A ilusão de Autuori



O que Paulo Autuori esperava do Vasco? Pelo jeito foi engabelado ou se deixou engabelar por Roberto Dinamite, que teria prometido que pelo menos o salário do elenco estaria em dia no Brasileiro.

Não só tem atrasado, como o dos funcionários do clube também, o que gera enorme descontentamento em São Januário.

Mas o problema não se limita aos salários. Cadê as receitas? O marketing e o financeiro do Vasco estão abandonados há tempos, com a debandada de aliados de Dinamite ao final de seu primeiro mandato como presidente.

Os balanços ou não aparecem ou, quando surgem, são contestados, abalando ainda mais a credibilidade vascaína no mercado.

E a responsabilidade é de Dinamite, que, por mais que tenha recebido uma herança maldita de Eurico Miranda _e põe maldita nisso_, já teve tempo para colocar a casa minimamente em ordem e não o fez.

Poderia usar a marca do Vasco, que é fortíssima, mas mal trabalhada, o fato de o clube ser o único do Rio que tem um estádio próprio e mesmo alguns feitos recentes no futebol, como a conquista de uma Copa do Brasil e a chegada às quartas de uma Libertadores. Sem falar em conter gastos, o que é diferente de atrasar pagamentos.

Isolado no poder, Dinamite, que tenta se ancorar em Ricardo Gomes depois de ter perdido Renê Simões, não tem o que prometer a Paulo Autuori. Se o treinador comprou um projeto, apostando na remodelação do departamento de futebol em questão de meses, errou. Porque estava na cara que isso não ia acontecer. Em que mundo você vive, Autuori? Não conhecia o meio do futebol nem a realidade do Vasco?

Ideias e promessas são uma coisa, a prática pode ser bem diferente. Uma pena para o torcedor do Vasco que merece um time e um clube melhores.



MaisRecentes

Elogios a Loss



Continue Lendo

Não vai ter Copa?



Continue Lendo

O escândalo de Platini



Continue Lendo