Vai Brasil



Enquanto a Fiat segue preocupada com sua propaganda, cujo tema é “Vem pra Rua” e tem o objetivo de incentivar a população a celebrar a Copa das Confederações, a  Coca-Cola deve manter a sua.

O lema do comercial do refrigerante é o de colorir o país, num clima de euforia pela chegada do torneio, que acabou marcado pelas manifestações e confrontos com a polícia.

Apesar das boas atuações da seleção, que melhorou com Luiz Felipe Scolari e venceu bem seus dois primeiros jogos, contra Japão e México, o clima de “Vai Brasil” tornou-se complicado depois dos protestos, mas deve seguir no ar.

Na partida contra os mexicanos, vitória por 2 a 0 do Brasil, a própria Globo fez uma transmissão menos ufanista, enquanto a Record, bem mais radical e sem direito de transmissão da competição, fazia campanha contra a Fifa e a Copa das Confederações.

Manifestações à parte, Neymar voltou a ter grande atuação, calando mais uma vez os críticos que diziam que ele pouco joga com a camisa do Brasil. Jogou muuuito em Fortaleza, marcou outro belo gol, participou do segundo e criou ótimos lances no ataque brasileiro.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo