Anistia a clubes não!!!



A população brasileira que fique de olhos abertos. CBF e governo federal _leia-se Ministério do Esporte_ articulam projeto de anistia de dívidas de clubes de futebol do Brasil.

Vicente Cândido, deputado pelo PT-SP, tem até anteprojeto para perdoar boa parte do que devem os clubes, obrigando-os, em troca, a darem bolsa a novos atletas, das mais variadas modalidades olímpicas, investindo em treinamento e capacitação de futuros talentos.

Vicente Cândido, vale lembrar, é ligado a Marco Polo Del Nero, presidente da Federação Paulista de Futebol e pré-candidato à sucessão de José Maria Marin na direção da CBF.

A “bancada da bola”, com apoio da CBF e do Ministério do Esporte, mobiliza-se há algum tempo para ajudar os clubes, usando a possível anistia como um legado ao esporte e aos torcedores de futebol.

Não seria legado nenhum, apenas um incentivo aos dirigentes que assumam novas dívidas e as joguem para seus sucessores na esperança de que um dia serão perdoadas. E o pior é que podem ser mesmo.

O que ocorre em Brasília é gravíssimo para o brasileiro que paga impostos e não tem saúde, educação, transporte público e segurança decentes.

Os clubes devem cerca de R$ 4 bilhões, segundo algumas estimativas, para INSS, FGTS e Receita Federal, além de pagamentos que não foram efetuados e ainda têm de ser feitos a pessoas físicas e jurídicas que lhes prestaram serviços.

Se conseguir aprovar o projeto, seja de Vicente Cândido ou de outros parlamentares que têm ideias semelhantes, Del Nero, Marin e Aldo Rebelo, o ministro do Esporte, ganharão pontos com clubes e federações. Com o torcedor, duvido. Porque ele, como todo mundo, paga impostos e imagino que não ficaria feliz de ver a premiação do governo a péssimas administrações e maus dirigentes que se perpetuam no nosso futebol. Para o bem do futebol, anistia a clubes não!!!



  • Mesmo sendo um assunto bastante polêmico, sou favorável ao perdão das dívidas dos clubes, desde que haja uma amarração para que os dirigentes não voltem a endividar as instituições. Sou favorável, pois o futebol é uma das maiores paixões do povo brasileiro e, com certeza se perde muito mais em valores com a corrupção que só beneficia poucos do que com o que os clubes devem para a União.

    • janca

      Mas a questão, Paulo, é que os dirigentes acabam voltando a se endividar, sim, e a irresponsabilidade deles não pode ser bancada pela sociedade. Entendo o que você diz, mas temos opiniões diferentes sobre essa questão. Sou contra a anistia.

    • Dermivaldo Piraputanga

      Boa Janca.
      O povo não pode deixar que essa anistia seja aprovada. O governo vai tentar fazer isso na surdina.
      Nem que parcele em 200 vezes, mas as dividas tem que ser pagas integralmente e com juros, cada centavo, pois isso é dinheiro público.
      Se o povo é obrigado a pagar altos impostos sem ter nenhum retorno, por que perdoar os clubes?
      Tá cheio de presidente de clube só esperando essa anistia, merecem um pé na bunda.
      E mesmo parcelando, os clubes tem que perder 10 pontos para cada mês que nao pagar a parcela. e se ficar 3 meses sem pagar, rebaixa uma divisão e assim por diante.
      Se esses dirigentes pilantras contratam jogadores e técnicos pagando mais de 500 mil por mês, é óbvio que podem pagar a dívida.
      Acorda Dilma! Chega de impunidade!

    • Sunao

      Sou contra a anistia tambem, e faria mas, criaria um projeto para pagamento planejado das dividas, e uma vez que a instituição (clube) nao efetuação os pagamentos de acordo até a quitação dos mesmos, deveriam ser rebaixados de divisão.. ou até mesmo suspenso por tempo indeterminados.. sou apaixonado por futebol, e entendo que move nações, mas assim como move nações, move dinheiro e o dinheiro deve ser revertido especificamente para alguma area, como educação, saúde e etc..!

    • Flávio José

      Boa noite.
      Sou obrigado a discordar de você. Sinceramente não entendo sua preocupação em ser contra a anistia. Se vai ter uma “meia” dúzia de beneficiários políticos com a medida, não seria a exceção de alguma regra já praticada no país. Muitos se beneficiam mesmo, não tem jeito. Quando falamos também da criação da lei pelé, vários pontos foram discutidos e hoje temos algumas aberrações que beneficiam poucos, não tem jeito, sempre vai ser assim. Agora essa tal anistia tem que vim acompanhada de uma legislação mais rigorosa com os gestores, com uma regra de ficha limpa para a saída do cargo ou algo parecido. Não tem jeito, a anistia seria a solução mais importante para o futebol brasileiro, acompanhada, claro de um calendário nacional mais racional.Outra coisa, gostam de falar do futebol espanhol, dos seus clubes, o que fizeram lá para torná-los o que são hoje???????? ou começa do zero ou sempre teremos soluções paliativas que não resolvem nada, só adiam os problemas. Gastaram quase 2 bilhões em um único estádio, quanto já não se gastou com a copa???? Quanto de retorno isso nos traz????……….agora experimentar investir em um clube poliesportivo, quanto de retorno teremos???????????? pense nisso…….sua profissão depende disso.

  • antonio

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk sem comentario

    • janca

      Concordo. Parece piada, Antonio.

  • sergio rosario

    País de vagabundos , VERGONHA !!! . Porque não perdoam dividas de hospitais tipo Santa casas que estão todas quebradas !?

    • janca

      Acho a questão das Santas Casas mais séria e importante do que a dos clubes.

      • Josué

        Janca, vamos com calma, as Santas Casas tem a administração tão podres quanto as de clubes, cheias de falcatruas, estelionatos…. e os colégios ligados as igrejas católicas, tem isenção de impostos, e os templos evangélicos…. tem casos Janca desde a década de 40 referindo a santa casa, que faria qualquer Maluf tornar-se batedor de carteira…. como diz Lobão “NA VERDADE NADA É O QUE PARECE SER”…. podemos até falar a respeito noutra ocasião…….. começe por um nome Celestino Bourrol

        • janca

          Pode ser, talvez você tenha razão. Mas que não justifica o erro de um o erro de outro, não justifica. E sou contra a anista a clubes de futebol. E as Santas Casas têm de ser melhor administradas. Além de eventuais irregularidades na gestão que têm de ser apuradas. Em relação a isenção de impostos a igrejas, muitas das quais ganham fortunas, também sou contra, claro. É lamentável.

          • Josué

            Só para ratificar sua posição, eu sou totalmente contra essas anistias, loterias para beneficiar clubes, e olha que rola GRANA ALTA. e algo que não me entra na cabeça, como pode um sujeito que na maioria das vezes tem seus compromissos, se dedicar ao clube por paixão? Eu não entendo, sem remuneração…. Janca, meu amigo já presenciei cada coisa!!!! venda de jogadores…. sempre sobra uma baita comi$$ão….talvez seja por isso que os presidentes queiram se perpetuar…..simplesmente por amor ao clube…….

          • janca

            Também não entendo bem como algumas pessoas assumem a direção de clubes de futebol, sem ganhar, pelo menos oficialmente, nada, dizem que ficam no prejuízo, são criticadas etc. etc. etc., largam a profissão por um bom tempo, os negócios particulares e sobrevivem muito bem. Tanto que não querem largar o osso nunca. Ou quase nunca. Tudo bem que tem a questão da vaidade, do status, do aparecer na mídia, mas por amor ao clube duvido que seja em boa parte dos casos.

  • SIMÕES

    Se isso acontecer tem de botar fogo na CBF e no Congresso nacional.O Ex-pres.Lula(de triste memória) já fez isso.criou a Timemania para “DOAR” dinheiro aos clubes de futebol, e o que fizeral eles (clubes). pagavam salários altissimos a determinados jogadores, ex: Ronaldo no Corinthians,Adriano no Flamengo, e o que aconteceu: endividaram-se novamente.Isso de perdoar dividas só fará com que façam NOVAS dividas, e o povo brasileiro? Continuará sem hospitais, escolas , segurança.

    Vamos botar fogo na CBF e no Congresso se isso acontecer.

    • janca

      E o Lula, pelo jeito, continua defendendo uma mãozinha aos clubes. Participa das articulações. Uma pena. E não é só ele, não.

  • José Eliaz

    ÔÔÔ… Janca até voce agora vai entrar nessa e falar uma bobagem dessa? Lembre-se se nada for feito o futebol brasileira acaba e voce perde seu emprego. Veja as condições impostas aos clubes para renegociação de suas dívidas antes de fala bobagem. Veja bem, não sou cartola, sou torcedor e afirmo que a dívida de todos os clubes hoje é impagavel do jeito que está.
    Seremos pelo menos sensatos.

    • janca

      Se é impagável, tem que ser renegociada. Mas anistia de jeito nenhum, mesmo com contrapartidas. Os clubes têm que parar de ser mimados e tratados como coitadinhos. É isso o que alimenta a irresponsabilidade de boa parte de nossos dirigentes. Com todo respeito, José, acho que quem não está sendo sensato é você.

      • Dermivaldo Piraputanga

        Se podem pagar 600 mil de salário para jogadores e técnicos, é óbvio que podem pagar as dívidas.
        Pode até parcelar em trocentas vezes, mas tem que ser pago cada centavo e com juros.
        Não pagam em virtude da impunidade.

        • José Eliaz

          Caro Janca,
          Qual a solução? Quem reprova uma iniciativa tem por obrigação apresentar uma outra alternativa para solução desta demanda. Na minha modesta visão é necessário encontrar um ponto de equilíbrio com renegociação a longo prazo da dívida, mas não arrisco dizer qual é esse prazo por que não sou especialista noassunto e só emito opinião sobre assunto que eu conheço, porém uma coisa é certa, não pode continuar do jeito que está, se nada for feito o nosso futebol acaba.

          • janca

            Uma possibilidade é renegociar as dívidas, mudando a legislação. Exemplo: obrigando os clubes e as federações a adotarem rotatividade no poder, limitação de mandatos e responsabilização de dirigentes por seus atos, inclusive com patrimômio próprio.

          • Rodrigo

            A Alemanha, como parte da reestruturação do futebol nacional de lá, tomou as rédeas da Bundesliga e instaurou uma política financeira que faria cair os cabelos dos dirigentes daqui: todos os clubes são “convidados” a enviar, a cada quadrimestre, um relatório que ateste positivamente as finanças do clube, seguindo um manual do tamanho de um livro. Desleixo nas finanças ou algum gasto exuberante e o clube perde pontos; suspeita de falcatrua e a equipe nem sai da concentração. Resultado: a folha de pagamento dos clubes alemães raramente excede a metade da receita, só dois deles estão no negativo, e a final da Champions League mais recente, por algum motivo, só teve clubes alemães. Difícil, né?

          • janca

            Atestado de saúde financeira é exigido na França também. É algo interessante porque o torcedor fica de olho no desempenho do time em campo e no das finanças, fora dele.

  • Airton

    Isso é vergonhoso. O cidadão trabalha a vida toda, e quando consegue se aposentar, ganha salário de fome. O cidadão otário votante que deixar de pagar as toneladas de impostos, INSS, ou qualquer outra coisa para os governos em todas as esferas, perde tudo, agora essa canalhada vem com essa proposta indecente de anistiar clubes de futebol, mal administrados, quase falidos. Que a população fique experta, porque estamos cansados de pagar as festas desses políticos com o nosso dinheiro, é muita safadeza..

  • RENATO

    Olha temos que fazer alguma coisa; deixar os clubes sem pagar nada não é o certo e tambem não é certo cobrar e não receber nada;; uma proposta bem simples de colocar os clubes no eixo é parcelar essa dividas em 50 anos e colocar os clube como empresa e responsabilizar os dirigente mandando para a cadeia quem não pagar impostos;; simples;; assim;;

    • janca

      Há ideias melhores do que a simples anistia por dada contrapartida. Uma delas é passar a responsabilizar os dirigentes, como você disse, por seus atos, algo que muitas vezes não acontece hoje. E eles fazem o que querem, gastam o que não têm. Outra seria obrigar os clubes a virarem empresas. Não que acho que seja a solução mais adequada, mas são ideias a serem debatidas. Se não as dívidas voltam logo, logo.

  • Maykon

    Antes também era contra a anistia das dívidas dos clubes, pois como todo cidadão brasileiro não tenho anistia dos impostos que devo pagar. Todavia, como desde a época do ex presidente Lula o Governo está uma lástima, em puro retrocesso, prefiro que as dividas dos clubes (em especial do mengão) sejam perdoados e assim tenha mais capacidade em investir no futebol,do que eles terem que pagar esses impostos e esse dinheiro ir para o mensalão.

    • janca

      Discordo. Em vez de investir no futebol de verdade eles fariam mais dívidas ainda. E se o governo investe mal nosso dinheiro tem que ser cobrado para investir melhor. E isso parece que o povo começou a fazer, pressionando e reivindicando seus direitos.

      • Dermivaldo Piraputanga

        Povo sem noção. Tem torcedor que é pior que os dirigentes dos clubes.

        • Dermivaldo

          Aceito doação de 10 kg de picanha e 8 caixas de cerveja Budweiser.
          Aceito doação de terreno e material de construção para eu construir minha casa na Praia do Rosa.
          Aceito doação de carro com cambio automatico, desde que seja com IPVA e seguro pagos.
          Aceito doação de passagem aérea para eu ir conhecer o Canadá e os Alpes Suiços.
          Aceito doação de uma bolsa de estudos em Harward, Stanford ou Cambridge.
          Eu poderia estar roubando, matando e estuprando, mas estou pedindo.

        • janca

          Tem mesmo… Ou do mesmo nível, digamos assim.

    • Rodrigo

      Tá. É isso e mudar o nome do país pra Finlândia.

  • Maykon

    Antes também era contra a anistia das dívidas dos clubes, pois como todo cidadão brasileiro não tenho anistia dos impostos que devo pagar. Todavia, como desde a época do ex presidente Lula o Governo está uma lástima, em puro retrocesso, prefiro que as dívidas dos clubes (em especial do mengão) sejam perdoados e assim tenha mais capacidade em investir no futebol, do que eles terem que pagar esses impostos e esse dinheiro ir para o mensalão. O PIB do Brasil é quase 1 trilhão de reais e as dividas dos clubes 4 bilhões, ou seja, esse dinheiro não fará falta para a economia do Brasil e caso essas dívidas sejam pagas, não será investido em sáude etc como pensam alguns. Por isso defendo a anistia, pois entre esse dinheiro ser desviado pela corrupção ou meu time ter mais capacidade para investir, fico com a segunda opção.

    • janca

      O Brasil não pode jogar R$ 4 bilhões no lixo. Se for assim, anistia todo mundo, o que seria um absurdo. Se pode abrir mão de R$ 4 bilhões deveria cuidar da saúde, educação, transporte e segurança. Não o faz porque diz que não tem dinheiro.

      • Jhoni

        Com abrir mão de R$ 4 bilhões, sendo que estes R$ 4 bilhões jamais serão pagos.
        Sou a favor da anistia, nem que seja apenas dos juros e multas, para assim haver uma negociação.
        Pois quando o nome de uma pessoa vai para o SPC, ele sai após 5 anos e a pessoa pode comprar a prazo novamente, querendo ou não também é uma anistia…

      • Maykon

        Concordo que o país não pode jogar 4 bilhões ou qualquer outro valor no lixo, mas entre fazer uma má administração desse dinheiro ou anistiar, defendo a anistia. Em relação a alegação do governo da falta de dinheiro é pura falacia, tudo se resume a como dito anteriormente: má administração.

        • janca

          Já eu defendo uma melhor administração desse dinheiro. Nem anistia nem má administração, até porque não temos apenas duas alternativas.

  • Luiz

    Não faz mais que a obrigação! Os todos os clubes brasileiros fazem um trabalho social enorme e a décadas sem nenhuma ajuda do Governo e dessa CBF. Está na hora de ajudar os clubes. Anistia para todos, profissionalização já. Uma idéia… todos os anos os clubes devem apresentar as certidões negativas de débitos, caso haja dívida, o mesmo fica proibido de participar de qualquer campeonato. Pronto!

    • janca

      A questão da transparência e do saneamento financeiro inclusive para participar de campeonatos, a médio prazo, defendo. Mas a anistia num país como o Brasil, não.

      • Dermivaldo

        Como sem nenhuma ajuda do governo?
        Os terrenos dos clubes foram doados pelo governo.
        Os centros de treinamento dos clubes foram pagos com incentivos fiscais.
        O Flamengo ganhou 5 milhões da prefeitura para construir CT, os clubes cariocas ganharam terrenos.
        E os patrocínios estatais?
        Como o Atlético construiu a cidade do Galo? E os outros clubes?
        O Botafogo praticamente ganhou o Engenhão. Outros clubes jogam em estádios municipais, que foram reformados com dinheiro público.
        Os clubes não pagam, não sofrem punições e você tem a cara de pau em dizer que nao tem ajuda do governo? Mais ajuda que isso impossível.
        Você é mais um sem noção Luiz.

  • QUE POLEMICA !!!!!!, todos nos sabemos que as dividas dos Clube, jamais serão pagas, devidos aos montantes que chegaram com o apoio total dos governantes e a não impunidades dos dirigentes que as contraíram. Portanto deveríamos ZERAR, começar novo marco, com obrigatoriedade administrativa aos dirigentes e governantes com punição exemplar, distribuição das cotas telesivas etc mais justas (ex ITÁLIA). Só participação de campeonatos quem estiver quites c/obrigações. Aumentaria as recar dações (pagas) e benefícios a população na realidade. TRANSPARÊNCIA tem que ser total (diminuiria as manipulações, subornos etc).
    Mas sera difíscio a aprovação popular, devido as varias injustiça do onerário público como Saúde, segurança, educação etc etc.
    Fazer obrigatoriedade hoje aos Clubes para pagar, é decretar GUERRA.

    Fernando Espeschit – Belo Horizonte – MG

    • Dermivaldo

      Eu não sei.
      Na minha opinião as dívidas podem e devem ser pagas.
      É só tirar pontos, rebaixar os clubes, punir os dirigentes que eles começam a pagar.
      Prá pagar 600 mil de salário para tecnicos e treinadores eles tem dinheiro, né? Vá ver de quantos clubes o Luxemburgo recebe indenização. Vá ver quanto o Atlético paga para o Ronaldinho, quanto o Palmeiras paga para o Valdívia, quanto o Gremio paga de salário para o Barcos, Ze roberto, Elano, Kleber. Vá ver a folha salarial do Inter. Ou quanto o Flamengo paga para o Mano, Elias, Marcelo Moreno, Chicão. Quanto o Santos pagava para o Robinho.E vale o mesmo para os outros clubes.
      O que falta é vergonha na cara.

  • jose roberto lisboa da silva

    Por alguns comentários a favor dessa anistia é que eu concluo que brasileiro tem que se ferrar mesmo,esse assunto do Janca deve ter unanimidade e mandar prender quem propor uma atrocidade dessas.quanto dirigentes ,técnicos e agentes de jogadores não ganharam em cima dessa dívida,pois todos os negócios são feitos por baixo do pano.Eles comem o filé e querem deixar o osso pro povão.

  • Acho muito correto que os clubes sejam perdoados, 90 % das dívidas são originárias de causas trabalhistas absurdas, um atleta ganhava 50 mil por mês , aí ficou 4 meses sem ter o FGTS depositado , aí entra na justiça 4 anos depois e o cara de preto bate o martelo , dizendo que o clube tem que pagar 9 milhões ao ex-jogador , isso acontece a toda hora com todo mundo.

    • Dermivaldo

      Esse 4 bilhões são dívidas fiscais. Impostos não pagos.

  • francotimao

    Ola, João, sempre fui contra a anistia das dividas e continuarei a sê-lo sempre, penso q deveriam ser pagas, talvez em um prazo mais longo, mas anistia não…Abs!!!!!

  • Julien Jacques Nery

    ABSURDO! SÓ NO BRASIL…

  • Adilson

    Perdoar dívida dos clubes é perigoso,mas os times estão de cuia na mão e nas mãos da globo,a Fox e Record estão aí doidas prá entrar na briga.Quem sabe depois de umas duas temporadas os times se aplumem e teremos jogos em horários mais decentes.Já sabemos que o que é feito nesse país é para beneficiar os infratores,então mais rigidez com os dirigentes eleitos.

  • Peposo

    Eu sempre considerei uma falta de vergonha a anistia aos grandes clubes de futebol.

    Entretanto, como a questao eh dinheiro, e o que os clubes perdem com a meia-entrada?

    Nao seria justo abater das dividas o valores perdidos com as meia entradas? O valor eh bem alto. Se o ingresso cheio custa 30 e 5 mil pagam meia, dah 75 mil por jogo. Uns 4 milhoes por ano, considerando que os estadios nao estao cheios. Pensem em quatos anos isto existe, juros e correcao monetaria.

    A maioria dos que pagam meia ou usam do jeitinho ou tem direito,mas tem condicoes de pagar. O preco do ingresso pode ser alto, mas eh porque tem torcedor que paga. Meia entrada detona arrecadacao de bilheteria, o governo inventou o encargo, o governo que custeie.

    Nao ah anistia. Mas que o governo arque com a meia entrada. Ou vai ser o velho ladrao que rouba ladrao … No Brasil, ou voceh rouba para zerar a conta ou coloca um adesivo na testa, “trouxa” …

  • César

    Janca,

    Eu penso como você, não importa quanto tempo leve, mas as dividas DEVEM ser pagas, anistia é mais um tapa na cara do brasileiro.

    Alias, você reparou como todos os grandes veículos de comunicação voltaram a falar incansavelmente sobre o mensalão após a descoberta dos quase meio bilhão de reais desviado pelo governo de SP nas ‘obras do metrô’ ? Tão querendo esconder o sujo falando do mal lavado, uma desgraça só, esses políticos deveriam no minimo ser preso.

    Mas voltando a anistia, um cara que tem uma ideia dessa devia ser preso, como pode eu ter que trabalhar o mês inteiro para pagar meu carro, meus estudos, minha cerveja e um clube de futebol poder gastar milhões, que foram EMPRESTADOS e não prestar contas? Isso é irrisório, palhaçada, cambada de filhos da puta.

    Que caíssem para a décima divisão, contrate jogador que ganhe dois mil reais por mês e volte a ser grande com dignidade.

    Não sou contra o governo ajudar o esporte com empréstimos, acho que incentivar é necessário, mas dai a perdoar dividas de um banco de safado corrupto é um longo passo para trás.

    Abraços.

  • Julio Cezar

    Sinceramente, eu sei que está errado, mas não vejo a hora das dívidas do meu querido Fluzão ser anistiadas.
    Saudações Tricolores!

    • Felipe Lima

      Se o Fluminense pagasse as MINHAS dívidas, eu também torceria pela anistia. Mas como só beneficiará quem não tem esse direito, que esse projeto vá pro limbo político!

  • marcelo

    mas é anistia da divida? ou da multa e juros?

    existem vários tipos de anistia, como o ppi/pep do governo de sp. PAES gov. federal

    sou favor da anistia do juros e da multa como acontece nas prefeituras com o IPTU.

    já divida principal (fato gerador) tem que ser paga.

    • janca

      De até 90% da dívida com o governo, Marcelo, em troca de determinadas contrapartidas. Sou contra.

  • Sunao

    Sou contra a anistia tambem, e faria mas, criaria um projeto para pagamento planejado das dividas, e uma vez que a instituição (clube) nao efetuação os pagamentos de acordo até a quitação dos mesmos, deveriam ser rebaixados de divisão.. ou até mesmo suspenso por tempo indeterminados.. sou apaixonado por futebol, e entendo que move nações, mas assim como move nações, move dinheiro e o dinheiro deve ser revertido especificamente para alguma area, como educação, saúde e etc..!

  • Ricardo de Miranda

    Sou totalmente favorável que a dívida seja paga através de ações sociais e formação esportiva a jovens. Os USA investiu nos filmes para divulgar o país,a Europa investiu nos clubes de futebol, protegendo o grande mercado que é o futebol. Óbvio que é fundamental deixar a regra bem clara, quem não cumprir com as obrigações terá o acordo cancelado. E o mais importante, ser devidamente fiscalizado. Um país que já deu ajuda a bancos privados, vive dando a grandes empresários, porque não dar aos clubes de futebol.

  • Victor Dunstan

    Janca…tem um monte de Santa Casa,pelo brasil devendo muito,veja se algum político fala nisso??
    É somente pensando neles mesmo,esse tal de vicente não foi o mesmo que ”inventou” dia do corinthians? PT e sua corja de pilantras!!!

  • E o que fazer com o dirigente que assume um clube com dívidas enormes? Ele provavelmente cortaria custos montando times modestos ( para ter dinheiro para pagar a dívida ) e ainda assim a dívida não acabaria.Não sou totalmente a contra a anistia, mas me parece que independente do que seja feito, o que não pode acontecer é a divida aumentar, caso isso aconteça o gestor tem que ser responsabilizado pela divida que adquiriu na sua gestão. E o que fazer com a divida de gestões anteriores?

  • Pedro

    Fazer os clubes colocar o fluxo de caixa é facil. Basta proibir qualquer empresa publica de patrocinar clubes com dividas para a união e permitir que aqueles que estejam no “verde” possam receber patrocinios, bem como financiamentos e outros incentivos.

    Assim vc incentiva a um clube bem administrado a continuar ser assim e um clube falido, a ou arrumar-se ou pedir falência. Esse tipo de politica demagoga tem que acabar. Se eu sou obrigado a cumprir com minhas obrigações, pq um clube não pode? Outra, se anistiar os clubes o que irá acontecer com aquele clube que sempre pagou em dia suas contas? Sim, tem times que pagam suas obrigações e outros já estão renegociando ou estão quitando suas contas. Como ficará eles? Vamos incentivar a malandragem a boa postura, ética e clareza nos negócios??

    Um modo fácil de fazer os times ajustarem suas contas é obriga-los a virar Sociedade Anonima com papéis na bolsa, como Clubes da Europa. Aí quem manda no time não será mais cartola e dirigente corrupto e sim investidores que JAMAIS colocaram um misero centavo em clube endividado.

    Sinceramente, se esses times super endividados falirem, não irão fazer falta alguma!

  • Pedro Maia

    O melhor exemplo de que é possível é o Flamengo. Tem com folgas a maior dívida tributária do país e mesmo assim fez um acordo e tá pagando…

  • alessandro

    BOA NOITE JANCA,ACHO QUE QUALQUER TIPO DE PERDAO DE DIVIDAS DOS CLUBES E ABSOLUTAMENTE IMORAL!!!!!!! PRINCIPALMENTE EM SE TRATANDO DOS GRANDES E DE CLUBES DE SERIE B,QUE FATURAM NA CASA DOS MILHOES E TEM ESSAS DIVIDAS POR CONTA DA IRRESPONSABILIDADE DE SEUS DIRIGENTES,QUE COMETEM LOUCURAS QUE NAO TEM CONDIÇOES DE DEPOIS ARCAREM E SE TRANSFORMAM EM DIVIDAS IMENSAS,E OS CLUBES CONTAM COM A MOROSIDADE DO PODER JUDICIARIO PARA ARRASTAR ISSO POR DECADAS.ACHO QUE SE PODE FAZER UM PARCELAMENTO QUE AUXILIE OS CLUBES A ACABAREM COM ESSAS DIVIDAS E QUE PREVEJA PUNIÇOES RIGOROSAS A QUEM NAO CUMPRIR(PERDA DE PONTOS,REBAIXAMENTO,BLOQUEIO DE CONTRATAÇOES ETC)
    EU AINDA ACHO O SEGUINTE DEVERIA SER CRIADA UM LEI QUE LIMITE O ENDIVIDAMENTO DOS CLUBES A UM ANO DE RECEITA(EXEMPLO SE O CLUBE ARRECADA 100 MILHOES SUAS DIVIDAS NAO PODEM ULTRAPASSAR ESSE VALOR)CASO O CLUBE NAO CUMPRA ISSO PODERIA SOFRER PUNIÇOES COMO PROIBIÇAO DE PEGAR EMPRESTIMOS,BLOQUEIO DE RECEITAS E ATE REBAIXAMENTO.EU SEI QUE TEM CLUBES QUE SUPERAM EM ATE 3 VEZES ESSE TETO MAS PODERIA SE DAR UM PERIODO DE CARENCIA PARA SE AJUSTAR(5 A 10 ANOS)

  • Fabio William

    bom se e para anistiar, faca uma para toda a sociedade nas mesmas condicoes

  • Rafael

    Toda dívida tem que ser paga!!! Condições de fazer eles tinham, então condições de pagar também!! Quem assume a presidência de um clube sabe o quanto está devendo.. Então assume também a responsabilidade. Lembramos que senão TODOS, a maior parte de presidentes de clubes tem um patrimônio invejável.. Presidente do Bahia, Edmundo Santos Silva que sumiu com 80MILHOES,zezé perrela entre tantos outros!

    • janca

      Concordo com sua tese sobre o pagamento das dívidas. E que um dirigente quando assume a presidência de um clube sabe o que está pegando para administrar. Não pode ser visto como coitadinho.

  • Tato I

    O dia que me anistiarem (icms, ipva, etc, etc, etc) concordarei que anistiem as dívidas adquiridas pelos cartolas através de roubos e desvios de dinheiro entre outras tantas falcatruas.

  • Sandro Pontes

    Os clubes não precisam de mais perdão de dívidas.

    Eles precisam de leis mais severas que punam os maus dirigentes com o patrimônio pessoal.

    A partir do momento em que isso acontecer, que eles tiverem o seu na reta, vocês verão como os clubes irão se transformar em modelos de gestão.

  • Raphael

    Além de ser uma proposta absurda seria totalmente injusta com os clubes, pois por exemplo, o Flamengo deve mais de R$ 700 milhões e o Santos possui uma dívida de R$ 180 milhões, ou seja, o governo safado estaria dando R$ 700 milhões a um clube e apenas R$ 180 milhões ao outro. Deixar de arrecadar é o mesmo que doar, ao contrário do que muito político calhorda diz. Desta forma o governo premiará o maior ladrão, portanto demonstrando claramente o tipo de comportamento que guia o brasileiro.

  • BANDO DE VAGABUNDOS!!!!!EU QUERIA TANTO Q O FUTEBOL ACABASSE!!!!!PENA Q ENQUANTO TIVEREM AS BIBAS DE ITAQUERA E AS BONECAS DO NINHO DO URUBU PRA MIDIA MANIPULAR ELE NUNCA VAI ACABAR!!!!!#FUTEBOLIXODOBRASIL

  • No anteprojeto do deputado Vicente Cândido do PT-SP, em troca da anistia da dívida, os clubes seriam obrigados (???) a darem bolsa a novos atletas de diversas modalidades … Que piada! De mau gosto! SE OS DIRIGENTES DOS CLUBES NÃO SABEM COMO PAGAR DÍVIDAS, TERÃO CONDIÇÕES DE ATENDER AS EXIGÊNCIAS DA LEI? Duvido. Sai PT!

    • janca

      É o PT, mas também são o PCdoB (no Esporte), o PTB (de Marin), o PMDB, de Temer e Cabral, o PSDB, de Serra, Aécio e Alckmin… Meu Deus! E ó que sou agnóstico _rs.

MaisRecentes

Apoio a Jô



Continue Lendo

Os preços da Seleção



Continue Lendo

O título do Timão



Continue Lendo