Cadê o Ganso?



O presidente do São Paulo está bem preocupado com Paulo Henrique Ganso, que tem rendido bem abaixo do que ele esperava.

Confidenciou a um dos conselheiros vitalícios do Tricolor que está bem decepcionado com o jogador e que acha que ele precisa de ajuda psicológica. Acha-o instável emocionalmente.

Comentou ainda que Ganso era um dos mais insatisfeitos com Ney Franco, que teimava em deixá-lo na reserva e o substituíra no intervalo de São Paulo x Corinthians, pela Recopa. Espera que, com novo técnico, o atleta melhore.

Será? Tenho minhas dúvidas. Depois de 2010, Ganso, que teve seguidas lesões, não é mais o mesmo. No Santos vinha bem mal, na seleção foi cortado por Mano Menezes devido à suposta apatia e no São Paulo, depois de mais de seis meses de trabalho, continua jogando menos do que pode.

A questão, no entanto, é que o problema não se resume a Ganso. Quem no Morumbi vem jogando um bolão? A começar pelo presidente, Juvenal Juvêncio, a coisa anda feia, como pudemos ver de novo ontem, diante do Santos.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo