O legado de LAOR



O presidente do Santos, Luís Alvaro de Oliveira Ribeiro, o LAOR, que semana passada pediu licença médica de um ano, enfraquecendo processo de impeachment articulado por um grupo de conselheiros, deixou pontos positivos e negativos como legado.

Entre os positivos, cito uma maior discussão dos problemas internos do clube, inclusive pela presença do Comitê Gestor, que tira forças do próprio presidente e torna as decisões mais democráticas. Não poderia deixar de lembrar também o fato de ter conseguido segurar Neymar até a Copa das Confederações, sem falar na Libertadores que ganhou em 2011.

Mas há vários negativos. Um deles foi o fato de o Santos ter ficado dependente demais de Neymar e, sem ele, sobrou o time que temos visto em campo. Um time que ainda tem de ser formado e luta para escapar das últimas colocações no Brasileiro. Responsabilidade, inclusive, de Muricy Ramalho, demitido há pouco e que no último ano e meio de trabalho quase nada fez, esperando que Neymar resolvesse todos os problemas em campo.

Além do mau planejamento do elenco, o Santos passou por dois vexames internacionais, ambos contra o Barcelona. Levou de quatro na final do Mundial de Clubes de 2011, quando entrou assustado em campo, venerando os jogadores rivais, e agora de oito no amistoso no Camp Nou. Isso tudo mancha a imagem do clube.

Sem falar que os novos torcedores conquistados graças ao carisma de Neymar, muitos com 3, 4, 5 ou 6 anos de idade, podem migrar para outros times com a saída, que era inevitável, do craque.

Já em relação a Ganso o Santos não tinha mesmo como segurá-lo, já que havia tempos forçava sua saída da Vila e, pelo futebol que vem apresentando (ou não vem apresentando no São Paulo), não tem feito muita falta.

É um período de transição. Mas para que lado o pêndulo irá pender, não faço ideia. Espero que não seja para o das vacas magras que o Santos viveu durante um bom período, como o do final dos anos 80, começo dos 90. E acho, sinceramente, que não será. Dias melhores virão. Espero. É só ter paciência. E trabalho, claro.



  • Mario

    esse comite gestor pelas noticias q li é uma daquelas ideias fenomenais na parte teoria , mas q na pratica é um desastre , acabou sendo mais um ninho de conselheiros p/fazer politica.

    o LAOR deu muito é sorte de herdar o Neymar e Ganso da pessima adm. do Marcelo Teixeira e não soube como lidar com a DIS com isso espantou outros grupos q poderiam investir no Santos , sem falar q apoiou o RT e depois o Marin na CBF , se fala muito do Sanches mas tem q apontar o dedo para os outros dirigentes tambem.

    para mim segurou Neymar demais deveria ter vendido depois do mundial da FIFA ou da libertadores seguinte ,esses torcedores de 5 a 7 anos são torcedores do Neymar e vão torcer para ele e o Barça agora , por aqui a maioria vai mudar de time aos poucos.

    • Isso é ruim. Crianças são como torcedores de vôlei, que torcem para jogadores, não necessariamente para equipes. Ao menos é o que dá pra se ler em suas entrelinhas.

      A administração do LAOR penou também por causa da herança de dívidas da antiga gestão – o Marcelo Teixeira emprestou muita grana ao clube. Foi uma surpresa o Santos ter conseguido segurar o Neymar por tanto tempo, segurando essa dívida.

      • janca

        Quando você está começando a torcer, sim, o ídolo é muito importante. E de fato a herança do Marcelo Teixeira não foi das melhores. Mas pelo menos ele recebeu de presente Neymar e Ganso, Rodrigo. Abs.

    • janca

      Acho que errou muito também, tanto que citei uma série de pontos negativos de sua administração. Mas chegou a sugerir mudanças no calendário, pelo menos isso fez, contrariando a própria CBF. E acho boa a ideia do Comitê Gestor. Se bem que muitas vezes, como você mesmo aponta, a teoria pode ser uma coisa, a prática, outra. E acho que manteve o Neymar enquanto pôde e isso foi interessante para o Santos. Mas que muitos dos torcedores-mirins já estão mudando de time e dizendo que vão torcer para o Barcelona agora que o Neymar foi para a Espanha, estão.

  • O Janca, o texto foi legal, mas desculpe, o Sheik “tá dando” mais ibope hoje……….

    • janca

      Por falta de assunto, Luís. O pessoal gosta de fofoquinhas de celebridades… Acho que há assuntos mais interessantes. A vida dele não me diz respeito, o futebol, sim.

  • francotimao

    Ola, João, sem ser preconceituoso, mas já sendo..rsrrssss!!!!!…o Santos só é considerado um time grande porque teve Pelé pra alicerçar seus fundamentos, mas como clube desportivo sempre foi menor q o Trio de ferro da Capital, muitos podem discordar, mas é a minha impressão ou visão e, de acordo com essa minha visão do Santos sempre o vi como um time absolutamente cíclico ( talvez todos os clubes o sejam) porém é sempre mais notado nos clubes considerados de menor expressão (tamanho, grandeza, etc…)…Abs!!!!!!!!!

    • janca

      Não é verdade. Depois de Pelé, apesar de alguns anos terríveis, o Santos ainda teve os meninos da Vila, depois a época de Robinho, agora a de Neymar. É um time de muita história, passado, presente e futuro. E com torcida que extrapola e muito a cidade de Santos. Abs.

      • francotimao

        João, sua citação só reforçou o que coloquei, um time cíclico…

    • Peixe Grande

      Somos o maior vencedor de campeonatos brasileiros, oito vezes.

      O brasileiro que mais venceu Libertadores , três vezes. E dois mundiais.

      Desculpe, sem ser preconceituoso, mas já sendo rsrsrs. Seu time o Corinthians, o Once Caldas, e outros são sim aspirantes a time grande. Cresça e apareça.

      • francotimao

        O Peixe Grande, não quis msm ser preconceituoso, mas queira você ou não o Santos sempre foi menor em tamanho (inclusive de torcida) em relação ao trio de ferro…

  • Roberto

    O Santos precisa urgentemente sair da baixada, onde a torcida não comparece e quando tem um jogo de maior expressão , não cabe mais que 14 mil.
    A população de Santos é formada por muito aposentados e que já não vão mais aos campos
    O Santos precisa mudar para São Paulo, urgentemente, senão vai acabar em água.
    Olha que sou Santista e moro em Americana interior de São Paulo
    Para de pensar peque Diretoria

  • haghios

    Começou tudo de novo .. o Pelé saiu do Santos .. logo vieram alguns Idiotas … dizer .. agora o Santos acaba .. vai para série B… C.. D… F….. Z…. pois bem dos times atuais foi uns do único que não passou pela Série B… Depois vieram Diego e Robinho … foram vendidos .. aí de novo … agora sim .. o Santos vai fechar as portas … vai para a Série B … C…D… F… Z… Aí .. veio Neymar …. Ganso …. agora eles saíram .. e de novo … agora vai … o Santos vai Cair ….. Façam suas apostas … quem sabe um dia vocês acertam ….

  • Peixe Grande

    Caro Janca, os aspectos mais positivos você não elencou:

    O clube está saneado financeiramente, pegou o Santos insolvente, praticamente fálido.

    Ganhou seis títulos em três anos, inclusive uma Libertadores que não ganhávamos há 48 anos.

    • janca

      Citei a Libertadores, como não?

  • JANE TADEU DA SILVA

    Muricy nada de culpa, não tinham dinheiro nem pra dar pra ele formar um time barato mais bom pelo menos, jogadores médios que pelos menos brigassem pela LIBERTADORES, e ALOR deixou o time dependente do NEYMAR, porque contratar Miralles,Montillo,Renê Junior,Marcos Assunção,Patito,Gallardo e a nossa base dessa nova geração muito fraca em matéria de técnica, portanto demos por ser feliz em não cair esse ano BR/13. ELDORADO XIRIRICA – SP

    • janca

      Claro que tem responsabilidade. Ficou o último ano e meio sem fazer quase nada. Depois do fiasco diante do Barcelona, os 4 a 0 no Japão a que ele assistiu calado, quase nada fez. E recebia uma grana danada como técnico. Sem falar na multa contratual. Muricy foi péssimo neste último ano e meio.

  • Cleibsom Carlos

    O Santos deu início ao projeto “2ª Divisão-2014″…O time da baixada conta com a simpatia da imprensa e por isso as críticas ao elenco atual, fraquíssimo, e às muitas mazelas da diretoria parecem ser escamoteadas! Esta nova geração de jogadores que foi lançada à força não tem técnica nenhuma e os veteranos do elenco seriam apenas coadjuvantes em qualquer outro time do Brasil. Está na hora do peixe começar a levar sarafo da imprensa como todo time mal administrado deve levar!

MaisRecentes

Oposição santista



Continue Lendo

Santos em SP



Continue Lendo

Fuga de patrocínio



Continue Lendo