O Flu da Unimed



Conselheiros do Fluminense seguem reclamando ao presidente Peter Siemsen do que chamam de influência excessiva da Unimed no dia a dia do clube. A empresa de plano de saúde continua mandando e desmandando nas Laranjeiras.

O estopim do descontentamento foi a contratação do técnico Vanderlei Luxemburgo, uma exigência da parceira até agora não assimilada pela direção do Flu, que tem restrições ao trabalho do treinador.

Divisões no elenco também têm provocado inquietação na diretoria do clube, já que ele acaba dividido entre atletas que ganham fortunas da patrocinadora e outros que têm dificuldades para receber em dia. Não à toa brinca-se nas Laranjeiras que há dois times tricolores, o da Unimed e o do Fluminense.

Mas mudanças no contrato, reclamem ou não os conselheiros do Flu, não estão previstas. Sobre isso a Unimed é irredutível. Se coloca dinheiro (e coloca muito), quer administrá-lo. Não confia nas decisões da direção do Flu em relação ao departamento de futebol. Lá quem manda é ela e vai continuar assim durante um bom tempo, pelo jeito.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo