Boa sorte, Gustavo



Gostei da contratação de Gustavo Vieira de Oliveira como gerente de futebol do São Paulo.

Conheci Gustavo há mais de dez anos, quando eu trabalhava na “Folha” e ele se especializava em gestão esportiva. Bom advogado, atua na área de direito desportivo, entende do esporte e representa novos ares no Morumbi, sem o vício dos dirigentes de carreira, digamos assim.

Já participou de negociações, fez contatos e ajudou em contratos a serviço do São Paulo e o fato de torcer pelo time de Raí, de quem é sobrinho, é o menos importante no futebol profissional que temos ou imaginamos ter hoje em dia.

Poderia ter sido corintiano como virou o pai, o brilhante Sócrates, que certamente daria o máximo pelo clube que contratou seus serviços. Casagrande, afinal, com ligações umbilicais com o Corinthians, onde fez história como Sócrates, não deu o sangue quando atuou pelo Tricolor?

Desejo, enfim, que tenha sucesso no São Paulo, que vive uma crise de gestão há tempos, ampliada no terceiro mandato de Juvenal Juvêncio. Jogadores não se entendem entre eles, parte deles, comandada por Rogério Ceni e Paulo Henrique Ganso, não se dava bem com Ney Franco, que tinha sua parcela de responsabilidade na crise, não dando padrão de jogo ao time, e a relação entre atletas, comissão técnica e diretoria vinha cada vez pior.

O trabalho de Gustavo não será fácil, mas ele é um ótimo sujeito, bom profissional, dedicado e certamente tem as credenciais para fazer um ótimo papel no Morumbi. É só deixá-lo trabalhar. O futebol brasileiro precisa, afinal, de novas vozes. Boa sorte, Gustavo.



  • Mario

    Casagrande é spaulino e Sócrates era santista , logico q eles tem uma ligação forte de carinho com o timão, mas não torcedores , são mais simpatizantes .

    não conheço o filho do Sócrates então não sei se tera sucesso , mas q o juju vai atrapalhar isso vai kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • janca

      Casagrande? Corintiano roxo. Veja o que ele escreve sobre a emoção que teve com o Mundial conquistado pelo Corinthians. E Sócrates era santista, virou corintiano. As pessoas mudam. Se o Gustavo, que é são-paulino, torcesse por outro clube, nem por isso deixaria de exercer a função com todo o esforço e a capacidade que tem. É o que quis dizer, Mario. Agora se terá sucesso ou não, tampouco sei, espero que sim. Pena que sob o comando de Juvenal. Esse é de chorar…

      • Mario

        eu entendo só contestei a informação.

        sobre o profissional trabalhar em um clube e torcer p/outro clube não sou contra , mas a realidade da politica miseravel dos clubes não permite isso basta ver o caso do Marco anão cunha.

        • janca

          Sem problemas, Mario. Até melhorei o texto depois do seu comentário. Já sobre o profissional trabalhar em um clube e ter sido torcedor de outro acho isso a maior besteira do mundo, mas concordo que o dia a dia mesquinho dos clubes e a cabeça tacanha de alguns dirigentes e torcedores não permitem em alguns casos. Apenas lastimo. Jogador que foi corintiano na infância não pode jogar no Palmeiras? E técnico? Por que o mesmo não valeria para dirigente? Quanto ao Marco Aurélio Cunha, tendo torcido ou não no passado para outra agremiação, pode ajudar mais o São Paulo do que o Juvenal. Por que não? Juvenal se diz são-paulino mas será que tem feito boa administração?

          • E é pela mesma razão que os torcedores comuns do São Paulo acham absurdo os ataques da “torcida organizada” ao Marco Aurélio Cunha, que demonstra ter plena capacidade de ser presidente do Tricolor, mesmo que outrora tenha cantado o hino de outro clube. Acho que o profissionalismo vem antes mesmo da paixão clubística.

          • janca

            O que a organizada tem feito _ou alguns integrantes dela_ é lamentável.

      • Rodrigo Roman

        Janca o Casagrande é são paulino de coração, pode ser corinthiano de emoção, mas já ouvi da boca dele, ouvi no estádio 97 e na revista vip que lista os times dos jornalistas e comentaristas…

        • janca

          Pode ter sido são-paulino, mas depois de jogar no Corinthians e participar da Democracia Corintiana virou corintiano, nem que seja de emoção, como você diz.

  • jean

    Tudo jóia, Janca? Aparentemente também achei bom o nome do Gustavo. Com aquele Adalberto Batista não dava, muito arrogante e muito despreparado. Já o curriculo do Gustavo é bom, advogado, admonistrador, e ele tambem ja tem um tempo no futebol.
    So tenho uma duvida. Nao é uma questao de preconceito porque tambem sou jovem. Mas, pelo que conhece dele, voce acha que ele tem perfil para exercer um papel de conciliador, ou de liderança, no grupo? Ele tem por volta de 35 anos, voce acha que ele teria respeito por parte de jogadores mais velhos, como o Rogerio Ceni?

    • janca

      Boa pergunta. E não sei responder. Não se trata de ele ser jovem, não, mas é o primeiro cargo deste tipo que ele assume. Deve sofrer com a inexperiência, de um lado, mas tem ideias novas, tem um perfil conciliador, sim, é gente boa, preparada, com as melhores intenções, entende de futebol, vai saber lidar com os jogadores e certamente terá bom trânsito com a diretoria e a comissão técnica. Receio, apensa, que seja engolido por um Rogério Ceni da vida. Esse me preocupa, pois atritou com Ney Franco, acha que controla Paulo Autuori e se sente uma espécie de reizinho do Morumbi. Pelo menos é assim que o vejo faz tempo, embora haja controvérsias, claro.

  • Gledson

    Não no seu post, mas estou lendo em vários sites, jornalistas escrevendo que o SPFC, contratou o “filho do Socrates” ou o “sobrinho do Raí”, e também se é ou não é torcedor do SPFC, enfim ele é muito mais que isso, profissional formado e especializado é o que tem que ser exaltado, tenho certeza que ele tem absoluta competência, e até imagino que se sinta honrado em ser filho “de” e sobrinho “de”, mas estão tratando disso como se fosse só por isso que ele foi contratado, e não foi.

    Pela primeira vez no ano (e de muitos anos) estou otimista com a diretoria do SPFC, espero que dê resultado, está osso. Abraços

    • janca

      Tem toda razão. O Gustavo é mais do que filho do Sócrates e sobrinho do Raí. Tem personalidade e carreira próprias. Também espero que dê resultados. Foi aprovado inclusive pela oposição. É um bom sujeito e bem competente do ponto de vista do direito desportivo. E entende de futebol. Tentou até carreira de jogador na Portuguesa, depois acabou enveredando pelo direito. Tem condições de ajudar o São Paulo. Abs.

  • Josué

    E aí Janca, BELÊ, Os São Paulinos pode ficar tranquilos, o Gustavo é gente do Bem, desde a época de ESPN, é TRICOLOR sim…. aliás ainda que não fosse, quer dizer que a capacidade profissional de um sujeito está associada a equipe ao qual torce? sei que não é assim que vc pensa, mas tem muita gente preocupada… por exemplo: O Dr. Marco Aurélio Cunha, é SPFC e nem por isso deixou de fazer excelentes trabalhos, no Santos, Bragantino, etc… outro que dizem que não era corinthiano o diretor de marketing do corinthians, (não me lembro o nome) acho que Luis Paulo Rosemberg, e convenhamos fez um trabalho magnifico… mas o Gustavo é competente, penso que se deixarem ele atuar, vão se surpreender positivamente… abs…

    • janca

      Concordo com você, Josué, pouco importa se quem revolucionou o marketing do Corinthians torcia antes para o time ou não. Importa o que ele fez pelo clube. Idem para o Marco Aurélio Cunha e para o Gustavo. Mas o Raí já esclareceu que ele sempre foi tricolor. E se não era antes seria agora. Não veria problema nenhum. E também vejo o Gustavo como um sujeito bacana, que pode agregar forças no São Paulo.

  • francotimao

    Ola, João, espero q depois de decepcionar o pai dele (foi torcer pelo s. paulo), finalmente ele tem a oportunidade de “afundar” o s. paulo e deixar seu pai mais feliz!!!..rsrsrrsrss!!!!!!!!…brincadeiras a parte espero q ele faça um bom trabalho (por ele e pelo Sócrates), mas como torcedor espero q o JJ o atrapalhe bastante…kkkk!!!!!!!…Abs!!!!!!!

    • janca

      E o Juvenal se diz são-paulino… Mas pelo que conheci do Sócrates, apesar das brincadeiras que fazia com o Raí, que foi para o Morumbi e não para o Parque São Jorge, e talvez fizesse também pelo Gustavo, ele tinha muito orgulho do filho. Que foi uma ótima contratação pro São Paulo. Pelo menos vejo assim. Se vai dar certo ou não não sabemos, a vida é um risco, mas torço por ele. Abs.

  • Fabricio de Carvalho

    Sou sãopaulino, e também gostei da contratação, até por também conhecer pessoalmente o Gustavo, e reconhecer sua competência.
    Mas, Janca, algo me intriga, e queria, se possível, saber sua opinião:
    A contratação do Gustavo é uma manifestação indireta de apoio do Raí à Juvenal Juvêncio??
    Por que, se for, é uma bola fora do Raí.
    O que você acha?

    • janca

      Acho que uma coisa não tem ligação com a outra, mas posso estar equivocado, Fabricio.

  • Luiz Humberto

    SEIS LIBERTADORES E CINCO MUNDIAIS DESFILANDO NOS GRAMADOS DA EUROPA! CHUPA GAMBAZADA, QUANTA INVEJA, HEIN!!!

    • matador de bambi

      eles iriam convidar o rai ,mas ele ta sem tempo ,esta de mudança com um novo amor na vida ,vai morar com o zeca camargo ,

    • LUKAS JUSTUS

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Essa foi a piada do ano ! A FIFA precisava ouvir essa !….kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • MARCO POLLO

      2 EX CLUBES DE FUTEBOL QUE TIVERAM SEUS AMISTOSOS REJEITADOS PELA FIFA E QUE HOJE SÃO APENAS TIMECOS SEM FUTURO NO BRASIL…KKKKKK…. A FIFA QUE O DIGA VIU A SARDINHADA SER HUMILHADA POR MESSI E CONSIDERA A BICHARADA SEGUNDONA DE PAULISTÃO…KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • Vaz

      Cheirou em amigo!!!!!!! Na sua conta deve ter até torneio de peteca.

  • Thiago Ferreira

    O Neto disse que o filho do Sócrates é sócio ou funcionário do escritório de advocacia do Adalberto Batista, que presta serviços juridicos (e portanto recebe por isso) ao SPFC.
    Janca, não vê nada errado nisso aí não?
    Vai ser remunerado?
    Que beleeeeza!
    Adalberto sai, e deixa o discipulo.
    Esse é o SPFW.

    • janca

      Ele era sócio do escritório do José Francisco Manssur, que eu saiba, que assessora a presidência do clube. E deixou o escritório na sexta passada. Não vejo problema nenhum nisso, inclusive porque se desvinculou dele antes de assumir um cargo remunerado no São Paulo.

      • O Neto desmentiu no outro dia, disse que se enganou, mas ainda acho que seria melhor o Gustavo ter alguém, tipo Careca, Pita, Dario Pereira, para lhe fazer retaguarda, pois a divisão no elenco do São Paulo é clara e evidente, tudo culpa dessa malfadada reeleição do Juvenal e sua turma, que parece estar mais interessada em ver o tricolor em frangralhos antes de entregar a presidência do Clube, com todo respeito aos outros, mais vencedor internacionalmente do Brasil, é uma pena, inclusive a indicação do Autuori, totalmente equivocada, pois o Muricy Ramalho, profundo conhecedor dos atalhos do Morumbi teria condições para reerguer!!

        • janca

          E esse começo do Autuori está conturbado pacas. Até melhorou a defesa, mas o meio-campo e o ataque inexistem.

      • Thiago Ferreira

        A questão é que disseram que o Adalberto era o “problema”.
        Ele pede prá sair, e coloca um seu no lugar?

        • janca

          O Gustavo não é um discípulo do Adalberto e os dois têm perfis muito diferentes, Thiago.

          • Thiago Ferreira

            Perfis? É claro que são diferentes. Porém as relações entre ambos, no caso parece serem muito próximas. Em tempo Gustavo é situação ou oposição?

          • janca

            Mas mesmo que fossem próximas, qual o problema? E o Gustavo claro que está na situação, afinal está participando, como dirigente remunerado, da atual administração.

  • Leonardo

    Janca,

    Não entendi essa do Ney Franco de vir a público quererendo minar o Mito.

    O RC falou alguma bobagem?

    Ora, sinto em dizer que quando o PH Geléia entra no time o tricolor joga com um menos! Não divide bola, não tem raça e se esconde até atrás do árbitro. Compare a vontade dele e de jogadores como Osvaldo, Fabrício e Aloísio é outra carga de bateria.

    Quanto ao Lúcio tá aí, contra fatos não há argumentos! Fez biquinho contra o Arsenal e foi expulso infantilmente contra o CAM. Hoje está provado que não tem condição.

    Quanto à substituição? O Cícero não é mais jogador que o Willian José? Veja os números desta temporada (e o Cícero joga de volante, em regra).

    Ney Franco, abra os classificados na série B, porque na A, vc não tem espaço.

    Abraço.

    • janca

      O Rogério Ceni e o Ney Franco não se dão bem desde o ano passado, quando o goleiro começou a querer determinar quem ia jogar, quem ficaria de fora. Fez isso explicitamente num jogo da Sul-Americana, todos virão, Ney Franco ficou irado e com razão. O técnico é ele, afinal. E tem gente no elenco que não vai muito com a cara do Rogério Ceni, mas o aceita pela força que ele tem no clube. Até a mulher do Denis, goleiro reserva, chegou a alfinetar o Ceni pelas redes sociais… Abs.

MaisRecentes

Oposição santista



Continue Lendo

Santos em SP



Continue Lendo

Fuga de patrocínio



Continue Lendo