O que diz Rosell?



O presidente do tão decantado Barcelona deve explicações à Justiça e ao povo brasileiro.

Não é que além de ter montado uma empresa que faturou mais de R$ 11 milhões em amistoso do Brasil contra Portugal, em 2008, desfalcando os cofres do Distrito Federal, ainda recebeu mais de R$ 25 milhões por fazer marketing e promoção de 24 amistosos da seleção brasileira entre 2006 e 2012?

A notícia, revelada pelo “Estadão” na semana passada, repercute na imprensa mundial, mas Sandro Rosell age como se não fosse com ele.

É sempre bom lembrar que os contratos ele conseguiu devido à amizade com Ricardo Teixeira, com quem é muito ligado desde os tempos em que o hoje presidente do Barça representava a Nike no Brasil e ela se tornara a principal parceira da CBF.

Mais um sinal de que a seleção é tratada como produto privado pela chefia da confederação. Era assim com Teixeira e segue sendo com José Maria Marin. Tudo muito errado, pois ela é um dos principais produtos nacionais e deveria ser tratada como bem público, não particular. Até quando?

Ah! E para não perder a ocasião, quem deve explicação também é o próprio Teixeira e, por que não?, Marin, que era seu vice mais velho e assumiu a CBF há mais de um ano. O primeiro está hospitalizado no Brasil e odeio falar com a imprensa. O segundo… Talvez diga que não sabe de nada, seguindo a linha de Alckmin e Lula.



  • Mario

    vc esta errado quem deve explicações somos nos q elegemos Lulas , Dilmas , Serras , Sarneys , Renans , Dualibis ,Juvenais ,Mustafas , Marins , Del Neros e etc o Sandro Rosseli só fez um negocio q pode ser imoral , mas não é ilegal .

    quem deve explicações é a nossa policia Federal q parou de investigar o famoso caso do amistoso de brasilia , se teve corrupção cade os culpados , cade o inquerito , cade o processo?

    se teve acordo com o RT para parar a investigação e ele renunciar isso sim é escandalo. por q com bandido não se faz acordo , se joga na cadeia!!

    • janca

      Não elegemos nem Teixeira nem Marin ou Del Nero. Lula, Dilma, Serra, Alckmin, Cabral, Sarney, Renan, Collor, Haddad, Paes e outros mais infelizmente, sim.

      • Mario

        qnd digo “nos” me refiro como povo e por mais q a votação seja indireta e viciada as pessoas q frequentam os clubes escolhem os conselheiros que escolhem o presidente q apoiam as federações e a CBF .

        • janca

          Nesse sentido sim. Mas ainda acho que deveríamos discutir com a sociedade civil e o governo o papel e o modo de funcionar da CBF e do próprio COB, que vive das tetas do governo. Ambas entidades funcionam como feudos, com presidentes que podem ser vitalícios (ou quase), como se fossem instituições privadas, quando têm um caráter público. Enfim, discussão não falta, Mario. A estrutura tanto do COB quanto da CBF e o sistema eleitoral, que é viciado, tem de ser rediscutido. E bem ou mal está sendo no Congresso.

  • francotimao

    João, como você mesmo coloca no post, eu faço a mesma pegunta…Até Quando????

MaisRecentes

Contas corintianas



Continue Lendo

Timão em 2018



Continue Lendo

Verdão aflito



Continue Lendo