A segurança da final



O governo brasileiro segue muito preocupado com a violência fora dos estádios que tem marcado os jogos da Copa das Confederações e prepara um tremendo esquema de segurança para a final de domingo que vem, às 19hs, no Maracanã.

A estratégia para conter os manifestantes no Rio não foi detalhada e ainda está em estudos. As ações já começaram a ser discutidas entre a Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos, o governo do Estado do Rio e a prefeitura da cidade.

Representantes da Fifa têm mostrado muito desconforto com a situação e já viram seu hotel em Salvador atacado e dois ônibus com o símbolo da entidade apedrejados.

 Extraoficialmente vêm reclamando de dificuldades de interlocução com as autoridades brasileiras, atônitas que estão com o acirramento dos ânimos nas ruas. No Rio, o prédio onde mora o governador Sérgio Cabral, por exemplo, está cercado desde sexta e ficará assim, pelo que dizem os manifestantes, até segunda. Em Salvador, deixaram inquieta a cúpula da Fifa declarações do prefeito ACM Neto, segundo as quais a capital baiana não teria se preparado adequadamente para a Copa das Confederações.

A Fifa vê-se, ainda, atolada de reclamações de patrocinadores e parceiros comerciais que cancelaram ações de marketing durante o torneio devido às manifestações, à violência e ao que chamam de falta de clima para realizá-las.

Ontem, em Belo Horizonte, onde jogaram Japão e México, novos confrontos aconteceram entre policiais e manifestantes e muitos torcedores reclamaram por não terem conseguido chegar ao Mineirão para ver a partida.

Segundo parte da imprensa internacional, o simples fato de a Fifa ter negado que vá tirar os jogos finais da Copa das Confederações do Brasil é muito significativo. Se não essa possibilidade não teria sido aventada, o desmentido seria desncessário, é a avalição feita por alguns jornalistsa estrangeiros.

Para a decisão, no Rio, são esperadas as presenças de Joseph Blatter e Dilma Rousseff, ambos vaiados na abertura da competição. E o jogo e seu entorno podem ser importantíssimos para a manutenção ou não da Copa de 2014 no país. Até por isso as autoridades e a segurança estarão em alerta máximo domingo que vem.



  • Mario

    protestar em frente da casa dos politicos ou aonde eles estivverem se escondendo é forma certa de protesto com muito barulho p/eles não dormirem.
    como sempre o governo vai reprimir e acabar gerando mais violencia , qnd o certo a curto prazo seria aceitar algumas revindicações do povo como cancelar a doação dos estadios como o Maracana ao Ike Batista , rever e investigar os valores gastos nos estadios , intervir no COL , na CBF e nas federações afastando o Marin/del nero e o Nuzman e os cartolas atuais do poder, parar de dizer sim p/tudo q a FIFA pede .

    acredito q a FIFA não vá tirar a copa do Brasil , só se tiver algum incidente realmente grave o q eu torço p/não acontecer.

    • janca

      O problema é para os vizinhos… Sobre tirar a Copa do Brasil, também duvido, a não ser que aconteça algo de fato muito grave. Sobre COL com Marin, no caso da Copa, e Nuzman, no caso da Olimpíada, sem palavras. Já sobre o Maraca com Eike Batista, que está afundando mesmo com todo o apoio que teve do governo, também sem palavras, Mario. Bom domingo, Janca

      • Lacerda

        Olha Janca, o Brasil está passando por um momento único. Nunca vi tanta revolta nas redes sociais. A vaia a Dilma veio em boa hora. Mas o problema é que não ha opções. Estamos revoltados com a corrupção do PT, mensalão, estádios superfaturados, PEC 37, falta de hospitais, miséria, violência, estradas péssimas e uma lista infindável de problemas, mas não ha oposição organizado, partidos de oposição que sejam diferentes dos que estão no poder. Resumindo, os partidos hoje são tudo farinha do mesmo saco. O governador de SP, do PSDB, e o prefeito de SP, do PT, lado a lado, juntos na mesma causa contra o povo, resume a situação política do Brasil. Estamos perto de uma guerra civil, povo contra políticos, e nossa unica opção de honestidade e mudança e o ministro Joaquim Barbosa, que aparentemente não tem pretensões politicas. Já comentei aqui neste espaço e até te questionei sobre a opção para uma oposição a Marin na CBF e vc citou o jornalista Juca, e nem passa pela cabeça dele ser tornar cartola do futebol. Enfim, não temos oposição organizada contra a CBF também. Espero que essa manifestação gigantesca do nosso povo seja uma gestação para o nascimento de novos lideres.

      • leonardo

        O CONDOMÍNIO PODE”SOLICITAR” A SAÍDA DO GOVERNADOR DO PRÉDIO. A IDÉIA É ESSA… SE EU TENHO DIFICULDADE DE MOBILIDADE, QUE ELE TAMBEM TENHA. IMAGINA UMA PASSEATA DE MORADORES”SOLICITANDO”QUE CABRAL VAZE… rsrs. desculpe a ironia, mas é muito bom ver esses políticos cheio de si, em dificuldades…

        • janca

          É… E o Cabral deve muita explicação sobre a ligação com a cúpula da Delta, fora a reforma do Maracanã, com valor acima do esperado, e a concessão depois do estádio para a iniciativa privada. Para os mesmos de sempre, aliás.

  • ADECIO

    Pra mim não deveria existir copa nenhuma aqui, não temos a menos estrutura para receber mais de 1000 pessoas de fora ao mesmo tempo, gostaria que o povo se mobilizasse em carreatas e fossem todos para o rio no dia da final fazer a maior manifestação da história do Brasil na porta do Maracanã, seria lindo.

  • TOLIMA DAY

    O LULA METRALHA 9 DEDOS AGORA ESTA PROVANDO DO PROPRIO VENENO, ELE LIDEROU VARIAS MANIFESTAÇOES CONTRA GOVERNOS, AGORA TRAIU A CONFIANÇA DO POVO SE MNETENDO EM CORRUPÇAO E ARMANDO ESSE CIRCO DA COPA PARA ARRANCAR MAIS DINHEIRO PUBLICO ALEM DE DAR UMN ESTADIO AO CURINTIAS, QUEREMOS VER SE A CAIXA TERA CORAGEM DE LIBERAR A GRANA DEPOIS DE TUDO ISSO, O POVO SE CANSOU DE SER PALHAÇO, TUDO TEM LIMITES.´´

    • Lacerda

      Pois é cara, não é só para o corinthians, pro flamengo também. E para outros times apadrinhados por políticos como revelou o jornalista Janca. Não entendo pq jogam R$ 30 milhões nas mãos de um time, mais R$ 30 milhões nas mãos de outro. Dinheiro público não é pra isso. Estamos vendo uma revolta que está muto perto de se tornar uma revolução. Bastas os militares perceberem o quanto ganham pouco e o quanto são explorados para deixarem de proteger prefeituras, câmaras e assembleias que a revolução explode. Já imaginou se a população carente de Itaquera vai as ruas para exigir o mesmo “empréstimo” feito ao corinthians para construir escolas, hospitais, creches entre outras benesses que nosso povo no Brasil inteiro esta sendo privado. Times grandes como os de SP não precisam de ajuda do governo, são ricos, tem sócios torcedores, podem muito bem construir seus estádios com recursos próprios. Só um dos reservas do corithians foi comprado por mais de R$ 40 milhões. Com certeza um clube destes não precisa de empréstimo público. E tem outra, todos os clubes brasileiros estão em débito com o governo. Não dá pra entender como eles com dívidas tão gigantescas com o estado ainda conseguem empréstimos de instituições públicas. Quando a gente deve dinheiro ganhamos um nome sujo. Em contrapartida clubes que devem milhões podem até ganhar estádios.

    • Josué

      Tolima, no que se refere a ideologia que o pt passava para a população nos anos 80, vc está com toda razão, porém eles (pt) so faziam ” sodomização auditiva” com os trabalhadores, emfim, chegaram ao poder, mudou-se os ideais (que nunca existiu o objetivo era só o poder), e MENSALÃO, dinheiro na cueca, morte de prefeito, Zé dirceu (lampião), Genoíno (Jagunço), Palocci, etc…

  • UBATUBARÃO

    Sou apenas um amante do futebol e não defendo governo nenhum. Sou inclusive a favor do voto nula que na minha opinião é a melhor forma de protestar contra o sistema. Não adianta tirar a copa do nosso país agora que tudo já está sendo construído. Deveriam ter vetado isso bem antes, mas a imprensa ajudou a alimentar tudo isso e se o Brasil não fizesse a copa, seria igualmente criticado por não ter competência e enxergar longe perdendo divisas que um evento internacional traria. E tem mais, se não houvesse esse investimento pra Copa, duvido que os problemas que levaram o povo as ruas com reinvidicações justissimas seriam resolvidos por esse governantes. A população sempre terá o que reclamar.

  • Indignado

    A ausência do campeonato brasileiro tem como efeito, abrir espaços do futebol, como este aqui, para discutir e pasmem, até aprovar ações organizadas de grupos utilizando o povo, em especial a juventude, que mal sabe o que estaria fazendo naqueles aglomerados, como massa de manobra.
    O mais interessante de se ver é que a maioria dos manifestantes ajudaram a eleger a atual presidente Dilma, que além de ser mera marionete de grupos corruptos do PT, já foi terrorista atuante, de arma em punho.
    Volta logo, campeonato brasileiro!!!

  • PROTESTE JÁ!!

    Custo da arena corinthians: R$ 820.000.000
    Valor pago pelo clube, com dinheiro emprestado da Caixa Econômica Federal, com repasse do BNDES: R$ 400.000.000
    Valor pago através de subsidio fiscal concedido pela Prefeitura do Município de São Paulo para a construtora Odebrecht: R$ 420.000.000
    Valor efetivamente pago pelo corinthians, dono do estádio: 0,00

    TEMOS QUE PROTESTAR CONTRA O USO DE DINHEIRO PÚBLICO EM OBRAS PRIVADAS!!! CHEGA DE ROUBALHEIRA!!! VAMOS EMBARGAR A OBRA DA ARENA CORINTHIANS ATÉ QUE RETIREM ATÉ O ÚLTIMO CENTAVO DE DINHEIRO NOSSO, DO POVO!!!

    Por favor, não apaguem novamente meu post, o povo precisa saber a verdade!!

  • francotimao

    João, seguem os protestos e não sei qdo irão parar, nosso temor é sempre q tudo vire pro lado ruim da coisa, q os vândalos assumam o comando dos protestos e levem a turba pro lado q lhes interessa, de resto é assim msm, vamos protestar, reivindicar e se possível acabar de vez com esses políticos corruptos e aqles q querem se perpetuar no poder, seja em q nível, local ou grupo q for…Abs!!!!!!!!!

MaisRecentes

Saída de Lucas Lima



Continue Lendo

Dorival bombardeado



Continue Lendo

A grana de Nuzman



Continue Lendo