O time de Felipão



Muitos acham Luiz Felipe Scolari arcaico, eu continuo na corrente oposta. Esse início de Copa das Confederações, com três vitórias convincentes, mostra, a meu ver, que estamos no caminho certo. Faltam ajustes, claro, mas que o time já tem uma outra cara, tem.

Mudamos muito em relação à época Mano Menezes, quando não tínhamos nem coragem de enfrentar seleções de primeiro nível. Com Felipão não só temos, como mostramos que podemos vencer. Foi assim contra duas campeãs do mundo, a França e agora a Itália, foi assim também contra o México, que vinha sendo uma pedra em nossas chuteiras.

O principal é que o time, apesar de não ter o futebol da Espanha, está evoluindo e ganhando confiança. Mesmo Neymar, que era hostilizado quando jogava pela seleção, ganhou outro posicionamento e assumiu nova postura sob o comando de Felipão. Saiu-se bem nos últimos três jogos, marcou três golaços e criou outras belas jogadas.

Gosto muito de David Luiz, que saiu contundido no primeiro tempo contra a Itália e não tem substituto à altura, e de Thiago Silva, mas a zaga ainda pode melhorar seu posicionamento. Oscar está rendendo menos que o esperado, tem potencial para muito mais, mas são ajustes, como disse, a serem feitos.

Aconteça o que for na quarta, quando o Brasil disputa a semifinal, há muita coisa positiva nesse grupo de jogadores. E talvez o foco tendo saído deles para ficar com as manifestações que seguem tomando conta do Brasil tenha sido positivo para eles. Mas isso é outro assunto, que no momento oportuno quero dissecar melhor.



  • Mario

    Neymar era hostilizado por q não estava jogando nada , voltou jogar bem foi aplaudido como esta sendo, mas o Neymar tem q parar de fazer faltas e apreender a cercar os adversarios.

    acho q realmente o time evolui , mas tambem não podemos fechar os olhos q a França jogou com varios desfalques e em varios momento Brasil foi dominado pelo Mexico q esta em crise com o Tecnico e Italia esta encarando a copa das confederações para fazer testes e turismo.

    ontem tivemos uma amostra de como vai ser as arbitragens na copa , juiz perdidinho marcando mal faltas , faltas violentas sem punição de cartões, gol impedido , penalty marcado depois desmarcado p/validar gol, penaty não marcado .

    • janca

      Mas Neymar não precisou jogar na Europa para começar a melhorar na seleção, ao contrário do que diziam alguns. Sobre as quatro vitórias consecutivas do Brasil, acho que o time necessita de ajustes, como insisti mais de uma vez. Mas houve progressos com Felipão. Até porque, a meu ver, Mano Menezes estava assustado e inseguro como técnico da seleção. Felipão tem personalidade mais forte e pode transmitir mais confiança ao time. E pelo menos voltamos a vencer uma seleção campeã do mundo. Uma não. Duas. França e agora Itália. Sobre a arbitragem de ontem foi bem fraquinha, sim. E errou para os dois lados.

      • Mario

        já pensou q ele voltou a jogar bem por q parou com os compromissos de marketing e só joga e treina , coisa q sera não teria no santos e vai ter no barça.

        • janca

          Ele ainda não está no Barça, passou apenas um dia na Espanha. Ou seja, está jogando muito pela seleção ainda sem ter se mudado para a Europa, contrariando muitos dos que criticavam seu futebol e diziam que só atuaria bem quando tivesse a experiência do Velho Continente.

  • vale a visita. creio que deva ser o único site no mundo a fazer o Zizinho jogar com Zico…
    abs

  • francotimao

    João, é inegável q o time resta jogando melhor, msm poq eu já havia escrito em posts anteriores (antes do inicio da copa das confederações) q com o tempo disponível o Felipão iria fazer o time render mais, pois o Brasil não possui muitos craques, somente bons jogadores, q com treinamento, dedicação e tempo iriam render com certeza e é o q esta acontecendo…Abs!!!!!!!

    • janca

      E o time tem rendido muito mais do que nos tempos do Mano. Inclusive Neymar. Sem falar no Fred, oportunista como sempre. Abs.

MaisRecentes

Goleiro são-paulino



Continue Lendo

Protestos à vista



Continue Lendo

Ajustes no São Paulo



Continue Lendo