Escárnio no Maraca



Carlos Alberto Parreira continua dizendo que futebol e política não se misturam.

Vinda dele a declaração não assusta, já que é conhecida sua forte ligação com João Havelange, que trabalhou na antiga CBD nos tempos da ditadura, e seu ex-genro, Ricardo Teixeira. Parece que se esquece de muitos episódios que vivenciou, de perto ou de longe, entre os quais a Copa de 1978, na Argentina.

E mesmo a recente Copa das Confederações, com manifestações populares questionando os gastos com o Mundial no Brasil e exigindo escolas e hospitais no chamado padrão Fifa. A própria Copa das Confederações não deixou de servir de estímulo e holofote aos protestos.

E a final no Maracanã foi emblemática. Dilma Rousseff e Sérgio Cabral ausentes, por motivos óbvios, e o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, tendo a cara-de-pau de levar em avião da FAB sete pessoas, entre as quais sua noiva, dois filhos e um irmão dela, acompanhado da mulher, além do próprio filho. Na volta, um amigo do irmão da noiva viajaria com a turma, que saiu de Natal rumo ao Rio para passar o final de semana e curtir a decisão no Maracanã.

Ainda postaram comentários e fotos nas redes sociais, como se estivessem caçoando do povo brasileiro que saiu às ruas para reclamar também desse tipo de mordomia e do descaso com que tratam o dinheiro público.

Só depois de a “Folha de S. Paulo” ter divulgado o fato, Alves afirmou ter cometido um erro ao permitir que amigos e familiares pegassem carona no voo da Força Aérea Brasileira. E disse que vai pagar R$ 9,7 mil aos cofres públicos por isso.

Mordomias à parte, o governo do Rio insiste que o Maracanã seja concedido a consórcio que tem participação de uma das empresas do grupo de Eike Batista, que está indo para o buraco, aliás. E nos levando junto, afinal somos sócios, via Caixa Econômica Federal e BNDES, dos negócios do empresário… É de matar de raiva.

E enquanto isso a Prefeitura de São Paulo, aquela mesma dos R$ 0,20 da passagem de ônibus, erra em cobrança de ISS, o sujeito tem de pagar com multa e juros e, quando ressarcido do valor que desembolsa a mais indevidamente, não recebe com a mesma correção. Isso depois de muita burocracia. Põe burocracia nisso.

No Brasil definitivamente uns são mais iguais que os outros, lembrando, mais uma vez, o extraordinário “A Revolução dos Bichos”, de George Orwell. Mais atual que nunca.

Apesar dos pesares, um ótimo final de semana desde já a todos, João



  • Mario

    Parreira faz o papel q lhe pagam e pagam muito bem , alem de escudo de Felipão o de puxa-saco da CBF.
    interessante se no Japão um politico é pego se aproveitando do cargo renuncia , fica com vergonha só falta fazer o hara kiri ao vivo na tv ,já no brasil ele é reeleito sem problemas afinal cada povo tem o governo q merece.

    fala-se muito do Eike batista , mas temos q lembrar q a Odebrecht tambem sera “dona” Maracanã e seria bom jogar mais luz sobre suas ligações com o governo.

    janca tenha um bom fim de semana abrçs

    • janca

      A Odebrecht que está em quase todas. E a relação entre empreiteiras e governantes conhecemos há tempos… Muitas são forte financiadoras de campanhas. Bom final de semana pra você também, Janca

      • Mario

        não era o Renan Calheiros q tinha contas pagas pela mendes junior , sera q outros tambem não tem?

  • Dermivaldo

    Se o Maracanã não tivesse sido reformado, ou se a reforma fosse paga pela iniciativa privada, a cidade teria bons hospitais? Duvido.

    • janca

      Se pra você jogar dinheiro público _leia-se nosso_ pelo ralo está ok, sem palavras. A reforma do Maracanã, com dinheiro do contribuinte, ficou muito mais cara do que o previsto, o que é uma lástima.

    • janca

      Aliás é por esse tipo de pensamento que os políticos seguem fazendo o que querem com o chapéu alheio. Mas há vozes, como vimos em junho, querendo mudar essa situação. O processo é longo, mas possível.

  • kleber

    Ah Janca…obrigado por dizer algumas coisas entaladas em nossa garganta, até quando os políticos trabalharão apenas pelos seus privilégios amigo?

    • janca

      Não sei, Kleber. Mas não é de revoltar uma coisa dessas vindo do presidente da Câmara e depois de todas as manifestações populares de junho? E você acha que devolver pouco menos de R$ 10 mil aos cofres públicos é suficiente para pagar o voo? Não sai por menos de R$ 150 mil. A carona da turma do político é de matar de raiva qualquer um. E que formação ele pensa em dar ao próprio filho ou sua noiva pensa em dar aos filhos dela? É um escândalo. Muito simbólico, aliás.

  • francotimao

    Ola, João, caraca vc ta meio amargo hoje ,não???..rsrsrrsrsrrs!!!!!!!!!brincadeiras a parte é desolador o quadro, o desplante é tanto dos políticos q o povo “fervendo” nas ruas e o cara bota a família em avião da FAB e vem pro Rio, é repugnante a “ação” desses caras, é muito revoltante, depois o povo mete os caras na guilhotina (Revolução Francesa) e acaba com essas palhaçadas e esses palhaços…Bom FDS!!!!!!!!

  • Rogerio

    Concordo com tudo Janca, é um absurdo.

    Porém o “herói” de muita gente que acha que só político que é corrupto, Sr Joaquim Barbosa presidente do Supremo Tribunal Federal, também utilizou um avião da FAB, para ir assistir o jogo entre Brasil e Inglaterra no Maracanã!!!

    Portanto Janca, é tudo farinha do mesmo saco!!!!!

  • Pedrelina

    Janca,
    Parabéns pelo texto!
    Infelizmente as autoridades do nosso país deitam e rolam as nossas custas… E nada acontece. Todos os 3 poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) estão infestados de marginais fantasiados de doutores. Dá nojo.
    Abraços

  • Paulo Pinheiro

    Agora a pergunta que não quer calar:

    Por que raios esses manifestantes não vão protestar na frente da casa desses caras ao invés de bloquearem o caminho de trabalhadores pais de família???????

    Isso que não entendo. Param ruas, tentam invadir estádios de futebol, impedem ambulâncias de chegarem até feridos, quebram estabelecimentos de gente apenas remediada que sua pra ganhar seu pão de cada dia, incendeiam carros, roubam relógios, óculos, jóias… e enquanto isso os políticos circulam suave e tranquilamente rindo da cara de todos e fazendo essas barbaridades que assistimos. E principalmente da nossa cara.

    Afinal a quem essa massa de manobra serve????????

    • janca

      No Rio tentaram e até ficaram uns dias diante do prédio onde mora o Sérgio Cabral.

  • edmilson alves

    A proximidade de uma organização como a rede globo nunca foi sadia para ninguém que se espera transparência,recebemos pela imprensa que o filho de nosso austero Joaquim Barbosa é novo integrante da produção de Luciano Huck,aquele mesmo Huck que foi beneficiado em uma construção em área de proteção ambiental que não podia ter nenhum tipo de construção,isso com ajuda de nosso estimado governador Cabral.

  • João Raposo

    Parreira está certo. Esporte não tem nada a ver com política. Os políticos é que precisam parar de tentar se beneficiar do esporte.

MaisRecentes

Apoio a Jô



Continue Lendo

Os preços da Seleção



Continue Lendo

O título do Timão



Continue Lendo