Alerta em Minas



O governo mineiro está preocupado com possíveis manifestações populares que prejudiquem a Copa das Confederações na cidade.

Anteontem apresentou liminar do Tribunal de Justiça do Estado determinando que os sindicatos dos Servidores da Polícia Civil e dos Trabalhadores da Educação não atrapalhem vias de acesso ao Mineirão nem o entorno do estádio em dias de jogos do torneio em Belo Horizonte.

A capital mineira terá segunda Taiti x Nigéria e no próximo sábado Japão x México. Abrigará ainda no dia 26 uma das semifinais, envolvendo o Brasil, caso a Seleção chegue em primeiro em seu grupo.

O governo alega que os sindicatos vinham anunciando mobilizações estratégicas exatamente nos dias em que a cidade abrigará partidas da Copa das Confederações.

Semana passada houve protestos, por diferentes motivos e de distintas proporções, em todas as cidades que terão jogos do Mundial.

Brasília viu ontem manifestação contestando, entre outros, gastos públicos com o estádio Mané Garrincha, que abrirá a Copa das Confederações e cujo custo ficou pelo menos o dobro do orçado inicialmente. Já São Paulo assistiu a protesto pacífico na avenida Paulista, também questionando o dinheiro investido pelo governo no Mundial.

São Paulo não terá jogos na Copa das Confederações, mas na Copa-2014 será palco do jogo de abertura, marcado para Itaquera, no futuro estádio do Corinthians.



MaisRecentes

A reeleição de Galiotte



Continue Lendo

Cadê os patetas?!?



Continue Lendo

Complô no Santos



Continue Lendo