Uma vitória memorável



De parabéns a seleção brasileira que ganhou a Copa das Confederações e conquistou a torcida no torneio.

Apesar dos críticos, Luiz Felipe Scolari foi firme em suas convicções e conseguiu fazer do Brasil um time de futebol. Talentos tínhamos de sobra, o que faltava era fazer que jogassem como uma equipe. E isso finalmente aconteceu.

Júlio César, mais uma vez, defendeu como poucos. David Luiz, genial na defesa, esbanjou garra e evitou um gol certo dos espanhóis. Fred, oportunista como sempre, foi decisivo no ataque. E Neymar mostrou que joga muuuito, muuuito mesmo, mesmo sem ter estreado no Barcelona.

Para quem dizia que só conseguiria enfrentar defesas europeias depois de passar a atuar no Velho Continente, a resposta talvez esteja aí. Não só no olé contra os espanhóis, mas nas partidas contra a França, a última antes da Copa das Confederações, e contra a Itália também.

A autoestima foi resgatada. E esse título significa muito, especialmente por ter sido contra a tão badalada Espanha, dona do melhor futebol do mundo, ao lado da Alemanha. E, por que não, de Brasil e Argentina também?



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo