janca! Tambem acho que o Santos seria uma boa solucao para o Pacaembu, mas o estadio precisa mesmo de uma renovada, talvez a unica solucao seja a iniciativa privada, mas sem poder utilizar o estadio para outros fins (como shows).

    Falando sobre estadios Janca, voce tem informacaoes sobre qual sera o futuro da Fazendinha? Com a arena e o CT eu nunca mais ouvi falar sobre quais os planos do Corinthians para o local. Na minha opiniao deveriam oficializar como “estadio da base”, mas aparentemente o novo CT da base ja vai ter seu proprio mini estadio.

    Voce sabe me dizer tambem se o memorial do Corinthians sera transferido para a Arena? Nos grandes europeus isso acontece e quando voce visita o museu ja tem a oportunidade de conhecer o estadio. Desculpe as varias perguntas, mas realmente nao encontro nenhuma informacao em relacao a esse assunto. Boas ferias Janca!! Abs

    • janca

      De uma renovada precisa mesmo, Anderson. Sobre suas perguntas, confesso minha desinformação. Não tenho as respostas, mas prometo que vou atrás delas. Que eu saiba, mas preciso checar, a Fazendinha seguirá abrigando jogos, embora, claro, não do time principal. Deve ser um dos estádios da base _o outro sendo o do CT. E o Memorial, também pelo que me consta, seguirá no Parque São Jorge. Mas sua ideia de transferi-lo para Itaquera é interessante. Prometo que na volta vou atrás das respostas. Ah! E terça que vem tem minha coluna no LANCE!, como sempre, aliás. Até a volta e grande abraço, Janca

      • Anderson – UK

        Valeu Janca!! E eu queria dizer que encontrar um parceiro para renovar a arena sem poder utiliza-la para outros fins (como shows) vai ser dficil. Pode deixar que vou checar sua coluna na Terca. Abs

        • janca

          Valeu, Anderson, e na primeira semana de outubro vou atrás da informações que você pediu. Abs.

  • Nasser

    Até que enfim, após longos meses um jogo na nossa segunda casa, o Pacaembu, espero q a diretoria comece a por em pratica o rodizio de mando, entre Vila e Pacaembu, só assim para por agradar os mais de 2 milhões de torcedores q vivem nessa regiões, alem dos mais de 50 mil sócios, que querem poder ver o Santos Futebol Clube de perto

    • janca

      O que não falta em São Paulo é torcedor do Santos, Nasser. O time não é popular só em Santos, não.

      • Nasser

        Foi exatamente isso que eu quis dizer, são mais de 2 milhões de torcedores na grande São Paulo, enquanto na baixada ñ deve passar dos 600 mil. A diretoria não pode desprezar essa massa de torcedores, Alem dos mais de 50 mil sócios, sendo metade da Capital

        • janca

          Sim, o Santos não se restringe ao litoral, é muuuuito maior que isso. A cidade de SP que o diga.

      • antonio luis

        alias em santos é que não somos pópúlares

  • elias

    JANCA, se eu não me engano o Corinthians tentou na última década comprar o Pacaembu. Porém a Prefeitura não quis vender, a Prefeitura estava disposta a arrendar por 25 anos por 300 milhões. Se eu tiver errado me corrija, mas lembro desta notícia. abraço.

    • janca

      O Corinthians queria a concessão do estádio, mas não conseguiu. Só nesse ano que a Prefeitura de SP anunciou que fará a privatização do estádio. Mas sou contra a ideia. Acho um atestado, como já disse, de incompetência total do poder público municipal. Era contra a venda do Pacaembu ao Corinthians como sou contra a venda ao Santos ou a qualquer outro grupo da chamada iniciativa privada. Abs.

  • Dermivaldo

    Boa noite Janca.
    O Corinthians queria privatizar o Pacaembu e os vereadores não deixaram, principalmente o Marco Aurélio Cunha e o Aurélio Miguel.
    Seria injusto permitir para o Santos o que não foi permitido para o Corinthians.
    Penso que o Santos deve jogar no Pacaembu, mas da mesma forma que o Corinthians jogava, ou seja, alugando o estádio, seja da prefeitura ou da iniciativa privada.

    • janca

      É o modelo que defendo _o Santos virando cliente do estádio, como o Corinthians tem sido, mesmo que envolva algum tipo de negociação ou direito por fidelidade, o que for, enfim. Mas sou contra a privatização do estádio agora como era antes, quando o Corinthians queria comprá-lo. Abs. e boa quinta pra você, Janca

  • O Santos tem que vir pra SP não importa se é no Pacaembú ou não e se for construir um Estadio tem que ser aqui, pois aqui que está o dinheiro, Federação, Marketing, emprego etc…, sem contar que a população aqui em SP e Grande SP é 13 vezes maior que Santos e mais 6 cidades vizinhas a ela, os torcedores dão risadas da nossa média de publico nos campeonatos na Vila, mas aqui tem uma população 13 vezes maior e vcs deveriam levar uma média de pelo menos 10 vezes mais que o Santos na Vila e pela quantidade da população levam muito pouco.
    NASCER VIVER E NO SANTOS MORRER, É UM ORGULHO QUE NEM TODOS PODEM TER.

  • jorji

    Se for construir uma arena, tem que ser em São Paulo, tem que ser totalmente coberta, climatizada, com gramado que saia para fora do estádio, que possa abrigar vários eventos que não seja apenas o futebol, sem prejudicar o gramado, numa região bem localizada, servida por trens e metrô, com capacidade mínima para 50.000 pessoas, ou jogar no Pacaembu.

    • janca

      Melhor jogar no Pacaembu, que já é muito bem localizado, sem falar que estádios de futebol _e arenas_ não faltam _ou não faltarão_ em SP quando as de Corinthians e Palmeiras ficarem prontas. Mas que o Pacaembu precisa de uma reforminha, precisa.

      • jorji

        Janca, São Paulo a metrópole mais rica da America do Sul não tem uma arena coberta, climatizada, com gramado que sai para fora do estádio, para que se possa realizar eventos de diversos fins, se construir com essas atribuições, a agenda estará lotada, aliás, no Brasil não tem arenas cobertas, como o Santos foi o clube que colocou o Brasil no mapa mundi…………

        • janca

          Mas as arenas do Corinthians e do Palmeiras, pelo que dizem, ficarão sensacionais.

  • Romel Gimenes

    Novamente a novela da nossa arena, quantos vezes mostraram maquete, e não saiu do papel;
    Guarujá, Diadema, São Bernado do Campo, está chegando novas eleições no clube e mais uma vez mexem com a torcida que fica toda animada, precisamos de coragem e homens que tenham palavra, pois, estão ganhando muito dinheiro no Santos e o investimento é diminuto do tamanho de um time da segundona, o SANTOS merece uma arena, porque os empresários santistas que falam tanto em investir no Peixão não formam um grande consórcio e deêm este presente a Nação Santista, falto isto para voltarmos a ter repeito e a maior torcida do planeta, que em um passado próximo já fomos. VIVA A NAÇÃO SANTISTA!

  • Hércules Batista

    A verdade é que o Santos ficou grande demais para a gloriosa Vila Belmiro, o Clube precisa pensar grande e entender que sua maior torcida está na capital. Porém, vejo uma tarefa difícil pois muitos conselheiros do Clube não desejam tal mudança por comodidade, pois tem a Vila como o quintal de suas casas, e vão aos jogos lá sem tirar o carro da garagem. Está na hora de pensar no Clube, já fui assistir Santos e Juventus no Pacaembu com mais de 35.000 pagantes.
    Assumir o Pacaembu faz parte da atualização que o Santos precisa para crescer mais. Chega de ser provinciano. Da-lhe Santos!!!

  • emilio

    Janca voce acertou em tudo que disse. O Santos é um time global. Apenas se confundiu ao dizer que ” tem muitos torcedores em São Paulo”. Não! o Santos é o time de maior torcida na capital! Basta voce ver o público que teve o Pacaembu na semi-final da Libertadores. superior a 47.000 pagantes. E basta voce ver o maior público do Morumbi em 2012- decisão Santos x Guarani- mais de 59.000 pessoas. É apenas isso!!!!!!! O time brasileiro mais conhecido no Mundo!!

  • SANTÃO

    João, o SANTOS tem torcida no mundo inteiro, não se limita a Santos e ao estado de São Paulo, a mente deste corintiano é limitada , mas a nossa não.
    Ao certo o SANTOS teria que privatizar e modernizar o Pacaembu explorando por uns 100 anos, seria bom para todos

  • UBATUBARÃO

    Também sou a favor do Santos no Pacaembú. Eu odeio política, mas acho que a oportunidade é agora pois nossos políticos que são os piores do mundo, tem um defeito que pode ajudar o Santos nesse momento, o clubismo. Não sei pra quem torce o Prefeito de São Paulo, mas o Governador Alckimin e o Senador Suplicy são santistas roxos. No Rio, o Botafogo foi beneficiado com a concessão do Engenhão pelo então prefeito botafoguense Cesar Maia.
    Em relação ao Santos no Pacaembú, é óbvio que o lucro é maior, pois a torcida lota e apoia. Em Santos, apesar da força do time, a torcida além de não lotar um estádio que é bem menor, as vezes torce contra o time. A Vila deve ser preservada como o Olimpo dos semideuses do futebol mundial que saíram de lá e os jogos mais importantes deve ir pro Pacaembú. Ter 2 casas é um previlégio pra poucos e o Santos merece com sua grandeza ter um estádio na maior cidade do Brasil.

  • Antonio Lima

    Já passa da hora do Santos ter um estádio na capital e mandar a maioria de seus jogos lá. É ridícula a participação do torcedor Santista na Vila. Com todo respeito às glórias do Urbano Caldeira, é hora de modernizar e crescer, caso contrário, ficará para trás; muito para trás.

  • Guilherme Peixeiro

    Sou Torcedor da maior lenda do futebol arte da América do Sul, conforme a revista Inglesa de Esporte * Four Four Two *, dentre os 20 maiores times da história do futebol arte o Santos F.C é o sétimo na colocação os dois maiores da Argentina o Independiente-ARG e o Boca Junior-ARG um está 13° e o outro 16° do Brasil o único, não se trada de ser rico e poderoso ou ter a maior torcida, trata-se de hist´ria e isso a Lenda tem de sobra, agora pedir para jogar somente na Vila Belmiro com a média de 7000 torcedores,parem por aí mesmo, torcedor da baixada e torcedor de telão com a famosa breja gelada do lado….PACAEMBÚ JÁ, o grosso da torcida peixeira esta em Sampa e no grande ABC, falei….

  • Don Santástico

    Soy morador da baxada Santista, mas tenho consciência que o peixe é Santástico não só em Santos, senão em todo o Brasil e no mundo. É o time de maior projeção fora do Brasil, e aqueles que negam agem movidos pela inveja e não pela razão. Contra fatos não há argumentos. Conheço pessoas de várias partes do mundo, e o Peixe é insuperável quando se trata de Brasil. A torcida da baixada já teve sua chance e não dá conta de apoiar o peixe de acordo com sua grandeza. Pra falar a verdade, nós torcedores da baixada temos na maioria, juntos com o dirigentes, um pensamento provinciano e de maneira egoista e possessiva não permitimos o peixe crescer. PEIXE no PACAEMBÚ JÁ!

  • Ton

    Com as punições de Corinthians e Palmeiras, poucos jogos devem ocorrer no paca. Alias essas punições não estão seguindo coerência nenhuma. Veja o caso do Corinthians que teve punição por uso de sinalizadores, porque não houve punição para o Criciúma??????? E antes que você diga que “um erro não justifica o outro” eu digo que “pau que bate em Chico, bate em Francisco” ou pelo menos, deveria.

    • janca

      Mas, pelo menos a meu ver, deveria haver punição ao Criciúma, sim. O erro é não punirem o Criciúma e seus torcedores com sinalizadores provocando a interrupção do jogo.

  • Jonny Santista

    Chega de só ficar na Vila!!
    O Paca dando sopa e os cara aí…
    Depois vão reclamar…

  • Fernando

    Concordo em gênero, número e grau. Um patrimônio construído com o nosso dinheiro não pode simplesmente ser entregue à iniciativa privada,que ficará com os lucros de algo que ela não construiu.
    Abraço.

MaisRecentes

Saída de Lucas Lima



Continue Lendo

Dorival bombardeado



Continue Lendo

A grana de Nuzman



Continue Lendo