A torcida do Fogão



A direção do Botafogo pensa em fazer campanhas para incentivar o torcedor a comparecer em maior número nos jogos do time como mandante.  E quer discutir com o Complexo Maracanã, que administra a arena onde tem mandado suas partidas, possível redução no preço das entradas em alguns jogos do Brasileirão.

A preocupação com o que alguns consideram pequeno público quando atua em casa faz sentido. O Fogão é vice-líder do Brasileiro, faz campanha incrível no torneio, conseguiu classificação dramática na Copa do Brasil, diante do Galo, e mesmo assim por vezes tem atraído menos torcedores ao Maraca do que o São Paulo, na zona de rebaixamento, no Morumbi.

Contra o próprio São Paulo, no Maracanã, menos de 25 mil pagantes foram ao estádio apoiar o Botafogo. Contra o Corinthians, por mais que o jogo tenha sido tarde (começou às 21hs50 por conta da TV), o número de pagantes não chegou a 20 mil. O próximo desafio em casa, vale lembrar, será apenas dia 21, diante do Bahia.

No momento interessante que atravessa, marcando gols nos instantes finais e com seus jogadores demonstrando muita raça, apesar de todos os problemas que o clube enfrenta fora de campo, principalmente financeiros, o Botafogo merece mais apoio. Inclusive porque os jogos são no Maraca, cuja localização e acesso são melhores do que o Engenhão, interditado há meses por problemas estruturais.



MaisRecentes

Seleção magoada



Continue Lendo

O emocional, de novo



Continue Lendo

A cabeça de Neymar



Continue Lendo