No caminho certo



Com Luiz Felipe Scolari e Carlos Alberto Parreira, que tem tido um papel mais importante que eu imaginava, a seleção parece estar no caminho certo.

Não fez um grande jogo contra o Uruguai, muito pelo contrário, mas a comissão técnica está consciente disso, o que já é um bom sinal. Não tenta enganar o público, como outros técnicos já tentaram, inclusive porque não conseguiria. O torcedor não é bobo, não.

A defesa voltou a falhar em Belo Horizonte, é verdade, o ataque teve problemas, mas Fred, sempre oportunista, marcou o seu e Júlio César fez uma grande partida. E Paulinho tem jogado muuito.

Bem ou mal _e mais para o bem do que para o mal_ o Brasil chegou à final, com quatro vitórias em quatro jogos. E duas contra seleções campeãs do mundo, Itália e Uruguai. Aliás, contanto com o amistoso contra a França, antes da Copa das Confederações, já são cinco triunfos consecutivos.

Pra quem não tinha nem conseguido chegar às semifinais de uma Copa América, ainda sob o comando de Mano Menezes, grande avanço.

E com o apoio da torcida, que tem conseguido separar a seleção dos problemas que envolvem a organização da Copa das Confederações e da Copa-2014.

Ganhando ou não o torneio, a impressão que tenho é de que estamos no rumo certo. E conquistamos não só boa parte da galera como confiança para nos preparar melhor para o Mundial do ano que vem. O que não é pouco, não.



  • Mario

    no caminho das vitorias magras e de futebol resultados estamos ,já no caminho certo p/sermos o melhor futebol do mundo dentro de campo, como no passado fomos estamos longe de estar.

    • janca

      Não sei se 3 a 0 contra a França, 3 a 0 contra o Japão, 2 a 0 contra o México, 4 a 2 contra a Itália e 2 a 1 (apesar de toda a dificuldade) contra o Uruguai, que jogou muito, aliás, são vitórias magras. A meu ver, não.

      • Mario

        ver só o resultado foi o q nos levou a essa crise de valores e de qualidade dentro e fora de campo , futebol tem q ser muito mais q só ganhar , tem q ganhar e ser realmente o melhor.

        sem falar q a frança a não estava com o time completo sendo q no 1 tempo o franceses foram melhores , contra a Italia o Juiz ajudo e muito o Brasil , contra o uruguai foi no sofrimento , na sorte e no chuverinho q sairam os gols , cade as jogadas trabalhadas ? cade o Oscar q deveria ser o cerebelo do time? aonde foram parar os dribles?
        o unica coisa boa foi a entrada do Bernard .

        • janca

          Eu concordo (mas apenas em parte). Até hoje eu (e boa parte dos brasileiros que puderam acompanhar aquele time) sou encantado com a seleção de 82. Mesmo tendo caído antes das semifinais. Há tempos não jogamos daquele jeito. Se bem que tivemos lampejos daquele futebol nas eliminatórias de 2010, na Copa América e na Copa das Confederações (quando Dunga era técnico). É que as pessoas têm memória curta… Mas que o Brasil melhorou neste ano em relação ao que apresentou de 2010 pra 2012 não tenho dúvidas. Bernard, por exemplo, nem chamado pra Olimpíada foi… E tinha idade olímpica. Uma das aberrações de Mano como técnico do Brasil.

          • milton

            Há muito tempo o futebol mudou…engraçado, é que os europeus sempre procuraram nos imitar, lembro-me bem da seleção de 82 e como eles nos elogiavam…hoje: a Espanha deixou de ser velocista pra ser técnica, a Itália dá sinais de deixar o catenaccio, a Alemanha deixou o futebol “força total” para ser de técnica, toque e força, e nós…bem nós europeizamos a seleção…nós temos de voltar as raízes.

          • janca

            É exatamente isso o que eu penso. E até por isso, por mais paradoxal que possa parecer, defendia o Guardiola para técnico do Brasil. Mas não acho que a escolha do Felipão tenha sido ruim. Ele tem muito mais condições, bagagem e experiência do que tinha o Mano para fazer um bom trabalho na seleção, Milton.

      • Maicon

        Nao podemos nos enganar com outra confederações como em 2005 e 2009

  • Cleibsom Carlos

    É incoerência criticar o baixo nível técnico do campeonato brasileiro e elogiar o futebol da seleçãozinha do Felipão. Na verdade ambos são consequência da crise ideológica em que nos metemos: dirigentes, técnicos, jogadores, imprensa e torcida brasileira anseiam o modelo europeu fora das quatro linhas enquanto nos gramados tupiniquins o futebol que se joga é o do atraso. Não existe a possibilidade de revolução no futebol brasileiro se renovando apenas os dirigentes se não se renovar o jeito que se joga aqui atualmente…Nunca esperei futebol bonito desta seleção, até porque do Felipão não se poderia esperar outra coisa, mas é triste ver elogios à algo tão medonho e feio.

    • janca

      Quem anseia o modelo europeu? O próprio Pep Guardiola, quando ganhou o Mundial contra o Santos, disse que o Barça se inspirava na seleção de 1970. Até por isso eu o defendia para assumir nossa seleção e resgatar as origens de nosso futebol. Mas que seleção você acha que tem jogado muito na Copa das Confederações? A Itália? Mais que o Brasil? Por enquanto vejo Espanha e Brasil dominando, se bem que o Uruguai também mandou bem. Vamos ver se os italianos hoje finalmente fazem grande apresentação e surpreendem os espanhóis. Sobre Felipão acho que vale lembrar que em seis meses de trabalho fez muito mais do que Mano em pouco mais de dois anos. Mas quem tem renovado o jeito de se jogar por aqui é o Cuca, que faz seus times irem pra cima para pelo menos tentar dar espetáculo. E muitos vezes dão show mesmo.

      • Cleibsom Carlos

        Esta Copa das Confederações tem um seleção que joga futebol, no caso a Espanha, e outras que praticam outro esporte…A Espanha realmente se inspirou no Brasil para jogar, mas, pelo menos para mim, este é um caso triste porque o aluno superou o mestre! O que o Brasil persegue é a pretensa organização do futebol europeu e todo o marketing que o envolve, mas com este futebol que se joga em gramados brasileiros não podemos falar que aqui se joga um bom futebol porque o produto será devolvido pelo consumidor mundial por propraganda enganosa. PS.: Acho que a seleção brasileira pode vencer a Espanha em uma provável final porque em um jogo apenas tudo pode acontecer, apesar de achar isso improvável, mas se esta vitória de fato vier fará muito mal ao futebol brasileiro porque confirmará nas cabeças mandantes que este modelo de jogo é o que deve continuar imperando nos gramados brasileiros…

        • janca

          Também acho que, se a final for mesmo Brasil x Espanha, o Brasil pode até vencer, mesmo a Espanha sendo melhor. É um jogo só, afinal. Mas também tenho dúvidas se faria bem a nosso futebol… Daí para o excesso de confiança pode ser um pulo.

  • Dermivaldo

    Janca, o meio-campo está péssimo e essa seleçãozinha é horrorosa.
    você não acha que já passou da hora de tirar o Oscar do time? É só colocar o Hernanes e adiantar o Paulinho para a meia. Dessa forma o time ganha na marcação e também na armação, já que o Paulinho pode fazer a criação das jogadas.
    O Oscar tem sido um inútil.
    Daniel Alves é o maior enganador da seleção, só presta para se livrar da bola mandando chuveirinho na área e erra muitos passes.
    O time fica melhor com o Bernard no lugar do Hulk.
    O David Luis é bom, prá mim deveria jogar como primeiro volante, mas parece ser desequilibrado mentalmente e é violento sem necessidade.
    Já disse tudo isso na semana passada.
    Abs.

    • janca

      Acho que o Felipão poderia pensar em tirar o Oscar, sim. E que o time tende a ficar melhor com o Bernard em lugar do Hulk, de quem confesso que não sou muito fã. Do Hulk, não do Bernard.

  • Thiago

    Janca, bom dia.
    Ja escrevi varias vezes no seu blog para criticar a dupla Felipão/Parreira, mas tenho que “dar o braço a torcer” parece que as coisas estão funcionando e o Brasil voltara a ser respeitado no futebol mundial.
    Acho que a “raça do Felipão” e a “estratégia do Parreira” deram liga…
    Claro que sempre tem alguma coisa para melhorar, mas até a Espanha tem seus defeitos…
    Perfeita sua analise e admito…queimei a lingua…kkkkkk
    abs

    • janca

      Pelo menos uma melhora em relação ao que tínhamos no início do ano já dá pra sentir, Thiago. Mas ainda falta muito… Grande abraço, Janca

  • Diego Carvalho

    Janca,
    O futebol brasileiro parou de ser a potência que era quando esqueceu suas divisões de base. A Espanha, Alemanha e outras equipes que se destacam cresceram muito por fazer isso. Enquanto não existir uma revolução no futebol brasileiro, iremos ver esse futebol pragmático. Sobre o Felipão e Parreira, são dois caras inteligentes, que sabem o que fazem. Felipão em pouco tempo encontrou uma forma de jogar e começou a dar liga pro time e amistosos contra equipes consideradas mais fortes fazem toda diferença. Aprende-se mais jogando contra Argentina, Alemanha, Itália, Inglaterra do que contra Hong Kong, Catar, e outras. Um abraço.

    • janca

      Esqueceram da base há algum tempo mesmo, Diego. E isso é péssimo. Tanto esqueceram que nem nos classificar para o Mundial Sub-20 conseguimos.

    • janca

      E concordo com sua análise sobre o trabalho do Felipão. Abs.

  • João Sardinha

    Ficou evidenciado que a seleção precisa de um jogador que possa ajudar ou mesmo substituir o Oscar no meio de campo. Uma alternativa que possa mudar o estilo de jogo em determinadas partidas e mesmo em determinados momentos do jogo. Jadson é um clone do Oscar, portanto, é trocar seis por meia dúzia. Há que se encontrar um jogador com o estilo de jogo de lançamentos, passe preciso, para furar defesas fechadas, como o Ganso(caso esteja em forma). O resto parece ir bem. Levaria o Tardelli no lugar do Lucas ou do Hulk, encontraria uma melhor opção para o Jean.O Júlio César ainda precisa dar uma resposta contundente na final, vamos ver.

  • Renato

    Janca achei certíssimo a sua opinião sobre a seleção atual, é a opinião de alguém que viu a dificuldade que essa seleção passou nas mãos do “Mané” Menezes. Com certeza que com o Felipão o time melhorou muito, nem tanto por méritos da “genialidade” do Felipão, o que ocorre é que o cara tem carisma, a preferência popular e sabe motivar seus jogadores principalmente em torneios de curta duração, haja vista que foi campeão com o meu Palmeiras da Copa do Brasil ano passado com um time que era inferior tecnicamente ao Coritiba. Como bem lembrado, com o Mano o Brasil sequer chegou a uma semi final de Copa América e com o Felipão já está na final da Copa das Confederações, o brasileiro não sabe respeitar o passado, ano passado um famoso comentarista da tv vivia dizendo que o Felipão não ganhava um título há 10 anos e hoje é o maior puxa-saco dele em seu blog, aqui no Brasil o que importa é o resultado e olhando por essa ótica com o Felipão o Brasil melhorou e muito e fará uma boa Copa do Mundo ano que vem.

    • janca

      Pelo menos espero que faça uma boa Copa ano que vem. Experiência, gostemos ou não do Felipão, ele tem. E a seleção nas mãos dele é outra em comparação com a de Mano Menezes, cuja passagem não deixa saudade nenhuma.

  • francotimao

    João, com certeza a seleção melhorou bastante nas mãos de Felipão, mas não podemos espezinhar o mano, ele foi “boi de piranha”, fez o papel dele, ou seja, experimentou tudo o q era possível e agora o Felipão já vem colhendo resultados em cima das “experiencias” do mano…

    • janca

      Discordo. O Mano Menezes foi uma tragédia. Em seis meses o Felipão fez muito mais que o Mano em dois anos e pouco. Felipão tem muito mais experiência, bagagem e personalidade do que o Mano e a equipe está muito melhor agora do que de agosto/setembro de 2010 a novembro/dezembro 2012.

  • tri mundial doom

    O craque do time ainda é banco para alguém que na sorte vai se mantendo…
    quando Hernanes, o único craque da seleção virar titular, a seleção vai entrar em campo com mais certezas de vitória…
    O Neymar ainda continua limitado e o paulinho seria o cara para fazer dupla com Hernanes, mas o Felipão quer um que só marque e Paulinho sendo volante não sabe marcar …Uma vergonha para quem é chamado de melhor volante do brasil…Diferente de Hernanes que joga em qualquer posição tanto em direita como esquerda e de armador com a mesma qualidade…Isso sim é um craque!!!

MaisRecentes

Goleiro são-paulino



Continue Lendo

Protestos à vista



Continue Lendo

Ajustes no São Paulo



Continue Lendo